Ir para conteúdo

_paula_

Membros
  • Total de itens

    30
  • Registro em

  • Última visita

Bio

  • Ocupação
    professor

Conquistas de _paula_

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Pavan, Vale a pena, sim! Eu peguei tempo nublado, mas mesmo assim a paisagem é muito bonita. Como atividade, eles passam uns filmes, tem palestras (p. ex. sobre Torres del Paine), tem um salão com jogos e um bar. Sem contar que tem gente de tudo quanto é canto, é muito interessante. E na época que vc vai (alta temporada) ainda tem um plus que ma baica temporada não tem: avistamento da geleira Pio XI. Eu lembro que quando comprei meu bilhete, o site dizia que na alta temporada também tinha desembarque em Puerto Éden, para conhecer o local. Mas não vi nada agora no site. Se bem que eu acho o site deles bem fraquinho. Dá uma olhada nas fotos no meu blog: dia 1 - http://viagens-pela-america-do-sul.blogspot.com/2009/01/patagnia-dia-4-puerto-montt.html dia 2 - http://viagens-pela-america-do-sul.blogspot.com/2009/01/patagnia-dia-5-navimag.html dia 3 - http://viagens-pela-america-do-sul.blogspot.com/2009/01/patagnia-dia-6-navimag.html dia 4 - http://viagens-pela-america-do-sul.blogspot.com/2009/01/patagnia-dia-7-navimag-puerto-natales.html Pode perguntar o que quiser! Abraços, Paula
  2. No primeiro albergue que eu fui, que eu não lembro o nome, o quarto matrimonial já estava ocupado, mas acho que teria vagas em quartos compartilhados. Esse que eu fiquei, o Hospedaje Mi Rincón, só tem dois quartos, e um deles estava reservado para o dia seguinte. Então ficamos a primeira noite no quarto matrimonial e a segunda noite no quarto com duas camas de solteiro. Não sei se é muito difícil conseguir vaga sem reserva, não sei se dei sorte. Mas quando eu fui, ainda não tinha começado a alta temporada, que é da segunda quinzena de novembro pra frente. A cidade é bem pequena, na alta temporada realmente não deve ser recomendável ir sem reserva.
  3. De comida eu levei: - sanduíches prontos de queijo e presunto (eles aguentaram bem os 7 dias, mas não peguei nenhum dia de muito sol, não sei se foi muito arriscado) - leite em pó - achocolatado em pó - açúcar - geléia de vários sabores (umas embalagens pequenas, tipo daquelas que vêm cesta de café-da-manhã) - biscoito doce e salgado - barras de cereais - frutas secas - miojo - sopa de pacote - atum em lata - amendoim Os refúgios vendem comida, tanto refeições prontas quanto biscoito e pacote de macarrão, mas é caro. Dá uma olhada neste posto do meu blog: http://viagens-pela-america-do-sul.blogspot.com/2009/01/patagonia-dia-8-preparativos-para-tdp.html Aí eu conto os preparativos para a trilha: o que eu levei, onde eu comprei ou aluguei as coisas.
