Ir para conteúdo

edgarjrbr

Membros
  • Total de itens

    36
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

39 Excelente

2 Seguidores

Últimos Visitantes

604 visualizações
  1. @iWT, não há necessidade, veja no relato tem algumas fotos da praia da Conceição, é uma praia fora do parque nacional utilize-a no dia que você quiser um dia de praia com família, lá tem quiosque que fornece o guarda-sol. Como pode-se ver no relato devido ao pouco tempo disponível utilizamos o máximo para contemplar a natureza na ilha, como descrito neste post.
  2. @iWT, não recomendo você descer a escadaria do Sancho com seu filho no canguru, na parte inicial ela é estreita e você pode machuca-lo involuntariamente. Olhe um horário que é liberado tanto descer quanto subir e combine com sua esposa para ir um por vez. Referente as garrafas de águas, também tinha o receio de levar líquidos, mas quando passamos por Recife - PE perguntei no raio X e me informaram que era só falar que o destino era Fernando de Noronha que faziam a liberação, dito e feito, no dia da viagem embarcamos em Natal e no raio X já avisamos que tinha 10 garrafas de 500 ML de água e o destino não questionaram, estávamos em dupla e ambos com essa quantidade.
  3. Obrigado. Fizemos o relato com intenção de ajudar outros viajantes e mostrar que é possível aproveitar bem a ilha, mesmo em poucos dias.
  4. @joshilton, como prometido colocamos o relato de Alagoas aqui no fórum, segue o link:
  5. Desfrutamos três dias em Alagoas, no mês de março de 2019. Compartilho nosso roteiro com algumas dicas interessantes para auxiliar os visitantes interessados em visitar esse estado maravilhoso. 1º Dia MACEIÓ (AL) 10:30h – Chegada a Maceió, AL – Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares - Desembarque; - Locado o carro na Localiza Hertz Rent a Car, ganhamos upgrade de categoria para um veículo automático, em seguida realizado o Checklist na retirada do veículo da locadora, com o agente de locação presente. Locação com a intenção de conhecer as praias nordestinas, como também ter mais autonomia durante a viagem. 12:00h – Almoço – Churrascaria Sal e Brasa (Rua Prof. Ernani de Figueiredo Magalhães, número 41, Maceió – AL) → Distante a 06 minutos de carro do Hotel Intercity Maceió, com sistema de rodízio de carnes e self-service, a um bom custoxbenefício (aproximadamente R$ 45,00), com atendimento diferenciado. Possui estacionamento privativo e banheiros limpos. 13:30h – Check-in no Intercity Maceió (Rua Prefeito Abdon Arroxelas, número 147 - Ponta Verde, Maceió-AL) → Ótima localização no Bairro nobre de Ponta Verde e perto do Oceano Atlântico, o hotel oferta estacionamento e uma pequena piscina na cobertura. Atendimento razoável pela recepção. Café da manhã bom, porém com reservado espaço físico, dificultando a circulação dos hóspedes. Possui apenas dois elevadores, formando filas em determinados horários do dia. 15:30h – Passeio nas orlas das Praias de Ponta Verde e Pajuçara → Prédios modernos dividem o cenário com o mar verde-claro, coqueirais e trechos de areia fofa em Ponta Verde, a melhor praia urbana de Maceió. Assim como a vizinha Pajuçara, as piscinas naturais são a grande atração daqui. Ocasionalmente, o mar fica impróprio para banho. 16:30h – Letreiro ‘’Eu Amo Maceió’’ (Avenida Silvio Carlos Viana, 2121 - Ponta Verde, Maceió – AL) → Letreiro com fácil localização e cheio de turistas tirando fotografias. Onde as fotos são tiradas, tem como pano de fundo a praia. 17:00h – Feirinha de Artesanato da Pajuçara (Avenida Dr. Antônio Gouveia, S/N - Box 67, Pajuçara, Maceió-AL) → Feirinha localizada entre a Praia da Pajuçara e Ponta Verde. Boa opção para comprar artesanato e souvenires de Maceió, onde os artesãos locais expõem sua arte autêntica por preços bons. HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 10h Às 22h 18:30h – Retorno ao Intercity Maceió (Rua Prefeito Abdon Arroxelas, número 147 - Ponta Verde, Maceió-AL) 19:45h – Jantar – Maceió Shopping (Av. Comendador Gustavo Paiva, 2990 - Mangabeiras, Maceió – AL) → HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 10h Às 22h → Moderno, possui uma espaçosa praça de alimentação no último pavimento, forte ar-condicionado, com bons restaurantes e lanchonetes. Tem livraria, lojas de departamento organizadas. → Quanto ao estacionamento, é amplo e localizado ao redor de todo o shopping, totalmente descoberto. 21:00h - Le Cirque África (Estacionamento do Maceió Shopping) → O Le Cirque com seu espetáculo África nos animou em uma noite, com muita música, dança e acrobatas, o circo, que contou com artistas do Quênia e Etiópia. 23:00h – Retorno ao Intercity Maceió (Rua Prefeito Abdon Arroxelas, número 147 - Ponta Verde, Maceió-AL) 2º Dia 04:30h – Saímos de Maceió em direção a Maragogi. MARAGOGI (AL) Há 130 km de Maceió, conhecida como o Caribe Brasileiro, Maragogi é lembrada pelos turistas de todo o Brasil como uma bela opção de cidade para se conhecer no verão, por sua região conter belas praias, cenário paradisíaco e toda a tranquilidade que a região nordeste tem a oferecer. O conjunto de piscinas naturais é o maior de Alagoas. As principais Galés são o ponto forte do turismo. A cerca de 6km da praia de Maragogi, elas se formam em alto mar por conta de formações rochosa de corais, e só é possível chegar até lá através de lanchas ou catamarã. E para visitar as piscinas naturais de Maragogi, o ponto negativo do passeio é a maré é um fator determinante, tanto do dia e horário que teremos que estar lá, ou seja, apenas no turno matutino. 07:00 - Café da Manhã – Ponto de apoio rede Auto Café posto Ipiranga (Rod. AL 101 Norte KM 128 - Maragogi - AL) → Local de bom apoio rodoviário, conta com uma lanchonete da rede da Casa do Pão de Queijo, caixa automático banco 24 horas, restaurante próprio e conta com banheiros limpos. 07:30h – Mirante e Letreiro ‘’Eu Amo Maragogi’’ da Pousada Alto do Cruzeiro (R. Projetada III, 41 - Morro do Cruzeiro, Maragogi - AL) → Logo após a saída do posto Ipiranga percorremos a rodovia AL 101 até sair em direção ao Morro do Cruzeiro, para chegar no Mirante da Pousada Alto do Cruzeiro. → CUSTO: R$ 2,00 – Por pessoa (mirante particular). 08:00h – Praia de Maragogi → Local de embarque nas embarcações para a visitação das piscinas naturais. 10:00h – Passeio de Lancha até as galés de Maragogi com mergulho com cilindro (realizado com a Mércio Sub Dive) → Passeio de lancha com mergulho com cilindro incluso, o primeiro destino da lancha são os corais onde realizamos o mergulho com cilindro, aproximadamente 15 minutos por pessoa e não há necessidade de saber nadar porque o instrutor guia o turista durante o mergulho e também é realizado fotos subaquáticas que são enviadas posteriormente por Whatsapp, sem custo adicional. Em seguida, continuando o passeio de lancha, deslocamos até as piscinas naturais (galés) o qual ficamos por aproximadamente 40 minutos. As galés ficam a 6km da praia de Maragogi, e só é possível chegar até lá através de lancha ou catamarã O último destino do passeio de lancha é a Praia de Antunes, local que é realizado fotos pelo Mércio, através do dispositivo móvel dos turistas em diversos ângulos. Não há necessidade de reservar com antecedência. As lanchas chegam antes dos catamarãs nas galés, e o número de turistas na lancha é menor. Transportam até doze pessoas e o tempo de deslocamento menor, com relação ao Catamarã. Há centenas de lanchas que realizam o passeio, porém não são todas que realizam o mergulho. O passeio de lancha tem aproximadamente quatro horas e meia de duração. Recomendamos realizarem o passeio com o Mércio Sub Dive, inclusive passamos por uma fiscalização da Marinha do Brasil e as documentações da embarcação estavam em dia e com todas autorizações necessárias para o passeio. → CUSTO: R$ 150,00 – Por pessoa de Lancha, com mergulho com cilindro e fotos do mergulho inclusas. 