Ir para conteúdo

LeoRJ

Membros de Honra
  • Total de itens

    3.263
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que LeoRJ postou

  1. LeoRJ

    Santiago

    O Mercado Central é um dos piores lugares pra se comer em Santiago. O lugar é sujo, a comida é ruim e os preços não são bons. Quem puder passar por lá a noite e olhar pelas grades, irá se deparar com um cenário de fedor e perseguições de gatos a ratos, que habitam tal local. Dicas como Mercado Central, viña Concha y Toro e restaurante Giratório infelizmente cada vez mais são propagadas por brasileiros, mas essas ''atrações'' são coisas de turistas desinformados e com certeza os piores destinos da cidade. Ir ao mercado é legal, mas vá em conjunto com um passeio ao centro da cidade, não como destino gastronômico. Quem realmente quiser comer frutos do mar, vá a Reñaca em conjunto com um passeio a Viña del Mar e Valparaiso. Abraço a todos, Leo
  2. Léo, a gente tentou encontrar o seu hostel pra tentar juntar todo mundo num churrasco, mas tava chovendo e bastante frio e terminamos não encontrando. Uma pena =/ Que pena, ia ser um belo churrasco
  3. Pessoal... Olha só !! Pegar um carro popular ultra barato pra dividir entre 4 ou 5 pessoas não é muito bacana não. Logicamente ainda é muito melhor que contratar uma van, que seria o pior serviço possível. Pra dividir um carro decente entre essa gente toda não sai muito mais caro. Deve-se tomar cuidado, já que nesse tipo de situação, o barato pode sair bem caro, pois alugando um carro ruim e frágil, a possibilidade de problemas é maior e qualquer defeito ocasionado por mau uso será cobrado. Só nisso, já sairia mais caro que alugar algo decente. O trecho de Cusco até Santa Maria está completamente asfaltado. Estive lá de moto a três semanas atrás. Passei o trecho de Santa Maria a Santa Teresa de V-Strom sem o menor problema, mas sendo um carro popular, recomendo um modelo que possua no mínimo uma boa altura do solo, pois quatro ou cinco pessoas em um carro popular já é ruim até em asfalto. De qualquer forma, os trechos de terra são pequenos, 23km de Santa Maria a Santa Teresa e de Santa Teresa a Hidrelétrica são mais 11km. Não despreze a baixa distância desses trechos, pois lá é mais perigoso que a tal estrada da morte boliviana. Pra deixar o carro na Hidrelétrica é super fácil. Não se preocupem com isso. Busque o bar que lá existe ou o posto policial do local. Não existe nada além disso e impossível não encontrar. Abraço, Leo
  4. LeoRJ

    [[Template core/front/global/prefix is throwing an error. This theme may be out of date. Run the support tool in the AdminCP to restore the default theme.]] Pucón

    Isso não procede, pois as estradas aqui ficam livres todo o ano. As únicas que ficam restritas, para quem possui cadenas (correntes de pneus para neve), são as estradas secundárias que não possuem muita importância. Geralmente em altitudes mais elevadas. Pucón e as estradas principais ficam em uma altitude média de 200m e com impossibilidade de sofrerem grande efeitos do inverno. Abraço, Leo
  5. LeoRJ

    [[Template core/front/global/prefix is throwing an error. This theme may be out of date. Run the support tool in the AdminCP to restore the default theme.]] Pucón

