Ir para conteúdo

Larissa Bezerra

Membros
  • Total de itens

    3
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Fiz uma viagem ao México em outubro de 2017. Meu relato "nada" atrasado! 😅 Foram 24 dias incríveis. Mts relatos daqui me ajudaram na hora de montar o roteiro. Então, n poderia ser ingrata e deixar de compartilhar minha experiência. Antes de contar os detalhes de cada dia, segue um resumo: Roteiro: -Cidade do México -Cancún -Bacalar -Playa del Carmen e arredores (passeios em: Cozumel, Tulum, Cobá, Xcaret, Cenotes, Isla de las Mujeres e Cenotes) -Valladolid (Chichen Itza) -San Cristóbal -Oaxaca -Puebla Deslocamento: Voo: Brasil - Cidade do México Voo: Cidade do México – Cancún Ônibus (ADO): Cancún – Bacalar Ônibus (ADO): Bacalar – Playa del Carmen Ônibus (ADO): Playa del Carmen - Valladolid Õnibus (ADO): Valladolid - San Cristóbal de las Casas Ônibus (ADO): San Cristóbal – Oaxaca Ônibus (ADO): Oaxaca - Puebla Ônibus (ADO): Puebla – Cidade do México Voo: Cidade do México – Brasil Dinheiro: Levei dólar e fiz o câmbio em vários pontos da viagem. Em Cancún e Playa melhor usar dólar para os passeios, para não pagar câmbio duas vezes, visto q em todos lugares aceitam. Levei uns US$ 1.800,00 em espécie, sendo que já havia pago as passagens de avião no cartão que comprei com antecedência. Esse dinheiro foi suficiente e ainda cheguei com uma graninha boa na mão... Comida: Nem tudo é apimentado como muitos dizem. Os preços são mais em conta que no Brasil. Comem muita carne de porco, mas também tem outras opções. Quando começar a enjoar de algumas coisas, tem como adaptar bem para o que estamos acostumados. Roupa: Clima semelhante ao Brasil. Em outubro, no interior do país um pouco mais frio (fresco, na verdade), principalmente a noite, mas um casaco resolve. Litoral só roupas leves porque é bem quente (moro no litoral baiano, então meu parâmetro de quente é quente! rs'). Opte por calçados confortáveis visto que se anda bastante nos passeios. Agora vou relatar o que fiz cada dia e as minhas impressões: 30/09 – Chegada Cidade do México Saí do Brasil dia 29/09 e cheguei na Cidade do México no fim da noite do dia 30. Como tenho amigos lá, foram me buscar no aeroporto. Apesar da enorme fila, n tive problemas na imigração. Fiquei hospedada c eles numa "colónia" (bairro) um pouco distante do centro, mas como estava acompanhada foi fácil me locomover. A cidade lembra bastante SP (ou qqr grande capital) c clima agitado, mts rodovias, movimento 24h. Na minha cabeça ia ver um monte de Mariachis, chapéus gigantes e ouvir música típica em todo canto. Mas nd a ver... Tudo bem “normal”. 01/10 – Cidade do México (Zócalo, Templo Mayor e centro histórico) Depois de uma boa nt de sono, aproveitamos o domingo p fazer um passeio pelo centro (pq mesmo no domingo td funciona). Saímos de manhã p tomar café numa cafeteria perto de casa. Confesso q estranhei akela pasta de feijão junto com meu pão, mas td bem, vamos experimentar! Me esbaldei no "pan dulce" q encontramos em todo canto. De lá fomos p o Zócalo. A "Plaza de la Constituición" estava bem enfeitada, várias apresentações com roupas indígenas e muita gente passeando (os próprios mexicanos q são bem culturais). Ah, vale lembrar que o período de minha viagem foi logo após aquela trágica série de intensos terremotos. Então pense na minha tensão de sentir algum tremor. Mas correu tudo bem... Haviam vários prédios e até ruas fechados p