15:00 - Almoço – Ponto de apoio rede Auto Café posto Ipiranga ( Rod. AL 101 Norte KM 128 - Maragogi - AL) → Local de bom apoio rodoviário, conta com uma lanchonete da rede da Casa do Pão de Queijo, caixa automático banco 24 horas, restaurante próprio e conta com banheiros limpos, afinal Maragogi carece de banheiros públicos. – Retorno ao Intercity Maceió (Rua Prefeito Abdon Arroxelas, número 147 - Ponta Verde, Maceió-AL) 3º Dia 07:15h – Café da Manhã – Intercity Maceió – (Rua Prefeito Abdon Arroxelas, número 147 - Ponta Verde, Maceió-AL) MARECHAL DEODORO (AL) 09:00h – Praia do Francês – Marechal Deodoro (AL) → Está localizada no município de Marechal Deodoro, a 24 km ao sul de Maceió. Segundo os historiadores, a praia leva esse nome porque os franceses no século XVIII contrabandeavam o pau-brasil, abundante na época colonial, nessa enseada estrategicamente natural. Inicialmente era chamada de Porto dos Franceses, depois o nome derivou para Praia dos Franceses, e hoje chama-se apenas Praia do Francês. A região era habitada pelos índios Caetés na época da colonização. Vários conflitos aconteceram entre os índios, colonizadores e invasores. Índios, franceses, holandeses e portugueses, todos disputavam essas terras. Situada entre o Oceano Atlântico e a Lagoa Manguaba, há vários canais e ilhas que se encontram na região, assim como um manguezal imenso que completam um quadro natural perfeito. Um dos atrativos da praia é o monumento ‘’Eu Amo o Francês’’ e a água quente e limpa do local. Esta linda praia costuma lotar nos fins de semana ensolarados e nos feriados. Para ver a areia assim, vazia, o melhor é chegar no começo do dia. Normalmente na praia, há dois tipos de público: de um lado está o point dos surfistas, que encaram as fortes ondas, enquanto do outro, as famílias com crianças aproveitam o mar calmo protegido pela barreira de recifes, na qual formam as piscinas naturais. O agito fica na orla, onde há uma concentração de bares e lojinhas. A melhor pedida é caminhar para os dois lados da praia. O assédio do vendedores ambulantes é enorme na Praia do Francês, na qual estes cobram por esse serviço, na qual você nem pede para que tirem fotos, sem a autorização do dono, pegam o celular e depois cobram um agrado pelas fotografias. 12:00h – Almoço – Restaurante Tropical (R. das Algas, 186 - Praia do Francês, Mal. Deodoro - AL, 57160-000, Brasil) ROTEIRO (AL) 14:00h – Praia do Gunga – Roteiro (AL) → A Praia do Gunga, situada numa área privada, fica apenas a 33 km sentido litoral sul da capital alagoana, por uma boa rodovia asfaltada. O estacionamento, obrigatório, custa R$ 20,00. No entanto, o ponto alto da Praia do Gunga é o passeio pelas falésias. Também é feito uma parada no lago, onde é possível nadar. O tour nas falésias através de quadriciclo custa R$ 100,00, para duas pessoas, com duração em torno de 1h. O nosso grupo foi composto por dois quadriciclos, além do guia que acompanha de moto. O Pagamento somente poderá ser em espécie. O imenso coqueiral, contrastando com o azul do mar, ilustra um dos cartões postais mais bonitos de Alagoas. Aliás, um dos momentos mais interessantes da visita, é a subida ao Mirante do Gunga, local com vista privilegiada do coqueiral e do mar. O Mirante está localizado à margem da rodovia 124, e para acessá-lo é cobrado uma pequena taxa de cerca de 3 reais, por pessoa. Todo cuidado é pouco, se for visitar o mirante na praia do Gunga, pois não há vigilância no estacionamento, com isso é uma prática comum a ocorrência de furtos, nos carros estacionados, enquanto as pessoas visitam o mirante. 20:00h – Retorno ao Intercity Maceió (Rua Prefeito Abdon Arroxelas, número 147 - Ponta Verde, Maceió-AL) 21:30h – Jantar - Churrascaria Sal e Brasa (Rua Prof. Ernani de Figueiredo Magalhães, número 41, Maceió – AL) → Distante a 06 minutos de carro do Hotel Intercity Maceió, com sistema de rodízio de carnes e self-service, a um bom custoxbenefício (aproximadamente R$ 45,00), com atendimento diferenciado. Possui estacionamento privativo e banheiros limpos. Sugestão de passeio programado que não conseguimos contemplá-lo Associação Peixe Boi (Rua Luiz Ferreira Dorta, número 25 | Povoado Tatuamunha, Porto de Pedras, próximo a Maragogi, Alagoas) → TELEFONE: (82) 3298-6247 → WHATSAPP: (82)99359-7473 → Necessário o agendamento dos dias e horários, via Whatsapp. → CUSTO: R$ 50,00 → TEMPO DO PASSEIO: Aproximadamente 50 minutos. O peixe-boi, apesar de seu tamanho e peso avantajados, é considerado um mamífero dócil. Ele vive em águas doces e salgadas e se alimenta de leite (nos primeiros anos de vida), algas e outros vegetais. A visitação a esse santuário é uma ótima oportunidade para conhecer mais a fundo esse curioso animal e entender seu modo de viver. O projeto da associação é baseado na monitorização do peixe-boi (Trichechus manatus) em seu habitat e orientação para situações de risco, como encalhe de animais por exemplo. O trabalho está nos municípios de Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres, em uma área conhecida como APACC (Área de Proteção Ambiental dos Corais) e mantida pelo Governo Federal. A visita inicia no Centro de Visitantes, onde há banheiros limpos, água, café e uma loja de artesanato local, com peças remetendo ao projeto e ao peixe-boi. Na primeira parte da visita há um vídeo institucional, na qual explica a história do peixe-boi e como os seres humanos colocaram em risco sua existência, além de detalhar o trabalho de proteção e reintrodução desses mamíferos na natureza. Há 200 metros Dalí ocorre o passeio guiado de jangada, pelo Rio Tatuamunha, sendo a segunda parte da visita. Os ingressos são adquiridos na própria recepção. Em carro próprio, segue-se para o local de embarque, distante cinco minutos da Associação, em área de mangue, que dá acesso ao rio. São vários monitores, organizados e com escala para conduzir o barco e orientar o turista. O barco é de pequeno porte, propositalmente direcionado a remo, uma vez que o uso de motor é vetado. Hoje a Associação tem 7 peixe-boi em cativeiro, que estão sendo preparados para voltar à natureza. Como o cativeiro é uma réplica do habitat natural deles, pode ser ter a sorte de vê-los ou não. Uma curiosidade é que no ano de 2014, O santuário do peixe-boi marinho, teve seu projeto apoiado através do programa Caldeirão do Huck, na qual o apresentador esteve no município para gravar o quadro “Um por Todos, Todos por Um”, que apoia projetos com potencial de transformar comunidades carentes no Brasil.