    Oi Araujo !! O ruim de se alugar um carro no Chile, é que as agencias cobram um pouco caro pra fazer a permissão para atravessar a fronteira, tendo em vista que terá que ser feita uma autorização via cartório + seguro Carta Verde. O problema é que eles cobram no mínimo 5x mais que realmente custa. Em média $ 60.000 por todo o trâmite. Alugando o veículo na Argentina, não terá que pagar seguro nem nada mais. O melhor caminho seria circular: Puerto Montt - Puerto Varas - Osorno - Fronteira - Villa La Angostura - San Martín de los Andes - Junín de los Andes - Fronteira - Pucón. De Pucón vc sobe pra Puerto Montt pela Panamericana e devolve o carro. Não há a menor dificuldade para alugar um veículo em Pucón e muito menos em Puerto Montt. O que é obrigatório, é vc reservar o carro com antecedência, avisar que vai necessitar atravessar a fronteira e quantos dias vai ficar na Argentina, já que o seguro será calculado em cima disso. Abraço, Leo
  6. Fabricio Realmente eu não lembro de ter recebido seu contato, mas me perdoe se não te respondi, já que recebo muitas mensagens por dia e as vezes me escapa alguma. prillaguiar Antes deu vir trabalhar em Pucón, eu me hospedei em alguns locais e conheci outros. Donde German - Nem em sonhos eu cogitei ficar lá, ainda mais depois da própria dona declarar que não gosta de brasileiros e ter feito algumas grosserias com alguns. Elementos - Conheci a dona e já dei uma passada lá. Fica um pouco afastado, mas mesmo assim eu gostei de lá. Tree House - Só vi de fora e não me agradou muito. Um lugar legal que eu me hospedei duas vezes foi o Refúgio Peninsula. O preço lá é legal, café da manhã também e o dono é muito bacana, além de estarem na melhor parte da cidade. Outro lugar que eu gostei muito é esse aqui: http://www.hostalmuller.cl/ Esse sim é familiar e o casal de donos são excelente pessoas. Um hostel de festa aqui é raro, pois Pucón é uma cidade de extrema natureza, onde a gigante maioria irá acordar cedo e só voltará ao hostel para dormir. Aqui não importa muito a localização, já que a cidade é pequena e segura pra caminhar a noite. O ideal seria se hospedar e buscar algo pra fazer a noite fora do hostel. Tem um bar chamado Mamas & Tapas que é legal e fica cheio de estrangeiros a noite. Por experiencia própria... Festa no hostel depende de quem estará hospedado no momento :'> :'> :'> Se alguém quiser dar uma passada aqui em casa, eu ajudo nos passeios sem problema. Muita gente se enrola com o espanhol e eu tenho um mapa legal da região. Quem quiser tomar umas, tô dentro também Deixo claro que como editor do Mochileiros.com, me abstenho de qualquer indicação tendenciosa e nunca terei qualquer intenção de benefício próprio no conteúdo por mim postado. Abraço a todos, Leo
  7. Pilotar uma moto que não é sua será um plus, pois daria pena abusar de sua moto naquelas estradas Eu não conheço a BR 364, mas pelo que descreveu, vai tirar de letra pilotar nas estradas fora do Brasil. De moto, o maior perigo é o fluxo alto de veículos. La na natureza será só alegria. Legal saber que pude te ajudar de alguma forma. Esse é o legal do Mochileiros. Foi justamente esse site que acabou me colocando na estrada, principalmente nessa região do Peru. Exatamente. São raros locais que abrem antes dessa hora. Não. Dá pra sair numa boa. Eu já fui um montão de vezes e sempre beirando as 10 da manhã que saio de Cusco. Cusco nada tem a ver com esse roteiro de moto. É uma atração a parte. Eu não iria até lá sem conhecer tal cidade, pois é um centro histórico tão importante como qualquer ruína do país. É sim. Pode deixar com ela sem o menor problema. Eu nunca levo computador em viagens. Acho um trambolho pra se carregar. O ideal seria um pad ou smartphone que vc possa utilizar em alguma rede wi-fi. Pra te falar a verdade, eu não levo nada. Nessas cidades há lanhouse pra todos os lados e acho que não se necessita mais que isso. Tome cuidado com a câmera também, pois uma SLR pode te machucar se cair de moto e ela estiver protegida dentro do casaco. Te falo por experiencia própria, pois vc acaba cansando de tirar e botar na mochila e ocorre a ''brilhante ideia'' de usar a correia no pescoço e proteger a câmera de baixo do casaco. Se cair, será como uma grande pedra nas costelas e órgãos. Quanto a guerrilha... Nem se preocupe com isso. Encontrando algo, seja humilde, haja naturalmente e siga seu caminho. Como hoje o clima está mais tenso entre narcotraficantes e a polícia, vai ser muito mais difícil topar com algo do tipo. Abraço, Leo
  8. Flávio, Não se precisa de habilitação internacional e nem se precisa ter medo. As rodovias no Brasil são um lixo e com alto fluxo de veículos. Lá vc passeia por elas, pois não tem ninguém praticamente. Só dentro da cidade que é chato, mas pra quem mora em metrópoles no Brasil, vai tirar de letra. Abraço, Leo
  9. Esse é o verdadeiro espírito de aventura :'> :'> :'> Pode ter certeza que lerei esse relato !! LiCo Se não me engano, o Miroel (colaborador) também foi de moto sem nunca ter pilotado uma. Isso prova que não se precisa muito pra ser feliz
  10. Muito legal Yuri :'> :'> :'> Me senti de volta as estradas peruanas e deu maior saudade. A Tornado é pau pra toda obra. A moto aguenta abuso tranquilamente. Eu já fui de Cusco até a Amazonia peruana uma vez sem o menor problema. O legal de viajar de moto, é que vc é bem aceito em qualquer lugar que chegar. Eles curtem muito esse tipo de viajante. Eu algumas vezes fui mal tratado, mas quando disse estar em moto, o sorriso se abria na mesma hora e o tempo mudava. Eles gostam desse tipo de viajante, não os que chegam lá só para o turismo tradicional massivo. A Pamela... Compartilho da mesma opinião que vc. Gosto muito dela e teve um ano que cai com a moto deles, 2007 se não me engano. Me cobrou o dano e depois pude comprovar o valor na Honda de Arequipa. Não houve nenhum valor que tenha passado do real. Acho que é por ai mesmo. Criou o dano, pague por ele. É maior satisfação quando vejo uma pessoa que tem a coragem que vocês tiveram. Subir em uma moto pela primeira vez e já encarar o transito e as carreteras peruanas não é todo mundo que arriscaria. Muito bacana Estou super orgulhoso do seu relato e pena eu não estar mais lá em Cusco pra poder recebê-los. Grande Abraço, Leo
  11. Eu já encontrei com senderistas em Ocobamba, Quillabamba, Apurímac e Ayacucho (região realmente dominada pelo narcotráfico). Nunca me fizeram nada de mal, muito menos ficaram me interrogando ou cobrando algo. Inclusive estive na comisaria de Ocobamba semanas antes do ataque em 2007: Cusco (pós Fujimori) sempre foi um lugar bem tranquilo quanto a isso, mas o ''terrorismo'' voltou a crescer em 2006. Quando lá vivia, todos sabiam do risco que a região de La Convención (Santa Teresa faz parte disso) oferecia. É bem difícil estrangeiros serem assassinados por esses grupos, ainda mais brasileiros. Claro que isso não impede que esse rapaz tenha sofrido alguma violência. Vale lembrar, que alguns passam a integrar esses grupos por livre arbítrio. Não que seja o caso desse rapaz, claro. Com tudo isso, eu nunca deixaria de viajar por temer algo do tipo :'> :'> :'>
  12. LeoRJ