reforma. Minha amiga me mostrou um alto edifício levemente inclinado... Mas p os mexicanos estava td normal. Depois de tirar várias fotos fui visitar o Templo Mayor que fica bem pertinho. Já dá para conhecer um pouco da cultura asteca nessas ruínas tão próximo do centro (mas nd comparado as ruínas q veria durante o restante da viagem). Andamos um pouco pelo centro histórico e à tardinha fomos ao shopping p “almoçar” (horários das refeições são diferentes). Experimentei um monte de coisa e me surpreendi ao ver q nem td era tão apimentado como diziam. A noitinha apreciei as ruas do centro voltando p casa. 02/10 – Cidade do México (Netflix e Tacos) Surpreendentemente fiquei em casa assistindo Netflix... Rsrs Mas foi bom, pq depois descobri q esse seria meu único dia de cara p cima. A nt fui numa taquería e me acabei. Me apaixonei pelos tacos de pastor. Detalhe é q todo mundo come td c a mão e sem lavar msm. Andava c meu álcool em gel na bolsa, então usava e aderia à cultura. 03/10 – Cidade do México (Museo de Antropologia e Museo da Independéncia) Fui ao Museo de Antropología que é incrível. Aprendi mt sobre os astecas e os maias, além de muitas outras coisas. A medida q a viagem prosseguia p outros lugares nos dias seguintes, lembrei e vi várias coisas q aprendi lá. Fiquei impressionada ao ver como eram um povo tão civilizado, estruturado e organizado. Andamos pela Avenida da Independência. Tirei foto no Ángel. Almoçamos por ali msm no Subway que vem com guacamole, pão torradinho e muito chile para quem gosta. Achei engraçado q msm c um gigante papel enrolando o sanduíche, as pessoas tiravam e seguravam só c a mão...rsrs Aproveitei também para comprar um chip de lá para o meu celular. À tarde fui ao Museo da Independência. A história mexicana é bem interessante, tem um parque ao redor bastante movimentado. Nesse dia, andei de metrô, uber, ônibus (ridiculamente desmantelado, mas p mim td era uma diversão) e andei em ônibus chique de uma linha q n lembro o nome. Por falar nisso, transporte público é bem desorganizado. Então vá em último caso, pq é muito louco o sistema dos ônibus de lá. Uber é super em conta, então acho bem melhor. Andei em td pq estava acompanhada de minha amiga q é de lá. 04/10 – Cidade do México (Tehotihuacán) Conheci alguns amigos de meu amigos e eles me levaram para Teotihuacán. Foi um dia maravilhoso. Subi só a pirâmide do Sol q é a maior. A vista é incrível e o vento é bem forte. P descer aqueles gigantes degraus q é problema. Desci sentada segurando uma corda p n sair rolando. A da Lua apreciei só de longe e não subi. Impressionante imaginar a construção dakelas pirâmides de pedra tão bem feitas há tanto tempo atrás. A nt um amigo daqui do Brasil q me acompanharia o resto da viagem chegou e foi maravilhoso conversar em português. 05/10 – Cidade do México – Cancún (com previsão de tormenta tropical) Eu e meu amigo pegaríamos o vôo p Cancun início da tarde. Então saímos de manhã, tomamos café com a família que nos hospedou e eles nos levaram até o aeroporto, o maldito aeroporto! Aconteceu de td. Para começar meu amigo se passou e esqueceu de comprar a passagem incluindo bagagem e tivemos q pagar uns 350,00 por elas. Mas ok. Daí, andando entre um portão e outro perco minha lente de contato q caiu sem motivo. Nessa hora descobri q a lente reserva q levei havia ficado na casa q estava. Pense no ódio mortal... Comprometer os passeios e mergulhos. Fiquei desesperada. P