Ir para conteúdo

Isa Gama

Membros
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

11 Boa

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. 7 Motivos para não visitar a Tailândia Escrito por Isabella Gama (@engenheirasemfronteiras) (Todas as fotos de ilustração podem ser conferidas no post original no site www.engenheirasemfronteiras.com) Após um ano vivendo na Tailândia, já posso compartilhar com vocês alguns dos motivos para não visitá-la. Isso é porque depois que você visitar a Tailândia sempre irá querer voltar, se não quiser viver sempre com essa vontade dentro de você depois de ir embora, não visite a Tailândia. hehe Vamos aos motivos: 1. Choque cultural É impossível que alguém, que viva no Brasil, chegue na Tailândia e não tenha um choque cultural. É imediato esse sentimento. Seja pela comida, pela letra e linguagem tailandesa, seja pela mão invertida (sim! Aqui é como Londres, se dirige do lado direito), seja pela bomba de gasolina do lado de um isopor e embaixo do teto de madeira como na foto abaixo tirada em uma das ilhas, seja pelo motivo que for e são vááárioos: tudo isso vai te tirar automaticamente da sua zona de conforto e te transferir para sua zona de aprendizagem. É instantâneo! Esse choque cultural vai fazer você abrir sua mente e aceitar as diferenças com mais facilidade. Faz um bem danado pra gente! ❤️ E só por esse motivo você já vai se apaixonar pela Tailândia e seus contrastes, mas como eu prometi mais motivos, vamos aos próximos: 2. Budismo Faz parte do budismo acreditar em várias das coisas que normalmente chamamos de Karma (você atrai pra você o que você transmite), que não adianta se preocupar pelo futuro se você não pode fazer nada para controlá-lo, entre vários outros aprendizados, que são uma lição de vida. Em resumo, na Tailândia é possível você viver o presente e isso, por si só, é também um presente para qualquer um que venha de coração aberto para vivenciar esse sentimento. 3. Conhecer pessoas É impossível você não fazer amizades enquanto viaja pela Tailândia. É um país cheio de gente do mundo inteiro e você vai conhecer muitas pessoas durante toda a sua viagem. É destino de muitos viajantes solitários, então se você é um deles, aqui irá se sentir em casa. Às vezes vocês vão se conhecer em Bangkok e depois se encontrar por acaso em Koh Phi Phi, às vezes vocês vão acabar ficando tão amigos que vão fazer todos os passeios juntos, vão sair juntos e automaticamente virarão companheiros de viagem e na hora de ir embora você vai chorar só de pensar que está acabando tudo isso. 4. Lindas paisagens Isso não precisa nem falar! Todo mundo já viu alguma foto da Tailândia ou algum filme que tenha sido gravado por aqui e sabe que as praias e paisagens que existem aqui são espetaculares. Você vai ver cada lugar mais surpreendente do que o outro e vai pensar em como você é abençoado de estar podendo conhecer! (Se quiser desconto para passeio em Phi Phi, você pode usar o código ENGSEMF para reservar o seu por esse link aqui). Você pode querer ler também: Tailândia - Perguntas Frequentes 5 Filmes que você deve assistir antes de viajar para a Tailândia (Bônus: série) Porta Afora sobre Tailândia 5. Emagrecer Isso acontece para a maioria das pessoas. Você vai andar, entrar em barco e sair, visitar templo, fazer trilha, subir para view points, tudo isso enquanto está calor, o que no final normalmente vai te render ter perdido alguns quilinhos. Eu particularmente perdi 12 