Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

mixellett

Membros
  • Total de itens

    18
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

10 Boa

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. mixellett

    Chile Out/Nov

    Nossa, eu agradeceria muito!! Meu e-mail: [email protected]
  2. mixellett

    Chile Out/Nov

    Este foi o preço fechado com a Fui gostei trips? Irei pro Atacama no começo de dezembro e estou dando uma olhada no preço pago por quem já foi, rs
  3. mixellett

    Bahia - Salvador, Morro de São Paulo e Itacaré (Nov/18)

    A recepcionista do hotel quem nos ofereceu este passeio. Só não lembro quanto paguei, mas não foi nada absurdo. Lá tem várias agências que fazem este passeio... Você vai de lancha conhecendo as praias da ilha, dá uma volta completa. Tem um parte que param num lugar pra almoçar lagostas e em outro pra experimentar ostras. Quanto a onde ficar, lá é tudo bem perto, tirando a partir da quarta praia. Eu fiquei na terceira e gostei muito! É mais tranquilo pra dormir e perto da segunda. A segunda fica perto de todos os bares e restaurantes. É bem agitada! Quando fiquei, teve campeonato de futvolei e lual, estavam bem legais! A primeira você fica mais perto da entrada de Morro de SP e das lojas de lembrancinha etc..
  4. mixellett

    Bahia - Salvador, Morro de São Paulo e Itacaré (Nov/18)

    Eu aconselho se hospedar tbm! Aí dá pra tirar um dia pra fazer o passeio de volta a ilha, que achei bem legal Quando fui, fiquei no Hotel Bahia Inn e amei! Ótimo café da manhã, tinha sempre bolo e café a tarde como cortesia e deram upgrade no nosso quarto, fomos pra um com ofurô sem custo a mais . E quando chegamos, ainda ofereceram água e toalha gelada para o rosto... Nota 1000! Eu também fiz transporte semi-terrestre com a Cassi Turismo. Na volta, eu também voltei com eles pra Salvador pra pegar o meu vôo. Eu fui no primeiro horário de manhã e deu tudo certo. Eu falei qual era meu horário do vôo e eles sugeriram qual horário pegar pra retornar pra Salvador. Eles nos deixaram no aeroporto já, o que foi ótimo, pois economizei o dinheiro do Uber pro aeroporto
  5. mixellett

    Bahia - Salvador, Morro de São Paulo e Itacaré (Nov/18)

    Fui pra Morro de São Paulo em novembro do ano passado e concordo com tudo o que você disse! Eu e meu namorado amamos lá! Recomendo pra todo mundo, rs!
  6. mixellett

    relato Chile - Março (Verão)

    @Henrique89 Obrigada ;D
  7. mixellett

    relato Chile - Março (Verão)

    @Henrique89 Oi! Viu, como você foi para Cajon del Maipo? Por agência?
  8. Amei o relato @karinerribeiro! Deve ter valido a pena demais mesmo!! Aproveitando, você poderia enviar a planilha pra mim também, por favor? Meu e-mail: [email protected] Muito obrigada!
  9. mixellett

    Gante

    @234234 Muito obrigada!
  10. mixellett

    Cajón del Maipo

    Alguém tem outras sugestões de agências para conhecer Cajón del Maipo (Embalse El Yeso)?
  11. mixellett

    Gante

    Olá, pessoal! Aproveitando o post, seria melhor ficar em Gante ou Bruxelas como base? Tinha pensado em ficar em Bruxelas e fazer bate e volta pra Gante e Bruges, mas lendo o relato, fiquei em dúvida, rs!
  12. mixellett

