Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Wesley_Justino

Membros
  • Total de itens

    110
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Tudo que Wesley_Justino postou

  1. @fabiomon eu ainda não fiz trilhas com a Gaia, mas usei na cidade mesmo, ela é extremamente confortável. Nem parece que estou usando bota. Tenho uma da Quechua que acho bastante confortável, mas a sensação é uma bota. A Gaia realmente passa a sensação de que os pés sentem melhor o terreno pisado.
  2. @Gregorio fernandes como nossa moeda desvalorizou por lá. A 1 ano e meio estava 0,91 em Cusco e 0,95 em Lima.
  3. Uma outra opção, que já usei do aeroporto para Miraflores, foi a van do Quickllama: https://www.quickllama.com/en/home/ S/. 15,00 até a garagem deles em Miraflores, ou S/. 20,00 até o seu hostel em Miraflores.
  4. @Matheus Gobbo passei pelo mesmo que o @henriquefarage relatou, em todas as cidades do Peru. Leve um adaptador universal para não ter dor de cabeça.
  5. @Gabriel Santus parabéns pela aventura que está tendo. Espero que consiga voltar aqui e relatar um pouco mais as suas experiências.
  6. @henriquefarage muito obrigado por trazer esta dica. Muitas pessoas infelizmente não se importam e viajam sem o menor preparo (consultar o médico antes, seguro viagem, etc).
  7. @Jéssica Goldichis vá sem medo. Fui sozinho no ano passado, conheci várias cidades e em todos os lugares que fui encontrei com pessoas viajando sozinhas, muitas mulheres de toda parte do mundo. Pesquise bastante, leia os relatos, assista a vídeos no Youtube. Uma das melhores partes de viajar é essa pesquisa que começa meses antes. Se precisar de ajuda é só falar.
  8. @Lucas.mpacheco eu tenho uma Quechua resistente a água e comprei uma Vento Gaia, não para este fim, mas para fazer trilhas com chuva/neve. Acho que vale a pena investir um pouco mais. Os modelos impermeáveis da Quechua geralmente ficam quase o mesmo preço das Vento.
  9. @Karol_veronesi por nada! Aproveite a viagem!
  10. @Karol_veronesi acredito que você deva conseguir deixar a bagagem guardada na empresa de ônibus que irá para Huaraz. Eu fiz isso em Nasca, deixei a mochila guardada na Cruz del Sur no começo da tarde e só embarquei para Arequipa no ônibus das 22h.
  11. Olá Damarens!

     

    Parabéns pelo relato! Tenho certeza que foi uma experiência incrível. Mas fiquei com uma dúvida. Vi que nos gastos no Peru, você colocou os valores em Nuevo Sol e os valores em Real. Os valores em Real não deveriam ser maiores que os em Nuevo Sol?

