Ir para conteúdo

Ricardo Marques

Membros
  • Total de itens

    22
  • Registro em

  • Última visita

    Nunca

Reputação

0 Neutra

Sobre Ricardo Marques

Outras informações

  • Ocupação
    Arquiteta
  1. Travessia Marins x Itaguaré

    Muito bom o relato . Pretendo fazer esta travessia um dia . Uma das top do Sudeste . abç
  2. Sacos de Dormir

    Parabens cara . isso que é minimalismo . Fiz uma serra fina com mais de 20 kg nas costas e foi muito duro . Tenho que pegar umas dicas contigo ... rs Abç .
  3. Ola mochileiros . Vou relatar a minha segunda travessia petropolis teresopolis . Fiz a primeira em abril de 2008 e queria repetir pois o visual é incrivel . Ja vinha falando com um grupo que sempre faz uns trekkings curtos no RJ pelo facebook e eles iam fazer um grupo para atravessar . Como eu não gosto de ir sozinho pra montanha , pela oportunidade do feriado e por ter chegado meu novo equipo ( uma cargueira baltoro 75 )eu fiquei na pilha e me juntei a eles . Estava previsto os dias mais frios do ano ( 2013 esta sendo um dos invernos mais frios ) e pra piorar chuvosos tambem , mas na linha do qto pior , melhor : Eu enburaquei ! Grupo grande formado pela internet , uma travessia pesada em pessimas condições climaticas , saida da van marcada pras 4 da matina , tinha tudo pra dar merda ... Meu contato marcou na pça são francisco xavier . Como nao sou entendido no bairro da tijuca , RJ ,eu jurava que era num lugar que na verdade era a pça afonso pena (outro lugar ) . Chegando la vi um grupo jogando um carteado , devia ter uns 8 caras . Entrei com o carro na contra mão e fui devagar sacando os caras ( sou miope pracaraca ) não consegui ver as cargueiras ,nem mulheres só uns caras sinistros . Liguei pro meu contato e ele confirmou q tava na pça . Pensei : deve ser aquela galera msm , nao to vendo outra , volto c o carro devagar , estaciono , salto do carro e vou na direção dos caras de touca , casacão e botas . Todos pararam e ficaram me olhando e eu a eles ... ai qdo percebi q nao era o grupo ja estava de frente pros caras ...ficou aquele clima de duelo de faroeste carioca , so faltava a musica do dolar furado , pra ver quem ia puxar a pistola primeiro . So maluco sinistro. Dei as costas e fui andando lentamente pro carro , não passava nem agulha rs . Devem ter achado que eu era maluco , que tava armado e atras de alguem , pq um cara sozinho as 4 da matina no dia chuvoso e mais frio do ano tinha q se garantir pra fazer uma merda dessa ... Mas enfim ,consegui achar o grupo num pt de onibus , ja cheguei contando esta historia agitadão e todos cairam na gargalhada . Ja quebrou o gelo . Como sempre, demorou pra galera chegar e tres desistiram de cara , nem foram pro pt de encontro . Saimos em 10 cabeças e ainda pegamos mais duas meninas na estrada . Chegando perto da portaria do bonfim ,o cara da van meteu um KO que a van nao subia e ficou queimando pneu . Descemos da van e passados 30 segundos começou a chover ... uns 300 mts e estavamos na portaria . Burocracias de praxe e a chuva deu uma engrossada . De cara deu pra reparar que tinha gente sem noção do q seria a travessia : um de bermuda , outro sem anorak , uma menina com o saco por fora da mochila sem estar ensacado ... etc . Minha preocupação maior era com o guia ,pois qdo desce o russo nas partes de chapadão de pedra eu sei como eh dificil de navegar , mas ele me garantiu q sabia o caminho , ai tava tranq . Partimos . Dei mole e deixei mt roupa e logo comecei a superaquecer , fui tirando nas paradas mas elas estavam bem molhadas de suor . Logo uma galera ficou bem para tras , andando mt lentamente .Paramos varias vezes alem do queijo e ajax . No ajax a chuva e o vento pioraram muito . Encaramos a isabeloca com condição climatica muito ruim , rajadas fortissimas de vento , frio e chuva . Ao final dela decidimos esperar pelos retardatarios , pois dali pra frente começava o chapadão q so se navega pelos totens ou gps (que ninguem tinha ) . Ficamos todos abaixados atras de uma pedra no final da isabeloca pq o vento tava tao forte que por vezes me desequilibrava ( peso 96 , sou forte ,mais cargueira ,e dois bastoes e msm assim tava me sacudindo ) . Ficamos um tempão esperando o pessoal tipo uns 30 min . o corpo esfriou e começei a ficar preocupado pq o ruço desceu geral , estava escurecendo e uma menina estava quase entregando os pontos e ela nao tinha nem chegado . ja estava vendo o grupo se dividindo uns querendo seguir adiante e eu achando q ia ter q descer com o guia( nao era pago , era um