  4. Dá sim, só depende do seu preparo físico... Um possível roteiro seria: 1º dia - Salto Grande / Travessia Lago Pehoé / Refugio Pehoé – Refugio Grey 2º dia - Refugio Grey – Campamento Paso – Refugio Grey - Refugio Pehoé – Campamento Italiano 3º dia - Campamento Italiano – Campamento Britânico – Campamento Italiano 4º dia - Campamento Italiano - Refugio Los Cuernos - Refugio Chileno 5º dia - Refugio Chileno – Mirador Las Torres – Refugio Chileno – Hosteria Las Torres Seguem abaixo as distâncias e tempos estimados de caminhada de acordo com o mapa que eles dão na entrada do parque: * Refúgio Pehoé - Refúgio Grey: Tempo estimado: 3:30h - Distância: 11km * Refúgio Grey - Campamento Los Guardas: Tempo estimado: 1h - Distância: 4km * Refúgio Pehoé - Campamento Italiano: Tempo estimado: 2h - Distância: 7,6km * Campamento Italiano - Campamento Britânico: Tempo estimado: 2:30h - Distância: 5,5km * Campamento Italiano - Campamento Los Cuernos: Tempo estimado: 2:30h - Distância: 5,5km * Campamento Los Cuernos - Refúgio Chileno (pelo atalho): Tempo estimado: 5h - Distância: 12,5km * Refúgio Chileno - Mirador Las Torres: Tempo estimado: 2h - Distância: 4km * Refúgio Chileno - Hosteria Las Torres: Tempo estimado: 2h - Distância: 5,5km
  5. Que notícia boa! É difícil encontrar informações de quem fez a viagem nesse sentido, é mais comum as pessoas subirem para Oruro.
  6. Pessoal, O fórum está de parabéns! Já garimpei muitas dicas valiosas. Mas ainda estou com algumas dívidas. Estou planejando visitar o salar de Uyuni a partir de San Pedro e depois descer para Villazón, para conhecer o norte da Argentina. Alguém aqui já fez isso? Eu queria descer de trem pois li que a estrada é horrível entre Uyuni e Villazón. Será que é muito concorrido o trem nesse trecho? Dá para reservar antes? Trota, como você conseguiu comprar o bilhete antes? Abraços Paula
  7. Rafaella, Mal localizado, não tem como ser, afinal, fica em Torres del Paine rsrsrsrs Mas para caminhar o Refugio Paine Grande está melhor localizado do que o hotel. Você pode ir até o Glaciar Grey, é muito lindo. Pode perguntar o que quiser! Bjs, Paula
  8. E Yavi, você conhece? Vale à pena ir até lá?
  9. Olá, Li o tópico todo e adorei as dicas. Mas ainda estou com uma dúvida: qual a melhor forma de conhecer a quebrada de Humahuaca? Pretendo ir em janeiro de 2010. Abraços, Paula
  10. Rafella, Não fui nessa parte do parque. Se você quiser conhecer os pontos que ficam no Circuito W, fica longe sim. A não ser que você vá se deslocar de carro até onde der a só a partir daí caminhar. Dá uma olhada nesse mapa: http://www.torresdelpaine.com/img/secciones/02/a/iconos/TDP.pdf É o mesmo mapa que usaram no site do hotel que você quer ficar, mas está em alta resolução e dá para ver os tempos de caminhada estimados. O circuito W é a parte em verde (que parece a letra W) entre o Glaciar Grey, Mirado Francês e Mirador Las Torres. Do que eu conheci que não estaria muito longe do hotel é o Salto Grande Río Paine e fiz também a travessia do Lago Pehoé. Com certeza tem o que conhecer nessa parte do parque, mas aí eu não tenho como opinar. Já pensou em ficar em um refúgio? Não vai ter o mesmo conforto, mas você vai ficar muito mais perto das trilhas mais populares. Se você quiser dar uma olhada nas minhas fotos: http://viagens-pela-america-do-sul.blogspot.com/search/label/Torres%20del%20Paine Abraços, Paula
  11. _paula_

