Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

poiuy

Membros
  • Total de itens

    694
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    15

poiuy venceu a última vez em Julho 11

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

256 Excelente

8 Seguidores

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. No aeroporto mesmo há várias lojas de empresas de celular vendendo sim-card (chip) e planos pré-pagos. Se não comprar no aeroporto, basta ir em qualquer loja de uma companhia telefônica (Vodafone, Movistar, Orange ou Yoigo) no centro levando passaporte e o endereço do seu hotel/hospedagem. Os preços variam de acordo com a operadora e plano de dados contratados, mas em geral, paga-se entre 15 e 25 Euros pelo sim-card, alguns já vem com um pacote de 5 a 15 GB de dados, outros tem que comprar o pacote a parte E depois, cada pacote de 10 GB de dados extra custa em entre 15 e 20 euros. Pessoalmente eu gosto da Vodafone, melhor cobertura e sinal, mas se você tiver tempo para pesquisar as outras lojas, talvez consiga achar um plano diferente mais adequado ao que você precisa. Quando for na loja, informe ao vendedor qual o tipo de uso você fará do plano, informe que você é turistas e vai usar só por 21 dias, informe se vai usar só dentro da Espanha ou se vai usar também em outro país da Europa, se vai usar bastante internet ou mais ligações, etc, o vendedor pode lhe apresentar planos mais adequados para o que você precisa, e que não tenham aquela cobrança "surpresa" no cartão de crédito depois que você voltar ao Brasil e o pacote vencer no mês seguinte como acontece em aluns dos pacotes mais baratos de pré-pagos. A Vodafone tem um pacote com sim-card e pacote de dados específico para turistas, totalmente pré-pago, e sem cobrança mensal "surpresa" no seu cartão de crédito. https://www.vodafone.es/c/particulares/es/productos-y-servicios/movil/tourist-in-spain-vf/
  2. Pagar mais caro na passagem de avião? tem certeza disto? Eu dei uma olhada rápida nos preços das passagens entre Rio de Janeiro e Curitiba em datas aleatórias para o começo de Agosto no site da Gol, e achei passagem de avião custando partir de R$ 130 o trecho, em compensação uma passagem num ônibus leito está custando R$ 468, 3x mais caro que a passagem de avião! Claro que depende datas exatas em que você pretende viajar, em alguns dias da semanas passagens de avião são mais caras, geralmente nas sextas, sábados e domingos, mas se você tiver alguma flexibilidade nas datas da viagem, viajar 2 ou 3 dias depois, evitando os finais de semana, pode ser muito mais barato. Por exemplo, no dia 02/08 a passagem de avião está custando R$ 478, no dia 03/08 está por R$ 778. Mas se você puder adiar a sua viagem para o dia 04/08, a passagem está por R$ 285, e se viajar dia 07/08, o preço baixa para R$ 142. Então o segredo para viajar barato não é ir de ônibus, mas sim ter flexibilidade nas datas, as vezes viajar 1, 2 ou 3 dias depois reduz o preço pela metade ou para um terço. Mas se você insistir em viajar nos dias que está caro, ou se realmente só puder nestes dias exatos, fazer o que, resta se conformar de que você provavelmente pagará mais caro. e claro, não dá para deixar para comprar as passagens de avião em cima da hora, uma semana antes, pois ai geralmente elas estão bem caras.
  3. Pode ser da maneira que você quiser. Mas é bom você ter algum valor em espécie ao menos para os primeiros dias, vai que você desce do avião e na hora de comprar uma passagem para o centro o seu cartão resolve não funcionar, e você levar 1 ou 2 dias até conseguir resolver o problema...
