Ir para conteúdo

365843

Membros
  • Total de itens

    106
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Tudo que 365843 postou

  1. E não para por ai... Ir a Munich e não visitar Neuschwanstein é quase um pecado. Você iria para Munich e deixaria de fazer um dos passeios mais legais que podem ser feitos lá, um passeio que sonho de consumo de 9 em cada 10 turistas que visitam Munich? Só que o passeio a Neuschwanstein não é tão baratinho assim para quem está viajando sozinho, são 25 Euros só de trem para ir e voltar de Neuschwanstein usando o Bayern Ticket que é a opção mais econômica. Você também não vai encarrar 2 horas de trem para chegar lá, e mais duas horas para voltar e se contentar em só ver os castelos pelo lado de fora, o ingresso custa outros 13 Euros só para um dos castelos, os dois custa 25 Euros...
  2. Peço desculpas se você não gostou da resposta, mas o jeito com que você postou a pergunta, deixou uma impressão muito grande que a sua prima estaria indo para ficar ilegalmente no Reino Unido. Não tem como saber qual será a rota mais barata para chegar em Londres, pois os preços são dinâmicos e mudam todos os dias. Em alguns dias pode ser mais barato pegar um voo direto de SP para Londres na Latam ou British Airways, em outros dias a opção mais barata pode ser pegar um voo na TAP para Londres com conexão em Lisboa, em outros dias a opção mais barata pode ser um voo da Air France com conexão em Paris, em outros pode ser um voo da Ibéria com conexão em Madrid, ou um voo da Royal Air Marroc com conexão em Casablanca, etc... Também pode acontecer que a rota mais barata seja pegar um até Lisboa na Tap, e depois comprar um voo separado para Londres na easyJet ou Ryanair... Ou então ir de avião até Paris e de lá seguir de trem/ônibus para Londres, etc... Ou seja, não tem como responder isto, pois cada dia é um preço diferente, um dia uma rota pode ser mais barata, no outro outra rota completamente diferente pode ser a mais barata. Então o que você ou sua prima tem que fazer, é sentar com calma, entrar no www.decolar.com, www.skyscanner.com.br e www.goeuro.com e começar a pesquisar, simular várias rotas diferentes até achar aquela que tenha os melhores preços totais e finais nos dias em que a sua prima precisa ou pode viajar. Não entendi muito bem esta sua observação... O que exatamente você quer dizer com isto? Comprando passagens com empresas regulares e não de um atravessador qualquer, e não fazendo nada de errado, como ir sem a documentação necessária, e você não comprando voos/passagens de trechos separados com intervalo de conexão insanos e impossíveis de conseguir cumprir, todas vão ser seguras.
  3. Algumas contas: 1.000 Euros - 215 Euros de passagens que citei acima = 785 Euros para tudo resto. 785 Euros - 425 euros de hostel (17 dias x 25 Euros) = 360 Euros 360 Euros - 300 Euros de comida (20 dias x 15 euros) = 60 Euros 60 Euros - 200 Euros de passeios e ingressos (20 dias x 10 Euros)= 140 Euros Negativos E isto que eu ainda estou sendo bem otimista nas contas, 15 euros por dia com comida é pouco dinheiro, principalmente levando em conta que um almoço ou jantar num restaurante simples, pedindo o prato do dia já vai custa em média 12 a 15 Euros, e ai se você pedir algo para tomar, a conta já sobe para 15 a 18 Euros. Você vai ir no inverno, e vai estar super frio, duvido muito que você aguente a viagem toda comendo lanche frio de supermercado, você vai querer comer uma refeição decente e quentinha na maioria dos dias, principalmente naqueles dias horrivelmente frios, o que leva a conta de gastos com comida para cima. Como vai estar frio, não rola fazer muito passeio ao ar livre e gratuito, e você invariavelmente acaba gastando mais dinheiro com ingressos, e a maioria dos passeios custa uns 15 Euros de ingresso. Nesta conta que eu fiz acima, eu até estou sendo bem econômico, considerando só uma média de 10 euros por dia com passeios, mas esta estimativa já vai completamente para o espaço se você começar a fazer 1 ou 2 passeios de 15 Euros quase todos os dias... E você também não teria nenhuma folga para imprevistos, já pensou que você pode ficar doente? Com todo este frio que você vai encarar, pegar um resfriado ou uma doença qualquer que precise comprar