Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

987987

Membros
  • Total de itens

    264
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    7

987987 venceu a última vez em Maio 14

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

89 Excelente

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. 987987

    Latam parceria Lufthansa com conexão em Frankfurt

    Se não houver atrasos no voo da Latam, dá tempo de pegar o voo de conexão, mas pode ter certeza não será algo tranquilo, pode ter certeza que será estressante e vai haver correria. Atualmente o voo da Latam chega no Terminal 1 e o voo para Roma também sai do Terminal, então atualmente não é necessário trocar de terminal, mas isto pode mudar no futuro, você tem que conferir isto novamente mais próximo da data da sua viagem. Não é para ser necessário fazer um novo check-in e nem re-despachar a bagagem. Mas o funcionário pode se confundir, principalmente quando é por empresas diferentes. Mas para ter certeza, você tem que conferir a etiqueta de bagagem que eles colam na sua mala lá na hora do check-in. Se a bagagem for direto para Nápoles, deve aparecer o nome dos dois aeroportos na etiqueta, deve vir claramente os códigos de FRA e FCO na etiqueta da bagagem. A mesma coisa em relação ao check-in, você tem que conferir os cartões de embarque que receber no momento do check-in aqui no Brasil. se receber os dois cartões de embarque, você não precisa fazer um novo check-in. Mas as vezes eles pedem para re-imprimir o cartão de embarque, o que é diferente de fazer um novo check-in, mas em todo caso lhe consome algum tempo... Em resumo, se não houver atrasos ou filas enormes na imigração, deve dar tempo de pegar a conexão, mas certamente não será um processo tranquilo, com certeza vai ter correria e estresse. Mas se perder o voo por causa de atrasos, a Lufthansa tem que lhe colocar em outro voo mais tarde sem custo adicional. Mas isto nunca é um processo indolor e sem estresse e dor de cabeça. Então pessoalmente eu evito sempre que possível pegar estas conexões de menos de 2h, ainda mais com empresas diferentes mesmo que sejam parceiras. E por segurança, SEMPRE leve algumas peças de roupas na sua bagagem de mão, para você ter pelo menos algumas roupas íntimas e um ou duas camisetas limpas para usar enquanto espera a sua bagagem chegar caso seja extraviada. Eu sempre levo 2 ou 3 cuecas, 1 ou 2 camisetas e uma bermuda na bagagem de mão, e isto já me salvou duas vezes quando a bagagem não chegou junto comigo no destino.
  2. 987987

    Conexão da latam para Lufthansa em Frankfurt

    Se não houver atrasos no voo da Latam, dá tempo de pegar o voo de conexão, mas pode ter certeza não será algo tranquilo, pode ter certeza que será estressante e vai haver correria. Atualmente o voo da Latam chega no Terminal 1 e o voo para Roma também sai do Terminal, então atualmente não é necessário trocar de terminal, mas isto pode mudar no futuro, você tem que conferir isto novamente mais próximo da data da sua viagem. Não é para ser necessário fazer um novo check-in e nem re-despachar a bagagem. Mas o funcionário pode se confundir, principalmente quando é por empresas diferentes. Mas para ter certeza, você tem que conferir a etiqueta de bagagem que eles colam na sua mala lá na hora do check-in. Se a bagagem for direto para Nápoles, deve aparecer o nome dos dois aeroportos na etiqueta, deve vir claramente os códigos de FRA e FCO na etiqueta da bagagem. A mesma coisa em relação ao check-in, você tem que conferir os cartões de embarque que receber no momento do check-in aqui no Brasil. se receber os dois cartões de embarque, você não precisa fazer um novo check-in. Mas as vezes eles pedem para re-imprimir o cartão de embarque, o que é diferente de fazer um novo check-in, mas em todo caso lhe consome algum tempo... Em resumo, se não houver atrasos ou filas enormes na imigração, deve dar tempo de pegar a conexão, mas certamente não será um processo tranquilo, com certeza vai ter correria e estresse. Mas se perder o voo por causa de atrasos, a Lufthansa tem que lhe colocar em outro voo mais tarde sem custo adicional. Mas isto nunca é um processo indolor e sem estresse e dor de cabeça. Então pessoalmente eu evito sempre que possível pegar estas conexões de menos de 2h, ainda mais com empresas diferentes mesmo que sejam parceiras. E por segurança, SEMPRE leve algumas peças de roupas na sua bagagem de mão, para você ter pelo menos algumas roupas íntimas e um ou duas camisetas limpas para usar enquanto espera a sua bagagem chegar caso seja extraviada. Eu sempre levo 2 ou 3 cuecas, 1 ou 2 camisetas e uma bermuda na bagagem de mão, e isto já me salvou duas vezes quando a bagagem não chegou junto comigo no destino.
  3. 987987

