Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

234234

Membros
  • Total de itens

    355
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    13

234234 venceu a última vez em Setembro 30

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

138 Excelente

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. 234234

    EUROTRIP Setembro/Outubro 2019

    Sim estes cartões existem Em Lisboa um cartão de 24 horas de uso ilimitado do metrô/trem/ônibus e que seja válido para ir a Cascais custa 10.40 Euros, e a assinatura mensal válida para Cascais acho que custa mais de 50 euros. Se você for usar pouco trem/metrô, é mais barato pagar avulso 2.50 Euros em cada passagem do que pagar 10.40 euro para 24 horas, uma vez que o centro de Lisboa é compacto, uma vez você estando no centro, dá para fazer tudo a pé, só Belem que fica um pouco mais longe e precisa usar bonde, mas o resto dá para fazer tudo a pé. Então tem que avaliar bem estes passes de uso ilimitado, em muitas cidades você não chega nem perto de usar metade do que pagou nele. Cara, não tem jeito, todo mundo que quer fazer uma viagem sem datas marcadas passa por este dilema. E não tem muito o que fazer, a não ser você se conformar de que a viagem pode ficar muito mais cara do que se tivesse feito ela com datas e rotas definidas e passagens compradas 90 dia antes. Ou seja, você quer flexibilidade, você tem que pagar mais caro por ela, e se você quiser economia, tem que fixar o seu roteiro e comprar tudo antecipado. Agora qual opção escolher, isto é com você...
  2. 234234

    Transporte dentro da Espanha

    Não precisa de cadastro. Comprei ontem no site oficial www.renfe.com e só precisei do nome completo, e-mail, celular e número do passaporte. Se está pedindo DNI ou algum documento espanhol, você selecionou alguma opção errada em algum momento anterior da compra, ou está tentando se "associar" no clube de fidelidade deles...
  3. 234234

    Sou obrigado a comprovar meu voto na empresa?

    Comprovar o que e com qual finalidade?
  4. 234234

    15 dias Lisboa, Madrid e Barcelona

    https://www.mochileiros.com/topic/79327-15-dias-lisboa-madrid-e-barcelona/
  5. 234234

    15 dias Lisboa, Madrid e Barcelona

    Pessoalmente eu não ficaria tanto tempo em Madrid. Eu sugiro a você pesquisar a respeito de alguns bate-voltas a cidades próximas de Madrid, para você ter algo na manga para sacar quando estiver lá. Airbnb anda bem questionado e metido em várias controvérsias em Barcelona e várias outras cidades,(sonegação de impostos e ser um dos principais culpados pela alta absurda dos aluguéis que está expulsando os moradores locais das suas casas por que não podem mais pagar o aluguel) , eles podem ser proibidos de operar a qualquer momento, ou então eles serem obrigado a fazer um corte drástico de locais ofertados, como já aconteceu em Paris, New York e Berlin, etc, onde a prefeitura forçou um corte de 70% da oferta de leitos do airbnb, e quem tinha reserva se ferrou. Então tenha plano B para o airbnb, a qualquer momento pode passar uma lei nas prefeituras destas cidades obrigando o pagamento de impostos e colocando ordem na bagunça que serviços como Airbnb e similares estão causando nas cidades, e o Airbnb ter que cancelar 70% das reservas. Não compre ingressos antecipados demais, se não você acaba com roteiro engessado demais, e ai se o clima não colaborar a sua viagem vira uma m..., com você tendo que visitar o museu do Prado no único dia de sol, e no dia que você comprou as passagens para o bate-volta a Toledo, ter que fazer ele debaixo de chuva e frio, voltando para o hotel todo molhado e com uma pneumonia. Então compre ingresso para dia e hora marcada só mesmo aqueles locais que precisa muito. Sagrada Familia e Prado são locais que e consideraria comprar antecipado.
  6. 234234