remédio é bem comum de acontecer. No inverno também são comuns os atrasos e cancelamentos de voos devido as condições meteorológicas ruins, e nem sempre as companhias aéreas providenciam hospedagem e alimentação para todo mundo, pode acontecer de você ter que pagar algumas coisas do bolso e depois pedir indenização... O metrô do aeroporto pode não estar funcionando devido ao mau clima, ou você se atrasar por algum motivo qualquer e ter que pegar um táxi bem mais caro, etc... O frio também pode ser maior do que você pensou, e você pode precisar comprar mais algumas roupas lá, etc... Mesmo que não gaste este dinheiro, seria muito recomendável você ter a disposição, seja em dinheiro ou limite de cartão, pelo menos uns 300 a 500 Euros para imprevistos. Em resumo, você até pode conseguir "sobreviver" 20 dias só com 1.000 Euros, mas provavelmente terá que racionar comida ou se alimentar muito muito mal, e ficar lá passando vontade de fazer aquele monte de passeios legais que você vai ver, mas que custam ingresso, e que se você comprar o ingresso, não vai ter dinheiro para comer no dia seguinte... Na minha opinião, este orçamento seria mais adequado para uma viagem de 15 dias, você não precisaria ficar racionando comida, e nem ficar passando vontade de fazer algum passeio legal que cobre ingresso pois tem que guardar o dinheiro para poder comer amanhã... Mas para uma viagem de 15 dias, você teria que tirar uma cidade do roteiro.
  4. Quanto tempo ficar em cada cidade depende muito dos seus interesses pessoais, mas Amsterdam é uma cidade relativamente pequena e compacta, se não tiver nenhum interesse específico por lá, em 3 dias no máximo você visitou praticamente todas as atrações turísticas da cidade. Berlin é maior que Amsterdam, e eu acho que tem bem mais atrações turísticas e coisas para ver e fazer do que Amsterdam, pessoalmente eu recomendaria uns 4 dias. Já Londres é do tamanho, se não maior, que Paris, eu recomendaria pelo menos 5 dias. Madrid e Lisboa eu recomendaria 3 dias em cada, mais 1 dia para cada bate-volta, caso queira fazer bate-volta a Toledo, Sintra, etc... Se 60 euros sem hospedagem é suficiente, novamente depende muito do que você escolher na hora de comer, de quais passeios fazer, se pretende ir em muitas baladas, etc... Não dá para gastar sem pensar, mas sendo consciente nos gastos e escolhendo bem onde gastar o seu dinheiro, eu acho que seria um bom valor, para você não passar vontade e nem aperto. Eu já dei uma olhada a respeito, mas achei furada para quem vai ficar poucos dias. Primeiro, você vai ter que fazer uma transferência internacional para a sua conta na Leupay transferindo o seu dinheiro para lá, não sei qual banco você tem conta, mas no banco onde eu tenho conta, fazer uma transferência custa no mínimo 300 Reais, e ainda é uma das taxas mais baratas do mercado. Cada saque no caixa automático custa 3 Euros, se sobrar dinheiro na conta, eles cobram 15 Euros para você sacar o resto e fechar conta, etc... E não se esqueça que isto é uma conta bancária, que você tem que declarar ela no Imposto de renda, e fechar ela se não for usar mais, se não eles cobram taxa de inatividade... Se você vai levar 60 Euros para 30 dias, daria uns 1.800 Euros, eu levaria uns 500 ou 600 Euros em espécie para as despesas dos primeiros dias, é um valor que dá para levar sem ficar paranoico com a segurança, e o resto num cartão pré-pago ou no cartão de débito/crédito internacional comum.. 1.300 Euros x R$ 4.20 = R$ 5.460 x 6.38% de IOF = R$ 348 E mesmo que você leve todos os 1.800 Euros no cartão e pague IOF, serão menos de 500 reais de IOF, pouca coisa mais caro que a transferência internacional, mas bem mais fácil e bem menos complicado e burocrático do que correr atras destes serviços como Leupay Ou seja, o que você vai pagar de IOF usando o cartão de crédito/débito comum ou um VTM, provavelmente é menos dinheiro do que você vai pagar só de taxa para fazer uma transferência internacional para a sua conta na LeuPay. Para quem vai ficar pouco tempo, no final das contas acaba sendo mais barato levar uma parte do dinheiro em espécie epagar IOF do resto, do que indo atras destes serviços que prometem mundos e fundos, mas que são furada para quem vai levar pouco dinheiro.
