Ir para conteúdo

cadu.lessa

Membros
  • Total de itens

    21
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que cadu.lessa postou

  1. Oi Carla, tudo bem? Acabei de voltar de Huaraz e de Huayhuash e gostaria de te agradecer pelas infos do seu relato. Ajudaram muito na organização da expedição. O lugar é maravilhoso e vale muito a visita! Mas recomendo um mínimo de preparo para ir lá, se não vai ficar andando de cavalo (lógico, se contratar um). A altitude e o sol desgastam muito... Fizemos em 9 dias. No primeiro deles, foi só o deslocamento de Huaraz até Matacancha, o local do primeiro acampamento. Uma dica aqui: fizemos um caminho diferente com uma van que fretamos. Seguimos pelo caminho que leva ao Pastoruri mas ao invés de irmos até ele, seguimos por um outro que leva até o vilarejo de Huallanca, onde paramos para almoçar. De lá, seguimos até Matacancha por uma estradinha de terra muito utilizada por caminhões que carregam minérios de uma mina próxima. A vantagem desse caminho é que ele serviu também para aclimatação (chegamos quase a 5.000m), além de ter um visual belíssimo pelo caminho. Uma viagem demorada, mas muito linda! Outra dica que dou é, para aqueles que tem um tempo mais flexível, de "quebrar" o 2° dia e acampar em Janca, que fica a mais ou menos umas 2 horas depois do Paso Cacananpunta. Janca é um local belíssimo, com um visual incrível dos nevados. Eu cheguei lá por volta de 12h, tempo suficiente para ainda fazer um ataque a laguna de Mitococha, que NÃO fica na rota convencional do circuito. Já aqueles que estão mais cansados, ficar ali em Janca "morgando" e curtindo baita visual dali, também é válido! A vantagem de se quebrar esse 1° dia em 2 é que, acampando em Janca, pode-se chegar mais cedo no próximo acampamento, Carhuachoca, e curtir mais o visual alucinante dali! Agora, em relação a dificuldades, o Paso Siula não é mole não... bem íngreme e alto (4.850m). Na minha opinão, o paso mais difícil da caminhada. Mas o visual desconcertante das 3 lagunas dali (não deixem de subir no Mirador, uma pedra bem grande que dá uma foto maravilhosa das lagunas!) é super recompensador! Uma outra opção seria não acampar em Gashapampa e esticar direto até Jahuacocha, laguna maravilhosa que é o local do último acampamento. Mas vai depender do ritmo do grupo e se consegue acampar em Incahuaian, e não em Huatiaq (como fizemos). Essa opção talvez seja uma boa caso o grupo só tenha 9 dias pra fazer o circuito todo e se queira quebrar o 1° dia como disse aí em cima. O lado ruim dessa esticada direta até Jahuacocha seria o pouco tempo para se curtir aquele local, que é fenomenal também... Outra dica: quem usa câmera fotográfica com baterias, pode-se recarregá-las no vilarejo de Huayllapa, na primeira mercearia que encontramos quando entramos na vila. E na praça principal tem até telefone público também para dar um alô para alguém especial... Para terminar: fomos pela Mirador Tours, do Wilder, que fica na rua principal de Huaraz, descendo-a, logo após da Plaza de Armas. O preço foi muito justo: S/. 660 (500 da expedição, 120 do transporte privado até Matacancha - a outra opção seria pegar um busão até Llamac e, de lá, ir andando pela estrada por umas 4 horas até Matacancha, o que NÃO RECOMENDO - e 40 do aluguel de um cavalo de emergência por todo o período da caminhada). Esse valor de S/.660 foi para um grupo de 6 pessoas, com tudo incluído (café da manhã, lanche de trilha e jantar, além das barracas de dormir, isolantes, barraca refeitório e do arrieiro e suas mulas). Quem tiver interesse, pode me procurar em particular que eu passo o email do Wilder para contato. No mais é isso, pessoal. Qualquer dúvida, posso responder por aqui mesmo (isso se a Carla não se incomodar! rsrs), já que não pretendo fazer um relato como esse da Carla. O dela já é excelente!!! Dá pra ter uma boa noção do que é aquilo lá! Se lembrar de algo que seja útil, coloco por aqui... Abraços, Carlos