    EUROTRIP Setembro/Outubro 2019

    Isto ai é algo um pouco "fora da curva normal", baixa temporada com pouca procura, voos partindo ou chegando de cidades "ruins" para turismo, ou seja, você chega lá em Milão, e depois tem que gastar outros 30 ou 40 Euros em passagens para ir ao locais que realmente interessam, horários horríveis, voos saindo muito cedo ou chegando muito tarde, o que é um problema, por que ai você gasta 40 ou 50 Euros de táxi de madrugada, etc... Também e está rolando um "Mega Saldão" de passagens na Ryanair esta semana, 50%, 70% ou 80% de desconto, eu estava "namorando" uma passagem daqui de Düsseldorf para Madrid, até semana passada estava custando 40 Euros, esta semana baixou para 15 Euros, mas amanhã pode ter certeza que volta aos 40 ou 50 Euros... Mas estas promoções não são tão comuns, e geralmente não aparecem sempre, e nunca nas datas que precisamos... Eu tenho viajado muito a trabalho aqui, as vezes tenho sorte e consigo alguma promoção de última hora, por 20 ou 30 Euros, mas também já perdi a conta das vezes em que tive que pagar mais de 100 Euros por uma passagem comprada 2 ou 3 semanas antes. Você está falando dos cartões para uso mensal dentro da cidade e periferia? Ou aqueles Passes da Eurail de trem que valem no país inteiro? Em relação aos passes para usar dentro da cidade, se você for qualificável para eles, dá si para tirar, mas na maioria dos casos o valor mínimo é alto e tem taxa para fazer ele, e só compensa se você for ficar mais de 10 ou 20 dias num local usando diariamente, se ficar menos tempo, muitas vezes acaba ficando mais caro do que comprar avulso só nos dias que você precisa, e só vale dentro da cidade e vizinhas, não dá para ficar indo a Sintra por exemplo... Já os passes de trem, ultimamente eles estão uma m.. caros e não são aceitos mais em quase nenhum lugar, são aceitos mesmo só nos trens regionais lentos e paradores, nos trens internacionais e de alta-velocidade geralmente paga-se um adicional para usar o pass
  7. 234234

    EUROTRIP Setembro/Outubro 2019

    Você ter casa para ficar em Cascais não muda muita coisa, você vai gastar 5 Euros de trem para ir e voltar todo dia a Lisboa, e como em Lisboa você acha com certa facilidade hosteis de 10 Euros a noite, na prática ficar na casa dos seus amigos/parentes em Cascais não faz muita diferença, no máximo uns 5 euros por dia, o que é quase irrisório, então não conte ter estas hospedagens como uma grande vantagem, por que não é. O mesmo em Porto, se a casa onde você ficar hospedado icar meio longe, você tem que pegar ônibus todo dia, e novamente lhe rende no máximo 5 ou 10 euros de economia por dia, que podem ir pelo ralo se os seus anfitriões forem meio festeiros e quiserem convidar você para ir numa balada ou barzinho todo final de tarde, coisa que talvez você não fizesse se estivesse sozinho num hostel. Trocar trabalho por estadia é algo bem incerto, nunca dá para ter certeza de que você consiga algo, pode ser que você consiga 1 semana numa cidade, mas depois passe 3 semanas sem conseguir nada, ou então chegar lá no local, e você querer se mandar no segundo dia, por que é um local horrível... Então o negócio é você fazer o planejamento da sua viagem sem contar com isto, e planejar como se fosse pagar por tudo. Se você conseguir alguma coisa, ótimo, você vai economizar este dinheiro, e pode guarda-lo para uma próxima viagem, ou então estender a viagem por mais uma, duas ou 3 semanas, conforme a quantidade de dinheiro que você conseguir economizar durante a viagem. Paris, Veneza, Amsterdam, Londres e Barcelona são locais caros, se for pagar hospedagem, alimentação, metrô, passeios e ingressos, eu estimaria uma média de 60 a 70 Euros por dia com estes itens. E convertendo os seus 10 mil reais para Euros com a cotação de hoje, você teria em torno de 2 mil Euros. Passagens entre todas estas cidades deve lhe custar algo entre 200 e 250 Euros se você comprar as passagens 60 ou 90 dias antes, mas se deixar para comprar em cima da hora, 1 ou 2 semanas antes, cada uma delas pode lhe custar mais de 100 Euros. Descontando 250 Euros das passagens dos seus 2 mil Euros, sobraria em torno de 1.750 Euros, e dividindo isto por 60 Euros/dia, seria o suficiente para uns 30 dias de hostel, alimentação, metrô, passeios e ingressos. Quanto tempo em cada local depende dos seus interesses em cada local, mas se você tiver o dia inteiro livre para "turistar" sem se preocupar em trabalhar, pessoalmente eu recomendaria pelo menos a seguinte quantia de dias em cada local: Lisboa(3 ou 4), Porto(3), Madrid(3), Barcelona(3 ou 4), Paris(4 ou 5), Londres(4 ou 5), Amsterdam(3), Veneza(2), Roma(3 ou 4) Então, para passar nestas cidades todas, você precisaria de 29 ou 30 dias, o que seria no limite do seu dinheiro caso tenha que pagar por quase tudo na maioria dos locais. Ou seja, se você conseguir juntar 10 mil reais + as passagens Brasil x Europa, e o preço do Euro não subir muito, estes 10 mil em teoria seriam suficientes para você passar 30 dias na Europa no modo bem econômico, sem precisar trabalhar. Para conseguir estender isto, você teria que conseguir algum trabalho... Mas ai entra outro porem, a passagem de volta! Se você for comprar a passagem só de volta lá, algumas semanas antes de voltar, ela estará custando uma fortuna, facilmente ela custará uns 600 ou 700 Euros se for comprar em cima da hora. E se comprar ida e volta e depois remarcar para uma outra data, você paga multa e a diferença de preço, que também chegam facilmente em 500 ou 800 euros... Ou seja, no final das contas, se você conseguir trocar trabalho por hospedagem e comida em alguns locais e estender a viagem, você vai gastar muito mais com as passagens de volta, e tudo fica no mesmo...
  8. 234234