    Trem da Morte

    Tem como colocar a moto sim :'> :'> :'> Antigamente muita gente fazia isso, pois a estrada até Santa Cruz de la Sierra era um horror. Um rípio estranho com um talco de poeira por cima. Hoje a estrada já está em bom estado e asfaltada. Então, ninguém coloca moto mais no trem. Só te aconselho a levar algo pra comer no caminho, pois as cidades que vc vai abastecer não se pode parar, pois existem quadrilhas especializadas em roubar turistas motorizados. Chegou, abasteceu e vai embora na hora. Quem para para almoçar, dá tempo do próprio frentista ligar para esse pessoal vir te roubar. Bem... Eu passaria sem o menor problema por lá :'> :'> :'> Abraço, Leo
  13. LeoRJ

    Santiago - Onde Ficar?

    Essa é uma informação que se divulga super errada na internet. Aqui no Chile, há alguns estabelecimentos hoteleiros que participam do programa de incentivo ao turismo do Governo. Esse programa, contempla somente estabelecimentos de no mínimo 8 quartos, para que possam trabalhar com uma nota fiscal de isenção a turistas que estejam a menos de 60 dias em território chileno. O problema, é que muitos hostels e até alguns hotéis não possuem mais de 8 quartos, impossibilitando o desconto, além de muitos possuírem mais de 8 quartos, mas não se inscreveram no programa do governo, impossibilitando de descontar tal imposto. Resumindo... Uma verdadeira salada e nunca se sabe se vai ter que pagar ou não. Que eu lembre, o Ventana Sur não cobra IVA de estrangeiros. O Andes não recordo. Abraço, Leo
  14. Bem... Visto chileno a brasileiros é super simples. Vc chegar e pode dar entrada no mesmo dia sem ter que provar nada. Só vai necessitar de um endereço fixo no país pra receber a correspondência. Demora de 3 a 4 meses pra poder imprimir sua identidade, mas o visto de trabalho sai no mesmo dia. Só buscar o acordo entre o Chile e Brasil e ler seu conteúdo.
  15. Adriana Pra pesquisar sobre hospedagem é nesse tópico: http://www.mochileiros.com/santiago-hospedagem-t29629.html Abraço, Leo
  16. LeoRJ

    Cusco e Valle Sagrado

    Nem tanto. Dá pra ir numa boa sim, pois o caminho mais bonito fica por Abra Málaga, mas só de carro pra pegar essa rota. Abraço, Leo
  17. Eu acabei optando por usar uma CamelbaK que tenha litragem para carregar tralhas. Sempre que viajo levo uma e além de poder carregar dois litros de água de forma prática, ainda posso carregar um casaco e coisas que compro na rua. Só o preço que é meio salgadinho no Brasil. Tendo como comprar fora, vale bem a pena. Abraço, Leo
  18. LeoRJ