    Intercâmbio + 2 meses na Europa (ajuda)

    Suíça é um lugar muito bonito, mas absurdamente caro! 4 dias na Suíça vão lhe custar o mesmo que 10 dias na Itália, Alemanha, Hungria, Rep. Tcheca, etc... Baseado no que você falou no inicio, eu pensaria em algo mais ou menos assim: Malta > Roma (4 dias) > Budapeste(3 ou 4 dias) > Praga (3 ou 4 dias) > Berlin(4 ou 5 dias) > Amsterdam (3 ou 4 dias) > Brasil Se o seu orçamento permitir, daria para incluir alguns lugares ao no meio, como por exemplo: Roma > Florença(3 dias) > Veneza(2 dias) > Viena (3 dias ) > Budapeste Também dá para pensar em encaixa Munich ai no meio destas ai... Ou ainda: Berlin > Hamburgo (2 dias) > Amsterdam ou Berlin > Colônia (2 dias) > Amsterdam Ou qualquer combinação das cidades acima...
  4. 987987

    Qual trem pegar ? Eurotrip

    Tirando o Swiss Travel Pass que é vantajoso, os demais passes da Eurail são uma completa furada atuamente, pois quase não há mais nenhum trem onde você realmente consiga andar "de graça" com os passes da Eurail. Praticamente todos os trens que você vai pegar tem taxas adicionais para os portadores do passe da Eurail, e as taxas as vezes são mais caras do que uma passagem avulsa comprada com antecedência de 60 ou 90 dias. Agência ou sites que vendam passagens de todas as empresa num único site vão lhe cobrar um monte de taxas de serviço adicionais, então se quer economizar tem que comprar avulso e antecipadamente cada trecho na operadora de cada país. As operadoras de trem seriam: Suíça: http://www.sbb.ch/en/ Austria: http://www.oebb.at/en/ Hungria: https://www.mavcsoport.hu/en Rep. Tcheca: https://www.cd.cz/en/eshop/ Alemanha: https://www.bahn.com Holanda: https://www.nsinternational.nl/en/home Bélgica: https://www.b-europe.com/EN ou www.thalys.com As vezes dá para comprar a mesma passagem em dois sites diferentes e as vezes até com preço diferente. Por exemplo passagem entre Praga e Berlin, dá para comprar tanto na Bahn.com como na cd.cz
  5. 987987

    Intercâmbio + 2 meses na Europa (ajuda)

    Resumindo, pessoalmente eu acho que um orçamento de 4.500 euros (75 Euros por dia) é muito pouco dinheiro para uma viagem de 60 dias se deste valor tiver que sair hospedagem, alimentação, metrô, passeios, ingressos, passagens entre cidades, etc...
  6. 987987

    Intercâmbio + 2 meses na Europa (ajuda)

