Ir para conteúdo

samuelgr

Membros
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre samuelgr

  1. Olá pessoal, Acabo de voltar de um Mochilão por Bolívia Chile Peru Colômbia. Fiz um blog com dicas, relatos e fotos do Mochilão pra quem se interessar. viagenseconquistas.wordpress.com Abraços
  2. Apagar postagens

    e esses estão duplicados, podem apagar
  3. Apagar postagens

    Porque meu posto não aparece no lugar correto? Não consigo encontrá-lo na parte de viagens pela América do Sul, somente em Posts.
  4. 30 Dias Bolívia Chile Peru Colômbia - Ago/17

    Bolívia: Santa Cruz de La Sierra, Sucre, Potosí, Salar de Uyuni, La Paz, Copacabana Chile: Atacama Peru: Puno, Cusco, Machu Picchu, Lima Colômbia: Cartagena e Bogotá Endereço do blog: http://viagenseconquistas.wordpress.com Um sonho, uma conquista, tudo ao mesmo tempo... Há 1 ano atrás começamos a programar um mochilão pela América do Sul e num primeiro momento faríamos o roteiro clássico dos mochileiros: Bolívia, Peru e Chile. Sim, mantivemos esses países e acrescentamos a Colômbia como um plus no final. Não vi nenhum roteiro como o nosso na internet, porque os mochilões duram em média 22 dias e nosso seria de 30. Começamos nossa viagem por Brasília, fomos para Campo Grande de avião, perdemos o trem da morte por não ter comprado a passagem para Corumbá com antecedência, e seguimos rumo a Bolívia. Ficamos em média 2 dias em cada cidade, passamos quase 1 dia viajando de ônibus entre o Atacama e La Paz pra conseguir fazer o Lago Titicaca, seguimos pelo Peru e finalmente Colômbia. Buscamos o melhor de cada cidade, entre passeios e lugares e não me arrependo de absolutamente nada. Cada lugar nos marcou de alguma forma. No blog praticamente não falo em custos, tem muito disso na internet, a intenção é descrever o que vivi e o que senti em cada lugar. A principal dica que dou é: deixe Macchu Picchu para o final, o lugar mais espetacular que já conheci em toda a minha vida, emocionante e com uma energia inexplicável. Começar com Machu Picchu é deixar o restante do seu roteiro meio sem graça. Outra coisa que faria diferente é começar pelo Atacama e só depois fazer o Salar de Uyuni. Confesso que fiquei tão impressionado e deslumbrado com o deserto de Sal da Bolívia e com o país em si (belíssimo e precário na mesma proporção), que o Atacama ficou meio assim, sem graça... O Atacama é lindo, mas é difícil evitar as comparações. Outras dicas, que lemos muito por aí e as vezes não praticamos é: pesquise muito as agências antes da viagem (no Salar tivemos um problema e conto isso no blog), não troque dinheiro na rua (pegamos nota falsa), cuidado com as comidas na Bolívia (priorize os restaurantes), ande sempre com comida e muita água na mochila, não largue seu casaco porque a temperatura varia muito ao longo do dia, invista em roupas de frio se você vai ao Uyuni (pegamos -20º C no último dia), faça o passeio de bike pela Death Road em La Paz e desapegue de tudo: banho, internet, limpeza, pelo menos na Bolívia e especialmente no deserto. Ah, e se prepare pra voltar alguém muito melhor do que você foi. Foram tantas emoções nesse último mês e tanta gente bacana que conhecemos, que realmente acredito que o mundo está repleto de pessoas boas. Elas são maioria e hoje tenho certeza disso.
×