Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Elder Walker

Membros
  • Total de itens

    96
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Elder Walker venceu a última vez em Junho 1

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

54 Excelente

Outras informações

  • Meus Relatos de viagem
    https://www.mochileiros.com/topic/75285-roadtrip-dos-contrastes-8000km-por-argentina-e-chile/

Últimos Visitantes

374 visualizações
  1. Também sugiro colocar o Parque das Aves no mesmo dia das Cataratas do lado brasileiro e deixar o outro dia em Foz para Itaipu e, caso queira um passeio extra, o templo budista. Não deixe de conhecer o centrinho em Puerto Iguazu na Argentina e jantar por lá uma noite. Com relação ao restante do roteiro, não sei opinar sobre passar ou não por Assunção. Mas, caso não tenha algum interesse forte por lá, talvez valha pegar o trecho até Posadas ou Corrientes diretamente pela Argentina. Outra coisa, se conseguir, colocaria mais um ou dois dias em Salta que é uma cidade muito bonita e gostosa. E de lá, poderia fazer os passeios também para a região mais ao sul do NOA, como Cachi, Cafayete, etc...
  2. Elder Walker

    ARGENTINA 2018 - SÃO PAULO X ARGENTINA

    Argentina é um país bastante extenso em área e diversificado em vegetação, culturas e tudo o mais, então é um pouco vago dizer que quer conhecer a Argentina. Poderia considerar desde a Patagônia até a região desértica no noroeste do país. Seria o mesmo que alguém de fora dizer que quer conhecer o Brasil, sendo que temos metrópoles, praias, chapadas, pantanal e assim por diante... Mas vamos lá, considerando que o principal destino seja Buenos Aires, pode gastar a semana toda na cidade se ela fizer seu estilo. Ou pode tentar investir uns 2 ou 3 dias em outra cidade, como Mendoza que foi mencionada. Como o tempo é curto, seria interessante fazer um multi-trechos de avião mesmo. Sabendo que sua previsão é para novembro, essa é uma das melhores épocas para a Patagônia, poderia ir para El Calafate ou Ushuaia, por exemplo.
  3. Elder Walker

    Trip Curitiba / DEZEMBRO (Réveillon) 2018/2019.

    Curitiba é uma cidade cosmopolita, uma das capitais com melhor qualidade de vida e índices de desenvolvimento. Além de ser bonita, conta com várias atrações históricas e algumas atrações naturais, como os parques mencionados pelo Fabiano. É difícil e é muito pessoal a escolha ou indicação de bares e restaurantes. Sugiro dar uma olhada em sites de avaliações e ver quais fazem mais o seu estilo. Mas, realmente, o que mais tem por lá são bares e restaurantes, hamburguerias, chopperias e cafés! Estará bem servida neste aspecto. O litoral do Paraná não é dos mais bonitos, mas a ilha do mel parece ser bem bacana - também não conheço e pretendo ir! Quanto a parte de custos, colocar as palavras "praia" e "réveillon" na mesma frase é sinônimo de preços exorbitantes. Mesmo em hostels! haha! Terá que pesquisar mesmo pra ver se encontra um que atenda sua expectativa de custo. Nos arredores de Curitiba, além da ida ao litoral, pode pensar em esticar para o lado de Ponta Grossa, com o parque nacional de Vila Velha ou até Tibagi no Cânion do Guartelá. Algumas agências vendem passeios fechados saindo da capital, mas é bem tranquilo fazer por conta se estiverem motorizados.
  4. Elder Walker

    São Paulo --> Floripa Fim do Ano

    WIlson, Esse trecho não tem muito mistério. É todo duplicado, com bastante estrutura de postos etc... Só ir reto que chega! haha! Sobre Floripa, pode pesquisar pelo forum que existem vários relatos e dicas do que fazer na cidade e arredores. Como dica, essa época chegando perto do natal e ano novo é terrível. Todo o litoral de SC fica lotado (mas lotado meeeesmo), então pode pegar congestionamentos mesmo na rodovia sem qualquer acidente, especialmente no trecho entre Balneário Camburiú e Floripa. Dentro das cidades, também! Aí vem a vantagem de estar de motoca... mas vale o cuidado redobrado.
  5. Elder Walker