  6. Geovana, quando penso em viagem de ônibus gosto de destinos mais próximo, por exemplo, no estado de SP há destinos incríveis se querem praia vão para Ubatuba ou se aquele clima de montanha e friozinho gostoso vão para Campos do Jordão, dependendo do local do interior de SP que você encontra-se também pode pensar em ir no sul de MG, cidades como Poços de Caldas visitando os campos de uvas em Andradas ou até mesmo Monte Verde.
  7. Desfrutamos três dias incompletos em Fernando de Noronha, no mês de março de 2019, onde aproveitamos otimizar o maior tempo possível, para passearmos na ilha. Compartilho este pequeno guia com algumas dicas interessantes para auxiliar os visitantes interessados em curtir esse maravilhoso arquipélago. Fernando de Noronha (PE) Fernando de Noronha pertence ao estado de Pernambuco e está a 345 km de Natal (RN) e a 545 km de Recife (PE). Surgiu há aproximadamente 12 milhões de anos, através de uma série de erupções vulcânicas. O arquipélago é formado por 21 ilhas ou ilhotas, com área total de 26 km². A ilha principal, a única habitada, possui 17 km² e a segunda menor BR do Brasil, com apenas 7 km de extensão. Patrimônio Mundial Natural declarado pela UNESCO, Noronha é um santuário ecológico que abriga centenas de espécies de fauna e flora protegidas sob o Parque Nacional Marinho, administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que regula sua visitação, projetos de educação ambiental e pesquisas científicas. São 16 praias paradisíacas, onde golfinhos, tartarugas marinhas, tubarões, raias e cardumes de peixes coloridos são encontrados com frequência. Além delas, as construções históricas, fortalezas e mirantes completam o cenário ideal para quem gosta de caminhar, fotografar, mergulhar, surfar, ou, simplesmente relaxar ao som das ondas do mar. 1º Dia 12:00h – Chegada a Fernando de Noronha, PE – Aeroporto - Desembarque; 12:05h – Controle migratório – (Aeroporto, Fernando de Noronha – PE) Entrega do formulário de controle migratório assinado, apresentado a guia de identificação e o comprovante de pagamento taxa de preservação ambiental. → CUSTO: R$ 147,04 (2 dias de permanência, valor individual http://www.noronha.pe.gov.br) 12:20h – Check-in na Pousada Michelle – (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) → CUSTO: R$ 836,20 (2 noites para 2 pessoas) 12:40 – ALMOÇO - Farmácia e Restaurante Tempero da Mãezinha - (Rua São Miguel, Fernando de Noronha - PE) → Comida caseira variada estilo self service a quilo, ambiente externo e local com no qual abriga farmácia, restaurante e loja de souvenir. 14:00h – Centro de Visitantes do ICMBio – (Alameda do Boldró, s/n Fernando de Noronha - PE, 53990-000) Trocado o voucher pelo cartão de acesso ao Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, local próximo ao projeto Tamar de Fernando de Noronha com o funcionamento de 08 h às 22 h. → CUSTO: R$ 106,00 – (valor individual, ingresso válido para até 10 dias https://tickets.parnanoronha.com.br/) 14:30h – Passeio na Praia do Sancho – (Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) → Localizada a 2,5 km do centro, tem águas cristalinas perfeitas para mergulho e lindas falésias. É considerada uma atração cinco estrelas pelo Guia Quatro Rodas e foi eleita a melhor praia do mundo pelos leitores do TripAdvisor. 15:30h – Morro dos Dois Irmãos – (PIC Sancho, Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) → Morro Dois Irmãos é uma formação rochosa que emerge do fundo do Oceano Atlântico, na Praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha, Pernambuco. Recebe esse nome devido característica peculiar de estarem lado a lado e possuírem praticamente mesmas formas estruturais. 16:30h – Retorno à Pousada Michelle – (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 17:00h – Deslocamento para o centrinho da vila dos remédios. 17:15h – Palácio de São Miguel – (Vila dos Remédios, Fernando de Noronha – PE) → Constituía-se num casarão colonial erguido no centro da praça de armas da Vila dos Remédios, acedido por uma grande escadaria. É a sede da administração do arquipélago de Fernando de Noronha. 17:30h – Ruínas do antigo Presídio – (Vila dos Remédios, Fernando de Noronha – PE) → As ruínas do edifício em que pernoitavam os sentenciados de mau comportamento. Constava de dois salões laterais, voltados para um pátio central, onde eram dispostas barras de madeira para dormida. Celas, vestíbulo, cozinha e cacimba, também compunham o conjunto. Infelizmente mal conservadas e é um passeio de aproveitamento para quem vai a praia do cachorro. 17:45h – Igreja Nossa Senhora dos Remédios – (Vila dos Remédios, Fernando de Noronha – PE) → O templo foi iniciado em 1737, mas apenas foi concluído em 1772, data que ostenta em sua fachada, sendo-lhe acrescidos os ornamentos e paramentos a partir de então, processo que estaria concluído em 1784. 18:30h – Retorno à Pousada Michelle – (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 19:30h – Projeto TAMAR Fernando de Noronha – (Alameda do Boldró, sem número, Fernando de Noronha– PE) → É uma ótima opção de passeio na noite noronhense. Todas as noites eles têm apresentações, ou palestras sobre a vida marinha e sobre a conscientização da flora marinha, com capacidade para 90 pessoas. A palestra desta noite foi sobre o Projeto Tamar e As Tartarugas Marinhas. 21:00h - JANTAR - Farmácia e Restaurante Tempero da Mãezinha - (Rua São Miguel, Fernando de Noronha - PE) → Comida caseira variada estilo self service a quilo, ambiente externo e local com no qual abriga farmácia, restaurante e loja de souvenir. – Retorno a Pousada Michelle (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 2º Dia 07:30h – CAFÉ DA MANHÃ na Pousada Michele – (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 08:30h – Nortax - Telefone: (81) 3619-1314 → Deslocamento até a Praia do Porto de Santo Antônio para o mergulho do Bodão. 