de nos ) pra resgatar a menina e mais dois , pois todos estavamos ficando com hipotermia e havia perigo eminente para todos . Mas eles apareceram . E seguimos . de repente começo a sentir uns tecos no rosto ... começou a chover granizo e vinha quase na horizontal por causa do vento . Com mt custo e na graça de Deus chegamos no Açu . Muito debilitados e encharcados . Eu estava no abrigo e a galera em barracas , mas o pessoal q desistiu ia ficar tb no bivaque e os caras do abrigo não liberaram a vaga deles para alguns do grupo , apesar de ja estar pago . Achei falta de jogo de cintura e de humanidade msm , pq as meninas estavam mt ruins , com sinais de hipotermia e o cara disse q tinham q aguardar pra ver se sobrariam vagas . Tinha gente q ja tava no abrigo de favor e outros pq tinham desistido da travessia . Tava ate com um publico sui generis , um grupo de coroas tipo de mais de 60 anos , guiados pelo Luciano Mateiro ( mt gente fina ) e um pai com uma filha de 16 anos q quase morreu de frio . Dava pra todos terem ficado no bivaque . Comi e fui dormir . Acordei de madrugada com o frio e vento ( no termometro da varanda deu 1,5 Cº sem contar o vento ) . Mt vento e relampagos q clareavam tudo . Se o tempo nao melhorasse eu iria descer pra tere , pois tinha tomado um escorregão nos catelos do Açu , bem em frente ao abrigo de pedra q fazem bivaque , quase cai de costas e podia ter rolado . Minha bota Titã é mt confortavel , mas em pedra molhada peca . E o segundo dia tem varias descidas sinistras em pedra e que molhada ia ser mt perigoso . Mas eis que o dia amanheceu com um sol incipiente , as vezes fechava mas pelo menos não estava o temporal do 1 dia . Arrumei td e fui encontrar a galera . Ainda estavam desmontando as barracas dentro de umas furnas . Passaram uma noite muito ruim molhados e c sensação termica negativa . 4 abortaram e decidiram descer . Dei o bizu que o grupo do Luciano tava descendo e eles colaram nele . O resto de nós continuou . Acabamos saindo mt tarde quase 11 hrs . O dia foi tranquilo com sol em boa parte do dia , é o dia mais visual da travessia onde vemos os principais picos de frente . A trilha esta bem melhor do que em 2008 , mais bem marcada ( totens cimentados e setas cravados na rocha ), tem o abrigo do Açu , banheiro ecologico e algumas partes mais erodidas ganharam um misto de cimento e pedras ( cavalinho por expl ) . A dificuldade maior foi pela lama que havia mt devido a forte chuva de ontem . Tomar cuidado com alguns gramgos do elevador que estao meio frouxos . Chegamos no Sino ja escuro , a noite foi mais agradavel 5Cº . De manha subi o Sino e só havia eu la em cima ( primeira vez em varias q fui que isto aconteceu ) . A descida do Sino é uma trilha monotona , onde não se ve quase nenhum visual e de pouca dificuldade . Dos oito que continuaram só tres ja tinham feito a travessia . Menção honrosa as tres meninas , que representaram , principalmente no 1 dia que foi durissímo . Esta é uma travessia maravilhosa que recomendo a todos que gostam de montanha . Agora quero conhecer o Portal de Hercules , que segundo o Luciano Mateiro é o lugar mais belo da S.O. Lição da empreitada : 1 )não vou mais em grupo feito pela web , que eu nao conheça ninguem , em travessias pesadas , só aquelas rapidas . Apesar de que o grupo fluiu bem , sem stress , mas é aquela coisa de q se bicho pegar pro teu lado ter a certeza q alguem vai te carregar nas costas e vice versa . 2 )Levar roupas reserva , pois o peso nao vai fazer tt diferença no frio . A chuva foi tanta que ate a luva dita impermeavel ( eu ja havia testado e funcionou) encharcou e o q salvou a noite foi uma de 3,00 q comprei no saara um dia antes . 3 ) A Gregory é msm uma excelente mochila , pena que nao venda por aqui e temos pouca info sobre ela . Fiz um review aqui no mochileiros pros amigos da montanha . 4 ) vc deve sempre ouvir a montanha , entender o que ela te fala e saber de seus limites . Foi o q falei pros q desistiram e estavam com aquela cara de chateados na volta : " a montanha sempre vai estar aqui esperando por vcs " . 5 ) a Petro Tere sempre sera uma das travessias mais belas . Cada vez q subo vejo novos lugares , nuances e detalhes . E , por fim , agradecer a cia de Rafinha , Suellen , Cleto , Aline , Eli , Salomone e Felipe . Foi duro no inicio , mas depois fluiu bem . Hasta la vista .
  4. Mochilas GREGORY

    Fiz um review Da Gregory Baltoro 75 pro Large . impressoes-da-cargueira-gregory-baltoro-75-t85089.html
  5. Impressões da cargueira Gregory Baltoro 75 .