kg! Olha o antes e depois: 6. Viajar com pouco Uma mochila de 7kg é suficiente e às vezes ainda é muito para viajar pela Tailândia. Você vai usar só chinelo o tempo todo, talvez um tênis de vez em quando, mas eu já fiquei 5 dias só andando descalça e ninguém reparou. Lavanderia tem praticamente em toda esquina e o kg da roupa lavada é em média R$ 5,00. Além disso, você irá querer comprar alguma roupinha aqui, já que os preços são bem amigáveis. Eu mesma tenho 3 shorts e só. Todos foram comprados aqui quando perdi todos esses quilos. Itens de higiene pessoal você acha em emabalagens pequenas em todo lugar, shampoo, condicionador, desodorante, pode compra tudo aqui se precisar! Sendo assim, venha com o mínimo de coisas possível MESMO. 7. Ser surpreendido o tempo todo Seja com um sorriso de um tailandês ou de alguém do Myanmar (sim! tem muita gente de lá vivendo aqui), seja com um macaco que vai aparecer em um momento inesperado, seja com a foto que está ilustrando o item 6 (várias roupas coloridas no meio de uma floresta para homenagear Buda), seja com uma placa de rota de evacuação de tsunami, seja o que seja, você vai ter motivos de sobra para o tempo inteiro estar sentindo novas sensações. Conclusão: não visite a Tailândia ou você irá se apaixonar e esse será seu país preferido para sempre! Aí pode esquecer seus planos de conhecer o mundo todo porque você sempre irá voltar! <3
  2. Como colocar Phi Phi no roteiro Por Isa Gama (@engenheirasemfronteiras) Phi Phi Islands é um arquipélago na região sul da Tailândia, mais especificamente na costa do mar de Andamam. Muita gente tem dúvidas sobre quantos dias ficar e como chegar em Phi Phi, incluindo os horários de ferry. Também existe muita confusão sobre Krabi, Railay, Ao Nang, Phuket e Phi Phi. E aí como a dúvida é grande as pessoas se hospedam em outros lugares pensando que é tudo a mesma coisa. Não é! Espero esclarecer todas as dúvidas neste post e se restar alguma, deixem nos comentários para que eu possa atualizar e tentar ajudar. 1) Entendendo a região Primeiro vamos ao mapinha: Phuket é uma cidade na costa esquerda de Koh Phi Phi. Krabi é uma província (para tentar fazer uma analogia é como se fossem os nossos estados no Brasil) onde fazem parte a cidade de mesmo nome, Krabi, Railay, Ao Nang e Koh Phi Phi. Tudo isso pertence a Krabi, por esse motivo muita gente faz confusão na hora de programar a viagem. Atenção ao mapinha acima, onde Railay e Ao Nang também estão na costa direita assim como Krabi. Está vendo no mapinha os pontinhos em frente de onde está escrito Phi Phi? Você pode ver que existe uma ilha maior e duas menores acima e uma menor abaixo de onde está escrito Phi Phi, certo? De maneira simples pra facilitar o entendimento, essas ilhas menores são as famosas Mosquito Island (que está fechada por motivo de preservação dos corais - não é possível visitá-la), Bamboo Island e Maya Bay. Todas elas estão em volta da ilha maior, que é conhecida como Koh Phi Phi. Porém tudo isso faz parte do arquipélago de Phi Phi Islands. 