Ir para conteúdo

Wesley Felix

Colaboradores
  • Total de itens

    47
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Wesley Felix venceu a última vez em Fevereiro 12 2019

Wesley Felix tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

13 Boa

2 Seguidores

Últimos Visitantes

922 visualizações
  1. Tem sim @joao alexandre , mas tô meio enrolado, bem na verdade, mas acho que já percebeu né pelo tempo que não posto, tenho que pedir desculpas até, mas essa semana vou dar prosseguimento aos relatos e muito obrigado pelo comentário, incentivou bastante a continuar, forte abraço.
  2. O SALAR Quando entrei no carro dei de cara com o grupo que seriam meus companheiros pelos próximos dias de viagem pelo salar, o motorista Carlos, boliviano que ganha à vida trabalhando como guia já a um bom tempo, no princípio um tanto calado e na dele, mas foi fundamental para todo o passeio ter transcorrido perfeitamente, além de mandar bem na cozinha foi o responsável por nossas fotos panorâmicas em perspectiva, além da melhor playlist possível. Ao seu lado o navegador Renato, brazuca, que não era bem um navegador como num rally, ele era turista igual nós, mas um cara com uma en
  3. UYUNI Ainda no terminal de La Paz estava sentindo um frio absurdo que só foi aumentando dentro do ônibus, então logo após terminar minha pequena refeição e no apagar das luzes dei um jeito de vestir meu conjunto segunda pele, calça moletom, minha camisa, a blusa fleece, gorro e luvas, era tudo o que tinha na mochila de ataque, pois havia deixado minha jaqueta no mochilão acreditando que não faria tanto frio dentro do ônibus, mas pelo amor de todos os santos, eu estava simplesmente tremendo, e fui alternando entre dormir e tremer de frio, quando acordava tremendo conseguia ainda olh
  4. CHACALTAYA E VALLE DE LA LUNA Na manhã de meu último dia em La Paz despertei novamente com uma forte dor de barriga, mas dessa vez como havia comido mais no dia anterior as consequências também foram maiores, como havia despertado mais cedo para terminar de aprontar minha mochila de ataque, foi o tempo de ir e voltar no banheiro algumas vezes. Sai do hostel as 07h50min e optei por nem pegar minhas frutas na geladeira e nem tomar café da manhã, apenas um suco rápido, fiz meu check-out já com o mochilão nas costas, me despedi dos funcionários do hostel e desci a ladeira a
  5. @Diego MoierGrato sou eu irmão, de verdade, teu relato foi a base para montar toda a minha trip, espero sinceramente que o universo lhe retribua toda disponibilidade e humildade em que viveu e depois descreveu tudo, se o roteiro tiver se aproximado do seu e do @rodrigovix, já me dou por satisfeito, muita luz pra vocês rapazes, abraço.
  6. DOWNHILL Como disse anteriormente, ouvi falar do Downhill lendo um dos relatos para a viagem, como todos dizem ser obrigatório, confirmei com Rodrigo se não era uma furada e ele afirmou que não, não tinha muita noção de como seria, só estava preocupado se não haveria muitas subidas, porque apesar de fazer, algumas vezes, ciclismo urbano na minha cidade, não tinha um dos melhores condicionamentos físicos que conheço. O bom da No Fear, é que ela é uma agência prestadora de serviço direta, logo o custo é menor por não haver intermediários. Quando fui fechar o passeio, a atendente
  7. LA PAZ, A CIDADE LARANJA Quando finalmente entramos no perímetro urbano da cidade sede do poder executivo boliviano, eu fiquei completamente extasiado, as paisagens naturais vistas da janela do ônibus até chegar na cidade eram sublimes, e a paisagem urbana não deixa por menos, a pobreza é impactante, a ocupação desordenada, a marcas de deslizamentos nas encostas verticais dos morros onde as pessoas insistem habitar, os sobrados e casas alaranjados por estarem no tijolo aparente se espalham por toda a borda da geografia local, embaixo no centro está a parte desenvolvida e visivelmen
  8. @Daiane Ferreira @RicardoRM Obrigado pela companhia de vocês ao acompanharem o relato, sei que estou meio em falta com a regularidade das postagens, mas vou tentar acelerar agora, qualquer dica ou duvida é só falarem.
  9. A SURPREENDENTE BOLÍVIA Antes de iniciar devo avisar que essa parte do relato deverá ser a mais extensa, quase como no livro, isso porque esse trajeto é pouco conhecido e citado, então tentei detalhar o máximo possível, também quis apresentar uma pessoa que conheci na viagem, nos outros relatos não farei isso, pois foi muita gente, mas ela é escritora como verão adiante, e pensei que seria bacana se vocês leitores pudessem e quisessem conferir os trabalhos dela, são muito bons e valem a pena. Deixando o Brasil e já do lado boliviano existe uma grande escadaria que leva até o t
  10. PLAY Antes de prosseguirem, devo avisar que na época, agosto de 2018, tinha montado um roteiro saindo de Rondônia ondo moro, depois seguiria até Cusco no Peru pelo Acre, então faria Ayacucho, Ica, Arequipa e Puno – Peru, atravessando o Titicaca e já em terras bolivianas tinha pretensão de fazer Cobacabana, La Paz, Potosi e Uyuni onde atravessaria o salar até chegar ao Chile para fazer o Atacama e terminaria em Santiago onde já havia me aplicado como worldpackers para o começo de outubro pelo período de um mês, até então não tinha ideia de como voltaria para o Brasil, mas para inici
  11. Mochilão Mochilão La Paz, Uyuni (BOL) – Salta, Córdoba (ARG) – San Pedro do Atacama, Santiago (CHL) - Arequipa, Cusco (PER) “Não tenha medo de morrer feliz, tenha medo de viver triste”. – (Jeison Morais) Porque mochilão? Quando disse para minha família e amigos que iria fazer uma viagem com uma mochila cargueira nas costas ao invés de malas, sozinho, pelo Peru, Bolívia e Chile, e sem data pra voltar, a grande maioria duvidou que eu realmente a faria, essa maioria também questionou os destinos escolhidos e o restante embarcou na ideia dizendo o quanto isso er
  12. @Samuel Meireles Acredito que já tenha visto esse relato, mas se não, de uma olhada, ta meio desatualizado (2013) mas vale como guia: https://www.mochileiros.com/topic/43592-salkantay-trek-completo-sem-guia-p/
  13. Que massa Samuel, infelizmente não vou fazer Huaraz nessa trip, vai ficar pra uma próxima. O importante é estar bem preparado e com o psicológico lá em cima, com certeza tu vai tirar de letra, quanto a trilha em si, apesar de difícil os relatos aqui de quem fez solo, dizem ser tranquilo quanto aos acampamentos e com sorte encontramos algum mochila no caminho até lá, com uma boa companhia é muito melhor, tudo de bom pra gente brother, e se eu concluir com sucesso e tu quiser umas dicas, só manter contato, abraço.
×
×
  • Criar Novo...