    Sim ela fica bem alta . E´bem grande pra uma de 78 lts . Apesar de ter varias alças de compressão duas de cada lado , duas embaixo e uma emcima na boca eu acho q vc pode optar pela 65 . dizem que é a melhor , por ser mais versatil o tamanho .
  6. Impressões da cargueira Gregory Baltoro 75 .

    Ola pessoal . Apos uma longa pesquisa decidi comprar uma Mochila Cargueira de primeira linha e optei pelo modelo acima . Como quase não ha informação sobre ela aqui no site e no Brasil de forma geral , vou deixar a minha impressão após a primeira travessia que fiz com ela ( Petro - Tere ) . Comprei numa promo da Amazon e saiu por menos de 200 dolares ( acho q a cor estava encalhada ) . Vamos a ela . Excelente volumetria , pega ate 78 lts por ser o modelo LARGE ( só compre este modelo se tiver acima de 1,80 mts , pois sou bem forte no tronco , meço 1,75 e ele ficou grande ) . Acho que eles só consideram o miolo da mochila , não os bolsos laterais , o frontal e a tampa ) . Comparado com minha montanha 75 , cabe muito mais coisa . sistema de suspensão muito bom , barrigueira pre curvada e com facil regulagem , bem acolchoada as duas tem balanço independentes queacompanham o mov do corpo em qq situação .. As alças são muito macias , com algum tipo de espuma mais densa por dentro ( não aperta o peito ou incomoda no dorsal , por mais musculo que haja ali . Estabilizador peitoral com suporte pra mangueira de hidratação . Tampa da mochila tem dois recipientes , e é a prova dagua . Tem uma fita unica grossa q pode ser utilizada atravessada ou como um pochetão ( ficou melhor assim ) . Cabe bastante coisa e os ziperes ficam para cima de facil acesso . Visão lateral e tem um porta garrafa no lado direito bem pratico de acessar e util . Do lado esquerdo ha um bolso telado . Ha um espaço para o camel back por dentro da mochila , com tres fivelas para fixação , calculo que caiba ate uns 4 lts np max . Usei o bolso lateral pois achei q ia ficar mt prensado . Ambos os lados tem saidas para a mangueiras , assim como ambas as laterais tb . Espaço para o saco e outras coisas relativas . acima vemos o bolso frontal com abertura de cima pra baixo na vertical . Varias fivelas de compressão e por baixo para levar o isolante se quiser . Abertura em U invertido frontal . A ft esta enganosa , esta parte é bem grande e expansivel . Proporção em pessoa de 1,75 mts. Especificaçoes traduzidas : Estadia única de alumínio 7075-T6 3D arnês pré-curvada e componentes waistbelt com novo LifeSpan espuma de EVA Aproveitam a tecnologia Auto-cativa e sistema waistbelt Auto-fit Backpanel termo-moldada com a tecnologia gription elastomérica sobre a almofada lombar Quick Draw, sistema de cordão easty-se aberto no acesso principal Stash bolso na parte de baixo da tampa superior Melhores tampa pode ser removida e configurado em um pacote fannie Bolso frontal, bolsos laterais individuais e bolsos duplos waistbelt Hideaway bolso garrafa de água com bungee para garrafas seguras Manga hidratação e lateral fácil de alimentar portas para sua mangueira DWR revestidos, zíperes resistentes à água e de camada dupla, painel de fundo resistente ao desgaste DDR 210D e 210D x 420D HD plana tecer tecidos . Enfim , é uma excelente mochila , apropriada para travessias que costumo fazer . Aguenta mt peso com relativo conforto . Ate uns 25 KG vai tranquilo . Valeu cada centavo . Só acho que uma deste nivel tinha que vir com capa de chuva embutida e nao veio ( comprei uma deuter ate 90 lts que foi excelente embaixo de muita agua ) . E tb ela nao é uma mochila leve , para minimalistas . O conforto tem seu peso , neste caso . Recomendo ela ! Só atentem para o tamanho exato , pois tenho que regular sempre no maximo para ela encaixar . Espero ajudar aos amigos da montanha com este rewiew . Não sou nenhum especialista mais foram as minhas impressões . Bons ventos !!!
  7. Mochila... Qual comprar?