    Passagem para Buenos Aires

    Eu não sei o preço, mas geralmente a diferença é pequena no máximo 10 ou 20 Reais, provavelmente você gaste mais do que isto de metrô até o terminal do Tiete..
  9. 234234

    Dúvida em conexão de vôo internacional.

    O seu destino final fica dentro do Espaço Schengen, então a imigração será realizada em Frankfurt. O aeroporto de Frankfurt é sim enorme, mas é um dos mais eficientes e organizados do mundo, é tudo bem sinalizado e cheio de funcionários para ajudar quem está perdido, então se não acontecer nenhum imprevisto grave, deve dar sim tempo de passar na imigração e pegar a conexão sem estresse nestas 4 horas. O único conselho que eu daria, seria para não se distrair com as lojas do freee shop pelo caminho, são muitas, parece um shopping, e se entrar nas lojas e começar a ver as coisas, facilmente você perde a hora, então vá direto para a imigração e o próximo portão de embarque, deixe para passear pelas lojas depois que já tiver chegado no seu portão de embarque e estiver sobrando tempo.
  10. 234234

    Portugal Set/2019

    Na Europa não costuma haver tantos crimes violentos como no Brasil, como por exemplo assaltos a mão-armada, assassinatos, etc... Lá a criminalidade é um pouco diferente, o que predomina são os furtos, ou seja, você nem percebe que foi assaltada, só percebe algum tempo depois quando vai pegar a carteira para pagar alguma coisa. O elevador de Santa Justa, Praça do Rossio e Praça do Comércio e o trecho de calçadão entre estas duas praças em Lisboa, são um paraíso para batedores de carteira, com muito turista distraído. Mas se você tomar alguns cuidados básicos que deveria ter em qualquer cidade grande ou locais muito movimentados, e não se meter em locais suspeitos, no geral é bem seguro.
  11. 234234

