Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

pedroalves.J

Membros
  • Total de itens

    20
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

6 Neutra

2 Seguidores

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. @Jonatas Piardi Felix Bora! Me add no WhatsApp: +351 925973311.
  2. Recomendo a empresa portuguesa Indie Campers! (se for alugar o motor home) Por curiosidade, qual o orçamento reservado para essa trip?
  3. E aí Jack! Eu tô no Rio, com parte da minha família que mora aqui, em Campo Grande! Ainda não fiz esse rolê pelo litoral, acabei vindo de SP direto para o Rio porque não tinha tomado a vacina da febre amarela auhauhauh Agora vou voltar para o litoral de SP na próxima semana talvez, e fazer esse mochilão pra cá.
  4. Eu pesquisei muito sobre o tema, e fiz bastante trilha com tênis e bota. Atualmente eu julgo pelo nível de dificuldade e o peso da mochila. Se for uma trilha curta sem muita técnica necessária - tênis. Trilha média-longa com muita técnica necessária - bota. Também vai do clima. A bota que comprei é a Merrell Moab 2, que achei aguentar de boas tanto o frio quanto o calor, além de ser impermeável. Também pode levar em consideração sua experiência com trilhas. Uma pessoa experiente já sabe todo o cuidado que tem que ter, como andar e a atenção que tem que prestar no caminhar para não torcer o pé, então pode arriscar mais com o tênis. Em geral a bota é sempre aquela segurança a mais, além de um suporte para o peso bem melhor.
  5. E aí galera! Estou fazendo um mochilão pelo Brasil, que já comecei em São Paulo e agora dei uma pausa aqui no Rio esperando passar a temporada alta. Vou continuar em março, partindo do Rio na direção de Minas Gerais, Goiás, DF, Bahia, o nordeste todo até o Pará, Amazonas e Roraima. A ideia é fazer com pouco ou quase nenhum dinheiro. Carona, couchsurfing, voluntariado, etc. O dinheiro que tenho é para passeios que obrigatoriamente tem que ter algum investimento, tipo visitar um parque nacional (entrada e camping obrigatório), etc. Apesar de parte da ideia de fazer isso ser me habituar a fazer as coisas sozinho, gostaria de uma companhia. Alguém com a mesma vibe e pronto para se jogar no mundo?
  6. Boas! Vou começar um grande mochilão no final de novembro, mas em duas etapas. A primeira etapa é pequena, de São Paulo para o Rio seguindo o litoral. Pretendo fazer em pouco mais de duas semanas (talvez 13 dias de trilha pela Juatinga). A segunda etapa (até a Venezuela) é só em março, pois vou ficar no Rio esse tempo todo com a família que já não vejo há alguns anos e tal. Então eu vou estar em Guarujá na primeira semana de dezembro visitando um amigo, e dali quero começar uma trip até o Rio, seja de carona, ônibus, etc. Parar nos melhores lugares, sem tempo contado, Ubatuba, Prumirim, Ilhabela, Trindade, Paraty e por aí vai. Bastante trilha, praia e diversão. Orçamento bem baixo porque tenho que poupar bastante para a segunda etapa. Quem estiver afim de me acompanhar, ou estiver por algum desses lugares nessa época, ou quiser bater um papo, ou tiver um lugar para eu dormir é só dar um toque! Abraço!!
  7. Viviana, muito obrigado, de verdade! Adoraria bater um papo contigo um dia. Por onde você anda agora? Estarei voando para o Brasil para começar parcialmente meu mochilão no mês que vem, em São Paulo, fazer uma pausa na minha cidade natal (Rio de Janeiro) desde o natal até o carnaval, e depois seguir até o norte. As pessoas colocam muito medo, dizendo todos os perigos no caminho, a possibilidade de uma tragédia, etc. Apesar de tudo isso, tento manter a mente em paz e continuar focado para resolver os perrengues que com certeza vão aparecer (acho que o intuito da viagem é realmente viver os perrengues, no fundo gosto deles).
  8. Excelente "relato" numa forma muito detalhada e até mesmo educacional. Obrigado.
  9. Wow, incrível! Eu tô me preparando para começar em dezembro. Vou com pouquíssimo dinheiro e estava muito preocupado se ia conseguir. Como você fez mergulho sem grana? O que tenho pena é não poder fazer esse tipo de coisas nos lugares lindos que a gente passa, por serem passeios tão caros.
  10. Tô começando em dezembro em São Paulo indo até a Venezuela. Também estive pesquisando sobre lugares para dormir. Vou usar o pouco dinheiro que vou levar para comer e dormir em camping sempre que não houver couchsurfing ou outras opções mais econômicas. Fico pensando se rola esse negócio de montar a barraca (no meu caso rede) em um lugarzinho legal.
  11. Uau, cara! Que aventura. Boa sorte e sempre em frente! Obrigado por compartilhar.
  12. Força cara! Depois vai contando como está sendo a experiência Dá uma lida aqui, é muito inspirador: http://www.diariosdecarona.com.br
  13. 15 dias é bastante tempo! O suficiente para conhecer Portugal inteiro, se for bem dividido. Eu aconselho pegar um carro porque te dá mais liberdade para se deslocar a nível nacional, apesar de ser chato para estacionar nas grandes cidades, como o colega ali em cima disse. Além disso, também tem o problema da moda de estourarem vidro de carro alugado, principalmente em Lisboa e Porto. Se for viajar pelas autoestradas, as portagens podem ser bem custosas também. Mesmo assim, acho que compensa pegar um carro. Os ônibus entre distâncias curtas podem ser bem custosos e se for fora dos grandes centros, os horários são escassos e bem espaçados. Se for realmente só visitar os grandes centros, vale a pena dar uma lida no site da rede de trens de Portugal, pois eles tem ofertas especiais em certas ocasiões: https://www.cp.pt/passageiros/pt/descontos-vantagens/descontos/turistico
  14. Oi Marília!! Pegando um trem em Viana do Castelo para Valença (cidade onde moro), você vai ter a oportunidade de conhecer a Fortaleza de Valença que é linda demais, e também atravessar a ponte internacional centenária a pé e dizer que também esteve na Espanha! Além disso tudo eu ainda te pago um copo de vinho! Qualquer coisa que precisar pode me mandar uma mensagem e eu tento ajudar! Boa viagem
×
×
  • Criar Novo...