Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

poiuy

Membros
  • Total de itens

    170
  • Registro em

  • Última visita

    Nunca
  • Dias Ganhos

    3

poiuy venceu a última vez em Dezembro 10

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

57 Excelente

1 Seguidor

  1. poiuy

    DÚVIDA ROTEIRO EUROPA MAIO/2019

    Grécia imagino que vocês queiram ir para as ilhas gregas, e na Croácia, tem que ser no litoral (Split, Hvar, Zadar, Dubrovnik, etc) e não Zagreb... O grande problema de ir as ilhas gregas e litoral croata é que fica longe pra caramba e você tem que ir de avião, mas se a pouca oferta de voos para lá já é ruim no auge do verão, em maio, antes da alta temporada começar, costuma haver menos voos ainda para estes locais. Costuma haver no máximo 2 ou 3 voos por semana para estes locais, se tiver voos que encaixem nos 4 dias dias que você tem disposição, OK, perfeito, mas se os voos não encaixarem nas datas que você tem disponível para ir a Grécia ou Croácia, você pode acabar complicando todo o resto do seu roteiro. Por exemplo, de Barcelona só tem voo para o Litoral Croata no dia 21 e no dia 23 de Maio, e se você inverter e ir antes para Praga, só tem voo de Praga para o litoral croata no dia 25...
  2. Existe sim uma quantidade bem considerável de sites internacionais e nacionais que não aceitam cartões pré-pagos, principalmente sites como paypal, Amazon, Apple, etc.. Então você deve de estar tendo azar e estar tentando usar o cartão pré-pago justo nestes sites onde ele não é aceito. Com relação ao nome não estar impresso no cartão, quase todos os cartões pré-pagos não tem o nome do titular impresso, mas isto não impede a sua utilização em sites, pois basta que você use o nome igual ao que constar no cadastro do banco onde você fez o VTM. O único problema que você poderia ter com um cartão seu o seu nome impresso, é em compras presenciais, pois alguns estabelecimentos pedem que você apresente um documento com foto na hora da compra, para conferir se o cartão não é roubado. A qualquer momento você pode resgatar o saldo do VTM no site do Banco do Brasil, o valor é convertido para Reais e creditado na hora na sua conta corrente. A propósito, taxa de inatividade passou a ser cobrada em todos os cartões pré-pagos, não coisa exclusiva do BB, todos os bancos emissores de cartão pré-pago passaram a cobrar taxa de inatividade já faz uns 2 anos, eu resgatei o saldo dos 2 que eu tinha e deixei eles serem cancelados.
  3. poiuy

    Europa 2019 | Itália + Suíça + ?

    Nestas cidades turísticas, mesmo nos confins do interior da Itália, sempre tem gente que fala inglês, especialmente aquele pessoal que você vai ter contato, pessoal do hotel, de restaurantes, etc... Este pessoal vive do turismo, mesmo lá nos cafundós do interior da Itália estão acostumados a receber turistas estrangeiros todos os dias, e que não falam italiano, e todo mundo consegue se virar. O inglês pode não ser dos melhores, e as vezes o primeiro funcionário que lhe atenderá pode não falar inglês, mas sempre se dá um um jeito, e a comunicação básica ocorre. Então esta preocupação com o idioma é exagerada, principalmente quando estamos falando da Europa, você dominando o básico do inglês, e com um pouco de boa vontade, você conseguirá comunicar o básico sem grandes dificuldades, mesmo lá nos quintos dos infernos do interior da Itália, França, Alemanha, etc... E o turista pode se ajudar também, pesquisar as coisas, como se locomover, usar google translator, usar celular com gps, escrever num papel os nomes das coisas que você não consegue pronunciar, etc...Assim você não precisa ficar perguntando informação a cada esquina, o que diminui as chances de você ter problemas de comunicação
  4. poiuy

