Ir para conteúdo

Silvio Luiz Pinetti

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. O TÍTULO DESTE SITE DEVIA SER ALTERADO PARA: VIAJE SIM DE MOTO PARA A BOLÍVIA!!!! Depois de planejar bem a providenciar todos os documentos necessários, saí do norte do Paraná no dia 22/08/2015 rumo a Machu Pichu de Moto BMW GS 1200 com a esposa na Garupa, indo até Corumbá-MS, ingressando na Bolívia. Incialmente já tive uma boa impressão, pois fui muito bem atendido na aduana e depois na delegacia de polícia para autorização de tráfego, tudo muito rápido e simples. Em seguida desloquei até Santa Cruza de La Sierra, rodovia em concreto em excelente condições de tráfego, bem sinalizada e com curvas em ângulos adequados. Pernoitem em Santa Cruz de La Sierra e me dirigi a pé até a praça central... uma maravilha, o povo na praça se divertindo, dançando ao som de um coreto, crianças jogando dominó com os velhos, e a igreja lotada... como era no Brasil antigamente. O povo é ordeiro e muito simples. Depois foi Cochabanma, La Paz e saí pelo Porto Desaguadero, uma aduana simples, mas repleta de pessoas bondosa e simples. Ao ingressar no Perú seguimos até Puno e finalmente em Cuzco. Resolvemos retornar pela Bolívia e seguir por Oruro, descendo as cordilheiras até Iquique no Perú. Durante nossa passagem pela Bolívia não tivemos nenhum aborrecimento, povo ordeiro e simples. Uma coisa que nos marcou é que ninguém fica olhando nossa moto com obsessão, sequer fotografam a moto, diferente do Argentino e Uruguaio. Quanto a gasolina, nossa moto tem autonomia para 31 litros o que possibilita procurar por postos que tenham a "bomba estrangeira"que cobra o preço alto pela gasolina, pois a bomba "nacional"possui subsídio e é vendida por menos de R$ 1,00. Se você se organizar, providenciar os documentos necessários, não terá problemas e conhecerá um pais belíssimo!' Fica a dica!
×
×
  • Criar Novo...