    Torres del Paine

    Eu fui em outrubro de 2007 e aluguei algumas coisas em Puerto Natales. Os preços abaixo são por dia, em pesos chilenos. O câmbio tava US$ 1 = $ 485. - barraca ($3.000) - saco de dormir ($2.000) - isolante térmico ($500) - fogareiro ($500) - 1 bastão de caminhada ($800) E comprei uma lata pequena de gás por $1.500. Levei de casa um Saco Mantafleece da Trilhas e Rumos, e usava junto com o saco de dormir. O meu marido levou um saco de dormir mummy (conforto: 8ºC / extremo: 4ºC) e junto com o Saco Mantafleece aguentou bem também. Indispensável é uma boa bota à qual você já esteja acostumado. A minha não é impermeável. A Casa Cecilia em Puerto Natales aluga equipamentos: http://www.casaceciliahostal.com/travelagency.html. Mas há outras também. Acho que exceto a bota, você consegue alugar tudo em Puerto Natales. Abs, Paula
  12. Leandro, eu não fui a Uyuni pois já estava esgotada fisicamente, querendo voltar pra casa. Eu não sei qual é a época que tá cheio, mas se não dá para ir à ilha dos cactos, em compensação vira um grande espelho. Eu preferiria ver o chão refletindo o céu inteiro, mas isso é de cada um. Abraços, Paula
  13. Olá, Dei uma olhada no seu roteiro e essas são minhas impressões: - Santiago: Só passei um dia lá, mas pretendo conhecer direito na próxima viagem. Dois dias na cidade para mim é pouco, já que gosto de museus e isso exige um pouco mais de tempo. - Valparaíso e Vinã del Mar: Quando eu for pretendo passar um dia em cada. Mas tenho uma amiga que fez um tour pelas duas cidades saindo de Santiago e achou mais que suficiente. - Concepcion: não conheço - Pucon: também não conheço, mas parece ser um lugar bem interessante - Puerto Varas: adorei a cidade. Dos locais que você pretende visitar só fui a Saltos de Petrohué, é imperdível. - Puerto Natales: a cidade é legal, mas não tem muita coisa para fazer. - Torres del Paine: acho um pecado passar somente um dia lá. Mas é para quem gosta de andar, as distâncias são muito grandes e você não vai ver quase nada se ficar parada. Para quem não quer andar, existe a opção de passeios de barco pela geleira Grey ou então pelas geleiras da parte sul do parque, Balmaceda e Serrano. - El Calafate: a cidade é bonita, mas a grande atração é o Perito Moreno. É deslumbrante. Eu fiz a navegação pela face sul da geleira, é bem legal. Pro meu gosto, eu ficaria mais tempo em Santiago e em Torres del Paine. Concepcion e Pucon eu não conheço, não tenho como opinar. Dois sites interessantes para se ter uma noção da cada cidade é http://www.welcomechile.com/ e http://www.welcomeargentina.com/, ambos em inglês e espanhol. Quanto ao frio, deve ser bem gelado, mas com a roupa certa dá para aguentar. Já li que no inverno a temperatura é mais baixa mas em compensação não venta, e o vento faz uma diferença incrível na sensação térmica. A minha viagem foi em outubro/novembro, eu peguei bastante frio e vento, acho que até temperaturas negativas. Ficava quase sempre de gorro, cachecol e luvas. Usei muito também uma meia-calça acrílica por baixo da calça jeans para esquentar mais. Abraços, Paula
  14. Pessoal, Como eu tirei daqui do Mochileiros muita informação para as viagens que já fiz pela América do Sul, resolvi contá-las em um blog. http://viagens-pela-america-do-sul.blogspot.com/ As viagens são (por enquanto): Patagônia - outubro e novembro de 2007 Buenos Aires, Colonia del Sacramento e Montevidéu - janeiro de 2007 Bolívia, Peru e Chile - janeiro de 2004 Tô começando pela descrição da mais recente. Abraços, Paula
  15. Olá Mochileiros, Entre outubro e novembro de 2007 fiz uma viagem incrível pelo sul do Chile e da Argentina e gostria de dividir com vocês um pouquinho dessa experiência. Meu roteiro foi: RJ – Santiago – Puerto Varas – Puerto Montt – Puerto Natales – Punta Arenas – Ushuaia – El Calafate – El Chaltén – Puerto Madryn – Bariloche – Santiago – RJ Os principiais objetivos dessa viagem eram: viajar pelos fiordes chilenos de navio (Navimag) e acampar em Torres Del Paine. Como um amigo queria vender suas milhas pela TAM, eu e meu marido decidimos ir de avião até Santiago, e começar a nossa viagem por lá. Segue abaixo um resumo (bem resumido) da viagem. Mais abaixo tem os valores de hospedagem e transporte. Dia 1 - 12/10/07 (Sex) – RJ -> Santiago -> Puerto Varas Chegamos em Santiago por volta das 13h. Fomos para o