    Estes 4.500 Euros seria só para o mochilão depois de Malta, ou a sua estadia em Malta usaria parte deste valor? A maioria do pessoal aqui viaja e gaste em média 70 Euros por dia entre hospedagem, alimentação, metrô, passeios e ingressos. Mas supondo que você seja extremamente pão duro, e não gaste com quase nada, e consiga fazer uma média de 60 Euros por dia entre hospedagem, alimentação, metrô, passeios e ingressos. Multiplicando 60 dias x 60 euros daria 3.600 Euros entre hospedagem, alimentação, metrô, passeios e ingressos. Mas faltam ainda as passagens entre as cidades, supondo que você fique em média uns 4 ou 5 dias em cada cidade, o que daria em torno de 12 ou 14 cidades diferentes. Como não se sabe quais as cidades envolvidas, os preços das passagens podem custar desde 10 Euros ou 150 Euros. Então fazendo uma média e chutando que cada passagem entre cidades custe 50 Euros, para 12 ou 14 cidades você teria pelo menos umas 12 ou 14 passagens para comprar, e multiplicando 12 passagens por 50 Euros cada, daria 600 Euros com passagens. Agora somando passagens locais + hospedagem, alimentação, passeios, etc já daria em torno de 4.200 Euros. Neste valor nem estou incluindo gastos com baladas, no máximo um hapy hour num pub qualquer uma ou duas vezes por semana. E baladas é um negócio complicado de estimar, pois depende do lugar que for, e do que pedir lá dentro, e tudo geralmente é absurdamente caro... E os 30 dias em Malta nem entraram nesta conta ainda, mesmo que você vá com curso e hospedagem pagas, ainda tem custo de alimentação, e outras coisas durante os seus 30 dias em Malta, que podem consumir facilmente mais 500 ou 1.000 euros depende do que você gastar e tiver que pagar lá em Malta. Falta ainda o seguro saúde obrigatório, comprar roupas e calçados adequados para o frio, comprar mala, mochila, etc... E para complicar, deixando para comprar as passagens locais e fazer as reservas lá na hora geralmente é bem mais caro do que se você fizer isto co antecedência de 60 ou 90 dias... E por fim, você não faz uma viagem de 3 meses sem nenhuma reserva para imprevistos, pois imprevistos acontecem muito mais frequentemente do que gostaríamos. Por exemplo, você comprou uma passagem de avião, trem ou ônibus antecipadamente, mas por algum motivo qualquer acaba perdendo o avião/trem/ônibus e tem que comprar uma nova passagem de 50 ou 100 euros lá na hora... Ou então, tem um resfriado, uma dor de barriga, etc e precisa comprar algum remédio, faz mais frio do que você pensou e você precisa comprar mais um casaco ou um calçado mais adequado para o frio, etc, etc, etc... Normalmente eu recomendo fazer o orçamento de quanto que custaria a viagem e somar 15% a 20% adicionais para estes imprevistos. Por exemplo, se você fez todas as contas e o orçamento deu 4.000 euros some mais 600 Euros de reserva para imprevistos. Esta reserva para imprevistos não precisa ser dinheiro vivo, pode ser dinheiro que você tenha guardado no banco, limite do cartão de crédito, etc...
  7. 987987

    Couchsurfing

    Muitas pessoas tem uma ideia errada do que é coucsurfing. Elas ouvem "Couchsurfing" e logo pensam "hospedagem de graça", mas está longe de ser isto! Couchsurfing não é um "supermercado" onde você "escolhe um host qualquer na prateleira" e fica de graça na casa dele. É um sistema que tem como objetivo criar amizades. O site coloca as pessoas em contato, para elas interagirem, se as duas pessoas se entenderem, o host convida/aceita receber a outra na sua casa por x dias... No couchsurfing é esperado uma interação entre host e hóspede, não é igual a hotel ou airbnb, onde você simplesmente pega a chave e vê o anfitrião novamente só na hora de devolver a chave. Esta interação pode ser mais intensa, com você acompanhando o host o dia todo, ou só a noite, quando o host voltou do trabalho... Também é de bom tão você se oferecer para ajudar com as atividades domésticas, ajudar a pagar as despesas, preparar um jantar especial, convidar o host para uma boa refeição paga por você, etc...
  8. 987987

    Couchsurfing

    Couchsurfing é um negocio que funciona totalmente baseado em referências e reputação. Afinal você acha que as pessoas convidariam qualquer desconhecido para viver nas suas casas? E referência e reputação é um negócio que exige paciência e tempo para você construir. No começo, de cada 10 couchsurfings que você tentar somente 1 ou 2 vão dar certo. E estando em duas pessoas, diminui ainda mais a quantidade de ofertas, pois a maioria dos hosts não tem espaço ou disposição para receber 2 pessoas... Então couchsurfing NUNCA deve ser o seu Plano A para a hospedagem, pois você vai se fod... se estiver contando só com o couchsurfing ou couchsurfing ser a sua principal forma de hospedagem. Pois sem ótimas referência e reputação no site, conseguir um host que lhe aceite é difícil, muitas vezes não tem nenhum host oferecendo vagas para 2 pessoas nas datas e locais que você precisa, o host pode ter um compromisso qualquer ou mudar de ideia e cancelar em cima da hora, e ai em cima, da hora, sem excelente reputação, praticamente impossível você achar outro host. Então o planejamento básico da sua viagem tem que ser feito como se você tivesse que pagar hospedagem em tudo, e os eventuais 1 ou 2 couchsurfings que você conseguir, seriam um bônus, que lhe faria economizar algum dinheiro, mas você nunca deve contar com o couchsurf como certo, pois se fizer isto, com certeza você vai se fo...
  9. 987987