    Portugal Set/2019

    Isto depende dos locais que você for visitar, em alguns locais você chega facilmente de trem, em outros precisa pegar ônibus, mas também tem locais onde a única forma viável de chegar e sair de lá é com carro. Para alugar um carro, você precisa ter um cartão de crédito internacional com no mínimo uns 7 ou 8 mil Reais de limite livre, não é possível alugar carro só com cartão de débito ou pagando em dinheiro. Quando você vai pegar um carro alugado, a locadora cobra em torno de 1.200 a 1.300 euros (R$ 6.000) de caução como garantia pela franquia do seguro do carro, mais o custo da locação em si. Eles não cobram efetivamente os 1.200 Euros da caução, mas sim eles bloqueiam os 1.200 Euros do limite do seu cartão, se você devolver o carro sem danos, eles liberam este valor sem cobrar nada, mas pode levar até 30 dias para o limite do seu cartão ser liberado. Se devolver o carro danificado, se o concerto ficar abaixo do valor da franquia, eles mandam concertar e descontam destes 1.200 da caução e só lhe "devolvem" o que sobrar, ou se o conserto ficar acima do valor da franquia, eles efetivam a cobrança dos 1.200 euros que estavam reservados no seu cartão de crédito. Ou seja, você tem que ter um cartão de crédito com um bom limite, pois se alugar um carro, vai ficar com 8 ou 10 mil reais de limite bloqueados sem poder usar durante toda a sua viagem. Você pode utilizar a sua conta corrente do Itau somente para sacar Euros em espécie nos caixas automáticos, pois cartão de débito brasileiro não costuma ser aceito em quase nenhum lugar do exterior, então na hora de pagar as contas, ou você paga com euros em espécie ou com cartão de crédito. Mas para fazer saques no exterior, você tem que liberar o saque na agência ou via internet banking antes de viajar, e tem uma taxa de R$ 12 por cada saque, mais 6.38% de IOF. Se usar o celular brasileiro no exterior, aproveite e já venda um rim lá em Portugal mesmo, por que vai custar horrores e você vai ter que vender um rim para pagar a conta na volta! kkkkk Então use chip brasileiro só em caso de emergência, pois cada minuto de ligação recebida ou feita custa R$ 5, e cada MB de dados trafegados R$ 30. Para quem não pode ficar sem internet, é melhor ir numa loja de celular no primeiro dia em Portugal e comprar um sim card (chip) pré-pago português e usar enquanto estiver lá em Potugal e Espanha. Quem usa muito pouco a internet no celular, pode muito bem passar 20 dias sem comprar um sim-card português, por que praticamente todos os hotéis, bares e restaurantes tem wi-fi gratuita para os clientes, e você pode usar a wi-fi destes locais para mandar e receber notícias e fotos para os familiares e amigos. Os hotéis da Accor em Portugal e Espanha é caso de 8 o 80, ou eles ficam no centro e são super caros, ou então são baratos mas ficam lá na pqp, a 10 ou 20 Km de distância do centro, que é onde ficam as coisas que você vai querer ver. E circular de carro nas grandes cidades portuguesas e espanholas é horrível, o transito é um caos, as ruas estreitas e de mão única, muitas ruas só para pedestres ou moradores locais, e principalmente, não tem onde estacionar, e você acaba tendo que pagar 15 Euros para deixar o carro parado o dia inteiro num estacionamento enquanto explora as cidades a pé. Então carro só é vantagem quando você vai para as pequenas cidades do interior, em Lisboa, Porto, Madrid etc mais atrapalha do que ajuda. Lisboa demanda de 3 dias só para você ver as coisas que ficam dentro da cidade, mas há excelentes locais próximos a 1 ou 2 horas de trem ou carro de Lisboa, como por exemplo Sintra, Óbidos, Évora, Cascais, etc que merecem uma visita de 1 dia...
  12. 234234

    Clima em Cusco em Janeiro

    Tenho 2 casais de amigos curitibanos que foram a Cusco em Janeiro, eles falam que o clima é bem parecido com o de Curitiba durante a primavera. De tarde está fazendo 20º₢ e dá para usar bermuda e camiseta, mas do nada o clima muda e a temperatura cai para 5ºC ou 10ºC e você tem que usar uma jaqueta grossa. Um dos casais teve sorte e apesar da chuva frequente e da neblina, eles conseguiram aproveitar bem. Já o outro casal se fodeu, antes de eles chegarem em Cusco já havia chovido um monte, e a chuva deu uma breve pausa de 1 ou 2 dias quando eles chegaram lá, o suficiente para eles chegarem em Águas Calientes/Machu Picchu. Mas quando eles estavam lá em Águas Calientes o clima desandou e começou a chover horrores, o resultado foram trens, ônibus cancelados, estradas e trilhas fechadas, e eles ficaram 7 dias ilhados em Águas Calientes por que todos os acessos estavam bloqueados devido aos deslizamentos de terra. E por causa disto, a volta deles para casa virou uma verdadeira epopeia. Como não conseguiram sair de Águas Calientes, perderam os voos, e como nos dias seguinte todos os voos estavam lotados devido a muita gente remarcando, tiveram que voltar de ônibus pinga-pinga, levando quase uma semana para chegar em Curitiba.
  13. 234234