completar, na hora de passar pelo raio X, o bicho apitou q nem um louco. Aí fiquei lá esperando p ser revistada, por uma criatura super agreste. Enfim, entrei no avião rumo a Cancun. Apesar de bem feliz, estava chateada sem minha lente pq fico totalmente cega e meu óculos era mt feio. Chegando no aeroporto pegamos um táxi p o hostel. Daí o taxista comentou q ia ter toque de recolher no dia seguinte por causa da "tormenta". Olhei p cara do meu amigo e: "What? como assim?". Outro detalhe é q além dos terremotos no sul, pouco antes da viagem teve akele monte de furacão no Caribe e EUA. P n correr risco de ficar no hostel ou tomando banho de chuva mudamos o roteiro (Sempre importante ter plano B e C). Depois de um bom banho, fomos ao shopping e, apesar de já serem quase 22h, achei uma ótica q fazia o exame gratuitamente e vendia as lentes. Pense na minha felicidade! Ficamos no shopping até fechar. Depois ficamos conversando sentados em frente ao shopping fechado até às 3h da manhã. Cancún é super tranquilo, n faz medo nenhum. 06/10 – Cancún – Bacalar (ahhhhh, Bacalar... 😍) Depois do longo dia anterior, o dia amanheceu chuvoso como previsto. Fomos p rodoviária e pegamos o ônibus para Bacalar. Uma viagem um pouco longa mas q vale super a pena. Ficamos num hostel chamado Yake (indicadíssimo), na beira da famosa Laguna Bacalar q é a atração do local. Ela possui sete tons de azul. Depois de nos acomodar, fomos p o fundo da pousada q tem um cais p a lagoa q esbalda beleza c seus tons de azuis incríveis. Tinha um monte de gente simpática. Assistimos o pôr do sol e ficamos curtindo uma música calma e batendo papo. Saímos p comer e voltamos p o hostel. 07/10 – Bacalar (Passeio na lagoa) Nesse dia fizemos o passeio de lancha (principal passeio) q saía da pousada msm. É perfeito! Os cenotes dentro da lagoa, akeles azuis, o banho de argila, Deus! Lindo demais... Retornamos no começo da tarde e achamos um restaurante escondidinho chamado La Piña. Ambiente simples mas aconchegante e a comida incrível. Caminhamos pela cidade e voltamos para o hostel, pois na manhã seguinte voltaríamos para Riviera Maya sem tempestades tropicais... Para mim, Bacalar foi incrível: relaxante, apaixonante e muito maravilhoso. Se puderem, não deixem de ir. 08/10 – Bacalar - Playa del Carmen Pegamos o ADO pela manhã e fomos para Playa del Carmen. Chegamos fim da tarde. Pense num lugar massa! Ficamos hospedados na rua paralela à Quinta Avenida q é a principal, bem centralizados. Depois de nos acomodar, saímos p comer e andamos bastante. Só tem turista! Ótima estrutura num lugar aconchegante sem ar de cidade grande. É o point p quem quer só relaxar ou para quem quer curtir a madrugada toda. Assistimos várias apresentações nas ruas, restaurantes e na praça. Vi os mariachis enfim! Aproveitamos para pesquisar os preços dos passeios. A localização de Playa é ótima e de lá saem todos os passeios para região. Além disso, Cancún se resume a resorts. Então, para quem gosta daquele clima aconchegante e ao mesmo tempo cheio de opções, fique hospedado em Playa. (Dica: não compre na primeira barraca. Pesquise! E diga que é brasileiro para receber um bom desconto pq eles dizem que dinheiro norte americano e europeu vale muito, mas os latinos tem q receber desconto porque somos irmãos...rsrs) 09/10 – Playa del Carmen (Passeio Cozumel) No dia anterior compramos o passeio p Cozumel. Então cedinho tomamos café e saímos p pegar o Catamarã. Em