09:00h – Mergulho de Batismo com a Mar de Noronha "do Bodão" – (Praia do Porto de Santo Antônio, Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) → Mergulho de Batismo na praia do Porto em Fernando de Noronha, o ponto de mergulho foi o Navio do Porto, com uma profundidade de oito metros, o navio naufragado é o grego Eleani Stathatos, que levava equipamentos ferroviários e carvão para a Argentina, mas encalhou no porto em 1929 e o naufrágio completo ocorreu em 1946. Neste mergulho fomos nadando desde a praia e retornamos nadando para a praia, ideal para inexperientes. Fonte: DVD com as fotos do mergulho - Underwater Feelings No início do passeio ocorrem, o preenchimento da ficha de cadastro, com informações médicas e assinatura do termo. Montagem dos Equipamentos: Neoprene, lastro (cinto com pesos que impede o mergulhador suba à superfície) e o colete com o cilindro, nadadeiras e máscara. Em seguida entra-se na água caminhando e depois mergulhando na parte próxima, para que o mergulhador acostume-se com a água e a flutuabilidade aos poucos. Fonte: DVD com as fotos do mergulho - Underwater Feelings Ao cair na água, o instrutor ensina alguns sinais para que seja possível a comunicação embaixo d’água. Por exemplo, para subir, descer, indicar de está tudo bem, qual animal está passando, como também controlar a pressão no ouvido. Treino da respiração, como o nariz está tampado pela máscara, deve-se soltar e puxar o ar pela cavidade bucal. É preciso respirar de maneira devagar e só puxar o ar quando o pulmão estiver completamente vazio. Fonte: DVD com as fotos do mergulho - Underwater Feelings → CUSTO: -R$ 270,00 Mergulho de Batismo do Bodão (valor individual); -R$ 150,00 Fotos do Mergulho, feito pela Underwater Feelings fotógrafa Roberta Viegas (opcional, valor individual com desconto por ser um DVD por dupla. O valor individual sem desconto são R$ 200,00). – Retorno a Pousada Michelle (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 11:00h – Passeio na Praia do Sueste – (Mar de Fora, Fernando de Noronha – PE) → Sueste é uma das melhores praias para observar a vida marinha em Fernando de Noronha porque é um local de alimentação de tartarugas e tubarões. A prática de snorkeling na área da praia é maravilhosa porque com um pouco de sorte você poderá admirar corais, peixes de diferentes espécies, tubarões, tartarugas, polvos e lagostas. Essa praia costuma ter ondas fracas mesmo quando em outras praias as ondas estão fortes porque ela é como uma baía, protegida por pedras. Há um trecho em que não é permitido nadar para preservar a vida marinha. ALMOÇO - Farmácia e Restaurante Tempero da Mãezinha - (Rua São Miguel, Fernando de Noronha - PE) → Comida caseira variada estilo self service a quilo, ambiente externo e local com no qual abriga farmácia, restaurante e loja de souvenir. 15:00h – Trilha Baia dos Golfinhos – (PIC Sancho, Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) Retornamos a Praia do Sancho para realização da trilha da Baia dos Golfinhos até a Praia do Sancho. → O Mirante da Baia dos Golfinhos, fica em uma falésia de 70 metros de altura. 19:00h – JANTAR Burgueria Noronha - (BR-363, Fernando de Noronha - PE, 53990-000) → Hamburgueria artesanal com porções grandes, com bom custo x benefício e rápido atendimento. – Retorno a Pousada Michelle (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 3º Dia 07:00h – CAFÉ DA MANHÃ na Pousada Michele – (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 07:30h – Nortax - Telefone: (81) 3619-1314 → Utilizamos um táxi buggy para ir na praia do Leão. 08:00h – Passeio na Praia do Leão – (Mar de Fora, Fernando de Noronha – PE) → A Praia do Leão é a principal praia de desova de tartarugas da ilha, sem infraestrutura, sendo uma praia isolada e ideal para quem busca pouco contato humano. Quem visita o local pode observar a Ilha do Leão, que recebeu esse nome porque há uma fenda na pedra que faz um som similar a um rugido de leão, e a Ilha da Viuvinha. No alto, alguns canhões com meio corpo enterrado. São vestígios do antigo Forte do Bom Jesus do Leão, construído com fins militares, mas desativado há algum tempo. Em um canto da praia formam-se piscinas naturais cristalinas com vários peixes e, ocasionalmente, até tubarões acabam presos ali. O mar nessa praia é muito azul, mas pode ser bastante traiçoeiro. A pedra do meio é conhecida como Morro da Viuvinha e tem um braço que leva até a areia, onde as ondas se chocam naquela linha. Repare que tanto na Pedra do Leão como no Morro da Viuvinha há uma diversidade de ninhos de pássaros e muitas aves voando ao redor delas. É nessa praia que biólogos do Projeto Tamar fazem a tartarugada e acompanham durante as madrugadas a desova das tartarugas. Essa é uma atividade muito legal para aqueles que gostam de animais. No geral, é bastante cansativo, mas ver de perto uma tartaruga num momento tão especial é uma oportunidade única. Também por causa das tartarugas, é proibido ficar na praia após às 18h, e sempre há um controle rígido para evitar qualquer acidente. 09:00h – Praia do Porto de Santo Antônio – (Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) Retornamos a praia do Porto de Santo Antônio para buscar o DVD com as fotos do mergulho, realizado no dia anterior. → É uma praia e baía naturais adornadas por barcos coloridos. As colinas verdejantes cercam essa linda baía com um quebra-mar de pedra para embarcações. Usa-se o porto como sua base para fazer passeios de barco e excursões de mergulho em torno das ilhas. 