terminal de buses Alameda onde compramos as passagens para Puerto Varas e deixamos as mochilas em um guarda-volumes. Era feriado no Chile, o terminal de ônibus estava lotado. Foi difícil achar as passagens para Puerto Varas. Passamos a tarde no Cerro San Cristobal, é muito bonito. À noite pegamos o ônibus para Puerto Varas. Dias 2 e 3 – 13/10/07 (Sáb) e 14/10/07 (Dom) - Puerto Varas -> Puerto Montt No primeiro dia em Puerto Varas o tempo estava feio, chuvoso. Assim que chegamos fomos ao posto de atendimento ao turista ver hospedagem e escolhemos a Hospedage Ellenhaus. Depois ficamos andando pela cidade, para ver sua arquitetura. No dia seguinte fomos ao Parque Nacional Vicente Pérez Rosáles, onde ficam os Saltos Del Petrohué. O dia estava muito bonito e o parque é lindo. De volta a Puerto Varas pudemos finalmente apreciar a vista do lago Llanquihue, com os vulcões Osorno e Calbuco ao fundo. Dias 4 a 7 - 15/10/07 (Seg) a 18/10/07 (Qui) – Puerto Montt -> Puerto Natales No dia 15 pela manhã fomos para Puerto Montt pois tínhamos que estar no porto às 14h. Acho que ainda era feriado, pois estava quase tudo fechado. Achamos um Mc Donalds aberto e almoçamos lá, depois voltamos para o porto. A saída do navio estava prevista para as 16h, porém saiu somente às 21:30h, devido ao mau tempo. Ficamos numa cabine com duas beliches, banheiro dentro e janela. Na cabine havia também um canadende que quase não falava e uma argentina muito simpática. O navio é bastante confortável (é um navio de carga adaptado a passageiros), as refeições são boas, teve exibição de filmes e palestras. Quando o navio passou pelo Golfo de Penas (mar aberto), balançou bastante, mas era só ficar deitado na cama que não tinha problema. Na última noite no navio teve um bingo e depois uma festa, foi muito divertido. Ao chegarmos a Puerto Natales, no dia 18, fomos abordados por várias pessoas oferecendo hospedagem e optamos for ficar no Dumestre hostal. Jantamos no restaurante La Picada de Carlitos, a comida é muito boa e o preço também. Dia 8 – 19/10/07 (Sex) – Puerto Natales Passamos o dia às voltas com os preparativos para o acampar em Torres Del Paine. Pretendíamos dar a volta no parque, porém a parte superior estava fechada por causa da neve e somente seria possível fazer o circuito W. O aluguel do equipamento (barraca, 1 saco de dormir, 2 isolantes, fogareiro) sairia a $ 6.500(pesos chilenos)/dia, porém como compramos a passagem para Torres Del Paine na mesma loja, o aluguel ficou a $5.500/dia. Almoçamos novamente no restaurante La Picada de Carlitos. Em seguida fomos ao mercado e depois voltamos para o hostel arrumar as mochilas. Dias 9 a 15 – 20/10/07 (Sex) a 26/10/07 (Sex) – Torres Del Paine Fizemos o circuito W, o roteiro foi o seguinte: 1º dia – Salto Grande / Travessia Lago Pehoé / Refugio Pehoé – Refugio Grey 2º dia – Refugio Grey – Campamento Paso – Refugio Grey 3º dia – Refugio Grey – Refugio Pehoé – Campamento Italiano 4º dia – Campamento Italiano – Campamento Britânico – Campamento Italiano 5º dia – Campamento Italiano – Refugio Los Cuernos 6º dia – Refugio Los Cuernos – Refugio Chileno 7º dia – Refugio Chileno – Mirador Las Torres – Refugio Chileno – Hosteria Las Torres O parque é lindo, a caminhada é puxada, mas vale muito à pena. Os refúgios e a comida neles são muito caros, quem puder acampar e levar sua comida, eu recomendo. Além disso você não fica obrigado a ficar somente onde tem refúgio. Por exemplo, o Refugio Pehoé estava fechado, funcionando apenas o camping. De volta a Puerto Natales, jantamos no Restaurante Casa Magna. O salmão estava uma delícia! Dia 16 - 27/10/07 (Sáb) – Puerto Natales Entregamos os equipamentos alugados e descansamos um pouco. Dia 17 - 28/10/07 (Dom) – Punta Arenas Chegamos em Punta Arenas às 13h e fomos para a Hospedaje Costanera, que havíamos reservado através do Sr. Rubén (dono do Dumestre hostal, em Puerto Natales). À tardinha fomos à pingüinera Seno Otway, muito lindo o visual, mas não tinha muito pingüins. Apesar do sol, fazia muito frio! Na volta, andamos um pouco pela cidade. Dias 18 a 21 - 29/10/07 (Seg) a 01/11/07 (Sex) - Ushuaia No dia 29 saímos de Punta Arenas pela manhã, o ônibus parou em Rio Grande e só chegamos a Ushuaia às 20h, mas ainda estava claro. Fomos ao centro de informações turísticas procurar hospedagem. Em Ushuaia é difícil encontrar quartos