    Bonito-MS

    Os passeios são tabelados por todas as agências da cidade. Pode até pesquisar pela reputação e atendimento entre as agências, mas os valores serão iguais em todas. A única diferenciação é que existem as tabelas de baixa e de alta temporada, com datas bem definidas e transparentes. No meu caso, fui com carro próprio saindo do interior de SP e consegui fazer todos os passeios tranquilamente, e aproveitei o fato de estar motorizado para me hospedar fora do centrinho, com melhores preços. Mas, realmente, apesar da cidade ser bem pequena, tem toda a estrutura necessária no centrinho, bons restaurantes, inúmeras agências e formas de conseguir transfer para os atrativos.
  6. O tempo é bastante instável nestas altitudes e, realmente, tudo pode acontecer. Olhando as médias de temperatura mensais, agosto é sempre muito mais frio do que maio. Não à toa que as estações de esqui geralmente funcionam de julho à setembro. Nada impede de fechar o Paso em maio, mas a probabilidade é menor, ainda mais se considerar um fechamento por dias consecutivos.
  7. @Arthur Moraes, É super tranquilo com qualquer carro. Eu fiz com um Peugeot 208 1.6, mas tenho um amigo que já fez de Ford Ka 1.0 e tem gente que já fez até de Kombi! Pode ocorrer de sentir o carro fraco, ter que usar marchas mais pesadas em alguns trechos, mas não deverá enfrentar maiores dificuldades. A altitude na travessia da cordilheira entre Mendoza e Santiago não é tão elevada, se não me engano na faixa dos 3.100 metros acima do nível do mar. Eu peguei 4.840 metros no Paso de Jama, entre o Noroeste da Argentina e a região do Atacama no norte do Chile, também sem qualquer problema. O maior ponto de atenção, ao meu ver, é a escolha da época do ano. Como está pensando em maio, não deverá ter problemas com a neve fechando a travessia. Caso queira mais informações, deixo o link do meu relato: https://www.mochileiros.com/topic/75285-roadtrip-dos-contrastes-8000km-por-argentina-e-chile/
  8. Elder Walker

