Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

234234

Membros
  • Total de itens

    210
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    9

234234 venceu a última vez em Agosto 14

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

79 Excelente

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. 234234

    Ajuda- Roteiro Eurotrip

    Copenhagen é um local caro para caramba, então é bom você estar ciente de que não será um local muito barato, e em janeiro, durante o inverno, Copenhagen perde grande parte do seu charme e interesse devido ao clima horrível que costuma fazer por lá. Mas se é seu sonho de infância, vá fundo e tente aproveitar o que for possível, só não criei e vá com expectativas demais, pode não ser tudo aquilo que você está imaginando. Se você ficar uns 3 dias em Amsterdam, uns 4 em Berlin, uns 3 em Copenhagen por que é um local caro pra caramba, sobram uns 8 dias, o que pessoalmente eu acho que é meio exagerado para Bruxelas, que também não é dos locais mais baratos. 8 Dias em Praga eu também acho meio exagerado, mas ao menos é um pouco mais barato, mas nem tanto, do que Bruxelas e Copenhagen... O que eu faria, seria ficar 3 dias em Amsterdam, depois ir de Amsterdam para Copenhagen, ficar 3 dias, depois ir a Berlin, ficar 4 dias, depois a Praga, ficando 5 dias, e pegar um voo para Bruxelas, fica os 2 ou 3 dias restantes até a véspera de voltar ao Brasil via Amsterdam
  2. 234234

    O que é preciso para ter um chip de celular alemão?

    Complementando: Leia por favor esta mensagem: https://www.mochileiros.com/topic/75791-qual-melhor-plano-pré-pago-para-dados-móveis-na-europa/?do=findComment&comment=742296
  3. 234234

    Como usar internet na Europa?

    Respondido em :
  4. Por enquanto a Inglaterra ainda faz parte sim da UE, o Brexit ainda não foi colocado em prática, e então por enquanto continua tudo igual, e você pode usa-lo na Inglaterra sem problemas. Na hora de adquirir o sim card, informe ao vendedor de que você pretende usa-lo em outros países da Europa, pois alguns dos planos pré-pagos mais baratos não permitem roaming internacional mesmo dentro da Europa. A Vodafone, que eu tenho, em alguns países não está mais vendendo novos pacotes de internet para Roaming em simcard pré-pagos, e o pacote agora é fixo em 30 GB por mês, mas tem limite de horas de utilização. Então mais um motivo para você ir numa loja física, conversar com o vendedor, explicar o que você precisa, e comprar um pacote que atenda as suas necessidades, e se uma operadora não tem a opção que lhe agrade, vá na loja da outra operadora. Pode sim, não tem nenhum problema nisto, alem de eles consumirem todo o pacote de dados e não sobrar nada para você usar..
  5. 234234

    MOCHILÃO EM NOVEMBRO

    Só fique atento aos horários dos voos! Aqueles voos saindo as 06:00 ou 07:00 da manhã, ou então chegando no destino depois das 22:30 não são baratos sem motivo, estes voos costumam ser uma furada que ninguém quer encarrar, por que podem ser um tiro pela culatra. Pois para pegar um voo as 07:00 da manhã você tem que estar lá no aeroporto as 05:00 da manhã, o que significa acordar as 03:30 da manhã e as 04:00 ou 4:30 no máximo já estar a caminho do aeroporto. O grande problema é que não costuma haver metrô e nem ônibus antes das 06:00 da manhã na maioria das cidades, e você pode se ver obrigado a pagar um táxi caro para o aeroporto de madrugada, ou seja, muitas vezes você pagou 20 Euros nas passagens, mas o táxi até o aeroporto de madrugada lhe custa 40 ou 50 Euros. O mesmo se aplica as voos chegando depois das 22:30 ou 23:00, até você se ver livre para ir ao centro, já é tarde demais e não tem mais metrô e ônibus para o centro, sobrando novamente o táxi caro..
  6. 234234