    Intercâmbio + 2 meses na Europa (ajuda)

    E uma outra observação, acompanhe a cotação do Euro, pois o real está simplesmente derretendo e perdendo valor dia após dia, e não sei se isto vai melhorar ou ao menos parar de derreter até o final do ano. Só nos últimos 12 meses o Euro e outras moedas europeias ficaram 35% mais caras, e isto pode causar um rombo enorme no seu orçamento e o seu dinheiro simplesmente acabar na metade do mochilão caso você não esteja preparado para aguentar um euro custando 5 Reais..
  10. 987987

    Intercâmbio + 2 meses na Europa (ajuda)

    1 - Isto, a volta pode pode ser embarcando em qualquer outro país, a volta não precisa ser pelo mesmo local que você chegou. 2 - A resposta obvia é não, pois Malta fica numa ilha no meio do Mediterrâneo super longe de tudo, então tem que pegar pelo menos um voo para sair de Malta. Os outros trechos também depende de quais locais você exatamente visitar, por exemplo Amsterdam ica super longe da Itália, Grécia, e Leste Europeu, de ônibus pode levar 15 a 36 horas de viagem para você chegar em Amsterdam dependendo de onde você saia. Grécia é horrível quando se trata de transporte, é meio que impossível sair/chegar de lá por terra sem perder uns 2 dias na estrada, então o pessoal costuma ir de avião. Trem e avião no geral tem que comprar antes, pois na hora custa uma fortuna. ônibus também é mais caro comprando lá na hora, mas a diferença não é tão grande quando no trem/avião. Mas como falei antes, você tem que primeiro definir as cidades, pois dependendo dos locais que você for visitar, pode não ter outro jeito a não ser ir de avião. 3 - Já pensou você chegando numa cidade completamente desconhecida, num país com um idioma "alienígena" onde você não entende uma palavra, a noite, e ainda ter que procurar um lugar para dormir? As chances de você acabar em lugares ruins e caros é enorme. Você vai na baixa temporada, então não acredito que tenha muito problema de os hosteis estarem lotados, mas isto sempre é uma possibilidade que pode acontecer reservando lá na hora, principalmente na época dos feriados de final de ano, caso a sua viagem se estenda até lá. Alem disto, muitos hosteis tem algum tipo de desconto para reservas antecipadas. Mesmo que não queira reserva tudo 60 ou 90 dias antes, eu recomendaria reservar as coisas ao menos 3 ou 7 dias antes, ou seja, 3 ou 7 dias antes de embarcar para a Itália, você faz as reservas na Itália, 3 ou 7 dias antes de embarcar para a Grécia, você faz as reservas na Grécia e assim por diante. Só fique atento aos feriados de final de ano, estes podem complicar a sua vida se deixar pra reservar em cima da hora. 4 - Pelo que entendi, o seu intercâmbio começaria em outubro, terminando final de outubro ou começo de novembro e o mochilão se estendendo até final de Dezembro ou começo de Janeiro. De novembro em diante geralmente já é bem frio, mesmo na Grécia e Itália, então veja bem o que você quer fazer lá na Grécia, pois pode estar frio demais e tudo deserto, com você sendo praticamente a única pessoa no pub ou balada das ilhas gregas. E quanto mais próximo de janeiro, mais frio será lá no leste Europeu, chegando a ponto de ser frio demais, a ponto de o frio atrapalhar um monte qualquer coisa que você queira fazer. Por exemplo na Polônia, são relativamente comuns dias com -8ºC durante dezembro e janeiro, e num dia destes, você não vai querer ficar na rua...
  11. 987987

