Ir para conteúdo

camilandarilha

Membros
  • Total de itens

    24
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    4

camilandarilha venceu a última vez em Abril 21

camilandarilha tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

26 Excelente

4 Seguidores

Sobre camilandarilha

  • Data de Nascimento 12-07-1999

Informações de Viajante

  • Próximo Destino
    Argentina, Bolívia, Chile e Peru (pelo menos um mês de mochilão) / São Paulo / Bahia.

Outras informações

Últimos Visitantes

705 visualizações
  1. Capítulo 7: Uma semana maravilhosa em Viena! A minha host não estava no Airbnb quando cheguei, então fiquei esperando-a na frente de uma cafeteria. Parecia que tudo que eu tinha vivido naquele dia, tinha sido há eras. Estava agora na Áustria, e estava com um bom pressentimento sobre a minha estadia lá. Quando Luyi chegou, subimos para o Airbnb e deixei minhas coisas. Ela me mostrou o apartamento, e que lugar maravilhoso que era! Fiquei muito feliz quando recebi sua oferta no Couchsurfing. Ela estava na Europa a passeio, e tinha vindo sozinha da Austrália: disse-me que achava um despe
  2. Lamento que isso tenha ocorrido com sua família, mas acho que acreditar ou não em igreja, não vem muito ao caso no nosso assunto, meu caro. Confesso que era mais ingênua nessa época da viagem (tinha 19, e vou fazer 22 em julho) mas se o senhor não quiser ver o resultado de acreditar nos outros, sugiro que não continue a leitura: pois essa viagem só foi possível porquê acreditei no que há de bom nos outros, e segui a minha intuição. Passei 9 meses tendo que contar com a bondade das pessoas, e se estou aqui hoje, é porquê deu certo confiar em desconhecidos. Mas sei que o mundo não é cor-de -rosa
  3. Capítulo 6: Loucuras e perrengues em Budapeste. Nunca havia escutado nada parecido com o idioma húngaro, é fenomenal! Já havia me acostumado tanto a ouvir o idioma dos Balkans ao meu redor que até estranhei de primeira. Pedi informação em um posto de gasolina e logo descobri que precisaria andar por pelo menos uma hora até o parlamento Húngaro, pois ia ficar hospedada ali por perto. Respirei fundo, me preparando para enfrentar a longa caminhada com a mochila e fui. Não havia andado nem cinco metros, quando um rapaz passa a caminhar do meu lado e pergunta em português: -Bras
  4. Que coisa boa ler isso! E te entendo completamente... Planejava viajar pela América do Sul esse ano, mas acho que só vai rolar depois da vacina também Não deixe que essas borboletas morram! Espero que o resto das histórias te motivem mais ainda a cair no mundo
  5. Confiaria sim! Pois bondade/maldade são coisas que estão em todos, independente da nacionalidade hoje em dia eu não faria de maneira tão hardcore assim, o plano é pegar carona acompanhada. Mas, conheci uma menina do Espírito Santo que foi até o Rio Grande do Norte de carona sozinha, e deu certo! (ela foi preparada com uma arma de choque, mas não houve necessidade de utilizar.) É completamente possível no nosso país, pois também há muitas pessoas solícitas aqui!
  6. Capítulo 5: Parada acidental em Kikinda e acreditar nas pessoas: a carona mais importante da viagem. Quando entrei na minha segunda carona, a conversa fluiu muito mais, pois aquele senhor sérvio tinha um inglês básico. Em pouco tempo de viagem, ele me falou que tinha duas filhas, que era instrutor de boxe, e que tinha sido combatente na Guerra Civil da Iugoslávia! Lembro-me de perguntar como ele se sentia sobre isso, e ele disse que ainda tinha pesadelo às vezes, e chorava quando lembrava. Perguntei se acreditava em algo divino. Ele balançou a cabeça, negando. -Mas você acredit
  7. Capítulo 4: Hospitalidade sérvia e primeira carona da minha vida! Quando enviei meu pedido para passar duas noites na casa da Lena, só havia uma única frase em seu perfil: "Eu não estou aqui conversar, só me mande mensagem se estiver precisando de um lugar para dormir". Sem descrições sobre ela, nada. Como geralmente as pessoas explicam quem elas são e o que elas esperam do Couchsurfing, esperava uma pessoa prolixa e séria. Julguei totalmente errado. Nunca há como saber como será o seu host; isso pode ser negativo, mas com certeza pode te proporcionar agradáveis surpresas! Desde o mo
  8. Obrigada meu caro, concordo com você! A recordação de que fizemos o que queríamos é o que importa. E fico feliz, imagino que deva ter sido incrível (e que você tenha evitado muitos perrengues por ter dinheiro hahaha ) um abraço!
  9. Capítulo 3: 2 noites Bósnia e uma semana na Sérvia (Irig + 2 primeiros dias em Belgrado). Cheguei em Saravejo e o senhor que me deu carona me deixou exatamente no prédio onde iria dormir. Paguei, agradeci e entrei: era um daqueles prédios antigos que te fazem recordar de uma Europa mais sombria. Subi as escadas e o AirBnB ficava logo no primeiro andar: um colega brasileiro havia feito uma reserva para nós dois e no outro dia, iriamos ter que conseguir um lugar para dormir de forma 0800 - mas eu estava confiante. Deixei minhas coisas e fomos encontrar uma amiga dele da cidade. Fazia
  10. Capítulo 2: 50 dias na Croácia + bate-volta na Itália Ao chegar na rodoviária de Rijeka, entrei em uma cafeteria para esperar a moça da ong de intercâmbio me buscar. Fiquei surpresa ao ver pessoas fumando dentro dos estabelecimentos! Em bares no geral, você pode fumar, só não naqueles que servem comida. Ela me levou para um dormitório estudantil, onde ficaria pelos próximos 45 dias. Rijeka é uma cidade portuária no litoral da Croácia. É uma cidade bonita, mas não há muito o que fazer pela manhã. Já à noite, o lugar está cheeeio de opções! Lá há vários lugares que são cafeterias pela
  11. Em 2019, realizei a maior viagem da minha vida e agora, finalmente decidi compartilhar um pouco dela aqui espero que gostem! Capítulo 1: Preparação e França Em setembro de 2018, decidi largar a faculdade e juntar dinheiro para me jogar em uma aventura na Europa. Estava trabalhando em uma ONG de intercâmbio voluntário e fechei um pacote para passar 45 dias na Croácia por R$400 reais. Muito barato! Pelo menos tinha a hospedagem garantida. (Só vim saber exatamente onde ia dormir quando cheguei na Croácia, mas essa parte fica para outro momento) Tinha pouquíssimo tempo e pouquíssi
×
×
  • Criar Novo...