09:15h – Letreiro Turístico de Fernando de Noronha – (Praia do Porto de Santo Antônio, Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) → Inaugurado em 2017, o painel no Porto de Santo Antônio segue o mesmo modelo implantado no Marco Zero, na capital pernambucana. 09:30h – Capela de São Pedro dos Pescadores – (Praia do Porto de Santo Antônio, Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) → Com sua simples fachada branca e ambiente sereno, a Capela de São Pedro é um cenário muito procurado para casamentos, devido a sua elegância, importância religiosa e vistas espetaculares do oceano. Ela é composta de uma pequena estrutura branca e, do lado de fora, há uma grande cruz de madeira. Aprenda como ela é dedicada à santa padroeira dos pescadores, para lembrar a história da pesca na ilha. A capela tem pouco em termos de decoração e depende apenas da fé dos devotos locais. Dentre os poucos símbolos de extravagância estão os entalhes religiosos compostos com uma tartaruga e um caranguejo no portal de madeira marrom, posicionado sob um pequeno sino. Curiosidade, ao lado da capela de São Pedro dos Pescadores, há uma inusitada moradora: a gata Sardinha. Fonte: Instagram @gatasardinhanoronha A gata Sardinha tem mais de 11 anos de idade e pertence a família da jornalista Glória Moreira Lima. A gatinha chegou a família ainda filhote e é presença garantida aos visitantes que passeiam na capela. 09:45h – Museu do Tubarão – (Praia do Porto de Santo Antônio, Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) → Localizado perto do início da BR-363, com arcadas de tubarões expostas. No lado de fora do museu há monumentos de bronze para tirar fotografias, e um restaurante na varanda, solicitamos uma das antigas especialidade que era o bolinho de tubalhau, que é feito de carne de tubarão salgada e desfiada, porém a atendente tratou este pedido como ofensa, por nossa parte, no fim das contas ficamos sem experimentá-lo. 10:00h - Buraco da Raquel – (Praia do Porto de Santo Antônio, Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) → A Raquel era uma menina que costumava se esconder no buraco, que fica na pedra, quando não queria ser encontrada pelo próprio pai, um militar. 11:00h – Praia da Conceição – (Mar de Dentro, Fernando de Noronha – PE) → A Praia da Conceição é uma típica praia familiar, tranquila até mesmo com espaço para vôlei de praia e uma excelente visualização da Morro do Pico. → Também há um ponto de apoio para o visitante, que é um quiosque particular, na qual permitiram gratuitamente a utilização da água para lavarmos os pés. 12:30h ALMOÇO - Farmácia e Restaurante Tempero da Mãezinha - (Rua São Miguel, Fernando de Noronha - PE) → Comida caseira variada estilo self service a quilo, ambiente externo e local com no qual abriga farmácia, restaurante e loja de souvenir. 13:30h – Retorno à Pousada Michelle – (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 14:00h – Check-out na Pousada Michelle – (Rua das Amendoeiras, número 544, Fernando de Noronha – PE) 14:10h – Nortax - Telefone: (81) 3619-1314 → Deslocamento até o aeroporto. 15:35h – Voo de retorno. → CUSTO: R$ 496,47 Voo de retorno para Natal pela Azul (valor individual). → CUSTO: R$ 572,21 Voo de ida saída de Natal pela GOL (valor individual); Dicas de Ouro → 1ª Dica de ouro: Com o intuito de no desembarque ganhar tempo na fila do controle migratório, efetue com antecedência o pagamento da taxa de preservação ambiental através da internet (https://tpa.noronha.pe.gov.br), no qual o valor varia conforme os dias de permanência. → 2ª Dica de ouro: O visitante que passar apenas dois ou três dias na ilha de Fernando de Noronha, após a saída do aeroporto a sugestão é contratar um Táxi privativo, pois o transfer gratuito ofertado pelas pousadas na ilha de Fernando de Noronha demoram de 30 minutos a 1 hora para a saída do aeroporto, pois eles aguardam todos passageiros saírem do avião e passarem pelo controle migratório, não obstante o tempo de deslocamento até a hospedagem. Optamos pelo táxi, o custo total foi de R$ 25,00 trajeto do aeroporto até a pousada. → 3ª Dica de ouro: Leve diversas garrafas de água mineral, levamos na mala de mão 10 garrafas de 500 ml. → 4ª Dica de ouro (imperdível): Recomendo fazer o mergulho, foi uma experiência única, não se contempla Fernando de Noronha apenas com a parte terrena, mas sim também conhecendo o mar com a espetacular vida marinha. Ponto de atenção, o mergulho tem que ser feito em até 24 horas antes do voo, para não correr o risco de sofrer da doença de descompressão. Sugestões de passeios programados que não conseguimos contemplá-los Pôr do Sol no Mirante do Boldró → O Mirante do Boldró e Forte do Boldró são um dos ótimos lugares para terminar o dia em Noronha. Isso porque o pôr do sol dali é incrível, além da visão do Morro dos dois irmãoes. Do mirante você pode admirar o mar de águas cristalinas da ilha se encontrar com o sol, um espetáculo para ver, registrar na mente e com lentes fotográficas. O local fica junto ao Forte São Pedro do Boldró - que hoje em dia tem apenas ruínas. – Levar repelente, porque os mosquitos podem incomodar. Passeio guiado de Canoa Havaiana com a Noronha Canoe Clube "do Danilo" – (saída Praia do Porto de Santo Antônio) → Remada com a Canoa Maka Lauana, para 04 pessoas mais um instrutor, com 01 hora de duração; → CUSTO: R$ 180,00 (valor individual). Mapa turístico do arquipélago Fonte: parnanoronha.com.br
  8. Thiago, obrigado. Foi incrível a experiência, sem palavras para descrever, este relado é parte desta viagem maravilhosa de 15 dias pelo nordeste passando por 6 estados e em boa companhia. Agradeço a Deus por esta e outras oportunidades, ter conosco a capacidade para ganhar o mundo, isso vale mais que tudo!
