Ir para conteúdo

Jorge Soto

Membros de Honra
  • Total de itens

    850
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Jorge Soto postou

  1. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/235/Morro_do_Careca MORRO DO CARECA: O GUARDIÃO DO “VALE DA MORTE” Visivel do alto da Cachu da Fumaça mas principalmente da Cachu dos Grampos, o Morro Careca – sim, homônimo daquele da Mantiqueira, e q antecede o Marins - reina soberano da paisagem erguendo-se majestuosamente como um sentinela de pura rocha na entrada do “Vale da Morte”, aqui na Serra do Mar paulista. Situado na divisa Rio Gde da Serra e Sto Andre, o topo deste enorme maciço de granito é alcançado mediante curta, árdua e penosa subida. Ou talves não. Mas o esforço vale a pena, u
  2. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/232/As_Cinco_Super-Cachus_da_Serra_do_Meio O DESAFIO DAS CINCO GRANDES QUEDAS Cinco quedas, três rios e dois afluentes. Já a algum tempo esses eram os fatores q queria juntar numa única equação q rendesse uma pernada tão refrescante qto derradeira pela Serra do Meio, na borda do planalto da divisa de Sto André e R Gde da Serra. Visitar uma ou duas das cinco maiores quedas mais representativas da região é programa viável de um dia. Mas e todas de uma vez só? Já percorrera o Rio das Areias, Solvay e Vermelho de tds as formas possíveis, mas ainda f
  3. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/231/Ferradura_do_Elefante A FERRADURA DO ELEFANTE Durante minhas andanças pela Cachu do Elefante - região serrana de Mogi das Cruzes - sempre tive curiosidade em conhecer a notória “Trilha do Mirante”, picada q nasce à beira do asfalto da SP-98 e num piscar de olhos alcança a mais famosa queda do Rio Itapanhaú. Bem, esta dúvida foi sanada neste último domingo num circuito relativamente “sussa”, resultado da emenda desta vereda com outra bem conhecida. Um roteiro em formato de “ferradura” q percorre td “Trilha do Mirante” até margens do Itapanhaú,
  4. Pois é, Leo.. uma vez sozinho o objetivo da trip mudou pa mim: apenas chegar em Rio de Contas pela serra... Abraço de urso na retaguarda??? adoroooooon! Entao, Peter... o cume do Barbado é enorme e irregular, mas dá pra se mocar bivakando em qq canto, nos lajedos e ravinas (desde q nao chova). Já barraca é outros quinhentos, pois o ÚNICO local q comporta razoavelmente uma pra duas pessoas é uma pequena clareira arenosa ao lado do marco geodésico. Mas ai em virtude do solo rochoso os especks mal conseguem entrar, dai ce reforça a base com as pedras q tiver ao redor, quinem se faz no Aconcágu
  5. Fala, Leo..seu sumido duma figa! Pois é, nao repetiria essa trip ai não pq pra mim ja valeu a pena. Ter de me virar sozinho de uma hora pra outra, sem nada, numa regiao q nao conehcia lhufas pra mim ja foi uma experiencia mais q gratificante. Mais ate q o proposito inicial dos 3 picos, pode apostar. Sem guia e mto menos carta decente, posso ao menos me gabar, estufar o peito e afirmar: "ao menos tentei!" Isso de mim ninguem tira. Alem do mais, quem ja viu o Perito Moreno ja viu tds as gdes geleiras. O mesmo vale pra região. Qdo tiver tempo outra vez devo redigir o trecho da Serra da Trompa em
  6. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/99/99 PICO DO BARBADO: O NORDESTE VISTO DO CÉU A paisagem da Chap. Diamantina está longe de ser marcada apenas por vales e gerais entrecortados por eventuais “chapadões” q lhe emprestam o nome. Um pouco mais ao sul, nas proximidades de Rio de Contas, uma menos conhecida “Chapada Sul” vislumbra montanhas q teimam em alcançar o céu, destoando da horizontalidade recorrente na paisagem de seu famoso Pq Nacional. E é numa delas q se eleva 2033m o Pico do Barbado, referido como pto mais elevado do nordeste e passível de alcançar mediante pernada
  7. aeee...Luzita! mundo pequeno hein??? pronta pras proximas pernadas pauleiras??? simboraaaa, muié retada!