    Roadtrip Deserto e West Coast

    Todas as grandes locadoras permitem que você retire o carro numa cidade e devolva em outra, mas geralmente elas cobram uma taxa adicional meio salgado por isto, esta taxa pode variar de 200 dólares a mais de 1.000 dólares dependendo da locadora, do modelo do carro e das cidades de retirada e devolução. Ai você terá que fazer umas contas, cotar quanto que custaria ir e voltar pelo mesma cidade e somar o gasto da locação do carro e um gato total maior de combustível. Depois fazer uma outra cotação, com uma passagem múltiplos destinos, somando um gasto menor de combustível, mas um eventual gasto maior na locação do carro. O preço do galão de gasolina gira em torno de USD 3.30, um carro econômico popular faz em torno de 40 Km por galão de gasolina. Então 3.000 Km / 40 Km/gl = 75 gl x USD 3.30 = USD 250 de gasolina. Hotel na Califórnia, Nevada e Nove México é caro, quando eu fui, não consegui nada por menos de 100 dólares a noite. está certo que eu dei preferência a localização, para não perder muito tempo procurando hotel, mas no geral achei tudo bem caro. Cuidado que os hotéis anunciam uma diária baratinha, mas ela é sem impostos, na hora de pagar eles somam mais 20% a 30% de impostos, e incluem a tal famigerada taxa de resort ou taxa de serviço, que muitas vezes é mais cara que a diária propriamente dita. Fora os gastos com hotel, eu gastei em torno de USD 50 por dia entre alimentação e passeios. No geral os hoteis são grandes e com muitos quartos, e se não cair em nenhum feriado, a princípio não teria grande problema em achar hotel lá na hora. Mas por segurança, eu faria uma lista com uns 3 ou 4 hotéis em cada local que você estiver planejando pernoitar, para você ter uma ideia dos valores e saber onde ir procurar hotel sem precisar ficar rodando a cidade perdida, e só achar locais caros ou ruins. E claro, tem que ter hotel reservado ao menos na primeira cidade onde você vai chegar/ficar Dependendo de quando exatamente no outono vocês forem, algumas partes dos parques naturais já podem estar fechados devido a neve. Mas fora isto, o outono é uma boa época para viajar, não costuma mais ser aquele calor infernal do verão.
  5. poiuy

    Roteiro - EurotripII

    Para você ir de Andorra-a-Velha até Luxemburgo é uma verdadeira odisseia! rsss A maneira mais fácil, rápida e barata é você voltar a Barcelona, pegar um trem ou avião para Paris, e lá em Paris pegar um trem para Luxemburgo Então se for manter este roteiro, eu sugeria fazer o seguinte: Brasil -> Barcelona > Andorra-a-Velha -> Barcelona -> Paris -> Luxemburgo - > Bruxelas -> Bruges(bate-volta, vai de manhã e volta a noite) -> Bruxelas -> Amsterdam -> Dortmund - Hamburgo - Berlin -> Cracóvia -> Praga -> Viena - Bratislava - Budapeste -> Brasil Destes, Berlin -> Cracóvia -> Praga é bem longe e demorado, 8 a 10 horas de ônibus, não há trens, e avião costuma ser meio caro. Barcelona -> Paris é demorado demais para ônibus(16 horas), e pessoalmente eu tb acho meio demorado demais para trem (7 horas), então seria um trecho onde eu iria de avião.
  6. poiuy

    Suíça em 7 dias

    Lembre que você vai em março, e que você pode chegar lá e todas as trilhas estarem fechadas por causa da neve. Então tenha dinheiro para um plano B, para a caso você chegar lá e todas as trilhas estarem fechadas. O serviço de ônibus intermunicipal é bem ruim e restrito na Suíça, ele existe basicamente entre as cidades grandes como Zurich, Lucerna, Berna, Genebra, etc... Por exemplo, não tem ônibus para Engelberg, e também não tem ônibus para Lauterbrunnen...
  7. poiuy

    Morando sozinho

    A menos a que você fique mendigando na rua um prato de comida e um lugar para dormir, normalmente uma pessoa que vive viajando tem contas bem mais altas do que uma pessoa que fixa residência em algum lugar. Pois pulando de cidade em cidade você terá que ficar em hostel ou depender de caridade alheia, e por mais vagabundo que o hostel seja, dificilmente você acha hostel por menos de R$ 30 o dia, o que dá uns R$ 900 por mês só com hostel. Se for alugar uma kitenete, você encontra locais por menos de R$ 500 na maioria das cidades grandes, meio afastado mas encontra. Mas é tudo contrato de longo prazo, de no mínimo 3 anos, e que você de emprego fixo e estável para conseguir alugar. Na hora de se alimentar, você nunca poderá fazer planejamento de longo prazo, tipo comprando comida para um mês, que sai mais barato, você sempre estará vivendo no curto prazo, de comida pronta ou semi-pronta, que sempre é mais cara... Agora somando uns R$ 900 de hostel, mais uns R$ 300 a 400 de alimentação, já dá uns R$ 1.200 a R$ 1.300 por mês só para você sobreviver, sem o que você gastar com diversão. E você vai conseguir juntar R$ 1.300 todo mês para pagar isto, sem ter experiência e saber fazer nada? Quanto a fazer uma faculdade, a menos que você tenha nascido com algum talento especial, infelizmente a realidade do mundo não é tão bonita como você imagina. Sem uma formação ou sem ter praticado pro anos alguma atividade, ficando pulando de cidade em cidade, muito provavelmente você nunca vai se especializar em nada, e nunca vai aprender a fazer nada direito, e vai chegar aos seus 40 anos sem nunca ter tido um emprego ou sem saber fazer nada... E não pense que estou exagerando, quem aqui não tem um cunhado, primo, irmão, tio, ou outro parente ou conhecido qualquer que sempre vive as custas dos outros, nunca tem emprego fixo, sempre está devendo favor ou vivendo as custas dos outros? As ruas e marquises das grandes cidades estão cheias de gente toda noite, muito deles são pessoas que resolveram largar tudo e se jogar no mundo sem dinheiro, e que geralmente não aguentam as privações que uma vida assim lhe exige, e acabam se entregando as drogas e coisas piores. Uma pessoa tem que ter a cabeça muito forte e no lugar para aguentar uma vida como a que você quer levar, e muitos poucos são dela bem sucedidos, a maior acaba mesmo é na sarjeta. Mas em todo caso, se quiser ir, se jogar no mundo, vá e se jogue, aqui ninguém vai impedir você, só estamos alertando que o mundo não é tão cor-de-rosa como muitos pintam ele, e que se você não tiver uma cabeça muito boa, ou uma boa reserva financeira ou família que fique lhe mandando dinheiro, invariavelmente você acaba numa sarjeta, mendigando um prato de comida ou um lugar para dormir.
  8. poiuy