  2. Oi Carla! Bem, estou finalizando o planejamento desta caminhada. Irei agora em maio. Em relação a uma van, conseguimos, por 120 soles (para o grupo todo, de 6 pessoas - 20 pra cada um) uma van privada que nos levará de Huaraz até Cuartelhuain. Nesse valor está incluído também 1 dia a mais em Huayhuash, pois pensávamos fazer em 8 dias a caminhada, mas estamos espichando para 9 dias, pra curtir mais por lá, principalmente para fazer o Paso San Antonio, descê-lo pela outra face e acampar em Cutatambo, perto da Laguna Jurau. No dia seguinte descer pela Quebrada Calinca e chegar na vilzainha de Huayllapa. Mas a dúvida agora é em relação a quantidade de pessoas que foram contratadas (só guia e arrieiro?) e se vocês contrataram uma mula de emergência ou pegaram uma por lá mesmo. Além disso, precisaram levar sacos de dormir? Precisa ser algum específico por causa do frio? Abraços, Carlos
  3. Oi Carla! Era essa informação que eu estava procurando: se realmente existia uma caminho para van até o acampamento de Cuartelhuain. Tenho um mapa da região que informa que existe sim. Mas nada melhor que alguém que esteve lá para informar melhor! Como só terei 3 dias para aclimatar em Huaraz e como caminharemos durante vários dias, acho uma boa nos "poupar" nesse dia. Abraços, Cadu Lessa
  4. Olá Carla, belo relato! Já está me ajudando muito por aqui na elaboração do meu roteiro. Pretendo ir para Huaraz em maio e Huyahuash é a grande caminhada que gostaria de fazer por lá. E parabéns pela empreitada. Não é trivial não...exige muita determinação! Agora, uma pergunta: de Llamac até Cuartelhuain vocês fizeram de condução ou a pé? Pergunto isso porque um guia de Huaraz que estou combinando esta caminhada me disse que a van é de Huaraz até Llamac e, dali em diante, é caminhada até o primeiro camping em Cuartelhuain. Como pretendemos fazer em 8 dias, vai ser mais esforço e se pudermos nos poupar no 1o. dia seria bom. Abraços, Cadu Lessa
  5. No cume tem poucos locais bem protegidos (tem até uma barreira de pedras) que dá pra colocar espeques no chão sim.
  6. Pessoal, Pretendo voltar à Serra do Cipó, mas fazer algo diferente de já batida Lapinha-Tabuleiro, que fiz em 2006. Vendo os relatos e fotos do pessoal (principalmente do Jorge e do Antônio Jr.) postados aqui no Mochileiros, mas em diferentes tópicos, escolhi fazer a travessia Lapinha-Fechados. Como não encontrei um tópico específico para ela, achei legal criar um para juntarmos algumas infos a respeito. E a principal delas nem é a dificuldade da caminhada em si, já que o terreno ajuda e os relatos do Jorjão mais ainda, e sim a logística, principalmente o resgate. Alguém conhece um contato ou alguém que possa fazer esse resgate? Abraços, Cadu Lessa
  7. Olá! Estou indo pra Cavalcante justamente no início de junho! Abraços!
  8. Pessoal, Tô sentindo falta de um tópico exclusivo sobre a cidade de Cavalcante, uma das jóias da Chapada dos Veadeiros. Como estou indo pra lá no início de junho e estou catando algumas dicas de lá, como a paradisíaca cachoeira de Santa Bárbara, criei esse tópico pra gente trocar algumas infos, ok? Quem puder contribuir, esteja a vontade! Abraços a todos, Carlos Lessa
  9. Pessoal, finalmente tá tudo esquematizado pra minha viagem à Chapada dos Veadeiros! uhu! Agora, queria uma dica de guias que me possa levar na Cachoeira do Segredo e no Mirante da Janela, em São Jorge. E também algumas dicas pra Cavalcante. Fiquei fissurado em conhecer a cachoeira de Santa Bárbara, mas tenho poucas infos de lá... Qualquer dica aí, pessoal, seria super bem-vinda! Abraços a todos! Carlos LEssa
  10. Oi Cris! Legal! Se você puder conseguir alguma info dessa região do Sertão Zen/Macacos/Macaquinhos coloque aqui pra gente! Provalmente não apenas eu gostaria de ter mais infos de lá. Acredito que a trilha Alto Paraíso/Zen/Macacos/Macaquinhos eu consiga fazer, pois estou plotando alguns pontos de interesse no GPS, com a ajuda do Google Earth...hehe! O que me preocupa mais é a parte final (Macaquinhos): o lance de dormir por lá e o transporte de volta! Boa trip na Chapada! Curta bem! Bjs e feliz Ano Novo pra vc tb!