  8. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/230/Pedra_da_Jamanta PEDRA DA JAMANTA: NO TOPO DA JOATINGA Apesar de próxima dos dois maiores centros urbanos do pais, algumas das melhores paisagens da famosa Peninsula da Joatinga ainda permanecem pouco conhecidas àqueles q percorrem sua tradicional travessia – ou suas variações pelo Saco do Mamanguá – ambas já cantadas em verso e prosa por trocentos aventureiros. Famosa por suas praias paradisíacas, rios límpidos e cachoeiras escondidas, a Joatinga ainda possui respeitáveis montanhas à beira mar das quais a Pedra da Jamanta se desta
  9. Rugido trovejante da Tigresa do vale: "Miau..." Pô, Vivizita...ce ta querendo mesmo espantar mosca no forum... Infelizmente não tenho a bala do Fabio...
  10. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/229/Travessia_do_Vale_da_Morte RASGANDO O “VALE DA MORTE” “Vale da Morte” é a denominação ingrata e indevida q recebe o magnífico Vale do Rio da Onça. Situado perpendicularmente ao Vale do Rio Mogi, q por sua vez atravessa td pólo industrial de Cubatão - este sim o verdadeiro “Vale da Morte” – alcunha q recebeu no inicio dos anos 80 por conta das tragédias ambientais da região. O tempo passou, Cubatão já não ostenta mais o lamentável titulo de “cidade mais poluída do mundo” e a região recuperou-se exemplarmente em termos ambientais. Contudo, o ap
  11. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/228/Estrada_do_Sepa A ESTRADA DO SEPA Com o nome oriundo de um antigo clube de campo q já não existe mais, a “Estrada do Sepa” seria mais uma das muitas estradinhas de chão q derivam da SP-098 (Mogi-Bertioga) através do planalto mogiano, pouco antes de sua abrupta descida sentido litoral. Seria, pois um breve e superficial reconhecimento da mesma revelou uma opção sussa e repleta de atrativos naturebas no decorrer de seu sinuoso caminho q finda no distrito de Biritiba-Mirim, quase 25km à nordeste. As poucas chácaras e sítios q lá existem dividem
  12. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/227/227 POR DENTRO DO "GOGÓ DO TINHOSO" Os rios q serpenteiam os contrafortes serranos dos arredores de Paranapiacaba oferecem gdes atrativos q se traduzem seja na forma de respeitáveis cachus e poços translúcidos como tb outro gde tipo de acidente geológico q dá um espetáculo a parte: imponentes cânions q, independente da forma e tamanho, emparedam td ao seu redor por meio de grandiosas muralhas rochosas verticais. Destes, o mais conhecido é o q atende pelo sugestivo nome de “Garganta do Diabo”, magnífico desfiladeiro de rocha pura formado pela
  13. apenas uma informacao importante ... o processo de privatizacao de td aquela area q inclui a serrra dos agudos ( e o pico, claro) deve sair em breve, infelizmente. Portanto, quem ainda tem a intencao de subir o pico vá lá o qto antes, pq depois sem chance. Os caras ja deixaram claro q nao vao opermitir a entrada de mais ninguem la. Qdo fui ja tavam comecando a cercar td..Consequentemente, a trilha vai fechar e o pico ficara na lembranca...
  14. algum moderador/administrador/editor de plantao..etc... favor trasnferir este relato na regiao sul... por motivos de pressa e desatencao cabei postando aqui.. grato.