    MOCHILÃO EM NOVEMBRO

    Portugal fica muito longe e muito fora de mão de quase tudo lá na Europa, tem quase nada que seja realmente interessante perto de Portugal e que dê para ir rapidamente via terrestre. Mas para a sua sorte, tanto Lisboa como Porto são muito bem servidas de voos low-cost para vários países europeus, e comprando antecipado, com um pouco de sorte, você consegue passagem para Madrid, Barcelona, Paris, Londres, Amsterdam, Alemanha, Itália, etc por 20 ou 30 Euros, o que convenhamos, é super barato, e provavelmente mais barato do que um ônibus para Sevilha ou Santiago de Compostela na Espanha, que são os destinos turísticos mais próximos de Portugal e que dá para ir por via terrestre. Entre no www.skyscanner.com.br, no campo "Dê" digite Lisboa, deixe em branco o campo "Para", selecione "Só ida", "Apenas voos diretos", preencha a data que você deseja viajar, e o Skyscanner vai lhe trazer a relação completa de cidades com passagens baratas saindo de Lisboa neste dia. Ai é só você escolher uma cidade que lhe agrade para começar o mochilão, e escolher outra para terminar o mochilão, e desta segunda você pega um voo de volta a Lisboa um dia antes do seu voo de volta ao Brasil, para que um atraso ou voo cancelado não ferre o seu voo de volta ao Brasil
  7. 234234

    MOCHILÃO EUROPA

    Voos diretos quase sempre são mais caros que voos de conexão. Então mesmo tendo voos direto para Londres, Paris e Amsterdam, muito provavelmente será bem mais barato comprar uma passagem que faça conexão em algum outro local como Lisboa, Madrid, Zurich, Roma, etc... Um voo para Londres com conexão em Madrid as vezes é R$ 2.000 mais barato do que um voo direto no mesmo dia. Ou seja, se você pretende economizar com as passagens, não se limite a pegar somente voos diretos, voos de conexão podem ser muito mais baratos. Mas agora se você não gosta de avião, tem pavor de aeroporto e não pegar conexão de jeito nenhum, está com pressa de chegar no destino, só resta como alternativa assumir os custos geralmente mais altos de um voo direto. E se você for pegar conexão, não importa muito por onde você vai começar, pode ser por qualquer uma destas cidades que esteja com passagens mais baratas, e que não complique o resto do roteiro. Mas adiantando, Agosto é um mês de passagens bem caras, e Dublin é um local que dificilmente tem passagens baratas, e Londres tem taxas de embarque bem caras como já falaram, então começar por Dublin e terminar por Londres quase sempre é um pouco mais caro do que começar e terminar por outras cidades. Mas tudo isto é só teoria, como os preços das passagens mudam toda semana, pode ser bem diferente no momento em que você for comprar as passagens, e você tem que se ajustar de acordo com as passagens que você conseguir comprar. Em algumas companhias aérea existe a possibilidade de você fazer um stop-over na cidade de conexão. Por exemplo se você comprar São Paulo x Londres - Amsterdam x São Paulo com a Air France que faz conexão em Paris, você pode incluir um stop-over ficar 3 ou 4 dias em Paris antes de seguir para Londres, tudo na mesma passagem. As vezes o preço fica igual após incluir este stop-over, mas muitas vezes também fica bem mais caro, então é uma coisa que vale a pena olhar na hora de comprar as passagens, para ver se não se consegue encaixar um stop-over no local da conexão sem aumentar o custo das passagens.
  8. 234234

    MOCHILÃO EUROPA

    Em agosto acontecem muitos festivais de arte, teatro, música, etc na Escócia e Irlanda, o que por um lado é bom, pois lhe dá muito mais opções de coisas a ver e fazer, por outro lado é ruim por que pressiona os custos das hospedagens e passagens para cima. Eu e minha esposa tínhamos planos de ir a Escócia e Irlanda agora em agosto, mas acabei desistindo devido aos custos muito altos das hospedagens. Nos dia que pretendíamos viajar a Escócia e Irlanda, não achamos nenhum hotel em Dublin, Edimburgh, Inverness, Liverpool e Belfast custando menos de 200 Euros a diária, isto mesmo procurando e reservando 3 ou 6 meses antes. Só para efeito de comparação, resolvemos trocar 10 dias na Escócia e Irlanda por uma semana em Londres, e em Londres, uma cidade sabidamente cara, achamos quartos de hotel para casal nas mesmas datas custando menos de 100 Euros a noite. O que eu quero dizer com isto, é para você ficar atenta com os preços das coisas em agosto, pode ser muuuito mais caro do que você estava imaginando, e isto pode fazer com que você tenha que reduzir a quantidade de locais e dias de viagem para que caiba no seu orçamento.
  9. 234234