Cozumel entramos numa lancha e paramos em alguns pontos p snorkear. Pense num azul inigualável. É azul anil! Akela imensidão de uma cor q nunca vi em nenhuma praia q visitei pelo Brasil. O azul é msm marcante. E dá p ver um monte de peixes cá de cima pq a água bem cristalina. C os pés em terra, alugamos um carro e fizemos à volta a ilha. As praias ficam bem desertas ao redor, mas tem pontos de parada c mirantes e restaurantes. Paramos p comer e a tarde devolvemos o carro e passeamos pelo centrinho. Final do dia, voltamos p Playa de Catamarã e aproveitamos p relaxar e comer na Quinta Avenida. 10/10 – Playa del Carmen (Passeio Tulum e Cobá) Contratamos um passeio q incluía Tulum pela manhã e Cobá pela tarde. Gente, Tulum é linda demais! Quando vi as fotos no Google pensei que tinha uns filtrinhos, mas n precisa! A foto que vou postar depois é de celular e sem filtro... Das ruínas q visitei, achei a mais bonita. O cinza das construções contrastando com o azul esverdeado do mar... De cair o queixo! Depois da visita guiada, tomamos um banho de mar e paramos numa barraca p nos refrescar. A van saiu começo da tarde p Cobá. Foi bem divertido. Ela fica no meio da mata e é bem diferente de Tulum. Alugamos bicicletas e saímos andando pelas ruínas, subindo entre uma e outra. Final da tarde ainda nos levaram p conhecer uma família local p ver um pouco da cultura. Casas bem humildes, mas os moradores receptivos. As crianças correm atrás dos turistas c florzinhas na mão em troca de alguma moedinha... Muito simpáticas. De lá voltamos p Playa. Nessa nt, minha amiga e companheira de várias viagens estava chegando. Como ela já havia viajado ao México antes, porém aproveitado pouco a Riviera, nos dias anteriores fomos aos lugares q ela já conhecia e daí em diante visitamos lugares diferentes. 11/10 – Playa del Carmen (Passeio Xcaret, iuhuuuuuu!) Enfim chegou o dia q estava bem ansiosa: passeio no Xcaret. Pense num parque lindo, c a infraestrutura incrível. Td bem conservado e organizado. O preço n é baratinho (acho q paguei cerca de US$120 no Plus, mas vale cada centavo). É um passeio necessário! Depois de passear durante todo o dia, almoçar super bem, encarar algumas aventuras, ver o show dos golfinhos e várias outras coisas, fim da tarde tomamos banho nos vestiários (bem organizados) e então pensei: "Foi ótimo, mas esperava um pouquinho mais". Mas mal sabia eu q um dos pontos altos ainda estava por vir. A nt inicia o espetáculo numa arena dentro do parque. Genteeeee, muiiiitooooo perfeito! Achava que era uma coisa simples, mas n. A apresentação é de alto nível e vc conhece a cultura de todas as partes do país e a história de antes da colonização até os dias atuais. São mts atores. É incrível! São quase 3h de show com um intervalo no meio. Finaliza perto das 22h e têm vários ônibus q te levam de voltam p Playa e q são estilizados, todo enfeitado e colorido. Mt fofo! 12/10 – Playa del Carmen (Cenotes) Esse foi o dia reservado p os cenotes. Conhecemos o Cristalino, Azul e Xcacelito (e tbm fomos a praia Xcacel que fica do lado). Os preços não são absurdos e vale a pena. Se tiver interesse, leia um pouco sobre esses espetáculos da natureza e não deixe de visitar. 