  9. Hallan, bom dia. Claro vou tentar detalhar o máximo, o que faltar ou ficar a dúvida, por gentileza, me avise. Fomos de carro, inicialmente tínhamos receio porque na internet as informações eram que as estradas não estavam em boas condições, porém foi totalmente ao contrário das referencias antigas, atualmente elas estão "um tapete" e em ótima situação. O caminho é em torno de 3 horas (~200 Km), fizemos o trecho pelo Waze passando pelas cidades de Itabaiana, após Ribeirópolis (até hoje foi a cidade que o transito mais estranho que já vimos, é super sinalizada com sinais de transito e tudo, mas não respeitam, os sinais não serve para nada), também passamos por Nossa Senhora Aparecida (tivemos que parar e tirar uma foto na imagem), por Nossa Senhora da Glória e finalmente chegando em Canindé de São Francisco. Um apoio rodoviário que recomendamos é o Auto Posto Barreto em Nossa Senhora da Glória os banheiros são limpos e o combustível teve um bom preço. Na chegada na cidade de Canindé de São Francisco passamos para conhecer a prainha, local onde infelizmente o ator Domingos Montagner faleceu, atualmente o local conta com uma estrutura de quiosques, e no rio tem boias com um cabo de contenção para os banhistas além de salva vidas, infelizmente custou uma vida para colocarem essa estrutura. Aproveitamos e comemos um pastel frito na hora nestes barzinhos. Seguimos para o restaurante Karrancas local onde saem os Catamarãs, além de ser restaurante é o ponto onde fica a empresa que fazem estes passeios, também oferecem o serviço de lancha (R$ 200,00 por pessoa com no mínimo de 4 pessoas ou o valor equivalente R$ 800,00 a vantagem é que você faz seu horário e que ela chega mais rápido nos Cânions). Pelo custo optamos pelo Catamarã no valor de R$ 110,00 por pessoa, chegamos no local por volta as 09:40 porém as saídas da embarcação era as 11:30 e não havia a saída de 10:30 igual há na alta temporada. O passeio durou 3 horas, sendo uma hora de navegação de ida pelo Rio São Francisco, no trajeto há um guia de turismo no embarcação que vai contando as histórias dos monumento do caminho, quando chega nos Cânions ficamos lá uma hora também há o passeio de Canoa para ir no Paraíso Talhado (vale muito a pena fazer este passeio) por apenas R$ 10,00. Há também locais para banho (fizeram uma espécie de piscina com rede no Rio) e há um senhor muito simpático vendendo Cocadas a R$ 5,00 a outra hora é para o retorno. No Catamarã há duchas e duchinhas disponíveis para utilização no trajeto. Detalhe importante o valor do Catamarã e da Canoa aceitam o pagamento apenas em dinheiro em espécie. Também existe serviço dentro do Catamarã de venda de bebidas e alguns petiscos. Após o retorno no restaurante Karrancas eles servem um delicioso almoço com estilo self-service a vontade (buffet livre) por R$ 39,90 por pessoa, onde vendem uma pulseirinha para acesso ao almoço (este valor pode ser pago por cartão no caixa do restaurante) e a pulseirinha pode ser adquirida antes ou depois do passeio. Chegar lá foi sem erro é tudo sinalizado e vai com calçamento até na porta, procurando no Waze ou Google Maps como Embarque Passeio de Catamarã no Canyon do Xingó ou pelo restaurante Karrancas ele te leva até na porta, veja sobre o restaurante no tripadvisor. O estacionamento do carro é feito na estrada em frente ao restaurante e lá fica um menino estilo flanelinha "vigiando" o carro durante todo o passeio e pede uma contribuição de R$ 5,00 a ser pago na volta. O local é lindo realmente um paraíso e navegar pelo velho Chico também é uma experiência ímpar. Espero que você também goste do passeio porque amamos a experiência.
  10. Alagoas é lindo, o passeio de lancha com mergulho em Maragogi (do Mércio) e o passeio de quadriciclos na Praia do Gunga até as falésias são imperdíveis. Devemos postar em breve o roteiro que fizemos de Alagoas aqui no site. Parabéns pela organização do encontrão.
  11. Você vai gostar, amei este passeio as pessoas do Nordeste são muito educadas e receptivas.
  12. Oi boa noite, dá tempo sim, fiz um bate-volta, fui de carro cai de Aracajú as 06:00, chegamos lá as 09:30 e o passeio de Catamarã começou as 11:30, com duração de 3 horas. Outro local que te recomendo é ir no Projeto Tamar e pegar o Submarino Amarelo e ver qual a hora de soltura do filhos é bem peculiar e interessante o evento. Ah não deixe de visitar o museu da gente Sergipana e nem o parque dos Falcões. Você vai amar, dê uma lida neste roteiro que coloquei aqui no tópico fiz em 4 dias e fiquei muito satisfeito.
  13. Neste mês de março de 2019, estive no maravilhoso estado de Sergipe, que é subestimado no quesito turismo no Brasil, desta forma como utilizo o site mochileiros.com como uma das fontes para planejar roteiros, compartilho este pequeno guia para auxiliar quem estiver interessado em visitar algumas cidades Sergipanas e a incrível capital Nordestina com ares de interior. 1º Dia 17:00h – Chegada em Aracaju, SE – Aeroporto Internacional Santa Maria - Desembarque - Locado um carro e em seguida realizado o Checklist na retirada do veículo da locadora, com o agente de locação presente. Com a intenção de conhecer as praias nordestinas, como também ter mais autonomia durante a viagem. 18:30h – Check-in no AirBnB 19:30h – JANTAR – Sal e Brasa (Av. Santos Dumont, s/n - Coroa do Meio, Aracaju – SE) (18h- 23:30h) → Bem localizado. Há estacionamento público em frente ao estabelecimento. Muito organizado, serviço rápido. Muitas opções de carne no rodízio e de outros tipos de refeição no buffet. → CUSTO: R$ 49,90 + Couvert de R$ 4,00 ao pianista 20:30h – Letreiro Eu Amo Aracaju na Orla do Atalaia → A Praia do Atalaia é o principal cartão postal da cidade e é também a queridinha dos aracajuanos. Por estar bem próxima do centro é a mais movimentada e possuí uma estrutura tão boa que ganhou o título de “ A Orla mais Bonita no Brasil”. Nos seus 6km de extensão, lagos, parques, quadras de tênis, pista de skate, lanchonetes, restaurantes, feira de artesanato, um kartódromo e o oceanário do Projeto TAMAR. – Retorno ao AirBnB 2º Dia 07:00h – CAFÉ DA MANHÃ no AirBnB em Aracaju - SE DESLOCAMENTO PARA ITABAIANA (SE) Itabaiana é conhecida pelo título de “Capital do Caminhoneiro” e fica localizada no agreste de Sergipe, a 60 km de Aracaju, possuindo mais de 90 mil habitantes. 