  5. Complementando... Se você está indo por causa dos Mercados de Natal, seria interessante o seu roteiro incluir pelo menos uma destas cidades: Colônia, Nürnberg ou Dresden, os melhores Mercados de Natal da Alemanha ficam nestas cidades.
  6. Geralmente não é bem assim que a coisa funciona... Dependendo do destino das passagens que ela estiver comprando, deixar para comprar lá na hora será 3x mas caro, principalmente nos trechos mais longos e nos trens internacionais. Por exemplo, uma passagem de Viena para Salzburg comprada lá na hora custa 60 Euros, mas se comprar ela antecipado pela internet uns 60 dias antes, a mesma passagem custa 19 euros. Mas concordo, que se forem trens regionais para trechos curtos, é melhor comprar lá na hora, vai custar o mesmo, e é bem menos complicado, mas nos trens de alta-velocidade e para longas distâncias, comprar antecipado é fundamental para você não pagar 3x ou 4x mais caro em todas as passagens.
  7. Estive em Manaus no mês passado, e uma coisa que me chamou atenção foi grande número de venezuelanos morando nas ruas, praças parques, tentando vender algo ou pedindo dinheiro nos cruzamentos, na última vez que estive em Manaus a uns 2 anos atrás, não tinha nada disto, é tudo pessoal que está preferindo viver na rua no Brasil do que nas suas casas na Venezuela...
  8. Esta validação já existe a mais de 10 anos em sites estrangeiros, e agora também está começando a ser implementada em muitos sites nacionais, e o objetivo é aumentar a segurança das compras pela internet devido ao alto número de fraudes com cartões roubados ou clonados. Já faz pelo menos uns 10 anos que Itau, Bradesco, Santander, BB, e outros bancos se adaptaram a esta novas validações de segurança e estão compatíveis, também já faz uns 10 anos que eu vejo gente reclamando da Caixa, de que os cartões dela não serem compatíveis com estas novas ferramentas de segurança e faz 10 anos que ela não se meche para se modernizar...
  9. Os hotéis da rede Accor geralmente tem um problema de localização meio ruim, os das bandeiras IBIS e Etap, que são os mais econômicos, geralmente ficam em localizações não muito boas, muito longe do centro, que é onde ficam a maioria das atrações turísticas. As localizações geralmente são boas para quem está de carro, mas um carro no centro destas cidades mais atrapalha do que ajuda, então geralmente você acaba deixando o carro no estacionamento do hotel, pagando caro pela diária do estacionamento, e segue de metrô/ônibus para o centro, onde você faz as coisas a pé... Mas se você achar hotéis com boa localização, próximo do centro, ou com fácil acesso ao centro, os hotéis da Accor são uma boa opção, afinal é tudo igual no mundo inteiro, e você sempre sabe o que esperar. Incluir Budapeste já deixaria o roteiro corrido e apertado demais para o meu gosto, ai já teria que cortar algo, ou Salzburg ou Viena. Ou então visitar Viena só como pit-stop entre Budapeste e Salzburg, tipo sair de manhã cedo de Budapeste passar em Viena e no final da tarde seguir a Salzburg para dormir lá...
