Ir para conteúdo

Gedielson

Membros
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

18 Boa

Últimos Visitantes

1.195 visualizações
  1. Olá Frederico, isso mesmo, R$ 1.400,00 foi por pessoa, com a alimentação incluída, o que dá 175 por dia.
  2. @Isabela Galvan Oi Isabela, essa viagem fiz em dezembro de 2016, então os valores pode ter sofrido alterações. Entre todos os do Atacama, deu uns R$ 1.500,00. Como disse no relato, contratei uma agência que oferecia um pacote com os lugares que eu realmente queria conhecer (fora o tour astronômico que contratei a parte). Mas se pesquisar bem, tem agências que oferecem pacotes bem parecidos com preço menor e acredito que sem o problema de horário com os geisers.
  3. Resolvi fazer este relado de viagem principalmente pela pouca orientação que encontrei para fazer a expedição para o Monte Roraima. Tive dúvida do que levar, mas, principalmente do que NÃO levar. Incerteza com que guia contratar. Incerteza com comida e pouca orientação sobre preparo físico necessário. Espero com este relato suprir algumas dessas deficiências que outros aventureiros possam ter. 1 – Diário de bordo 2 – O que levei para o Monte Roraima 3 – Como contratar um guia 4 – O que comer e o que beber 5 – Preparo físico necessário para subir
  4. @Elder Walker Vc tem razão, quando mensionei que finalmente tinha chegado ao Atacama, quis me referir a SPA heheheh. Realmente é enorme o deserto! Que rolê esse eu! Parabéns! De carro deve ser um sonho fazer!
  5. @EduSP Fiquei um tempo sem entrar aqui. Gastei por volta de R$ 3.500,00. Vlw pela dica de BuA
  6. Wesley, eu gastei um pouco mais de R$ 1.500,00 na Aylu e deve ter sido uns R$ 100,00 na Space (a agência que faz o tour astronômico). Não consigo ser tão exato pq acabei pagando uma parte em real, outra em peso e outra em dólar. Mas quando me programei, tinha me preparado para gastar mil e quinhentos com tour e me lembro quando fechei tinha dado um pouco mais do que eu tinha estabelecido. Fora o tour astronômico. Pelo que pude perceber, a Ayllu é um pouco mais cara que as outras agências. Fechei com ela pq seus pacotes estavam bem dentro do que eu queria, os horários deu bem c
  7. Em Santiago tem muitas lojinhas de celular, bem parecidas com as do Brasil, então foi bem fácil conseguir um chip. Eu adquiri um da Entel e pra mim funcionou muito bem. No "camelô" que eu comprei a vendedora mesmo já me ajudou com a habilitação, depois foi só usar. Necessitei fazer uma recarga pq usei bastante dos meus "dados"
  8. Bastante estrada hehe Então... Me hospedei em 3 hosteis em Santiago, Hostel Lindo, Kombi hostel e Rado Boutique Hostel. Em relação a limpeza, os 3 são bons. A localização do Lindo hostel não achei muito boa, é mais centrão. me hospedei nele pq era só uma noite e relativamente perto da rodoviária. Já o Kombi e o Rado, a localização é melhor. Em questão de qualidade, o Rado deve ser um dos melhores hostel q já conheci. Acho que era um hotel que foi transformado em hostel. Mas acho que até por isso, a interação entre os hóspedes não é tanta. Mesmo assim foi bom. Conheci um pes
  9. A ideia de fazer o relato do meu mochilão pelo chile é partilhar com os outros um pouco da experiência de viajar e servir de incentivo e orientação do que fazer (ou não fazer). Vamos lá! Diário de bordo 1 Sai de Londrina no domingo dia 18/12 às 7:45. Nunca pensei que uma simples viagem de Londrina para ctba pudesse demorar tanto. O ônibus entrou em tudo quanto é cidade, distrito e vila. Mas tbm fez uma parada na famosa "soledade". A máquina de suco natural de laranja é a melhor. Bem, depois de ser "assaltado" com os preços da Parada Soledade, foi hora de seguir viagem. Cheguei e
×
×
  • Criar Novo...