09:00h – Passeio ao Parque dos Falcões – (BR-235, s/n - Povoado Gandú II, Itabaiana – SE) → Situada há uma hora e dez minutos de distância, da Praia do Atalaia de Aracaju, é um santuário das aves de rapina que busca recuperar aves apreendidas de contrabando ou machucadas, de diferentes formas. Persílio, criador e proprietário, é conhecido como o encantador de falcões. Uma grande sintonia entre o homem e as aves, ao todo são mais de 300, todas com nome próprio, apelidado um a um pelo criador do espaço. Tomam banho, treinam voo e fazem até fisioterapia se precisar. Depois de recuperada elas voltam para a natureza, as mais debilitadas que não conseguem mais se adaptar são utilizadas para reprodução, reduzindo a extinção de algumas dessas espécies. Um dos únicos no Brasil com autorização do IBAMA para criação dessas espécies. → CUSTO: R$ 25,00 – Por pessoa - (Estudante Paga R$ 15,00) → Todas as visitas ao Parque dos Falcões devem ser previamente agendadas e ocorrem somente às 9h e às 14h, fizemos o passeio das 9h. → O agendamento ocorre através dos telefones: (79) 99962-8396 | 99885-2522 | 99945-9020. → As visitas turísticas incluem apresentação oral e audiovisual da história, missão e técnicas de manejo do Instituto; apresentação dos hábitos de vida das aves de rapina; e fotografias com os animais em punho. → O vôo do Falcão é visto somente se o proprietário do parque estiver presente no dia, além das disposição das aves em voar também. Por sorte tivemos a oportunidade em ver o voo realizado pelo José Persílio de um abutre. 11:30h – ALMOÇO – O Pirata Churrascaria (Rodovia BR 235, Km 48, s/n - Povoado Estreito, Itabaiana - SE, 49500-000) abre as 11:00. → Bem localizada próximo ao parque dos falcões, com grande oferta de vagas de estacionamento. Não cobram 10% de taxa de serviço. Custo de R$ 45,00 o rodízio por pessoa, atendimento excelente da equipe e diferenciado, bastante opções de acompanhamento e o rodízio servido de forma constante com grande variedades de carnes. – Retorno para Aracaju 13:30h – Projeto TAMAR e Orla do Atalaia → Projeto TAMAR com o custo de R$ 20,00 por pessoa (estudante paga R$ 10,00) e com o adicional de R$ 8,00 para quem tiver interesse em visitar a seção Submarino Amarelo. As estruturas do Projeto Tamar de Aracaju são organizadas de fato simples, porém com funcionários atenciosos e visitamos também o Submarino Amarelo as 14:00h onde encontra-se animais marinhos abissais com alguns aquários e tanques são o diferencial da visitação. O oceanário do Projeto TAMAR com as principais espécies aquáticas. O oceanário está instalado na Região dos Lagos, com uma enorme estrutura em forma de tartaruga. A sede de Aracaju abriga 18 aquários e 5 tanques que mostram toda a diversidade de fauna marinha da região. → Aproveitamos para caminhar novamente na Orla do Atalaia até as 16:00h para assistirmos a Caminhada de Filhotes ao Mar do Projeto Tamar que foi show, com grande quantidade de espectadores assistindo a emocionante caminhada de filhotes de tartarugas ao mar. 20:30h – JANTAR – King's Burgers (79 98852-9063) (09h- 22h) → Descobrimos a lanchonete via iFood, e pedimos a promoção de dois super Burgers (lanche com bife da hambúrguer bovino, também há carne de boi e frango, bacon, ovo, alface, batata palha e pão de hambúrguer), mais uma coca de um litro por R$ 33,70 e entrega grátis. 21:30h - Passarela do Caranguejo → O point mais alto astral e badalado de Aracaju, localizado na praia de Atalaia, abriga os melhores bares da cidade. Música ao vivo, água de coco, cerveja gelada, petiscos saborosos, caranguejo e muita gente bonita te esperam para curtir a noite sergipana a beira da praia. 3º Dia 07:30h – CAFÉ DA MANHÃ no AirBnB 08:30h – Estacionamento rotativo em Frente ao Mercado Municipal – (Rua Apulcro Mota - esquina com Avenida Coelho e Campos, Aracaju – SE) 09:00h – Mercado Municipal Maria V. Leite Franco – (Industrial/Centro, Aracaju – SE) → Mercado tipo feira. Grande variedade de barracas com produtos diversos, roupas, alimentos a granel, eletrônicos e artesanato. Vale uma visita para comprar as famosas castanhas sergipanas. 10:00h – Mercado Municipal Antônio Franco – (Avenida João Ribeiro, 350, Aracaju – SE) → Bom lugar pra comprar lembranças da cidade de Aracaju. No mercado pode-se encontrar as frutas típicas do nordeste, como também a castanha, o queijo coalho, o artesanato. 10:30h – Centro Cultural de Aracaju – (Avenida Rio Branco, Centro, Aracaju – SE) → Todos os ambientes são muito bonitos. Na recepção, um ótimo atendimento, durante a visita, várias curiosidades são reveladas desde a estrutura e decoração do prédio assim como as mostras que estão disponíveis. Lá o valor histórico e cultural compõe todo o Sergipe. 11:00h – Espaço Zé Peixe – (Avenida Ivo do Prado, número 25 - Centro, Aracaju – SE) – (08h – 19h) → Em frente ao prédio encontra-se um espaço turístico dedicado ao Espaço turístico que homenageia José Martins Ribeiro Nunes (1927-2012), conhecido como Zé Peixe. Funciona desde 2015 no antigo Terminal Hidroviário de Aracaju e possui objetos, imagens e esculturas referentes à vida do famoso prático da Capitania dos Portos de Sergipe. A entrada é livre e o visitante encontra no primeiro pavimento um Café, um ponto bancário, além de duas pequenas embarcações que fizeram parte da vida do homenageado. Acessando o pavimento superior pode-se contemplar o belo panorama do rio Sergipe e da Barra dos Coqueiros, além de tirar fotos junto à simbólica estátua de Zé Peixe. Zé Peixe foi um prático que se tornou famoso graças a maneira que exercia a função, quando nadava por quilômetros mar a dentro. Prático é um ofício no qual o profissional entendedor da região orienta manobras das navegações na chegada e saída dos portos, normalmente em áreas onde o tráfego é prejudicado pelo vento, banco de areia, correnteza, estado da maré, entre outras dificuldades locais. O mesmo largou a profissão aos 83 anos, quando ainda fazia longas travessias a nado. 11:30h – Ponte do Imperador Dom Pedro II – (Avenida Rio Branco, número 40 - Centro, Aracaju – SE) → Ancoradouro com bela vista para o Rio Sergipe. O monumento foi construído em 1859 para o desembarque (receber) em 1860 o então imperador Dom Pedro II e da Imperatriz Dona Teresa Cristina e sua comitiva durante uma visita a Aracaju. O monumento era todo feito de madeira. 