  10. Quando você compra por estas agências virtuais, geralmente demora no máximo 2 ou 3 dias para aparecer no site da companhia aérea, mas nunca mais de 7 dias. Então faça como o Dan Wollker falou, entre em contato com a KIWI para verificar o que aconteceu. Este é ó risco de comprar por estas agências virtuais que você nunca viu na vida e nem sabe onde ficam, se der um problema nas reservas, ninguém te avisa e eles ficam com o seu dinheiro e geralmente é um parto resolver, então pessoalmente eu prefiro comprar sempre direto da companhia aérea, é um intermediário a menos na história para atrapalhar e gerar problemas.
  11. Realmente os mercados de natal são ótimos, mas nas cidades pequenas, não vai ter muita coisa funcionando além deles. E eu também super recomendo ir a Alemanha em dezembro por causa dos mercados de natal, só recomendaria montar um roteiro focando demais em atividades outdoor e demais nestas "rotas" cheias de cidades e vilas pequenas, pois no inverno muito provavelmente não vai ter a mesma graça do que comparado ao verão. Nada contra colocar uma ou duas destas "rotas", mas pesquise bem a respeito de cada uma delas, para ver qual vale a pena visitar no inverno. Mas se você está sabendo onde está se enfiando, e não se importar com muita coisa fechada e alguns passeios não funcionando nas pequenas cidades, não tem problema em ir no inverno. Só comentei isto por que muitas vezes as pessoas esquecem que é inverno e que não vai ser nem parecido com aquilo que eles vira na internet em relatos de pessoas que viajaram durante o verão...
  12. 1 - Nunca compre passagens antes de ter o visto, pois risco de o visto ser negado e você perder o dinheiro das passagens é grande. 2 - Ele não vai achar ruim, sempre é melhor falar a verdade, pois o entrevistador vai fazer várias perguntas e uma hora você se contradiz e ai ferrou tudo. 3 - quanto mais coisas que provem a vinculo dele e seu com o Brasi ele tiver, melhor será, Eu acho que não precisará, mas levar uma cópia do seu visto junto na pastinha de documentos e apresentar a cópia caso solicitada, também não vai fazer mal. 4 - Ambos, ele levar tanto comprovantes da faculdade como do emprego. 5 - A renda dele provavelmente ainda é baixa para custear tudo isto, então eu recomendaria incluir os pais dele na renda declarada e falar que eles ajudam nas despesas da viagem.
  13. Uma ideia seria ficar e visitar Munich logo no inicio da viagem, depois seguindo para Cesky Krumlov, Praga, etc... E deixar Viena e Salzburg para o final. Desta forma teria o dia 14/03 praticamente inteiro a disposição para passear por Munich e não perderia o dia indo a Nürnberg, Salzburg ou Cesky. E como ficaria só na cidade, sem fazer nada de pesado ou que precise de atenção redobrada, daria para fazer alguns passeios leves bem legais logo no dia de chegada em Munich, aproveitando melhor o dia. Como o voo de volta sai meio cedo, o o dia da volta já seria um dia perdido, pois para pegar um voo as 13:40, pessoalmente eu chegaria lá no aeroporto no máximo as 11:00, para ter tempo de cuidar de toda a burocracia da devolução do carro caso pretenda devolver ele no aeroporto, ou seja, mesmo estando em Munich não daria para fazer nada neste dia da volta... Então pernoitaria o dia 26/03 em Salzburg, e no dia 27 pegaria a estrada cedo direto para o aeroporto de Munich. São umas 2h de estrada de Salzburg até o aeroporto de Munich, então se sair lá pelas 08:00 ou 09:00 da manhã de Salzburg, dá tempo de chegar no aeroporto com folga. Ou se não quiser arriscar voltar no último dia, voltaria a noite anterior para Munich, só para dormir em Munich e ir para o aeroporto logo cedo no dia seguinte.
  14. Eu só acrescentaria uma observação para fazer um roteiro com o menor tempo possível de estrada no dia de chegada, pois encarrar uma autobahn andando a 160 Km/h e cheia de gente correndo a 200 Km/h depois de uma noite em claro no avião sem pregar o olho é f....