2) Como chegar em Koh Phi Phi Para chegar em Koh Phi Phi, você deve ir primeiro para alguma cidade da costa, seja Phuket ou seja Krabi (e Railay ou Ao Nang). Tanto Krabi como Phuket têm aeroporto, se você estiver tendo problemas para comprar seu voo interno ou não sabe onde procurar, você pode comprar através desse link aqui. Em seguida, depois de chegar à algum desses lugares deve pegar o ferry boat, que são grandes barcos que fazem o translado entre a ilha e a costa, você também pode comprar seu ticket pelo mesmo link aqui. Caso você prefira outra opção, saindo de Bangkok, por exemplo, há um ônibus diário que sai às 18h e chega em Krabi às 7h. Se você pegar esse ônibus pode pegar o ferry das 9h de Krabi para Phi Phi. Programe seus horários de chegada e saída da ilha de acordo com os horários do ferry para não perder tempo no seu roteiro, perder passeios (veja opções aqui) e diárias ou voos (acredite, muita gente perde por não se programar bem!) 2.1) Horários de ferry saindo de Phuket para Phi Phi: 08h30 11h00 13h30 15h30 2.1) Horários de ferry saindo de Phi Phi para Phuket: 09h00 14h00 14h30 15h30 2.2) Horários de ferry saindo de Krabi para Phi Phi: 09h00 10h30 13h30 15h00 2.2) Horários de ferry saindo de Phi Phi para Krabi: 09h00 10h30 13h30 15h30 2.3) Horários de ferry saindo de Ao Nang para Phi Phi: 09h00 2.3) Horários de ferry saindo de Phi Phi para Ao Nang: 10h30 - conecta com ônibus 15h30 - direto 2.4) Horários de ferry saindo de Railay para Phi Phi: 09h00 2.4) Horários de ferry saindo de Phi Phi para Railay: 10h30 - conecta com ônibus 15h30 - direto Todas as viagens de ferry para todos esses destinos levam em média 2 horas. O tempo de deslocamento do aeroporto de Krabi para o pier é em média meia hora (30 minutos) e do aeroporto de Phuket para o pier é em média uma hora (60 minutos). Calcule bem seu deslocamento para não perder voos ou diárias como já comentei. Na alta temporada (novembro a abril) existem alguns horários extras e também speed boat que leva 45 minutos em média tanto para Krabi ou Phuket. Como esses transportes são sazonais, confira sempre o instagram @toursphiphi onde as informações estão sempre atualizadas. Você pode querer ler também: 7 Motivos para não visitar a Tailândia Como é o passeio One Day Trip em Phi Phi Tailândia - Perguntas Frequentes 3) Onde se hospedar Você pode se hospedar em qualquer um desses lugares que citei no mapinha acima, porém deve atentar-se ao fato de que cada um tem atrações específicas - que não é o objetivo desse post agora. Porém, para quem quer visitar a famosa Maya Bay, o recomendado é se hospedar em Phi Phi, que é onde fica mais perto da famosa praia. Sobre onde se hospedar em Phi Phi, você tem várias opções também. Hotéis em localização central que você faz tudo a pé e outros afastados, onde você precisa de long tail para chegar e sair. Para decidir qual melhor lugar se hospedar, confira sugestões aqui. 4) O que fazer Tem muito o que se fazer em Phi Phi, e eu já escrevi um post sobre isso, que você pode ler aqui em 7 dicas do que fazer em Phi Phi Island. Se alguém ainda tiver alguma dúvida, deixe nos comentários para que eu atualize o post de maneira que fique mais clara. 5) Quer conhecer mais gente que está indo para a Tailândia? Entre no grupo do facebook! Abraços e boa viagem! www.engenheirasemfronteiras.com www.instagram.com/engenheirasemfronteiras www.facebook.com/engenheirasemfronteiras