com banheiro privativo a preços acessíveis. Escolhemos a Hospedaje Paisaje del Beagle. Em Ushuaia, navegamos pelo Canal de Beagle, $125 (pesos argentinos) por pessoa, e fomos ao Parque Nacional Tierra del Fuego. Recomendo a chocolateria Laguna Negra (chocolate quente com tostado de queso e jámon!) e o restaurante El Turco, a comida é ótima, bem servida e com bom preço. Dia 22 - 02/11/07 (Sex) – Ushuaia -> Rio Gallegos -> El Calafate Passamos o dia em trânsito, chegando em El Calafate somente de madrugada. Como eu já sabia que chegaríamos tarde, já tinha reservado a Hospedaje Lautaro pela internet (em Ushuaia) e foram nos buscar na rodoviária. Dias 23 e 24 - 03/11/07 (Sáb) e 04/11/07 (Dom) – El Calafate Fomos ver a geleira Perito Moreno, é maravilhosa! Compramos esse passeio na rodoviária. Também fizemos a navegação da face norte do Perito Moreno. El Calafate é bonita, mas é uma cidade bem pequena e não tem muita coisa além do Perito Moreno. Dias 25 e 26 - 05/11/07 (Seg) e 06/11/07 (Ter) – El Chaltén Chegamos em El Chaltén no dia 04/11 à noite. Ficamos na Hospedaje Mi Rincón, são apenas dois quartos com banheiro compartilhado. Desistimos de acampar por aqui e fizemos trekkings onde não seria necessário pernoitar: Mirador de los Condores, Chorrillo del Salto, Laguna Capri, Campamento base DeAgostini - Laguna Torre (http://www.elchalten.com/esp/actividades/caminatas.php) Dia 27 - 07/11/07 (Qua) – El Chaltén -> Puerto Madryn Só existem duas formas ir para o norte de El Chaltén sem ter que voltar para El Calafate e Rio Gallegos. A empresa El Chalten Travel, tem transporte até Perito Moreno (a cidade), mas só estaria disponível no final de novembro. E a empresa Las Lengas que transporta até Piedra Branca. Então fomos de van pela Las Lengas até Piedra Blanca e lá pegamos um ônibus até Puerto Madryn. Dias 27 a 29 – 07/11/07 (Qua) a 10/11/07 (Sáb) – Puerto Madryn Escolhemos onde ficar no posto de informações turísticas da rodoviária. Foi difícil encontrar vaga, a atendente ligou para vários lugares. Ficamos no Hostal Viajeros, foi o piorzinho da viagem. Fizemos um tour pela Península Valdez, com avistamento de baleias. Recomendo o restuarante “Cantina El Náutico”. A comida é deliciosa e o preço é ótimo apesar de parecer caro. Fui lá duas vezes. O ônibus para Bariloche saiu à noite. Dias 31 a 35 - 11/11/07 (Dom) a 15/11/07 (Qui) - Bariloche Chegamos em Bariloche de tarde e fomos para o centro procurar hospedagem. Havíamos errado nos cálculos e agora precisávamos pagar a hospedagem com cartão de crédito, mas não queríamos gastar muito. Foi bastante difícil achar um hotel a bom preço que aceitasse cartão e acabamos no Hotel Milan. Foi a diária mais cara da viagem (US$59,00), mas o hotel é bom e valeu à pena. Em Bariloche fomos ao Cerro Catedral (só havia neve no topo e não dava para esquiar) de ônibus urbano e fizemos o Circuito Chico à pé. Recomendo muito, é uma caminhada tranqüila e duvido que de van dê para apreciar a paisagem maravilhosa com calma. O Cerro Campanário também é imperdível, a vista de lá é absolutamente deslumbrante. Fomos nos restaurantes La Marca Patagônica, Bucanero, Don Juan e La Vizcacha. Dias 36 e 37 - 16/11/07 (Sex) e 17/11/07 (Sáb) – Bariloche -> Osorno -> Santiago -> RJ Esses dias foram dedicados a voltar para casa. O trecho de Osorno até Santiago fizemos pela TurBus em ônibus leito, pois já estávamos bastante cansados da viagem. É muito confortável, e a diferença de preço não é grande. Resumo de hospedagem (preço do quarto de casal, com banheiro privativo - exceto os marcados com "*"): Puerto Varas - Hospedaje Ellenhaus - CH$ 18.000,00 (US$ 37,00) Puerto Natales - Hostal Dumestre - CH$ 10.000,00 (US$ 20,00) Punta Arenas - Hospedaje Costanera - CH$ 10.000,00 (US$ 20,00)* Ushuaia - Hospedaje Paisaje del Beagle - A$ 100,00 (US$ 33,00) El Calafate - Hospedaje Lautaro - A$ 130,00 (US$ 42,00) El Chaltén - Hospedaje El Rincón - A$ 100,00 (US$ 33,00)* Puerto Madryn - Hostal Viajeros - A$ 105,00 (US$ 34,00) Bariloche - Hotel Milan - A$ 180,00 (US$ 59,00) Em Torres Del Paine ficamos nos acampamentos Los Cuernos e Chileno, a CH$ 3.500,00 (US$ 7,00) por pessoa. Transporte (preço por pessoa): No meu blog (http://viagens-pela-america-do-sul.blogspot.com/)tem as fotos. Como eu peguei muita informação neste fórum, espero pode ajudar também. Abraços, Paula
×
×
  • Criar Novo...