  15. Ola, seja bem vinda! Você está ciente que está viajando numa época horrível? Onde os dias serão bem curtos, as 16:00 já é completamente escuro, chove bastante, é frio, venta bastante e pode nevar, o que atrapalha um monte estas atividades que você quer fazer. E tudo isto deixa estes passeios pela Rota dos Contos de Fadas, Rota da Floresta Negra e Rota Romântica bem complicados para não dizer inviáveis. Estas rotas passam em um monte de cidades pequenas, e durante o inverno quase tudo estará fechado nestas cidades, a maioria dos passeios não estará funcionando, e os passeios ao ar livre também ficam meio prejudicados, pois depois de 30 ou 40 minutos na rua, geralmente você estará desesperada para entrar em um local quentinho, longe da chuva e vento congelantes... Viajando no inverno, eu recomendaria focar mais em cidades maiores, onde tenha bastante atividade indoor como castelos, palácios, museus, igrejas e galerias para você visitar, e menos atividades outdoor, onde você estaria sujeita ao clima horrível.
  16. Não entendi.... Você está tentando fazer exatamente o que no site da Transavia? Pelo que eu entendi, você comprou no site da Kiwi e está tentando ver no site da Transavia se a sua passagem está confirmada? É isto? Nesta caso no site da Transavia você tem que ir em "Manage your booking" depois em "View your Booking" e na parte da direita preencher os dados solicitados em "View your booking without an account" Compras por sites de terceiros as vezes demoram alguns dias para confirmar a compra no site da empresa aérea, então espere alguns dias, e se ainda não estiver aparecendo no site da Transavia, entre em contato com a Kiwi para ver o que aconteceu.
  17. E por falar em frio, na verdade eu pensaria um pouco melhor a respeito da ida a Munich em janeiro, pois se você pegar um frio igual ao de 2017, você estará ferrada, não vai conseguir fazer muita coisa por lá... Eu pensaria um um lugar um pouco menos frio, como por exemplo Roma ou Lisboa...
  18. Passagens de avião estão disponíveis para comprar com uns 9 meses de antecedência, mas pessoalmente eu não compraria com tanta antecedência assim, pois o risco de você mudar de ideia é bem grande. Por exemplo, daqui a 2 meses, você pode mudar de ideia e querer trocar Munich por Amsterdam, mas se já tiver comprado as passagens de avião até Munich, você já ter amarado o seu roteiro e não vai poder mudar sem perder um monte de dinheiro, e ai você fica sentada ai se remoendo e cheia de vontade de ir a Amsterdam, mas não pode ir por que já comprou as passagens para Munich. Então eu compraria as passagens de avião, ao menos as locais lá na Europa, só quando estiverem faltando menos de 6 meses e você já tiver amadurecido bem a ideia do roteiro, e não correr mais o risco de querer trocar alguma cidade. Na maioria dos trens, só é possível comprar passagens avulsas com no máximo 90 dias de antecedência, em alguns trens, dá para comprar 120 ou 180 dias antes, mas também tem alguns onde só dá para comprar 60 dias antes... Então quando estiver mais perto, faltando uns 4 ou 5 meses, você tenta comprar e fica de olho para ver o dia em que vai abrir para compra os dias que você precisa, e tente comprar logo nos primeiros dias, pois as passagens mais baratas esgotam logo. Despachar uma mala de até 20 Kg num voo custa em média uns 20 Euros se já incluir bagagem despachada no momento da compra, então se não tiver bagagem para despachar, diminua uns 20 euros nestes valores dos voos que eu falei acima. Mas você vai viajar bem na pior parte do inverno, quando provavelmente vai estar fazendo um frio insuportável em Munich e Milão, provavelmente com muita chuva, vento gelado e neve, e você vai precisar levar bem mais roupa e elas serão bem mais pesadas do que as roupas de verão. Então avalei muito bem se somente a bagagem de mão é suficiente para você encarrar 20 dias de friaca terrível, se não vai ficar muito apertado, e se não seria melhor pagar 20 euros mas poder levar tudo o que você precisa... Para você ter uma ideia do frio que fez em janeiro passado: https://www.accuweather.com/pt/de/munich/80331/january-weather/178086?monyr=1/1/2018 E este ano ainda foi bem atípico, bem mais quente que o normal, ano passado lembro que teve dias onde as temperaturas atingiram -21ºC em Munich durante o mês de janeiro, eu estava lá e quase congelei! rsss Janeiro de 2017: https://www.accuweather.com/pt/de/munich/80331/month/178086?monyr=1/01/2017