    Comprei a Gregory Baltoro 75 , tamanho L pega ate 78 lts . Excelente a mochila . Muita qualidade , volumetria e uma suspensão como ainda não tinha visto . Neste feriado papal vou levar ela pra passear na serra dos orgãos . Depois posto as impressões .
  8. Mochilas GREGORY

    Estou com uma Baltoro 75 , tam L , pega ate 78 lts . Pelo tamanho acredito que eles só medem a parte interna para os 75 lts não considerando as laterais e tampa . Perguntas : Onde vcs colocam o sistema de hidratação tipo refil de camel back , dentro da mochila ou nas laterias ? Outra coisa , ela nao veio com rain cover embutida .Ela ja é a prova d'agua como a palisade ? O acabamento e o sistema de suspensão são excelentes . Mochila de alta performance . Valeu
  9. Mochila... Qual comprar?

    Ola . Preciso de uma dica para mochila para trekking pesado . travessias de tres , quatro dias . Preciso de capacidade acima de 75 lts . Conheço a linha air contact pro 60 + 15 e 70 + 15 ( boas porem mais caras ) . Porem tenho visto da gregory com preços mais razoaveis . estou entre estes dois modelos : http://www.gregorypacks.com/products/mens/technical/237/baltoro-75 ou http://www.gregorypacks.com/products/mens/technical/298/z-75 Alguem poderia me dizer se ja usou em trilha estes modelos e o comportamento delas ? Valeu .
  10. Qual a marca da sua mochila?

    Uma Ric's Camping ( empresa finada de Petropolis ) de uns 30 lts , que uso ate hoje . tem uns 30 anos a mochila , qq dia posto aqui a foto . Uma montanha 75 da T&R , boa volumetria e resistencia , mas alças e barrigueira sofríveis . Uma crampon de 31 lt T&R . Gregory Baltoro 75 , tamanho L pega ate 78 lts . Muito boa , melhor sistema de suspenção que ja tive em mãos . Abç .
  11. Qual a marca da sua mochila?

    Ola . Me fala ai ja que vc é um dos poucos q possui uma Gregory . To querendo comprar o modelo Z 75 que pega ate 81 lts . Vc recomenda a mochila ? grato .
  12. Mochila... Qual comprar?

    Valeu Mquest . As Deuter boas ( p o q eu preciso , claro ) estão acima de 269 dolares . A melhor q experimentei foi a linha aircontact pro , nao tem nem comparação com outras . E pela dif de preço minima entre a 60+15 e a 70+15 eu ficaria com a maior . Preciso de alguem q ja tenha usado ou info de conforto sobre a Gregori Z 75 . Que pega ate 81 lts e ja resolve meu prob de conforto x peso . Abç
  13. Mochila... Qual comprar?

    Ola . Peço uma ajuda ao pessoal mais conhecedor de mochilas para comprar uma nova cargueira direto dos EUA . Meu perfil é o seguinte : vou pouco a montanha , mas qdo vou é para travessias pesadas como serra fina , petro tere , marins itaguare e outras do genero q ainda farei . Mochila cheia e pesada . Tenho uma TR montanha 75 que a barrigueira é sofrivel . Meu biotipo pra mochila é 1,74 , 94 kg e o tronco largo . Tenho a possibilidade de mandar vir um boa mochila e preciso de umas dicas . Vi hj algumas , na Amazon e na sierratrading . http://www.amazon.com/gp/product/B005EM94VU/ref=ox_sc_act_title_1?ie=UTF8&psc=1&smid=A80VOUQ57EFM9 http://www.amazon.com/gp/product/B006DNDRLW/ref=ox_sc_act_title_2?ie=UTF8&psc=1&smid=A30H8RR824VBVH http://www.amazon.com/gp/product/B006LFX3UW/ref=ox_sc_act_title_3?ie=UTF8&psc=1&smid=A2IKI1XOZ3BIJO Gosto a linha air contact da Deuter , mas a não descarto Gregory ou outra de boa linha . Preferencialmente algo em torno de 200 a 250 doletas ( a deuter pro 70 + 15 ta u$340 ). Aguardo suas sugestões . Grato Ricardo
  14. Qual a trilha/travesia, mais pesada do brasil ?

    Das que eu já fiz a Serra Fina foi a mais pesada . Mt sobe e desce , ataques fortes , mt contato de mato , capim elefante e bambus . Cargueira cheia e levando a mais de 4 a 6 litros de agua dependendo do seu consumo . Temperaturas negativas a noite e calor durante o dia , bastante vento . Dificuldade de acesso em caso de emergencia . Mas sempre vale a pena . abç
  15. Seguem as fotos . não consegui colocalas aqui mas da pra ver pelo meu facebook . Abçs. http://www.facebook.com/media/set/?set=a.1986244140571.2099231.1377306424
×