  15. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/225 O SALTO DE SAPOPEMA Sapopema é um pacato município situado no noroeste paranaense, cujo nome em dialeto indígena deriva da árvore homônima e significa “raiz chata”. Fundada em 1960 na altitude de 759m tem como único atrativo natureba o titulo deste relato, pois assim consta na carta do IBGE, embora na região seja tradicionalmente conhecido como Salto das Orquideas. Em suma trata-se de uma sucessão de respeitáveis quedas dágua q o Rio Lajeado Liso oferece no decorrer de seu sinuoso trajeto pelo Terceiro Planalto antes de desaguar no grandioso
  16. Cara, teu estado tem opcao pra dar e vender no quesito de pernadas exploratorias selvagens! nao entendo o pq do pessoal se restringe ao Marumba e PP. No máximo, esticam pro Quiriri ou serra do Araçatuba. Vc abre as respectivas cartas topograficas e consegue enxergar gdes vazios preenchidos por diversas serras interessantes. Basta meter as caras, levar algo de comida e buscar interligar alguns ptos aparentemente interessantes. Na maioria das vezes pode nao dar em nada, mas noutras pode resultar numa travessia a ser oficializada. De qq maneira, o tempo nunca é perdido pq a aventurinha por si ja
  17. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/224/224 DESCENDO O RIO GUACÁ Quem percorre a BR-98 - mais conhecida como Rodovia Mogi-Bertioga - não pode deixar de reparar o trecho onde o asfalto adentra os contrafortes serranos de um imponente vale e passa por cima de um rio q despenca graciosamente encachoeirado sentido litoral. Falamos do Rio Guacá, gde afluente – senão maior tributário – do majestuoso Rio Itapanhaú. Por motivos de distância, logística e principalmente oportunidade, as incursões exploratórias deste belo regato limitaram-se a uma rápida visita ao Poço das Antas. É injus
  18. parabens Tiagão... haja perna, hein? Já fiz a SF e a Maringuaré de uma vez só e fiquei com as pernas já cambaleantes.. as demais ja fiz noutras ocasioes, separadamente e mais de uma vez, nas mais variadas formas e trajetos. O Augusto ja fez a Transmantiqueira completa na mesma ocasiao em q me limitei apenas as duas primeiras travessias. Qdo tiver tempo, explore as variacoes mais pauleiras de uma Mantiqueira q poucos conhecem: na SF suba a Mina pelo Rio Branquinho; e do Marins acesse o Mariana, pico ao lado, ou simplesmente desca qq crista serra abaixo. E em Itatiaia, tente fazer a pauleira (e
  19. tem varias formas de chegar no Jaraguá.. a mais comum é descer de metrô na estacao Anhangabaú, e dali andar ate a Pca Ramos..do lado. Dali parte a linha (8696-41) "Pça Ramos de Azevedo - Jaraguá" .. q deixa bem na entrada do parque..
  20. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/223/Ferradura_do_Itatinga A FERRADURA DO ITATINGA O Rio Itatinga é bastante conhecido seja pela sua vila homônima, situada na baixada santista, como pela represa do mesmo nome, datada de 1910 e q ainda gera energia pra cidade de Santos. Entretanto, o Itatinga nasce nas entranhas da Serra do Mar bem antes de despencar do planalto e desaguar no Rio Itapanhaú,, totalizando algo de 25km percorridos. Boa parte deste trajeto se dá ainda no planalto, onde o largo e majestuoso rio serpenteia densa vegetação costurando os limites dos municípios de
  21. http://jorgebeer.multiply.com/photos/album/222/222 PICO DA VARGEM GRANDE: TRAVESSIA TAIAÇUPEBA – PARANAPIACABA Com apenas 1164m, o Pico da Vargem Grande é mais um daqueles morros desconhecidos q nunca se ouviu falar mas, querendo ou não, é um dos q integra a tríade de altas montanhas da divisa intermunicipal de Paranapiacaba, ao lado da Pedra Grande e do Itaguacira. Sabendo de antemão q seu melhor acesso era através de Taiaçupeba e não pela vila inglesa, essa foi a deixa pra buscar interligar estas duas localidades me valendo o mínimo possível de estradas de terra e sim por meio de seus
  22. Pelo q conheco da ilha e pela minha experiencia, em Dois Rios é praticametne impossivel acampar, a menos q tenha mudado agora. Tds os moradores tem algum parentesco com ou os antigos presos ou policiais do antigo presidio q nao gostam de forasteiros mochilados. É um pessoal bem arredio e meio rude até. Soube de getne q tentou acampar na praia , na surdina, e foi enxotada na porrada por eles. Pra eles passeios em Dois Rios devem ser bate-volta. No maximo, parece q tem uma pousadinha ali, nao sei ao certo.. mas camping ali eu nao arriscaria nao. Tenho conhecidos q passaram maus bocados lá. A me
  23. DOBRADINHA EM MAIRIPORÃ A apenas 38km da capital paulista, Mairiporã era mais uma daquelas cidadezinhas próximas à urbe q até este ultimo fds conhecia apenas de nome e poderia ser bem uma extensão da Grande São Paulo não fosse estar separada da capital pela Serra da Cantareira. Pois bem, a tal “cidade bonita” (em tupi) tem quase 80% de sua área transformada em Área de Proteção de Manaciais, q além da Cantareira abrange o Vale do Rio Juqueri, resultante da represa responsavel por boa parte do fornecimento de água da capital. E é nestas duas regiões q existem várias opções de programa
  24. verdade! esqueci do episodio da cobra, logo no inicio! mas isso ai prfiro manter abafado mesmo....
×
×
  • Criar Novo...