  19. A distribuição do roteiro está boa, eu não teria nada para acrescentar a respeito da distribuição e logística do roteiro a não ser para você dar uma conferida no preço do carro alugado em detalhes, para não ter surpresas desagradáveis quando chegar e custar muito mais do que você imagina,pois devolver o carro em outra cidade ou país geralmente é bem mais caro. Agora quanto a fazer os voos que você mostrou, a princípio não tem nenhum problema, os voos tem um bom tempo de conexão, e como você compraria tudo no mesmo tícket, não precisa fazer novo check-in em Roma para seguir até Zagreb. E na volta, o intervalo é maior ainda, dá para você deixar as suas bagagens de mão no guarda-volume do aeroporto e ir fazer um passeio no centro de Roma, ver o Coliseu, Fontana de Trevi, Vaticano etc e estar de volta no aeroporto as 20:00 para pegar o voo para casa. Eu só recomendaria você ler com atenção todo estes tópicos abaixo, pois a Alitalia está numa situação crítica, e ninguém sabe se ela ainda estará funcionando em setembro, ou se terá falido...
  20. Irlanda e Reino Unido não exigem nenhuma vacina atualmente, até por que é muito frio para o mosquito que transmite a febre amarela se criar por lá. Com aquelas teorias conspiratórias malucas e sem fundamento que circulam na internet de que vacinas fazem mal, e nas quais muita gente ignorante acredita, muitos europeus deixaram de dar as vacinas básicas como sarampo, meningite, paralisia infantil, coqueluche, etc para os seus filhos, e isto está fazendo com que haja novos surtos destas doenças que já haviam sido consideradas extintas a muitos anos tanto na Europa como no Brasil. Mas se você tomou as vacinas quando era criança, não tem risco, você já estará protegido, não precisa tomar novas vacinas, e nem levar cartão de vacinação atualizado se for para Irlanda e Reino Unido.
  21. Sei que é uma questão bem pessoal, mas alguém que já tenha visitado os dois locais poderia deixar a sua impressão sobre os locais? Qual gostou mais e porque? Vou estar na Irlanda em agosto deste ano, e a princípio tenho um dia de viagem "sobrando" para colocar em Belfast ou Dublin, e gostaria usar este dia livre para ir até um destes dois locais, mas como só tenho 1 dia, vou ter que escolher um deles. Nas minhas pesquisas até o momento tenho a impressão que Giant's Causeway tem mais opções de coisas lá perto para fazer, como o Castelo de Duncale e Carrick-a-Rede todos próximos. Giant's Causeway também é mais próximo de Belfast do que Cliffs of Moher de Dublin. Mas quanto mais eu pesquiso e vejo sobre Cliffs of Moher, cada vez mais eu tenho vontade de conhecer também! Não pretendo fazer nenhuma atividade mais radical, só caminhas pelas trilhas, tirar fotos e curtir a paisagem. Se escolher Giant's Causeway eu pretendo visitar com o carro alugado, mas se escolher Cliffs of Moher, provavelmente eu faça com uma destas excursões que saem cedinho de Dublin e voltam a noite, pois acho que é meio longe demais e cansativo para ir dirigindo, na excursão ao menos poderia ir cochilando se estiver cansado. Que dúvida cruel, já vi que vou ter que voltar a Irlanda se não conseguir achar um tempo para as duas...
  22. Qual o medo da sua prima? Ela está indo ilegal? Pretende ficar ilegalmente lá? Cada faz o que bem entender da sua vida, mas pessoalmente eu acho que anti-ético e imoral contribuir para alguém que quer cometer uma ilegalidade. Então se alguém quiser fazer algo de errado ou ilegal, que faça faça por sua conta e risco e não envolva outras pessoas na história. Mas agora se a sua prima vai ir legalmente e não vai fazer nada de ilegal e nem ficar por lá ilegalmente, não tem nada o que temer independente da rota, é só ter os comprovantes básicos, passagens de volta compradas e marcadas, reservas de hospedagens, dinheiro suficiente e saber explicar ao policial da imigração o que ela pretende fazer lá.