    Foz do Iguaçu 2018

    Oi! Eu fiquei na Pousada Foz Igu
  13. mixellett

    Foz do Iguaçu 2018

    Olá, pessoal! Fui para Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú com o meu namorado para conhecer as Cataratas agora em maio e gostei muitoooo! Vim aqui compartilhar meu relato de viagem Dia 1 Saímos bem cedo de Campinas para pegar o vôo em Guarulhos. Chegamos cedo em Foz do Iguaçu e nosso quarto na pousada não estava pronto ainda. Aproveitamos para tomar um café da manhã na Marias & Maria Confeitaria. Café colonial muito bommmmmm , se não me engano, era R$40/kg, vale a pena dar uma passada lá! Conhecemos também o zoológico, não tem muita coisa não, se você tiver o que fazer, pode deixar pra lá. A entrada é gratuita. A tarde tiramos um cochilo e acabou passando um pouco da hora, rs, a ideia era conhecer o Templo Budista e a Mesquita, mas deixamos pra outro dia, pois queríamos ir de ônibus (para dar uma economizada), mas um dos funcionários do terminal disse que não daria tempo pra chegar nesses lugares :(, já que eles fechavam às 16hs. Decidimos ir então para o Marco das 3 Fronteiras do lado brasileiro, de ônibus mesmo. A passagem estava R$ 3,55. A gente deu azar que era horário de pico e o ônibus estava super lotadoooooo. Demorou bastante pra chegar até o Marco das 3 Fronteiras , mas chegamos. Na ida, não notamos que a mesma linha de ônibus tinha dois sentidos diferentes e acabamos pegando o sentido errado também, mas o cobrador nos avisou do erro rapidamente, rs! Então, prestem atenção nos sentidos das linhas ! Fora isso, andar de ônibus por lá foi bem tranquilo. Aliás, a cidade é bem tranquila, andamos a pé a noite várias vezes e tudo bem iluminado, várias pessoas na rua. Linhas de ônibus para pontos turísticos: O Marco das 3 Fronteiras é muito bonito, mas não tem muita coisa pra fazer, o espaço é pequeno. Antes de ir, eu olhei as fotos no TripAdvisor e tive a impressão que era bem maior. Pagamos 22 reais para entrar (pra falar a verdade, achei bem caro pelo o que oferece). Uma dica é entrar no site TicketLoko, eles vendem várias atrações com um bom desconto! Vimos o pôr-do-sol, tomamos um açaí (que não era açaí de verdade não, rs!) e ficamos para ver os shows que acontecem 20hs e 20h30. Lá tem várias barraquinhas de comidas, uma mini exposição na entrada contando a história do lugar, tem uma sessão com um vídeo de 12 min também contando sobre o descobridor das cataratas e um restaurante. Demos azar com o restaurante, era sistema de coma à vontade por R$49,90/pessoa e não tinha muitas opções. Optamos por pedir um hambúrguer com batata frita que era 35 reais, mas um tempo depois o garçom veio nos avisar que aconteceu um problema com a chapa e seria servido apenas o buffet. Pedimos duas caipirinhas e ficamos conversando até o horário do show (a caipirinha foi 12 ou 13 reais, achei o preço bom!) Minha operadora de celular é a TIM e em nenhum momento consegui sinal lá. Na volta, íamos voltar de Uber, mas nem conseguimos pedir, voltamos de ônibus mesmo (que desta vez estava vazio e foi bem rápido!). O Uber lá é bem recente e não tem muitos motoristas ainda, então, quase não conseguimos usar. Um dos funcionários da pousada nos deu a dica de usar o aplicativo Garupa, ele é a mesma coisa que o Uber, preço bem semelhante, mas com mais motoristas. Na primeira viagem, ganhamos 10 reais de desconto Depois fomos comer hambúrguer com batata frita no Brasa Burger; gostei muito do lanche e tem um preço bem amigo! Dois hambúrgueres com batata frita, refrigerante e caipirinha + 10% saiu R$75. O espaço é bem bonito e o atendimento muito bom! Super