  11. Olá pessoal! Volto a perturbar de novo...hehe! Continuando minhas pesquisas pra definir meu roteiro nos Veadeiros, percebi que o Sertão Zen, com sua mega-cachoeira e o complexo de cachoeiras dos rios Macacos e Macaquinhos não poderiam ficar de fora!!! Em relação ao Sertão Zen, já consegui o tracklog pra GPS da caminhada que sai de Alto Paraíso e vai até o topo da cachoeira. Me parece que a trilha é tranquila. Aproveitei e dei uma ligada pro pessoal da TravessiaTur (http://www.travessia.tur.br/pt/gc_online/nivel2.asp?nivel2_id=119&nivel1_id=16&idioma=pt) que faz a travessia Leste e que passa no Sertão Zen e me informaram que NÃO se pode acampar lá. Procede essa informação? Disseram que dali ou volto pra Alto Paraíso ou tenho que zarpar direto pras Ocas (ou Aldeia Feliz, acho), que fica pertinho das cachoeiras do rio Macacos. Como pretendo conhecer esses 3 lugares e adoro fazer trekking, percebi que dá pra fazer uma caminhada que liga essas 3 atrações, que nada mais é do que uma parte da travessia Leste. Por isso pessoal, pergunto: 1) vcs já fizeram essa caminhada até o Sertão Zen? Não dá mesmo pra acampar lá? Já emendaram a caminhada até os Macacos? 2) chegando no rio Macacos, dá pra ir caminhando acompanhando o leito do Rio até a cachoeira Catedral? 3) dos Macacos, vcs tem mais detalhes da caminhada até o complexo dos Macaquinhos? Chegando lá, dá pra dormir na tal pousada do Fausto (agora acho que se chama Santuário das Pedras)? E o resgate? Quem esteve lá nos Macaquinhos, dá pra telefonar pra alguém lá em Alto Paraíso (serve taxi!) pra nos buscar de volta? É isso aí, pessoal. Qualquer dica aí será muito útil! Abração, Carlos
  12. Olá Alexandre, tudo bom? Puxa, obrigadão aí pela força. Vou esperar então o seu retorno pra gente trocar uma ideia. Deu pra perceber que você conheceu vários lugares lá na Chapada e, com certeza, pode me ajudar legal a fazer o meu roteiro. Boa trip lá nos Andes! Abração, Carlos
  13. Olá pessoal, Pretendo ir pra Chapada em abril/2010 e fazer a travessia Leste, que sai de Alto Paraíso, passa pelo Sertão Zen e depois termina no complexo de cachoeiras Macacos/Macaquinhos. Alguém aqui já fez essa travessia e poderia me dar algumas dicas? Abraços e feliz 2010! Carlos Lessa
  14. Olá pessoal, Pesquisando na net sobre as atrações da Chapada dos Veadeiros, acabei me interessando bastante em conhecer as Cataratas dos Couros e a cachoeira do Segredo. Sobre os Couros, já li que é bem distante de Alto Paraíso (aprox. 50km), indo-se de carro até o início da trilha. Como devo ir lá em abril/2010, será que nessa época é possível ir de carro comum ou apenas de 4x4? E chegando nos Couros, pode-se acampar por lá, voltando no dia seguinte, pra se aproveitar bem todas as cachoeiras que existem por lá? Também li que é possível ir para os Couros através de uma caminhada. Seria a que cruza a Serra da Boa Vista? Alguém tem infos sobre essa caminhada? Sobre a cachoeira do Segredo, onde seria a base pra se fazê-la? São Jorge? Dá pra ir de carro comum até o início da trilha? O caminho é tranquilo ou é necessário a contratação de um guia pra me levar até lá? Quanto tempo de caminhada? Bem, é isso. Qualquer outra dica, por favor, me falem! Valeu pessoal e feliz 2010! Carlos Lessa Rio de Janeiro/RJ
  15. Chuva põe fim a incêndios que destruíam a Chapada Diamantina Brasília (20/11/2008) – Boletim emitido na manhã desta quinta-feira (20) pelo Prevfogo (Centro Nacional de Combate a Incêndios Florestais), do Ibama, traz uma boa notícia: desde o final da tarde de ontem chove em todos os municípios da Chapada Diamantina, na Bahia. Com isso, os focos de incêndio que destruíam a região estão praticamente extintos. Segundo o boletim, por falta de teto, não houve condições de se realizar sobrevôo para se verificar se todos os focos de incêndio foram realmente debelados. As equipes de campo continuam mobilizadas e o grupo de coordenação das ações anti-fogo se reuniu nesta quinta em Mucugê para avaliar a situação. A decisão da chefia do parque, aprovada pela coordenação, é a de manter as brigadas mobilizadas por mais dois ou três dias. Só depois de ter certeza absoluta de que todos os focos de incêndio cessaram é que o esquema de combate ao fogo será desmontado. Fonte: ICMBIO - http://www.icmbio. gov.br/
  16. Antes de mais nada, parabéns pelo relato, Estela. Bem informativo. Agora, vocês sabem qual é a melhor época pra ir pra lá? Sobre isso, melhor época = pouca chuva + muito visual. Abs, Carlos
  17. Povo, Pretendo conhecer a Chapada e, em seguida, rumar para São Luís fazer a travessia dos Lençois Maranhenses. Sei que existe um trem da Vale do Rio Doce que passa em Açailândia que vai pra São Luís. Alguém aqui tem mais infos a respeito? Abs, Carlos
  18. Peter, Parabéns pelo relato e travessia! Taí uma nova opção de caminhada pela Chapada, pra sairmos um pouco do básico de lá. Abraços, Carlos
×
×
  • Criar Novo...