13/10 – Playa del Carmen (Passeio Isla de las Mujeres) - Valladolid O passeio sai numa van que vai até Cancún e de lá vamos numa embarcação p Isla de Las Mujeres. Era um barco parecendo um iate, bem estruturado, c bebida livre. Atravessamos akele mar caribeño incrível apreciando a paisagem. Paramos no meio do caminho p conhecer o MUSA, o museu debaixo d’água (o que eu vi foram várias estátuas de cimento jogadas no meio do mar... Arte! rsrs). C o snork dá p ver td claramente. O que mais me impressionou foram os cardumes coloridos passando de um lado p outro. Foi demais! Voltamos p a embarcação e fomos p Isla. Conhecemos um casal de ingleses no barco q colaram no nosso pé. A mulher falava q nem uma matraca. Fomos simpáticos mas depois fugimos pq encheu o saco! Rsrs... Descemos em Isla e ficamos na praia p relaxar. Andamos nas lojas e de tardinha voltamos. A tequila subiu a cabeça de umas americanas que estavam no barco e q ficaram bem “felizes”, fazendo uma dança esquisita, gritando. Mas n nos tirou a paz. Retornamos ao hostel e no fim da noite pegamos um ônibus numa longa viagem p Valladolid. Chegamos na manhã seguinte. 14/10 – Valladolid (Passeio Parque Xkenkén) Valladolid n tem mt coisa. A cidade tem um estilo colonial, mas bem sujinha. Depois de nos acomodar, fizemos um passeio pelo centrinho, comemos e pesquisamos os passeios. A tarde fomos p o Parque Xkenkén onde estão os cenotes Cenotes Xkenkén e Samula (estrutura do parque ruinzinha e fedorenta). Ainda assim os cenotes são muito bonitos. Podem ver q conheci vários cenotes, mas cada um tem sua própria beleza e são totalmente diferentes. Vale a pena conhecer o máximo possível. 15/10 – Valladolid (Passeio Chichen Itza e Cenote Ik’il) – San Cristóbal de las Casas Fomos conhecer umas das ruínas mais famosas: Chichen Itza. É bem organizado, andamos bastante e foi bem legal. No retorno passamos pelo Cenote Ik’il. Pense num lugar lindo! Ótima infraestrutura e o cenote é muito lindo. É um poço com 50m de profundidade e dá para pular de uma plataforma. Final da noite nós três pegamos o ônibus e fomos para San Cristóbal de las Casas. Viagem de quase um dia (o que não sabíamos porque as informações da internet não bateram) 16/10 – San Cristóbal de las Casas Visto que pensamos q essa viagem seria mais curta, comprometeu nossa programação. Durante a viagem, fomos parados várias vezes pela policia federal que pediam nosso passaporte. Como essa região já é perto de fronteiras, acaba que é bem fiscalizado porque o pessoal entra no México para ir pros EUA. Enfim, chegamos no hostel fim da tarde, descansamos e passeamos a nt pela cidade q é mt aconchegante, limpa e organizada. Nosso objetivo era conhecer Palenque (um pouco distante) por causa das ruínas q são bem conhecidas. Mas o passeio acabou ficando inviável devido ao pouco tempo q teríamos, daí tivemos q acionar um plano B. 17/10 – San Cristóbal de las Casas (Passeio Cañon del Sumidero) Fizemos o passeio pelo Cañón del Sumidero q é ótimo. Akeles paredões gigantes de pedra ao redor faz a gente se sentir minúscula. Vimos algumas cascatas no caminho, crocodilos e várias coisas legais. Só fiquei assustada c uma parte do passeio em q nos deparamos com um mar de lixo no meio do rio, nessa área não era possível nem ver a água pela quantidades de garrafas e outras coisas q boiavam. Triste o q fazemos com o meio ambiente... 18/10 – San Cristóbal de las Casas (Passeio Cascada del Chiflon e Lagos Montebello) - Oaxaca Nesse dia fizemos um passeio que incluía Cascada del Chiflon e Lagos Montebello. Foi bem legal. Os lagos são lindos A nt pegamos o ônibus p Oaxaca. 