recomendado! Dia 2 Fomos conhecer as Cataratas do Iguaçu do lado brasileiro no período da manhã! Pagamos R$36,00 para entrar (mais uma taxa de conveniência). De tempos em tempos tem um ônibus (tipo, a cada 5/10min) para levar todo mundo para a parte que está as Cataratas mesmo. A vista é muitooooo linda! Você vai andando pela trilha e vai se aproximando cada vez mais das cachoeiras. A trilha não é muito grande não e não me molhei muito também, tinha umas pessoas vendendo capa de chuva, mas achei desnecessário (eu tinha levado uma minha já, mas nem usei). No final, tem um elevador panorâmico que tem uma vista muito legal!! No local tem várias borboletas e quatis, mas muitos quatis mesmo! E tem que ficar esperto, porque eles atacam e levam suas coisas embora mesmo. Assim que chegamos, estava uma euforia do pessoal pela quantidade de quatis. Todo mundo: "olha os quatis! Olha! Yayyy! Que fofinhos " até que uma senhora deu bobeira lá e um quati agarrou a sacola dela e rasgou tudo, nisso veio vários pra pegar o que tinha saído da sacola (e aí ninguém mais queria os quatis perto, hahaha). Na área de alimentação, tem muitos!! Os funcionários ficam os espantando toda hora. Não tem muitas opções pra comer lá dentro, tem um restaurante, que não lembro se era R$50 ou R$60 por pessoa, à vontade, acho que era R$60; um fast food, que era R$35,00 o combo com refrigerante, batata frita e hambúrguer e umas lanchonetes. Nós pegamos o combo do fast food, mas não estava muito bom não. Do lado de fora do parque fica umas barraquinhas vendendo empanadas e outras coisas, acho que teria valido mais a pena! Depois de almoçar, fomos ao parque das aves e este foi uma ótima surpresa! Ele é de frente pro parque das Cataratas, é só atravessar a rua. O parque é muito lindo!! Tem aves de todos os tipos e você entra dentro do viveiro deles. Eles ficam voando pra lá e pra cá (uma arara quase bateu na minha cabeça), eu achei legal demais, amei! Na hora que fomos, estava tendo um passeio com umas crianças e tinha uns monitores explicando as coisas pra eles, eu e meu namorado ficamos os acompanhando, rs. Tem umas partes com muitas árvores e você olha pra cima, tem várias aves nela; até fiquei com medo de passar em baixo e algum me acertar lá de cima, hahah. Achei que vale muito a pena conhecer! Nós pagamos R$42 e pouco, com o desconto do TicketLoco. À noite, fomos jantar numa churrascaria perto da pousada, chamava Churrascaria do Gaúcho e foi R$39,90 por pessoa com rodízio e sobremesas. O buffet até que tinha boas opções e o atendimento muito bom, mas achei a carne um pouco esturricada, não existia ponto mal passado, rs. Se você estiver procurando uma boa carne, não recomendo não! Dia 3 Fomos conhecer as Cataratas do lado da Argentina. A gente, inicialmente, ia de ônibus mesmo (detalhe que primeiro fomos no ponto de ônibus errado, o que era pro Paraguai, e uma moça nos avisou onde que era o ponto certo, rs, tem as bandeirinhas dos países no ponto, gente, é fácil de acertar, haha, só vi depois!), mas estávamos lá esperando, veio um taxista e disse que fazia 30 reais pra cada um (nós e mais 5 pessoas que estavam esperando o ônibus também). Achei que compensou bem, pois na volta, voltamos de ônibus e pagamos R$20 no ônibus para levar das Cataratas até a rodoviária de Puerto Iguazú e depois mais R$5 para até o ponto no Brasil. Gente, as Cataratas Argentinas são muito, mas muito lindas!! É muito melhor do que do lado brasileiro!! Na do Brasil, você tem uma vista mais panorâmica das Cataratas e na da Argentina, você vê bem mais de perto. Então, quando vocês forem, vão primeiro nas