    1. Damarens Santos

      Damarens Santos

      coloquei a cotação na época, pode ter alterado. :}

  12. @Betto 77 julho é o mês, creio eu, com o maior número de visitantes. Faça uma pesquisa nos sites das empresas de trem e do governo para saber a disponibilidade de passagens e do ingresso para Machu Picchu. https://incarail.com/pt/ https://www.perurail.com/ https://www.machupicchu.gob.pe/inicio
  13. @Ro St obrigado pela dica! Estou planejando fazer isso mesmo. Pretendo ir para Machu Picchu no dia 25/12. Não creio que terá muita gente por lá nesse dia...
  14. @Juana Carvalho parabéns pelo relato! Fui ao Peru em março de 2018, infelizmente sofri um acidente em Cusco e passei os últimos 8 dias de viagem no hospital, mas se tudo der certo, dia 07/12/2019 estarei embarcando novamente para este país incrível. Se puder voltar lá, conheça principalmente Huaraz e Arequipa. Eu fui sozinho (e pretendo ir novamente, desta vez com um amigo) para Lima, Huaraz, Ica, Paracas, Nazca, Arequipa, Puno e Cusco. E já estou planejando voltar novamente para Huaraz em 2020/2021 para fazer o trekking Santa Cruz e talvez até o Huayhuash. Até que você conseguiu uma boa cotação para trocar o Real por Nuevo Sol, tenho lido por aí que a cotação está em torno de 0,77. Pena que não está o valor que consegui ano passado (0,95 em Lima e 0,91 em Cusco). Pelos seus gastos, vejo que os preços permanecem na média que paguei. Não vejo a hora de voltar e "terminar" a viagem até Machu Picchu.
  15. @Matheus Gobbo Matheus, eu não tive dificuldades para comer. Os restaurantes sempre tem um ou mais pratos vegetarianos. Também podemos encontrar restaurantes vegetarianos. Em Cusco, por exemplo, tem vários. Eu estive em Lima, Huaraz, Paracas, Ica, Nazca, Arequipa, Puno e Cusco e foi tranquilo achar pratos sem carne. Somente em Cusco que eu fui em restaurantes realmente vegetarianos. Eu usei o TripAdvisor (além das pesquisas realizadas antes de viajar) em todas as cidades que ia, para achar o que queria comer.
  16. @Rafhael Souza Bom dia! De acordo com o site oficial, só tem disponibilidade a partir das 11h da manhã para o dia 22/06. https://www.machupicchu.gob.pe/general/disponibilidad As montanhas Wayna Pichu e Machu Picchu estão com suas entradas esgotadas.
  17. @thais.souza ao menos na Cruz del Sur de Nazca não tinha locker, mas eles guardaram minha bagagem em uma sala, junto com outras mochilas. Nas empresas de ônibus do Peru você tem que despachar as bagagens, como nos aeroportos, mas eu deixei a mala com eles por volta das 2, 3h da tarde e só peguei o bus as 10 da noite.
  18. Luiz, estou com o Schitini, a Rainbow Mountain vale muito a pena. Mas este teu roteiro está muito apertado em Cusco. São viagens longas (se for fazer de BUs, claro) e cansativas. E ainda tem o fator aclimatação. Cusco está a cerca de 3400m de altitude. eu tiraria um dia em Lima e adicionaria 1 em Cusco. Outro que quase não fiz, mas mudei o roteiro durante a trip e foi uma das coisas que mais me marcou foi fazer o sobrevoo das linhas de Nazca.
  19. Veja com a Marleni, que possui uma pequena agência em Cusco. Ela me ajudou muito por lá, tenho dívidas eternas com ela WhatsApp:+51 973 618 228 Site: https://inkascitytours.com/en/ Você pode ver também com a https://www.willkatravel.com/ o @henriquefarage trabalha lá e é bem ativo por aqui
  20. Thais, em março do ano passado eu fui de Ica para Nazca e no mesmo dia para Arequipa. Eu deixei a minha mochila guardada na agência/terminal da Cruz Del Sur, empresa que fiz o trajeto Nazca/Arequipa. Se você for fazer um passeio em Huacachina, através de agência, pode pedir para eles guardarem sua bagagem, ou então veja com a própria empresa que fará o transporte entre as cidades. Mas não esqueça de trancar tudo com cadeados.
  21. Luiz, li um relato ontem, onde informaram que alugaram todo o equipamento para fazer por conta o Trekking Santa Cruz: https://slightnorth.com/solo-hike-santa-cruz-the-complete-guide/ Acredito que deva compensar alugar sim. Quanto a comida liofilizada, infelizmente quando eu fui para lá (somente passeios de 1 dia), eu não cheguei a ver nos mercadinhos e não fui em nenhuma loja especializada. Mas se quiser, entre em contato com o Scheler via WhatsApp. Ele é muito conhecido pelos brasileiros (eu me hospedei no hostel dele e fiz todos os passeios com ele). Certamente ele pode te ajudar com estas dúvidas. Scheler: +51 943 397 706
  22. @Alexandre Herbst belo relato! Não vejo a hora de voltar a este país e terminar a minha viagem. Infelizmente sofri um acidente no Vale Sagrado no ano passado e não pude terminar a viagem. Mas se tudo der certo, em dezembro voltarei para ir novamente a Lima, Huaraz, Ica, Paracas, Nasca, Arequipa, Puno e Cusco, mas desta vez não irei sozinho, irei com um amigo.
  23. @Paola Rafaelly Que perrengue vocês passaram no final da viagem, hein? Mas mesmo com os contras, acredito que tenha sido uma experiência única e que a levará para toda a vida. Certamente fariam tudo de novo, mesmo sabendo que essas coisas iriam acontecer. Eu tinha lido o seu relato até o postado no começo de março. Terminei a leitura hoje. Eu fiz o meu primeiro mochilão (sozinho) para o Peru, entre 17 de março e 08 de abril, passei por muitas cidades, vários lugares incríveis, mas não consegui completar a viagem, pois sofri um acidente em Cusco e fiquei os 8 últimos dias da viagem no hospital. Mas mesmo assim, se eu fosse viajar hoje novamente, mesmo sabendo que sofreria o acidente e todo o transtorno que ele me causou nos meses seguintes, eu viajaria novamente sem pensar duas vezes. Não vejo a hora de poder botar o mochilão nas costas e viajar por aí de novo, sem rumo, sem cobranças, sem pressão, só curtindo os momentos. E preciso voltar para Cusco para finalizar este mochilão, conhecer Machu Picchu e fazer uma visita para a Marleni e seu filho Jhonatan (cusquenhos), que me ajudaram muito sem nem me conhecer. Se não fosse por eles eu poderia não estar aqui hoje. Obrigado pelo seu relato. As palavras finais certamente inspirarão muitas pessoas.
  24. @rodrigovix Fotos TOPs como sempre e um show de relato. Lugares maravilhosos! Parabéns e obrigado mais uma vez por trazer o seu relato. Essa Nusa Penida é fantástica!
×
×
  • Criar Novo...