    Roteiro- Mochilão Janeiro 2019

    Isto é um orçamento bem apertado para que quer fazer festa e curtir a noite. Entre hostel, alimentação, metrô, e um ou outro passeio que você faça durante o dia você deve gastar entre 50 e 60 Euros por dia. Sendo otimista, Multiplicando 28 dias x 50 Euros daria 1.400 Euros, ou então sendo conservador, multiplicando 60 Euros x 28 dias daria 1680 Euros só para "viver" lá. Fora os custos das passagens entre as cidades que podem lhe custar facilmente uns 100 Euros no total. E nem falamos da vida noturna! dependendo onde você for, você paga 20 ou 30 Euros só para entrar, uma long neck ou água custa 10 Euros, você pode ter que pagar táxi de 10 ou 20 para ir para casa de madrugada, etc... Fácil, fácil você gasta 50 ou 100 Euros a cada noite que você sair nestas cidades, e mesmo que você sair a noite uma vez a cada 3 dias, os seus gastos com vida noturna facilmente ficariam entre 500 ou 1.000 Euros. Ou seja, na minha opinião é um orçamento completamente fora da realidade para que quer curtir a vida noturna! Você vai gastar muito mais que isto! Até seria um orçamento viável para quem não vai querer ficar indo a baladas e festas, que tome no máximo uma ou duas cervejinhas num barzinho no final da tarde, mas não para quem quer ficar indo em baladas quase todos os dias.
  10. 234234

    Roteiro- Mochilão Janeiro 2019

    Você está ciente que será inverno por lá, vai ter pouco turista, provavelmente vai estar um frio insuportável de madrugada, provavelmente vai estar nevando, e que as baladas e festas podem não estar tão animadas quanto você talvez esteja imaginando, por que o pessoal fica meio intimidado pelo frio para sair? Mesmo focando em baladas, 9 ou 10 dias em Praga e Budapeste parece meio exagerado, em compensação, Berlin que é mundialmente conhecida pela sua vida noturna, você está colocando só 4 dias... Pessoalmente eu redistribuiria um pouco melhor estes dias, passando alguns dias de Budapeste e Praga para Berlin, tirar 1 dia de cada e passar para Berlin não faria falta em Praga e Budapeste.
  11. 234234

    O que é preciso para ter um chip de celular alemão?

    Você fala inglês? Compre numa loja de telefonia, lá a maioria dos atendentes fala inglês e pode lhe ajudar na ativação. Pelo que eu lembro, você precisa do passaporte e de um endereço para registrar o celular, pode ser o endereço do hotel.
  12. 234234

    BOLIVIA : IMPOSTO IVA E TAXA DE SAÍDA

    melhorei a explicação sobre a taxa de saída.
  13. 234234

    BOLIVIA : IMPOSTO IVA E TAXA DE SAÍDA

    Você misturou tudo e entendeu tudo errado!! IVA: IVA é o equivalente Boliviano ao ICMS e ISS, que são impostos cobrados sobre o consumo de mercadorias e serviços, ou seja, toda vez que você compra alguma coisa no supermercado, numa loja, paga diária de hotel, paga refeição num restaurante, etc, você está pagando IVA. Estrangeiros são isentos de IVA em alguns serviços, em alguns países as diárias de hotéis são isentas de IVA para estrangeiros. Mas o hotel tem que estar legalizado, com toda documentação e impostos em dia e estar credenciado pelo governo a conceder este desconto, muitos hotéis tem pendência com o governo e não conseguem se habilitar a conceder o desconto. Eu não conheço os detalhes específicos da Bolívia, mas em todos os países onde este tipo de desconto existe, basta você apresentar o seu passaporte ou documento provando que é estrangeiro no momento do check-in no hotel e solicitar o desconto do IVA, que eles já abatem o valor do IVA das diárias a ser pago. Taxa de Saída: A "Taxa de saída" existe mas é cobrada de estrangeiros que ficaram mais de 3 meses na Bolívia, ou não renovaram a estadia a cada 30 dias, uma vez que a permanência máxima como turista é de 30 dias, podendo ser renovada 2 vezes. Ou seja é uma multa para quem ficou ilegal no país. Taxa de Entrada: Existe sim é uma Taxa de Entrada na Bolívia por via aérea, que todos os estrangeiros que entram por via aérea tem que pagar desde o ano passado, e que a partir de 2019 também será cobrada dos estrangeiros que entrarem por via terrestre. Esta taxa é de 100 Bolivianos ou uns 50 Reais para quem entra via aérea, e se não me engano, já está embutido no preço da passagem aérea. Para quem entrar via terrestre, a taxa será bem menor, acho que uns 15 ou 30 Bolivianos, e será cobrada direto na fronteira.
  14. 234234

    Ajuda trens Suiça [swiss pass?]

    Sempre existe este risco, eu diria que as chaces estar tudo encoberto são meio-a-meio.
×