    Roteiro - EurotripII

    Depende dos seus interesses em cada local, mas para fazer as coisas com um minimo de calma e conseguir aproveitar algo, seria recomendável a seguinte quantidade de dias em cada local: - Barcelona: 3 Dias - Andorra-a-Velha: 2 dias - Paris (4 dias) - Luxemburgo: 2 dias - Bruxelas: 1 ou 2 dias - Bruges: 1 dia - Amsterdã: 3 dias - Dortmund: 0 dias ou no máximo 1 dia para ir no Signal Iduna Park - Hamburgo: 2 ou 3 dias - Berlim: 3 ou 4 dias - Praga: 3 Dias - Viena: 3 Dias - Bratislava: 1 Dia - Budapeste: 3 Dias - Cracóvia : 3 Dias Sem Cracóvia já dá 35 dias, mas você tem que incluir os dias perdidos nos deslocamentos, tem alguns deslocamentos ai que podem lhe consumir quase um dia dia inteiro. Também tem que desconsiderar o dia de partida do Brasil, o dia que você chegará lá na Europa, e o dia que você vai voltar, por que geralmente são dias meio perdidos, onde você não consegue fazer muita coisa... Em resumo, se tiver 40 dias, daria para fazer, mas é uma viagem bem puxada, eu daria uma enxugada e tiraria alguma coisa.
  9. poiuy

    Morando sozinho

    Cara, Te falo uma coisa, estude e se forme antes de sair por ai, por que se você deixar para fazer isto depois dos 30, depois de ter passado 12 ou 15 anos pulando de sub-emprego em sub-emprego, ganhando mal e ralando para sobreviver, dificilmente você conseguirá tempo para estudar, ou mudar de vida depois, por que você não saberá fazer nada direito, não terá nenhuma profissão, e você irá passar o resto da sua vida em sub-empregos, que pagam mal, ralando para fechar a conta do mês. O que muita gente faz no mundo todo, é primeiro estudar e se formar em alguma faculdade, para saber fazer alguma coisa na vida, e depois sai em uma viagem sabática de 1, 2 ou 3 anos. Assim quando você cansar desta vida errante, a maioria cansa em no máximo 3 ou 5 anos, e tiver achado o lugar perfeito para se fixar, você saberá fazer algo e não precisará trabalhar o resto da sua via em sub-empregos, por que nunca aprendeu a fazer nada direito e não terá tempo e condições de aprender nada, por que estará trabalhando 10 ou 12 horas por dia em sub-empregos para pagar as contas do mês.
  10. poiuy

    Portugal,Espanha, Paris e Londres

    O problema é toda vez que você troca de cidade, você perde na melhor das hipóteses metade de um dia, contando desde o momento em que começa a fazer as malas na cidade de origem, até finalmente deixar elas no quarto do hotel no destino. E isto pode fazer com que sobre muito pouco tempo em Madrid e Barcelona, então pessoalmente eu escolheria só uma, só Madrid ou só Barcelona. Se possível, Compre uma passagem "Várias cidades" ou "Multiplos destinos", chegado por Lisboa e voltando por Paris ou Londres. Voltar por Londres costuma ser bem mai caro que voltar por Paris, mas faça uma cotação. Depois faça: Lisboa x Madrid/Barcelona de avião, Madrid/Barcelona x Londres de avião, Londres x Paris de trem. São 6 mil reais para quantas pessoas? 6 mil reais dá em torno de 1.200 Euros. Numa viagem bem econômica, sem luxo nenhum, as pessoas gastam em média uns 60 a 70 Euros por dia e pessoa entre hospedagem, alimentação, metrô, ingressos e passeios. Multiplicando 60 Euros x 20 dias = 1.200 Euros. Ou seja, 6 mil reais são mal e mal suficientes para uma única pessoa passar 20 dias na Europa numa viagem bem econômica e sem luxo nenhum, mas também sem passar a viagem toda a base de miojo e sem fazer nenhum passeio legal. Ter hospedagem de graça em Lisboa e Londres não vai mudar muita coisa, então mantenho a média de 60 euros por dia e pessoa.
  11. poiuy