    Tur europa

    Isto dependende... Por exemplo, se você escolher cidades caras, onde a diária de um hostel custa 25 Euros e um prato de comida num restaurante bem simples custa 15 euros, e lanche na rua 10 Euros, só com comida e hospedagem já vai 50 Euros por dia, fora o que você gastar com passeios, ingressos para atrações turísticas, baladas e festas. Para não passar aperto, não ter que passar a viagem toda a base de miojo, e nem ficar lá passando vontade de fazer os passeios legais, por que se gastar os 15 euros no ingresso, você não tem dinheiro para comer amanhã, em média um mochileiro gasta entre 60 e 70 Euros por dia entre hospedagem, alimentação, metrô, passeios e uma ou outra balada/barzinho de vez em quando. Então sendo realista, com o atual preço do Euros, 5 mil reais dá para no máximo 10 ou 15 dias de viagem. Explicando em números: 12 dias x 70 Euros = 840 Euros Lhe sobram uns 150 euros para você gastar com passagens entre as cidades, e algum imprevisto ou um barzinho de vez em quando. Se você escolher cidades mais baratas, talvez consiga puxar a média de gastos para uns 60 Euros/dia, mas isto não faz muita diferença, lhe permitiria ficar no máximo 2 ou 3 dias a mais. Apesar de ter um monte de brasileiro fazendo, isto não é permitido para brasileiros com visto de turista, e quem o faz, está fazendo de forma ilegal e escondido das autoridades. Além disto, o número de brasileiros barrados já na chegada à Europa explodiu em 2018 por que a fiscalização aumentou nos aeroportos e tem mais brasileiro tentando entrar ilegalmente. Ano passado o número de brasileiros barrados foi de menos de 2 mil, e se continuar no ritmo atual, a previsão é fechar o ano de 2018 com mais de 5 mil brasileiros impedidos de entrar na Europa, ou seja, mais que o dobro do ano passado e 5 vezes mais que em 2015 e 2016. E um dos principais motivos de os brasileiros serem barrados e expulsos é justamente este, não ter dinheiro suficiente para o tempo que pretendem ficar, e não ter reservas de hospedagem ou carta-convite de alguém assumindo os custos e responsabilidades por você caso esteja viajando com pouco dinheiro. Atualmente o Brasil só perde para a Russia e Ucrânia em número de pessoas barradas na entrada da Europa, e por causa disto brasileiros andam bem visados na imigração, é bom você ir bem preparado e com tudo certinho.
  14. Recusas de entrada em Portugal aumentaram 74% Pressão migratória chega do Brasil, facilitada pelos mais de trinta voos semanais de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza e Recife. Reportagem com o SEF na fronteira do aeroporto de Lisboa Por entre magotes de turistas, escondem-se estrangeiros sem pretensões de lazer. Cidadãos de países terceiros que querem trabalhar e viver em Portugal, ou na Europa, mas que viajam sem visto adequado ou com documentos falsos. E há também (em muito menor número) criminosos, traficantes de droga, de mulheres e de menores. Até ao fim de agosto, no aeroporto Humberto Delgado, foi recusada a entrada a 2209 pessoas, mais 74% do que em igual período de 2017 (1269), valores que ultrapassam já os totais do ano passado neste posto de fronteira e até a nível nacional. De entre os passageiros que não tiveram autorização de entrada em Portugal, 74% eram brasileiros (1655), seguindo-se os angolanos, paraguaios, marroquinos e venezuelanos. As principais causas para a recusa são a falta de prova das condições de estada (não têm dinheiro suficiente — €40/dia de permanência, alojamento pago ou carta-convite de um residente) e a ausência de visto válido ou adequado. https://expresso.sapo.pt/sociedade/2018-10-05-Recusas-de-entrada-em-Portugal-aumentaram-74#gs.8UMq_jA
×