Ir para conteúdo

Roberto Antiga Junior

Membros
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Roberto Antiga Junior postou

  1. Outro lugar interessante e essencial, que todos precisam visitar em Havana, e que deixa explícito a influência africana na formação cultural e social é o Callejón de Hamel É basicamente uma viela que foi toda estruturada a partir de 1990 por um artista plástico cubano, Salvador Gonzalez, com inúmeros grafites e outras expressões artísticas que fazem referência a religiosidade afro-cubana, aqueles mesmos orixás cultuados no Brasil, também são cultuados em Cuba. O tronco étnico de africanos escravizados que foram trazidos de maneira forçada ao Brasil também foram levados a ilha. Aqui s
  2. Eu consegui por intermédio da moça que ia me hospedar na casa dela. É muito comum entre os próprios cubanos eles fazerem inúmeros bicos, principalmente com o turismo para conseguirem renda. Por exemplo, o senhor que foi me buscar no aeroporto era ex treinador da seleção cubana olímpica de boxe. Existem sites especializados que possibilitam este contato com os cubanos para uma eventual hospedagem. Inclusive no Aibnb também existem inúmeras ofertas. É um conselho que dou para todos que querem ir para Cuba, não fiquem em hotéis, é muito mais interessante se hospedar na casa dos cubanos.
  3. Depois de participar do Congresso de sociologia da religião em Havana, aproveitei para conhecer a cidade. Eu levei um guia do Lonely planet de Havana e consegui conhecer lugares que absolutamente fogem do roteiro mais tradicional. Fui em uma pequena mesquita existente em Habana Vieja, em um museu especialmente feito para as religiões afro-cubanas, mas conhecida como Santeria, e também descobri a calle comércio, um lugar onde conseguimos comprar artesanato e souvernis com um preço bem menos do que aqueles que as pessoas vendem nas regiões mais turísticas. Museu da Revolução: co
  4. Alguém já usou o fre passa da Air Asian para voar no Sudeste asiático? descobri recentemente e gostaria de saber se realmente compensa

  5. Depois de postergar por séculos, segue o relato de quando eu estive talvez na Ilha ``mais amada´´ e ``odiada´´ do mundo Cuba !!!! Já faz um tempo, mas pisar nesta ilha caribenha me marcou profundamente. Fui para participar de um Congresso que ocorre a cada quatro anos neste maravilhoso país, consegui uns dias a mais para poder conhecer um pouco de Havana com toda a sua história e caráter revolucionário. Para isso, consegui um bom voo na época pela Copa Airlines com escala no Panamá e também consegui uma hospedagem excepcional, através de uma amiga da minha irmã, em uma casa d
×
×
  • Criar Novo...