brasileiras e depois nas argentinas, porque acho que dá pra ficar desapontado no caso inverso, rs. Nós pagamos $480 (pesos argentinos) pra entrar e pagamos R$0,17 no peso (isso já com as taxas), compramos lá em Foz mesmo, na Access Câmbio e Turismo, na avenida Brasil, eu achei o preço bom, pois em na cidade que moro estava R$0,20 quando fui comprar e tinha outras casas de câmbio em Foz que também estava cobrando R$0,20. Lá tem 3 trilhas pra fazer, no mapinha que eles dão na entrada tem a distância em cada uma delas, em torno de 1300m a 1700m cada uma. Mas, assim, é uma bela de uma caminhada, porque é 1300m ida e depois mais 1300m volta, rs! A gente ficou o dia todo lá, meus pés estavam super cansados, é bom ir com um sapato mais confortável! Nós fomos primeiro ver a Garganta do Diabo, tem uma estação de trem para levar até o lugar desta (sai um trem a cada 30 min) e depois você segue a trilha pra chegar até lá. Esta trilha é menor e você vai andando por uma ponte de metal, por cima do rio e entre árvores. Eu achei legal que o contato com a natureza é bem maior nas trilhas argentinas, você vai andando por estas pontes de metal por dentro da floresta, em cima do rio, aí você fica bem perto das cachoeiras!! Dá pra ver várias aves diferentes, tem várias borboletas que pegam carona em você, rs, tem macaquinhos e quatis (em quantidade bem menor do que do lado brasileiro). Na hora que você chega na Garganta do Diabo é muito inacreditável, é muita água, muita mesmo e é enormeeeeee! E molha muito!! Neste dia usei minha capa de chuva, haha Depois de ficar admirando a vista, fomos almoçar, lá tinha a mesma rede de fast food do parque do Brasil, um restaurante, que achamos caro, mas não lembro o preço e estava super vazio também, e umas lanchonetes. Resolvemos ir na lanchonete, compramos um combo que vinha 3 empanadas + uma garrafa de 600ml de Coca-Cola por $150 (pesos). Pegamos de carne, frango e presunto com queijo. Gente, a de carne estava deliciosa , muito mesmo! Me arrependi por não ter pegado as 3 de carne, hahaha À tarde, fomos nas trilhas Inferior e Superior. Foi uma caminhada muito prazerosa! Você vai andando e tem vários pontos com as quedas d'água, várias árvores, os bichinhos, arco-íris pra lá e pra cá, eu amei!! Voltaria com certeza!! À noite, fomos conhecer Puerto Iguazú, compramos um passeio na própria pousada, foi R$50 por pessoa, aí, fomos conhecer o Marco da Fronteira do lado Argentino, a feirinha e o cassino que fica na entrada da cidade. Nesse passeio, conhecemos um casal do Rio de Janeiro e um moço da minha cidade mesmo, hahaha, achei que foi uma noite muito divertida! Adorei conhecê-los!! O Marco da Fronteira argentina é menos glamorosa que a do Brasil, tem umas lojinhas simples lá com lembrancinhas e doces, que achei caro, e tem um show de luzes, que achei bem bonito! Mas, oh, se não der tempo de conhecer, pode deixar pra lá! Depois fomos pra feirinha e andamos bem pechinchando os preços. Lá tem bastante queijo, salame, azeitonas, azeites e alfajores. Nós compramos 1 kg de doce de leite por R$15, um azeite de 1L por R$15, uma caixa com 12 alfajores da marca Las Colonias por R$20 e uma caixa com 24 alfajores da marca Recoleta por R$40 (eles são menores). Esse alfajor da Recoleta é muito gostoso e o da Las Colonias é ok. Depois jantamos na feirinha mesmo, tem vários botecos lá, pagamos R$78 em um kg de picanha com uns acompanhamentos, achei que compensou, estava muito boa! E depois fomos pro cassino . Eu sempre tive vontade de conhecer um, rs, e adorei! Achei muito divertido! Imagino que não seja tão glamoroso quanto o de Las Vegas, mas