  23. Antes de mais nada, o que exatamente você quer conhecer em cada país? Só Lisboa em Portugal? Ou também quer conhecer Porto? Madrid e Barcelona na Espanha? Ou só uma delas? Roma, Florença e Veneza na Itália? Só uma delas? Só para conhecer as três principais cidades italianas e que "não deveriam ficar de fora" numa viagem a Itália, você precisa de uns 7 ou 8 dias...
  24. Comprando as passagens avulsas com 90 dias de antecedência: - Passagem de trem de Madrid até Barcelona: 65 Euros - Passagem de avião de Barcelona até Paris: 60 Euros incluindo bagagem despachada e deslocamento aos aeroportos - Passagem de avião de Paris para Munich: 70 Euros incluindo bagagem despachada e deslocamento aos aeroportos - Passagem de ônibus até Milão: 20 Euros, pois não há trem direto Total = 215 Euros Com Eurail Pass: - Eurail Pass: 281 Euros - Taxa de reserva adicional e obrigatória no trem entre Madrid e Barcelona: 10 Euros - Taxa de reserva adicional e obrigatória no trem entre Barcelona e Paris: 34 Euros - Taxa de reserva adicional e obrigatória no trem entre Paris e Munich: 13 Euros - Taxa de reserva adicional e obrigatória no trem entre Munich e Zurich: 0 Euros, este é o único sem taxa adicional - Taxa de reserva adicional e obrigatória no trem entre Zurich e Milão: 13 Euros Total = 351 Euros Sinto muito mas o seu amigo que lhe indicou o Eurail Pass foi enganado, e gastou muito mais dinheiro comprando um Eurail Pass do que se tivesse comprado os trechos avulsos e antecipadamente. Mas na verdade este passe de 281 Euros não seria válido para você, pois para você ir de Munich para Milão, você tem que cruzar a Suíça ou Áustria, ou então dar uma volta enorme, voltando a França para entrar na Itália via fronteira França/Itália. Ou seja o passe teria que ser válido na Espanha, França, Alemanha, Suíça ou Austria e Itália. E o único passe que cobre todos estes países seria o Global Pass que custa a partir de 307 Euros... Ou seja, na verdade ir com o Eurail Pass lhe custaria 377 Euros no total com todas as taxas adicionais obrigatórias que você tem que pagar mesmo possuindo o Eurail Pass. A uns 20 ou 30 anos atras o Eurail Pass era vantajoso, mas atualmente com todas as taxas adicionais obrigatórias ele é uma completa furada em 99% dos casos, em muito poucos roteiros ele vai ser vantajoso. https://www.eurail.com/en/reservations/reservation-fees
  25. Depende dos seus interesses pessoais, mas Paris é uma cidade enorme e cheia de coisas interessantes para você ver e fazer, e para que a sua lua de mel não vire uma correria insana do começo ao fim, cheia de preocupação e estresse, pessoalmente eu recomendaria alocar pelo menos uns 4 ou 5 dias para Paris para fazer as principais coisas com alguma calma. Londres é do mesmo tamanho, se não maior que Paris, algumas pessoas até acham que tem mais coisa para você ver e fazer do que Paris, então 4 ou 5 dias também seria o mínimo recomendável para fazer os principais passeios com alguma calma. Roma também tem bastante coisa para ver e fazer, e principalmente é tudo cheio de filas demoradas em quase tudo, eu recomendaria pelo menos uns 3 ou 4 dias em Roma. Amsterdam é um pouco menor, mas eu também recomendaria ficar 3 dias em Amsterdam. Madrid é meio complicado, quem não tem muito interesse em futebol ou touradas, acha que 2 ou 3 dias é mais que suficiente, mas se for fã de futebol e quiser visitar os estádios e ver as touradas ou ao menos a arena, já precisa de 1 dia adicional em Madrid para visitar tudo com calma.
×
×
  • Criar Novo...