    GOIANIA A USHUAIA CARRO

    Paulo, existem inúmeros relatos desse tipo de viagem na área do forum destinada a viagens de carro onde poderá encontrar de forma bem direta todo esse tipo de informação. Veja: https://www.mochileiros.com/forum/242-viagem-de-carro-relatos-de-viagem/ Praticamente todos que criam um relato, iniciam falando dos preparativos, documentos, requisitos, mapas, celular, etc... Eu mesmo fiz uma viagem pelo norte da Argentina e Chile que, apesar de não ser para a Patagonia, pode te responder praticamente todas as dúvidas que postou aqui: https://www.mochileiros.com/topic/75285-roadtrip-dos-contrastes-8000km-por-argentina-e-chile/ Com relação ao combustível, é um problema recorrente nessa região da Patagonia. Apesar do combustível lá ser subsidiado e ter o menor preço do país, existem problemas de abastecimento, filas e até falta em alguns postos. É uma prática comum sim levar reservatórios para ampliar a reserva em casos de necessidade assim.
  9. Excelente, @xexelo! Muito obrigado por todas as respostas e dicas! Vou continuar pesquisando e afinando o possível roteiro para decidir os detalhes, caso confirme esse destino. Mas, novamente, fiquei encantado com os relatos e com o que vi dessa região até o momento! Se me permite apenas mais duas perguntinhas que fiquei bem curioso: - Sobre o Paso Sico: é mesmo tranquilo com carro baixo? Não furou nenhum pneu nem ouviu muitas pedradas na parte de baixo do carro? Quanto tempo demorou de San Pedro até a cidade destino na Argentina? - Sobre o Uyuni, há um roteiro que se consiga fazer de carro por conta ou você deixou ele em algum estacionamento e contratou os passeios guiados? Acredito que seja espetacular mesmo, mas a princípio não inclui ele no roteiro por alguns relatos ruins sobre a Bolívia e por achar, aparentemente (olhando por fotos) parecido com o que vi nos arredores de San Pedro de Atacama e na travessia do Paso de Jama, incluindo Salinas Grandes etc... mas sempre estou aberto a rever esse conceito! haha
  10. @hlirajunior, Muito obrigado pela dica. Realmente, estava considerando dedicar um pernoite em Iquique pois me pareceu um lugar bacana. Não conhecia esse atrativo de Humberstone, pesquisei rapidamente e parece bem interessante também, e fica perto de Iquique. Vou continuar pesquisando sobre os atrativos no Peru e ajustando o roteiro... Abraço!
  11. @xexelo, Estava relendo esse tópico aqui... como minha cabeça mudou depois de ter feito a viagem que comentei! Suas dicas foram muito boas e minha viagem ocorreu praticamente sem qualquer problema ou contra-tempo. Acho que você acompanhou praticamente até o final, mas só pra te lembrar, foi essa aqui: https://www.mochileiros.com/topic/75285-roadtrip-dos-contrastes-8000km-por-argentina-e-chile/ Gostei tanto que já estou pensando na próxima, e por isso vim ler essas dicas de estrada. Estou cogitando uma nova viagem de carro, agora com foco no Peru. Inicialmente, estava pensando em desviar totalmente a Bolívia devido aos relatos negativos que li e ouvi de alguns conhecidos, desde as propinas nas alfândegas, passando por problemas de higiene e intoxicações com a culinárias do país e chegando até aos abusos policiais, ameaças infundadas etc... mesmo considerando que uma eventual rota saindo do Brasil por Corumba e cortando por Santa Cruz de La Sierra e La Paz seria muito mais curta e conheceria outro país. Como meus pais já moraram no Acre e hoje tenho um grande amigo morando em Rio Branco, cogitei mais ou menos o seguinte: 1 - Pirapozinho x Cuiaba : 1200km 2 - Cuiaba x Ji-Paraná : 1100km 3 - Ji-Paraná x Rio Branco : 900km 4 - Rio Branco (visitar amigo) 5 - Rio Branco x Puerto Maldonado : 574km + imigração 6 - Puerto Maldonado x Cusco : 478km (serra/Andes) 7 - Cusco (passeio pela cidade) 8 - Cusco x Awana Kancha + Pisaq x Cusco 9 - Cusco x Ollantaytambo (passando por Chinchero, Salinas de Maras e Moray) 10 - Machu Pichu 11 - Ollantaytambo x Cusco x Puno : 390km 12 - Puno x Yunguyo x Copacabana (Titicaca) x Yunguyo : 150km 13 - Yunguyo x Tacna : 500km 14 - Tacna x Iquique : 370km 15 - Iquique x San Pedro : 490km (juntar num dia só com o anterior?) 16 - San Pedro (passeios não feitos na viagem anterior) 17 - San Pedro x Tilcara : 450km via Paso de Jama 18 - Tilcara (passeio humahuaca) 19 - Tilcara x Salta : 200km via Camino Cornisa 20 - Salta x Resistencia 21 - Resistencia x Foz do Iguaçu O que você acha desse roteiro? Sei que seriam 3 dias quase "perdidos" no Brasil para chegar até Rio Branco, mas realmente fiquei um pouco assustado com o interior da Bolívia, o que você me diz? A parte boa é que dizem que o caminho de Puerto Maldonado a Cusco é lindíssimo. Ainda vou ler mais relatos sobre os passeios na região do Vale Sagrado, mas acha que essa divisão que deixei fica legal? Dá pra encurtar a estadia em Ollantaytambo e fazer Machu Pichu mais rápido? Uma coisa que fiquei me perguntando também é essa volta meio grande que você fez ao invés de ir de Desaguadero à Cusco, desviando por Arequipa e Chivay: achou que valeu a pena incluir estas cidades no roteiro? Já na volta, eu deixaria para o momento de chegada em Salta a decisão de prolongar a viagem até Cachi e Cafayete, já que aumenta um bocado de estrada e no mínimo mais um pernoite nessa região do NOA. Gosto muito de vinhos e na última viagem adorei Mendoza, então poderia conhecer essa outra região e suas bodegas... Enfim, estou iniciando as pesquisas ainda, mas mais uma vez, muito obrigado pelo relato detalhado das estradas. Abraços!
  12. @Gedielson Excelente relato! Parabéns pela viagem e obrigado por compartilhar a experiência com vários detalhes e dicas legais. A maioria deve achar você louco por rodar tamanha distância em ônibus, e eu imagino o perrengue, já que fiz uma viagem bem parecida, só que com meu próprio carro. Aliás, em San Pedro, fiz praticamente os mesmos passeios que você e com uma agência também focada no público brasileiro, a Araya, concorrente da Ayllu. Se tiver curiosidade, escrevi também o relato da minha viagem neste link: Se me permite um comentariozinho besta, mas você menciona em um momento que enfim chegou ao Atacama, se referindo a San Pedro de Atacama; eu não tinha noção de quão grande é o deserto do Atacama. Ou seja, a região vai muito além dos arredores de SPA. Na realidade, alguns quilômetros ao norte de Santiago já começa oficialmente o deserto, inclusive com aquelas placas de "Ruta del Desierto" indicando a atração próxima. Tendo feito esse trajeto de carro, pude perceber, realmente, como mesmo bem ao sul da costa chilena, a vegetação continua extremamente árida e desértica. Mais uma vez, show de bola o seu mochilão!
  13. @Thiago Mariano Blumenau e @Elisgomes Fiz um roteiro parecido de carro, saindo do Paraná. Talvez possam pegar algumas dicas ou informações em meu relato. Fico totalmente a disposição também para tirar qualquer dúvida que tenham. Abraços e boa viagem!
  14. @mrlaalm, excelente relato! Parabéns pela viagem. Fiz um roteiro parecido, também de carro, e é única a sensação que se tem viajando dessa forma. Fiquei curioso com o desvio de vocês no caminho da volta, indo para Santiago del Estero: tinham algum interesse neste trecho? Pergunto pois acaba desviando bastante da rota mais comum que fizeram na ida...
  15. Elder Walker

    Dúvida para 2 países America do Sul

    Minha sugestão também é Peru e Chile. Ambos possuem uma boa oferta de vôos e cidades de onde pode-se montar base para conhecer lugares diferentes. No Chile, minha sugestão seria optar pela região de San Pedro de Atacama e colocar eventualmente um "step-over" em Santiago. Seria um belo complemento às culturas andinas que verá no Peru.
×