  3. 7 Dicas do que fazer em Phi Phi Islands Por Isabella Gama (@engenheirasemfronteiras) Uma das ilhas mais visitadas da Tailândia, Koh Phi Phi é famosa por ser ponto de partida para a famosa Maya Bay, local que foi utilizado como base para gravação do filme A Praia, com Leonardo di Caprio. A ilha é pequena e não tem carro ou moto. Todo deslocamento deve ser feito a pé ou alugando taxi boat. Para que você fique localizado próximo do coração da ilha e do pier – por onde você irá chegar e de onde saem a maioria dos passeios, você deve se hospedar em hotéis centrais. Caso não se incomode de alugar taxi boat para sair ou voltar do hotel, se hospede mais distante. Veja aqui sobre hospedagem em Phi Phi. Feitas essas primeiras observações, seguem 7 dicas do que fazer em Phi Phi: 1. Passeios Em Phi Phi você vai fazer um passeio de barco para conhecer as praias e ilhas da região. Os lugares mais famosos são Maya Bay, Bamboo Island, Monkey Beach, Pileh Lagoon, entre outros. Você pode conhecer esses lugares de várias maneiras. Visite o site www.toursphiphi.com para ver os passeios. 2. Pool Party As festas na piscina, ou pool party, acontecem 4 vezes por semana. Domingos, terças e quintas no Ibiza Hostel e às sextas no PP Princess. Começam por volta das 14h e terminam às 20h. A entrada é gratuita, você só não pode levar bebida de fora. 3. Festas Todas as noites – mesmo – têm festas nos bares das praias: Slinky, Stones, Apache, Blanco e Moon Light. Às 20h30 começam os fireshows – show de fogos com artistas locais – e depois você pode interagir com mais pessoas nas brincadeiras que eles organizam. Acabando as brincadeiras, tudo vira uma balada e aí é só aproveitar! Normalmente tem free shot durante as brincadeiras e algumas possibilidades de ganhar buckets (baldinhos com bebidas) de graça se você aceitar alguns desafios – que não vou contar aqui pra não ser spoiler. Vale a pena conhecer! 4. Bares Phi Phi tem várias opções também para quem prefere barzinhos. De música ao vivo até bares estilo “pub”. Para música ao vivo os indicados são Carlito’s Bar e o Kongsian. Para bares estilo pub, tem o Irish Pub, o Stockholm e o Dojo. Se você quer um bar mais tranquilo tem o Relax Bar. 5. Cinema Por ser uma ilha pequena, Phi Phi não tem um cinema convencional, porém todos os dias às 19h, é exibido um filme nos telões do Banana’s. A programação varia de terça a domingo e todas as segundas o filme exibido é “A Praia”. 6. Trilha Você pode caminhar pela trilha saindo do centro para chegar até Long Beach. Vale a pena você fazer um dia porque a vista é incrível e você encontra várias surpresas caminhando por essa trilha. Depois pode pegar um taxi boat (long tail) por lá e voltar para o pier de Phi Phi. Essa foi a dica que dei na minha participação no Porta Afora, que se você ainda não assistiu, pode conferir por aqui. 7. View Point Subir ao View Point para ver as duas baías da ilha é um programa imperdível. A foto abaixo foi tirada no local mais “baixo” onde tem o letreiro “I love Phi Phi”. Se você continuar subindo vai encontrando outros pontos de observação e a vista vai ficando cada vez mais fantástica! A energia de Koh Phi Phi é mágica, ao visitar, esteja de cabeça aberta para conversar com as pessoas, conhecer histórias de vidas diferentes e, por favor, ajude a preservar a ilha. Não jogue lixo no chão, não quebre garrafas (muita gente só anda descalço pelas ruas), não suje as praias e contribua para que esse pequeno paraíso escondidinho do mundo continue sendo tão especial. Boa viagem e aproveite muito essa ilha tão linda! Abraços Isa http://www.engenheirasemfronteiras.com www.instagram.com/engenheirasemfronteiras www.facebook.com/engenheirasemfronteiras
  4. Bre, a internet é excelente! O 4G funciona super bem e é super fácil vc comprar chip quando chegar! Boa viagem!
  5. Analy, irei fazer em breve e volto pra escrever aqui! Sobre as ilhas indico você consultar esse site aqui: www.toursphiphi.com Abraços