    Underwear (segunda pele)

    A linha da Marmot é boa e barata. Na Europa terá um monte. Não importa a marca, importa a composição e saber escolher qual material vai te atender melhor na sua atividade física. Exemplo: La Merino e Primaloft pra frio intenso. PolarStretch para frio moderado. Fibra de Bambu para atividade física em locais mais temperados. E as tradicionais e mais baratas em Poliéster, Poliamida, Expandex e por ai vai... Que são mais genéricas e não servem pra nada muito específico. Abraço, Leo
  19. LeoRJ

    [[Template core/front/global/prefix is throwing an error. This theme may be out of date. Run the support tool in the AdminCP to restore the default theme.]] Pucón

    A única que acho boa de verdade é a Paredon Expeditions . http://www.paredonexpeditions.com/Quienes_Somos/PAREDON_Andes_Expeditions_es.html É a única agencia que possui equipamentos de verdade para esse tipo de atividade e todos esses equipamentos estão em bom estado. Além de somente trabalharem com expedições a vulcões, não só o Villarrica. O resto é resto, mas como a Letícia disse... Politur, Aguaventura, Patagonia Experience e outras podem atender também, embora eu os conheça e saiba de seus péssimos e desgastados equipamentos. Pode parecer só um detalhe, mas isso pode custar sua vida se o tempo mudar. Uma agencia chamada - ''Informações Turísticas''... Nem preciso dizer nada sobre eles. Só ler o nome e já se pode imaginar a índole. Só estou relatando isso porque moro na cidade, conheço boa parte das agencias e pratico escalada em gelo, coisa que logicamente nem se necessita para subir tal vulcão. Abraço a todos, Leo
  20. LeoRJ

    Santiago - Onde Ficar?

    Uma lixeira !!! O pior lugar possível para se hospedar na cidade Abraço, Leo
  21. LeoRJ

    Esqui no Chile

    O meio mais barato é ficar hospedado em um dos refúgios de Farellones e de lá partir para El Colorado ou La Parva, que são estações muito próximas, que inclusive dá pra comprar um triple lift que dá direito a esquiar nas três estações. Abraço, Leo
  22. LeoRJ

    Anorak

    Pesquise os preços aqui: http://bo.tatoo.ws/ Falsificações, pode colocar um pouco abaixo da metade do preço dos itens similares que estiverem baratos na Tatoo. Abraço, Leo
  23. LeoRJ

    Vulcão Villarrica

    Pessoal, Pensem bem, pois buscar uma expedição querendo economizar é maior furada. Escolham as agencias que possuam os melhores equipamentos possíveis. Nenhuma agencia decente irá subir o vulcão por menos de $ 45.000 :'> :'> :'> Abraço, Leo
  24. LeoRJ

    [[Template core/front/global/prefix is throwing an error. This theme may be out of date. Run the support tool in the AdminCP to restore the default theme.]] Pucón

    Dá pra fazer tudo isso em um dia sim, mas de carro. Logicamente não tem como conhecer bem as cidades, até porque esse não é o foco. Esse pequeno roteiro, é somente pra quem quer conhecer Valdivia e não um passeio tipo ''conhecer toda Europa em 5 dias''. Se vc está saindo a Valdivia, pode pegar a estrada via Panguipulli e curtir um visual muito melhor que o caminho via Loncoche. Não confundam as coisas :'> :'> :'> Abraço, Leo
  25. LeoRJ

    Esqui no Chile

    Não existe a menor possibilidade :'> :'> :'> Em Pucón e Osorno, algumas vezes, começa a nevar em maio. Mesmo assim, as estações estarão fechadas. Estação fechada não é sinônimo de não poder esquiar ou qualquer outra atividade. Muita gente sobe para as estações de ski nessa época e a utilizam sem pagar nada. Santiago... Sem chance !! Busque algo mais ao sul, onde é bem mais frio. Karine Valle Nevado é a pior estação de ski do Chile. Pra mim é a pior da América do Sul. Porque não busca por El Colorado ou algo desse porte. Valle Nevado só tem o nome que cria fantasias na cabeça de brasileiros. Nada tem aquele lugar, além de tumulto de brasileiros mal educados gritando, tudo lotado de carros e uma exploração turística desenfreada. Já que vc está aqui pesquisando sua viagem, aproveite e fuja do turismo massivo tradicional. Abraço, Leo
×
×
  • Criar Novo...