12:00h – ALMOÇO – MC Donalds (Rod. SE-100, 46 - Atalaia, Aracaju - SE, 49035-730) 14:45h – Museu da Gente Sergipana Gov. Marcelo Déda – (Avenida Ivo do Prado, 398 - Centro, Aracaju – SE) – (10h-16h) → Entrada e estacionamento gratuitos. O museu é todo interativo e cada sessão oferece uma experiência sobre determinado tema, mediada por guias através de vídeos, jogos, áudios, mídias em geral, sem deixar de lado os elementos típicos que fazem a história e tradições do estado. Destaque para o espaço dedicado às manifestações regionais de Sergipe, como também murais com as gírias locais. Possui uma sessão audiovisual, que simula um passeio de barco em meio ao ecossistema característico da região. 19:30h – JANTAR – Pizzaria Nagibe (Rua Renato Fonseca de oliveira, 754 - esquina com Dr. Benedito Guedes - Próximo ao posto de saúde - Coroa do Meio, Aracaju - SE, 49035-710) Tel. (79) 3021-6446. – Retorno ao AirBnB 4º Dia DESLOCAMENTO PARA CANINDÉ DO SÃO FRANCISCO (SE) 05:30h – CAFÉ DA MANHÃ no AirBnB Cânion de Xingó 06:00h – Saímos de Aracaju em direção a Canindé do São Francisco. 11:30h – Passeio no Cânion de Xingó - Navegamos em um confortável Catamarã, que dispõe de um completo serviço de bordo e oferecendo som ambiente. Neste Passeio de três horas, conhecemos o Canyon do Rio São Francisco – que é o 5º (quinto) maior do mundo – num importante percurso de integração entre os estados de Sergipe, Alagoas e Bahia, deslumbrado de paisagens como a gigantesca USINA HIDRELÉTRICA DE XINGÓ. O catamarã segue cortando as águas do São Francisco, de onde se pode vislumbrar várias formações rochosas, enseadas e ilhas, até atingir o “PARAÍSO TALHADO”, em um dos trechos mais bonitos do Canyon, para um refrescante mergulho nas águas do Velho Chico. Seguimos para o Karrancas, um restaurante onde paramos para o almoço. Distância: 213km Custo R$ 110,00 o Catamarã, R$ 10,00 Canoa para ver o Talhado e R$ 39,90 para o Almoço Buffet Livre após o retorno no restaurante Karrancas. Segue o detalhamento deste dia do Cânions do Xingó: Fomos de carro, inicialmente tínhamos receio porque na internet as informações eram que as estradas não estavam em boas condições, porém foi totalmente ao contrário das referencias antigas, atualmente elas estão "um tapete" e em ótima situação. O caminho é em torno de 3 horas (~200 Km), fizemos o trecho pelo Waze passando pelas cidades de Itabaiana, após Ribeirópolis (até hoje foi a cidade que o transito mais estranho que já vimos, é super sinalizada com sinais de transito e tudo, mas não respeitam, os sinais não serve para nada), também passamos por Nossa Senhora Aparecida (tivemos que parar e tirar uma foto na imagem), por Nossa Senhora da Glória e finalmente chegando em Canindé de São Francisco. Um apoio rodoviário que recomendamos é o Auto Posto Barreto em Nossa Senhora da Glória os banheiros são limpos e o combustível teve um bom preço. Na chegada na cidade de Canindé de São Francisco passamos para conhecer a prainha, local onde infelizmente o ator Domingos Montagner faleceu, atualmente o local conta com uma estrutura de quiosques, e no rio tem boias com um cabo de contenção para os banhistas além de salva vidas, infelizmente custou uma vida para colocarem essa estrutura. Aproveitamos e comemos um pastel frito na hora nestes barzinhos. Seguimos para o restaurante Karrancas local onde saem os Catamarãs, além de ser restaurante é o ponto onde fica a empresa que fazem estes passeios, também oferecem o serviço de lancha (R$ 200,00 por pessoa com no mínimo de 4 pessoas ou o valor equivalente R$ 800,00 a vantagem é que você faz seu horário e que ela chega mais rápido nos Cânions). Pelo custo optamos pelo Catamarã no valor de R$ 110,00 por pessoa, chegamos no local por volta as 09:40 porém as saídas da embarcação era as 11:30 e não havia a saída de 10:30 igual há na alta temporada. O passeio durou 3 horas, sendo uma hora de navegação de ida pelo Rio São Francisco, no trajeto há um guia de turismo na embarcação que vai contando as histórias dos monumento do caminho, quando chega nos Cânions ficamos lá uma hora, também há o passeio de Canoa para ir no Paraíso Talhado (vale muito a pena fazer este passeio) por apenas R$ 10,00. Há também locais para banho (fizeram uma espécie de piscina com rede no Rio) e há um senhor muito simpático vendendo Cocadas a R$ 5,00. A outra hora é para o retorno. No Catamarã há duchas e duchinhas disponíveis para utilização no trajeto. Detalhe importante o valor do Catamarã e da Canoa aceitam o pagamento apenas em dinheiro em espécie. Também existe serviço dentro do Catamarã de venda de bebidas e alguns petiscos. Após o retorno no restaurante Karrancas eles servem um delicioso almoço com estilo self-service a vontade (buffet livre) por R$ 39,90 por pessoa, onde vendem uma pulseirinha para acesso ao almoço (este valor pode ser pago por cartão no caixa do restaurante) e a pulseirinha pode ser adquirida antes ou depois do passeio. Chegar lá foi sem erro, é tudo sinalizado e vai com calçamento até na porta, procurando no Waze ou Google Maps como Embarque Passeio de Catamarã no Canyon do Xingó ou pelo restaurante Karrancas ele te leva até na porta. O estacionamento do carro é feito na estrada em frente ao restaurante e lá fica um menino estilo flanelinha "vigiando" o carro durante todo o passeio e pede uma contribuição de R$ 5,00 a ser pago na volta. 19:30h – Chegada em Aracajú. 20:30h – JANTAR – Churrascaria Sal e Brasa Aracaju (Avenida Santos Dumont, s/n - Coroa do Meio, Aracaju – SE) valor R$ 49,99 o rodízios por pessoa e com o acréscimo de couvert de R$ 4,00 para o pianista e não cobram a taxa de 10%. – Retorno ao AirBnB
  14. Sim, Portugal faz parte do acordo de Schengen, segue a lista dos países que você pode entrar com entrar com o Visto Schengen: http://consuladoportugalrj.org.br/site2017/wp-content/uploads/2016/11/lista-dos-paises-que-pertencem-ao-espaco-schengen.pdf Apenas lembre-se que o Visto de curta duração não te libera das exigências obrigatórias para apresentar na imigração de como o seguro saúde, dinheiro (75 euros+40 por dia), passagem de ida e volta e comprovante da estadia.
  15. Philipe, boa tarde! Minha experiência na imigração na Europa foi super tranquila, eu estava com as passagens de volta, comprovantes de hotéis e comprovação de mínimo de 60 euros por dia, além do seguro viagem e não foi solicitado nada! Apenas tivemos o passaporte carimbado e pronto. Entrei por Lisboa em Portugal e também estava em casal.
×
×
  • Criar Novo...