  6. Que bom que ajudou, Glaucia!! Estou à disposição!!
  7. Tailândia - 15 Perguntas Frequentes Por Isabella Gama (@engenheirasemfronteiras) Ainda existem muitas dúvidas sobre a Tailândia e com este post vou procurar esclarecer as perguntas mais comuns que recebo. Se você tem alguma que não foi respondida neste post, deixe aí nos comentários e eu atualizo aqui! 1. Preciso de visto de turista? Não. Brasileiros não precisam de visto para visitar a Tailândia e podem permanecer no país por até 3 meses. 2. Qual o prazo de validade meu passaporte deve ter? O passaporte deve ser válido até 6 meses após a data de saída do país. Exemplo: Sua passagem de saída da Tailândia é em 16 de abril de 2018, portanto seu passaporte deve ter validade mínima até 16 de outubro de 2018. 3. A vacina de febre amarela é obrigatória? Sim. Você precisa fazer o certificado internacional de vacinação em algum posto da ANVISA antes de sair do Brasil e ao chegar no aeroporto em Bangkok deve passar primeiro pelo Health Control, preencher um formulário, apresentar o cartão de vacinação junto com o formulário primeiro, para em seguida ir para a imigração. 4. Qual a melhor época para visitar? A alta temporada é de novembro a abril, que é quando ocorrem menos chuvas na costa de Andaman (onde está localizado Koh Phi Phi, Phuket e Krabi, por exemplo). Na tão temida baixa temporada há vários dias sem chuva e quando chove não é nada diferente do que os dias de verão em Ubatuba - SP, por exemplo, normalmente com chuvas que duram no máximo 2 horas. Se você só pode conhecer a Tailândia na baixa temporada, vale a pena se arriscar. Mais uma coisa: a previsão do tempo na Tailândia erra demais, normalmente para melhor. Exemplo: previsão de chuva para amanhã das 10h às 17h. Realidade: chuva entre 16h e 17h. Muitas vezes a realidade é nem chover. Vai por mim, por experiência própria, não vale a pena ficar conferindo previsão. O tempo está mudando demais também e já não é mais tão prevísivel, infelizmente. Meu conselho: esqueça essas preocupações e viaje, afinal, previsão do tempo é a única coisa que ninguém pode te garantir como estará, por mais informações e estatísticas que você pesquisar! 5. Qual é a moeda da Tailândia? É o Bath, ou THB. Aqui não se aceitam Reais em casas de câmbio, portanto venham com dólares americanos, australianos ou euros, que são as moedas mais comuns de se fazer a troca por aqui. Para que você se familiarize com os preços, existe uma tática bem fácil para ter ideia, é só cortar o último zero. Explico: 1000 Bath ou 1000 THB é aproximadamente R$ 100,00. Sendo assim, fica fácil fazer a conversão: 1000 THB = +- R$ 100,00 500 THB = +- R$ 50,00 100 THB = +- R$ 10,00 e assim por diante. Aqui não existem centavos. Todos os itens o preço é redondo: uma água é em média 14 THB (R$ 1,40) nas ilhas, uma pizza 150 THB (R$ 15,00), etc. 6. Não quero despachar mala, como faço com itens de higiene pessoal? Aqui na Tailândia você encontra em qualquer 7 Eleven (mini supermercados que você encontra em toda esquina) itens como shampoo, condicionador, desodorante, etc, em embalagens pequenas de menos de 100 ml. Pode deixar pra comprar aqui. 7. Por que tanta gente tem diarreia ou vômitos na Tailândia? Não existe uma resposta certa. Cada tipo de organismo reage de uma maneira diferente ao novo ambiente que ele está inserido. A Tailândia é muiiito diferente do Brasil, a comida tem um tempero particular e normalmente com muita pimenta. Como as pessoas estão de férias, na praia e com festas, acabam bebendo bastante alcóol também (acompanhado de gelo de procedência duvidosa - o que não é exclusividade da Tailândia - qualquer lugar que você for comprar gelo no Brasil você também não sabe de onde veio a água). A verdade é que não existe manual para que você não seja um dos premiados, o que você pode sim fazer é contratar um seguro saúde (contratando por esse site e usando o código ENGMOCH5 você ganha desconto) e caso passe mal, pode acioná-lo. 8. Devo pedir desconto em tudo? Não. Se você quer comprar um volume de