Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Thiago Guido

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. _______________________________ D E T A L H A M E N T O _________________________________________ Foram 10 dias de viagem cruzando o Chaco Argentino, a Cordilheira dos Andes, Salinas Grandes de Jujuy e o Deserto do Atacama, o mais árido do mundo. CUSTO TOTAL: R$1.800,00 (mil e oitocentos reais) ________________________________________________________________________________________________ ROTEIRO ________________________________________________________________________________________________ HOSPEDAGENS 1º dia: NADA - Barraca no Posto em Foz do Iguaçu 2º dia: 400 pesos ARG - Hostel Catedral em Corrientes 3º dia: NADA - Barraca no Posto YPF em Taco Pozo 4º dia: 350 pesos ARG- Hostel Don Tomáz em Purmamarca 5º dia: 15.000 pesos CHI - Hostel Mirador em San Pedro de Atacama 6º dia: 6.500 pesos CHI - Hostel Pampaloja em Antofagasta 7º dia: 150 pesos ARG - Barraca no Camping La Reliquia em Purmamarca 8º dia: 400 pesos ARG - Hostel Catedral em Corrientes 9º dia: 28 reais - Hostel Beija Flor em Foz do Iguaçu ________________________________________________________________________________________________ ALIMENTAÇÃO Nessa viagem levamos diversas coisas e praticamente não comemos "na rua". Na nossa lista de comida tinha Arroz, Feijão, Atum, Salada Seleta, Salame, Macarrões, etc, etc, etc. Levei o fogareiro e nem terminamos a primeira lata de butano. Em todo Hostel tem uma cozinha. Segue uma lista detalhada: - Arroz - Feijão - Atum - Salame - Salsicha - Salada - Macarrões variados - Barras de Cereais - Bolinhos de Chocolate - Nescau - ClubSocial ____________________________________________________________________________________________ COMBUSTÍVEL E PEDÁGIO Infelizmente não registrei os abastecimentos portanto não sei quanto gastei com isso. Uma única vez consegui fazer a média e estava em 30km/L, porém um valor nada confiável... Lá os frentistas não abastecem até onde você quer. Eles decidem qual é o máximo e ai de você de falar alguma coisa. KKKKK. Alguns colocam até a "redinha", outros até quase vazar. O que posso dizer é que o preço médio na Argentina é de 48,9 pesos argentinos o litro e no Chile paguei 774 pesos Chilenos na 93 octanas e 817 pesos chilenos na 95 octanas. No Chile ainda tem pedágio, 900 pesos pra ir e 900 pra voltar à Antofagasta. No Brasil quase 130 reais apenas de pedágio. Acho que é isso. Qualquer coisa é só perguntar que eu respondo se souber. ______________________________________________________________________________________________ Mais vídeos de Viagens, Passeios, Cursos, Dicas, Acessórios e outras coisas mais: https://www.youtube.com/thiagoguido Outros detalhamentos: https://www.facebook.com/guidaodemoto/
×
×
  • Criar Novo...