19/10 – Oaxaca (Passeio Centro histórico) Conhecemos o centro histórico e fomos num mercadão onde comi chapolines (gafanhotinhos cheio de tempero...). Comprei várias lembrancinhas, experimentei comidas típicas. Foi um ótimo dia. Estávamos hospedados c uma família q minha amiga conhecia. Foram bem legais. 20/10 – Oaxaca (Passeio Hierve el Agua e El Tule) - Puebla Alguns amigos nos levaram p conhecer Hierve el Agua, q n tem nd de água fervendo... Rsrs Mas o lugar tem uma vista incrível demais e um lugar para tomar banho. Tem uma cascata de pedra mt bonita. O acesso não é do mais fácil, mas vale a pena. Tbm fomos conhecer El Tule, dizem ser a maior árvore, mas tem lá suas contradições. Fica numa cidadezinha muito simpática com um belíssimo jardim. De lá visitamos uma fábrica de Mezcal, bem interessante (nas estradas da região tem várias). Depois retornamos para Oaxaca e início da madrugada pegamos o ônibus p Puebla. 21/10 – Puebla (Tur de ônibus) – Cidade do México Guardamos nossa bagagem na rodoviária e fomos passar o dia na cidade. Tem um estilo europeu e é bem organizada. Pegamos um ônibus de turismo na praça principal e fizemos um tur passando pelos principais pontos. Foi bem agradável. Fim do dia, voltamos à rodoviária e fomos p Cidade do México 22/10 – Cidade do México (Casamento) O verdadeiro objetivo da viagem foi o casamento de minha amiga. Então o dia se resumiu a arrumação no visual e aproveitar o máximo a festa. 23/10 – Cidade do México - Brasil De volta p minha terra! Esse foi meu último dia lá. Pela manhã tomamos café c a família de minha amiga que casou e fomos ao aeroporto. Conclusão: Meu conselho é: Vá!!! Gente, o México é incrível. É mt mais q Caribe. Uma riqueza cultural e natural incrível. N consegui fazer td q gostaria, mas acho q aproveitei mt bem. N sei se um dia voltarei lá, n por falta de vontade! Mas é que gosto de conhecer lugares novos, por isso q tento fazer o máximo de coisas qndo vou. A medida q foram programando a viagem, montando o roteiro e fazendo pesquisas, verão quantas coisas incríveis esse país oferece.
  2. Olá, Rick! Vc acha uma boa idéia ficar hospedado em playa del carmen e de lá fazer os passeios p Tulum, Cozumel, Cancun, Isla de las mujeres, Cobá e td q tem perto? Ou vale mais a pena ir de malas e cuias p cada lugar ou ao menos p alguns pontos? No meu roteiro inicial, vou chegar Ciud. México ficar uns 5 días e então em Playa cerca de 7 días e aí fazer esses passeios pela região, sendo o último chichen itzá, n sei se saindo de isla ou indo p valadollid, o q for melhor. Depois sigo p Chiapas (San Cristóbal de las Casas - passeios p Gran Cañón e Palenque + Agua Azul + Misol-Há). Daí vou p Oaxaca e Puebla (q pode ser descartada pq n me pareceu atrativa). Então retorno à capital p vir embora.
  3. Olá, Íkaro! Vc acha uma boa idéia ficar hospedado em Playa del Carmen e de lá fazer os passeios p Tulum, Cozumel, Cancun, Isla de las mujeres, Cobá e td q tem perto? Ou vale mais a pena ir de malas e cuias p cada lugar ou ao menos p alguns pontos? No meu roteiro inicial, vou chegar Ciud. México ficar uns 5 días e então em Playa cerca de 7 días e aí fazer esses passeios pela região, sendo o último chichen itzá, n sei se saindo de isla ou indo p Valadollid, o q for melhor. Depois sigo p Chiapas (San Cristóbal de las Casas - passeios p Gran Cañón e Palenque + Agua Azul + Misol-Há). Daí vou p Oaxaca e Puebla (q pode ser descartada pq n me pareceu atrativa). Então retorno à capital p vir embora.
×
×
  • Criar Novo...