era bem grande, tinha uma parte só com máquinas, tipo essas de caça-níquel e outra área com carteados e roletas, tinha bastante gente. Nós fomos só pra brincar, comecei apostando 5 reais, só pra ver como que era, hahaha. No começo eu fui ganhando e aí você começa a ficar animado e quer continuar a jogar, mas depois perdi tudo! Dá pra apostar em dólar, pesos e reais, é só escolher a máquina que aceite a moeda que você tem. Nas mesas de carteado e roletas, era apenas dólar, se não me engano. Dia 4 Fomos conhecer Itaipu no período da manhã! Compramos os ingressos pelo TicketLoko, saiu 73 reais o circuito especial, que faz um passeio com vista panorâmica e conhece o funcionamento da hidrelétrica e como é por dentro. Fomos no primeiro horário do dia e foi ótimooooooo! Foram umas 3 horas de passeio. Os guias de lá são ótimos, explicam tudo, tiram dúvidas... o passeio interno é bem interessante e o de vista panorâmica é lindo, tem vários pontos com mirantes, dá pra ver o Rio Paraná em toda sua extensão, achei lindo! Itaipu é enormeeeee! Quando você está chegando, não parece lá grande coisa, mas você vê os veículos se aproximando e eles viram miniaturas, rs! Depois de almoçar (almoçamos no restaurante de Itaipu mesmo, tinha uns pratos executivos por 25 reais), fomos ao Paraguai. Pegamos um ônibus em frente a Itaipu, não lembro o número, mas uma das mocinhas da recepção que nos orientou quais ônibus pegar para o Paraguai e foi R$3,55. Você desce na ponte da amizade e anda um pouco (no máximo 10 min de caminhada). Tem bastante gente a pé lá fazendo este trecho até o Paraguai. Eu não gostei muito não, é carro, moto, gente pra tudo quanto é lado, dá pra ser atropelado fácil!! E é bem feio. Esse dia que fomos o dólar estava R$3,70, snif, não comprei muitas coisas, porque não estava precisando, mas tem uns preços bons sim! Só achei as maquiagens caras, estavam saindo o mesmo preço do Brasil. Depois voltamos pro hotel e decidimos conhecer um dos shopping que ficava perto da nossa pousada. Jantamos no Madero junto com o casal que conhecemos na "night na Argentina". Achei que o lanche de Campinas é melhor, rs, porque o bacon do de Foz estava meio molenga, mas estava gostoso também! Dia 5 Dia de voltar para casa. O café da manhã da nossa pousada era bem ruinzinho, poucas opções, pão duro, suco de saquinho, aí decidimos conhecer uma padaria que ficava perto da nossa pousada no último dia. Chamava Doce Pão, se não me engano, adorei! Achei o preço muito bom, cappuccino grande com chantilly por R$6,50, pão na chapa por R$2,50, pão de queijo grande por R$2,50. O local é uma graça também!! Vale a pena conhecer! Depois disso fomos conhecer a Mesquita. Tem entrada gratuita e explicam o que a religião acredita e tudo o mais, achei bem interessante! Demorou cerca de 30 min a visita. As mulheres tem que entrar com um lenço que é disponibilizado gratuitamente também. De frente, tem uma doceria árabe e comprei alguns pra experimentar. Gostei muito! Eles são feitos com mel e castanhas, nozes, amendoim... bem diferentes dos doces que como normalmente (são meio caros também!!). E depois fomos para o aeroporto! Nós fomos um pouco noobs e não tínhamos pensado que teria que passar pela Polícia Federal e fomos pro aeroporto muito em cima da hora, porque não iríamos despachar malas. Quando chegamos, tinha uma fila gigantesca pra embarcar e uma das atendentes disse que demoraria em torno de 30 min, na melhor das hipóteses. Então, fica a dica! No final deu tudo certo, porque nosso vôo acabou atrasando umas 2 horas, rs. E foi isso! Eu amei muito a viagem! É um destino que eu voltaria
×