roupas, souvenir, etc, pode sim pedir um desconto se achar que deve. Antes de sair perguntando por desconto, pense se faz sentido mesmo esse desconto que você está pedindo, afinal por trás da sua compra, várias pessoas estão trabalhando para fabricar, transportar, expor e vender os produtos. Tendo bom senso você sempre vai sair feliz e quem está negociando com você também. No caso de passeios não é recomendável ficar pedindo desconto. Imagine que um passeio custe 1000 THB (R$ 100,00). Para que você faça esse passeio é necessário o transporte (seja minivan, ônibus, carro ou barco), a manutenção do transporte, as pessoas que trabalham para organizar tudo, motoristas ou capitães, guias, etc. Atenção: muitas pessoas acabam caindo em golpes de passeios que prometem te levar a vários lugares e na verdade não fazem o prometido. Você já viajou tão longe para tentar economizar uma quantia que não irá fazer diferença pra você e ainda perder um dia de passeio em algum golpe? Escolha bem seu passeio (indico o site www.toursphiphi.com) e mais uma vez, bom senso! 9. Como são os tailandeses? Eles são pessoas sorridentes e amigáveis e normalmente irão te ajudar com tudo que precisar se você os tratar com educação. Lembre-se que você está no país deles, na casa deles, não queira discutir e arrumar briga porque normalmente eles terão razão. Evite problemas. 10. O que é Sangkran? É o ano novo tailandês e a comemoração é feita jogando água uns nos outros, nessa época são vendidas arminhas para jogar água por todos os lugares. A Tailândia segue o calendário budista e agora em 2018 no nosso calendário, o calendário deles é o ano de 2561. O ano novo é em abril, não tem um dia específico (varia como o nosso carnaval, por exemplo) mas normalmente é entre os dias 13 e 16 de abril. 11. O que é a Full Moon Party? É uma festa que acontece todos os meses em Koh Phangan, no dia em que a lua está mais cheia, ou seja, as datas variam também. A única data do ano onde a festa acontece independente da lua é dia 31 de dezembro. É nessa festa onde todos pintam o corpo, são acendidos letreiros com fogo e muita gente toma os famosos baldinhos (buckets). 12. O que é o Festival das Lanternas? É uma celebração em homenagem a Buda onde são enviadas lanternas ao céu como maneira de atrair boas energias e realizar sonhos e acontece em novembro também em datas que variam de acordo com a lua cheia. 13. Onde compro voos internos, ferrys e ônibus pela internet? Muita gente sofre ao tentar comprar passagens áreas por vários sites onde o cartão de crédito dá problema, inclusive nos sites das próprias companhias áreas. A solução é comprar por um site que reúne bastante empresas do Sudeste Asiático, que é este aqui. Já salve este link nos seus favoritos agora, pois através dele é bem raro dar algum tipo de problema e você já pode deixar tudo comprado com antecedência. 14. Estou viajando sozinha(o). Onde deixo meus perteneces quando for à praia? Muitos hosteis e hotéis tem lockers e você pode levar seu próprio cadeado e guardar nos lockers. Caso você prefira andar com todo seu dinheiro e passaporte sempre, não se preocupe, você vai conhecer muita gente durante sua viagem e nunca vai estar sozinha(o) de verdade. Além disso em todas as ilhas você encontra com facilidade e por bom preço bolsas de proteção para a água e também capinhas de proteção para celular. Você pode comprar uma delas e carregar sempre com você. Para as meninas que estão viajando sozinhas, vejam também aqui mais dicas com relação à segurança. 15. Preciso falar com a Embaixada do Brasil. Como entro em contato? A Embaixada do Brasil na Tailândia fica em Bangkok. Você pode entrar em contato pelos telefones +66 02-679-8567 ou +66 02-679-8568 ou +66 02-285-6080 . Caso queira, visite o site para manter-se atualizado. Vou atualizando esse post com mais perguntas, portanto, volte sempre! Se tiver alguma sugestão de dúvida para que eu responda no post, deixe aí nos comentários. Abraços www.engenheirasemfronteiras.com www.instagram.com/engenheirasemfronteiras
×
×
  • Criar Novo...