Ir para conteúdo

Henrique_BR

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Henrique_BR venceu a última vez em Agosto 3 2019

Henrique_BR tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

51 Excelente

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. @vitor.chaves eles só aceitam dinares, tem que trocar antes mesmo. Quando eu fui a fronteira estava vazia, então o procedimento foi bem rápido.
  2. Valeu, @vitor.chaves, o visto para a Jordânia você tira e paga no momento em que é feita a imigração, por isso tem que comprar os dinares em Israel ou na emigração de Israel com um câmbio muito ruim. Se você vai passar por Jerusalém antes de ir à Jordânia, sugiro trocar o dinheiro lá.
  3. Valeu, Juliete. Que bom que o relato foi útil. Infelizmente, em Israel quase tudo é bem caro, mas acredito que comendo na rua ou fazendo comida dá pra economizar uma boa grana. Em Jerusalém, havia uns restaurantes que davam desconto para que estava no Abraham e serviam porções bem grandes que dava para dividir para duas pessoas, aí ficava um preço razoável. É bom dar uma olhada nesses.
  4. Dia 14 (24/10) Último dia em Jerusalém. A ideia era deixar o dia todo para conhecer a parte "nova" da cidade, mas como não tínhamos conseguido ao Domo da Rocha nos dias anteriores, tínhamos que ir de qualquer jeito nesse dia. A esplanada onde fica a mesquita Al-Aqsa e o Domo da Rocha é um dos lugares mais sagrados do islamismo e só abre para não-muçulmanos das 07 às 10h30, se não me engano, e durante uma hora na hora do almoço, mas a fila é tão grande que nem vale a pena. Chegamos um pouco antes das 9 e tivemos que ficar na fila por cerca de uma hora, pois há um rigoroso esquema de segura
  5. Dia 13 (23/10) Reservamos o tour Masada Sunrise com a Abraham Tours (empresa da rede Abraham de hostels) por NIS252. O tour sai às 4hs da manhã de Jerusalém com destino ao Masada, montanha onde havia uma fortaleza e foi cenário de uma batalha entre judeus e romanos cerca de 2000 anos atrás. O local é um dos símbolos do nacionalismo judaico (o juramento de quem entra no exército israelense é "Masada não cairá nunca mais", em referência ao povo e ao Estado de Israel. Para entrar em Masada, paga-se uma taxa de NIS28 e a trilha dura cerca de 1hora de subida. A trilha é pesada, com muitos deg
  6. Dia 12 (22/10) - Neste dia, fomos novamente à cidade antiga para visitar e ver os lugares pelos quais passamos no walking tour com mais calma. Fomos à via dolorosa, igreja do santo sepulcro, muro das lamentações e no monte das oliveiras, que fica fora e atrás da cidade antiga.
  7. Dia 10 (20/10) - após o café, voltamos para o vilarejo, pegamos o tx para fronteira (JOD25) e, depois de entrarmos novamente em Israel, pegamos um tx para a rodoviária (Nis35-40). Existem muitos horários de ônibus de Eilat para Tel Aviv, mas não há tantos para Jerusalém, então minha sugestão é comprar a passagem antes de ir para a Jordânia, especialmente se a viagem para Jerusalém for na sexta-feira igual a nossa (último ônibus sai por volta de 14h30 e só volta às 19hs do sábado). A viagem dura cerca de 4 horas e custa NIS70. Chegando em Jerusalém, shabbat, muitos judeus ortodoxos na rua, sem
  8. Dia 9 (19/10) - Tomamos café, fizemos check-out no hotel e partimos pro deserto do Wadi Rum (tx JOD 35). Para entrar na reservar do Wadi Rum, tem que pagar uma taxa de JOD5. Já tínhamos reservado o jeep tour + noite no acampamento com a agência Wadi Rum Nomads por email. info: https://www.wadirumnomads.com/ . Achei a agência muito boa, o passeio é simplesmente imperdível, os guias e funcionários são educados e prestativos. O tour sai por JOD50 (inclui jeep tour, noite no acampamento, almoço, jantar e café da manhã). Andar de camelo é opcional e custa JOD20 (na manhã seguinte, vc salta do jeep
  9. Dia 5 - trânsito para Eilat - a viagem de ônibs dura 4h30 e custa NIS70 (não tem opção de trem). site da empresa de ônibus Egged: http://www.egged.co.il/HomePage.aspx . O ônibus tem wifi, entrada USB e ar condicionado, mas não tem banheiro, então é bom fazer um planejamento . Dia 6 - Passamos o dia na praia, na Coral Beach Reserve, tem que pagar NIS 35 para entrar e o snorkel é alugado por NIS23. Tem uma barreira de corais e dá pra ver muitos peixes, é bem bonito, mas nada de muito diferente do que temos no BR. Fomos de ônibus (passa em frente ao shopping) e voltamos de carona (depois de
  10. Dia 3 (13/10) - ainda assimilando o cansaço e o jet lag, fomos novamente para a praia, dessa vez em Gordon Beach (ônibus 4, 104 ou 204) saindo de próximo ao Abraham. A praia é em Tel Aviv é muito boa, bonita, orla bacana e o mar tem uma temperatura agradável (no Rio é mais frio normalmente, para servir de referência). Na volta da praia, almoçamos no Shakshukia, que é lá perto e, apesar de estar na categoria popular do tripadvisor, não tem nada de popular. Almoço e cerveja custaram cerca de NIS 70. À noite, compramos o combo do hostel (shabbat dinner + pub crawl por NIS100), só o pub crawl é
  11. Continuando.. Na Jordânia, (quase) tudo é festa. Primeiramente, para deixar Israel por via terrestre (fizemos a emigração em Eilat), tem que pagar NIS 100 na imigração israelense. Para entrar na Jordânia, teoricamente, se vc ficar até 3 noites tem que pagar a taxa rídicula de JOD60 pelo visto (caso fique mais de três noites, é dispensado o pagamento pelo visto) e todos (teoricamente) tem que pagar JOD10 para sair do país. Como iriamos ficar exatamente três noites na Jordânia, ninguém em Israel sabia falar com certeza se precisávamos pagar a taxa de JOD60 ou não. Na dúvida, trocamos o dinheiro
  12. Então, depois de tirar muitas informações do Mochileiros, achei que era hora de contribuir um pouco. Percebi que há poucas informações sobre Israel/Jordânia aqui e muitas encontram-se desatualizadas. O objetivo do post é passar informações que eu não achei na internet (e descobri lá) e dar um ideia dos valores gastos e mostrar que, apesar de muitas pessoas acharem esta uma viagem complicada de ser feita, na verdade foi tudo bem tranquilo. Câmbio para outubro/2017 US$1 = NIS 3,50 (shekel) e US$ 1 = 0,70 JOD (dinar jordaniano), sim, a Jordânia usa uma moeda louca que vale mais que libra (nã
×
×
  • Criar Novo...