    Polônia - Perguntas e Respostas

    A Lajkonik tem vários auto-carros para várias cidades, mas se você apanhar o auto-carro para Oświęcim, ele vai parar bem em frente a entrada de Auschwitz. Entre Auschwitz e Birkenau há um auto-carro gratuito do museu a cada 20 minutos, você pode utilizar ele para ir e voltar do Museu de Auschwitz, onde você apanha o auto-carro para Cracóvia, e Birkenau. Você pode comprar no link que eu comentei acima, mas não tem necessidade, tem auto-carro a cada 30 ou 60 minutos e o preço é o mesmo na internet e na hora, eu comprei no dia da viagem mesmo, na estação de auto-carros. Mas se você quiser comprar antecipado, pode comprar no dia anterior lá na estação de auto-carros.
  12. poiuy

    Como devo levar o dinheiro para Ásia ???

    Apesar de o euro ser bem aceito por lá, se ainda for comprar a moeda estrangeira em espécie, e levaria dólares americanos, que tem uma aceitação bem maior por lá. A maneira mais prática e segura é fazer um cartão pré-pago em dólares, carregar o valor desejado no cartão e depois usar o caixa automático para sacar moeda local, toda cidade tem pelo menos um caixa automático onde você pode sacar dinheiro usando o seu cartão. Isto também funciona com o cartão de crédito internacional comum, mas as taxas de saque costumam ser um pouco mais altas. Várias casas de câmbio fazem estes cartões pré-pagos, e a maioria dos bancos também faz, então é só escolher um que lhe agrade. Se levar moeda em espécie, você tem que levar dólares ou Euros e achar um lugar lá para trocar novamente, correndo o risco de lhe furtarem, lhe enganarem nas taxas, receber cédulas falsas, etc... Então dinheiro em espécie, eu nunca ando com muito, no máximo com o suficiente para uns 5 ou 7 dias de viagem.
  13. poiuy

    Chile e norte da Argentina

    Ou então voltar a Santiago saindo de San Pedro de Atacama, Jujuy , San Miguel de Tucumán, depois descer até Córdoba, ir a Mendoza e terminar novamente em Santigo. Esta parte ficaria interessante fazer com um carro alugado. Faça uma cotação para ver quanto que ficaria o custo de alugar um carro em San Pedro de Atacama e devolver em Santigo, ou então ir de ônibus até Jujuy, pegar o carro alugado em Jujuy e devolver ele em Mendoza, onde pegaria um ônibus de volta a Santigo. Se você estiverem em umas 3 ou 4 pessoas, dividir o custo de um carro alugado pode ficar bem interessante, mas em conta e principalmente muito mais prático do que fazer este pinga-pinga de ônibus. Com um pouco de flexibilidade nas datas, você consegue achar com certa facilidade passagens de avião direto de Porto Alegre para Santigo por R$ 750 (ida e volta). Duvido que indo de ônibus você consiga ir e voltar do Chile gastando menos que isto.
  14. poiuy

    Chile e norte da Argentina

    A menos que vocês estejam planejando ir parando no caminho até Santiago, se você puder comprar as passagens uns 90 ou 120 dias antes, com os preços atuais das passagens de avião, não tem sentido encarar uma viagem cansativa e demorada destas de ônibus. Compre uma passagem de avião até Santiago, depois outra de avião até Calama, provavelmente é mais barato que uma passagem de ônibus, e se for contar o dinheiro gasto com comida e banheiro nestes 3 dias de estrada, o cansaço e tempo perdido, já fica no lucro indo de avião. Do Atacama para o norte da Argentina, e de volta a Porto Alegre, ai vai depender muito do interesse de vocês e do tipo de coisa que gostariam de fazer e conhecer., mas se eu fosse fazer algo assim, alguns lugares que eu gostaria de passar seriam: Sair de San Pedro de Atacama e ir até Jujuy e San Miguel de Tucumán, depois descer até Córdoba e Rosário, e voltar a Porto Alegre via Uruguai. Este pinga-pinga final daria para fazer de ônibus, se vocês tiverem uns 10 a 14 dias "sobrando" depois do Chile.
  15. poiuy

    GNV

    Não. Os postos mais próximos de Foz que vende GNV fica em Ponta Grosa e Londrina, a mais de 500 Km de distância.
×