    Holanda e Bélgica roteiro

    Mesmo ficando na região da Leiseplein, que é um pouquinho fora do centro, e já é melhor que a Praça Dam, também praticamente não precisa de metrô/tram/ônibus
  12. 987987

    Holanda e Bélgica roteiro

    A parte turística de Amsterdam é relativamente compacta, se você não ficar num hostel muito longe, na verdade praticamente nem precisa usar ônibus/trem/metro, dá para fazer praticamente tudo a pé. E se precisar usar esporadicamente, pode comprar avulso o de 2h por 2 euros, acho que é bem mais barato do que comprar um passe caro de vários dias, para quase não usar...
  13. 987987

    Dólar ou Euro, qual moeda levar pra Rússia?

    Você tem que considerar que você tem uma perda de uns 4% (taxa da casa de cambio + IOF) ao trocar reais por euros/dólares e depois quando você for trocar os euros/libras para rublos, você tem outra perda de 3 % a 4% referente as taxas da casa de câmbio. Então, no final das contas, numa dupla conversão, as perdas da dupla conversão geralmente igualam as taxas dos cartões, mesmo tendo IOF ou taxa de conversão mais alta. Isto costuma ser vantajoso quando você só faz uma conversão, mas quando começa a ter 2 ou 3 conversões em série, ai a perda de 3% ou 4% de cada conversão acumulada, geralmente deixa tudo meio igual. A vantagem mesmo, é você "travar" a cotação Real x Euro / Dólar, o que é algo a se pensar seriamente neste momento em que o dólar e euro estão subindo dia após dia. Mas esta operação não lhe protege de uma eventual valorização do Rublo em relação ao Euro/Dólar... Ou seja, numa dupla conversão de moedas, sempre tem perdas enormes, independente da opção que você escolha.
  14. 987987

    Imigração

    Brasileiros com visto de turismo podem circular livremente por até 90 dias entre os países membros do Tratado de Schengen sem ter que passar na imigração. Mas é politica do fórum não incentivar ou auxiliar com atos que possam ser considerados ilegais ou ilícitos por onde você passar, como por exemplo ficar ilegalmente em algum país. Pois isto só prejudica a todos os demais mochileiros que só querem viajar dentro das regras. Pois a cada brasileiro pego ilegalmente, mais a imigração vai ficar chata e implicar com todos os brasileiros. Então se quiser tentar a sorte como imigrante ilegal e ficar em definitivo, faça isto por sua conta e risco, e assuma as responsabilidades pelos seus delitos e infrações, e não envolva outras pessoas nas suas ilegalidades, e tente não ser pego pelas autoridades, para não sujar ainda mais a reputação dos brasileiros, que já não é as melhores por lá...
  15. 987987

    Holanda e Bélgica roteiro

    Paris é uma cidade enorme, e com muita coisa para ver e fazer, você pode ficar 4 ou 5 dias só em Paris e não vai conseguir ver nem metade das coisas, mesmo com 4 ou 5 dias, você tem que escolher as principais e se focar nelas. Então dividir estes 5 dias restantes entre Paris e Bruxelas, pessoalmente acho que só faria você gastar dinheiro e não ver nada direito em Paris... Uma observação, qual o horário que o seu voo chega em Amsterdam no dia 05/07? Vai lhe sobrar algum tempo livre do dia 05/07? E qual o horário do seu voo saindo de Bruxelas no dia 12/07? Vai lhe sobrar algum tempo livre? Pergunto isto, pois dependendo dos horários dos seus voos, os dias 05 e 12 podem ser dias perdidos, onde não dá para fazer praticamente nada, e na pática lhe sobrar mesmo só os dias 6, 7, 8, 9, 10 e 11 para dividir entre Amsterdam e Bélgica. E neste casos seriam 3 dias em Amsterdam (6, 7 e 8) e 3 dias na Bélgica, 1 em Bruxelas, 1 em Bruges e um "sobrando" para você decidir onde usa, se usa para um dia adicional em Bruxelas, ou se faz mais um bate-volta a Ghent, Antuérpia, ou mesmo se resolve passar para a Holanda...
×