  4. O que colocar num roteiro depende muito dos interesses pessoais de cada pessoa, por exemplo algumas pessoas preferem roteiros mais urbanos, outros preferem roteiros com mais natureza e paisagens bonitas, algumas pessoas preferem roteiros com vida noturna mais agitada, outros não são muio de vida noturna, etc... Também é importante lembrar que em Novembro já é bem frio, e que já existe chance de pegar temperaturas negativas ou próximo de zero em muitas cidades, o que pode afetar um pouco os planos de alguém que queira fazer muitos passeios na natureza ou ao ar-livre. Sendo uma primeira viagem a Europa, viajando em novembro quando já é meio frio, eu priorizaria os destinos mais clássicos, eu pensaria em algo mais ou menos assim: 26/10: Saída de Porto Alegre. 27/10: Chegada em Porto 28/10: Porto 29/10: Porto 30/10: Voo para Amsterdam 31/10: Amsterdam 01/11: Amsterdam 02/11: Trem para Paris 03/11: Paris 04/11: Paris 05/11: Paris 06/11: Trem para Londres 07/11: Londres 08/11: Londres 09/11: Londres 10/11: Voo para Barcelona 11/11: Barcelona 12/11: Barcelona 13/11: Barcelona 14/11: Trem/voo para Madrid 15/11: Madrid 16/11: Madrid 17/11: Voo para Porto 18/11: Voo da volta Mas também poderia ser algo bem diferente, por exemplo você pode querer visitar a Itália, Berlin, Praga, Budapeste, etc, e ser um roteiro bem diferente.
  5. Complementando o que falaram acima, também não tem como saber qual país terá as passagens mais baratas, pois os preços mudam todo dia. Um dia pode ser mais barato para Lisboa, no dia seguinte Madrid pode ter as passagens mais baratas, e no outro pode ser Paris, e assim por diante. Não é uma regra, mas no geral, Madrid e Lisboa são os destinos que geralmente tem as passagens mais baratas, só que, não adianta nada você comprar uma passagem barata para Lisboa, se você não tiver interesse nenhum em visitar Lisboa, e tiver que comprar outra passagem cara de Lisboa até o seu destino final. E também pode acontecer de você pesquisar os preços, ver que estava barato, mas deixar para comprar no dia seguinte, e no dia seguinte aquele preço barato já não estar mais disponível. Eu gosto de utilizar o Google Fligts (https://www.google.com.br/flights) para ter uma noção se o preço está caro ou barato. Ao selecionar o voo, tem uma barrinha colorida que mostra a média de preço para o período, e se aquele preço está dentro ou fora da média. Só um detalhe, os preços que são mostrados na primeira tela de resultados do Google Flights, submarino, decolar, viaa net, etc não são dados atualizados. Geralmente são dados bem desatualizados, e quando você seleciona o voo e clica em "Finalizar" a compra, eles consultam novamente a companhia aérea, e o preço já pode estar diferente do mostrado no resultado da pesquisa. Uma outra dica, é comprar as passagens para a Europa saindo de SP e não de Porto Alegre, e comprar as passagens de Porto Alegre até SP separadas, geralmente dá para economizar bastante dinheiro comprando separado. Mas não é uma coisa totalmente sem risco, se o seu voo de Porto Alegre até SP for cancelado e por causa disto você perder o voo para a Europa, você se ferrou, pois nenhuma companhia aérea terá obrigação em lhe realocar em outro voo ou indenizar. Quando eu morava em Curitiba fazia isto frequentemente, sempre conseguia um preço bem mais em conta, deu certo em 10 ou 12 vezes, mas em 2 vezes me ferrei. Sorte que o voo cancelado/atrasado foi o da volta da Europa para o Brasil e o voo que eu perdi foi o voo para Curitiba, e como eu estava indo pra casa, podia ir de ônibus até Curitiba, pois uma nova passagem lá na hora estava custando R$ 1.500 No saldo geral ainda estou no lucro, mas é uma coisa que tem risco bem alto e que pode lhe trazer grandes problemas ou mesmo elevar o muito o custo caso perca um dos voos, então não uma coisa para todo mundo. Então se for comprar separado, compre a ida até SP num horário que chegue em SP com bastante antecedência, pelo menos umas 6 horas, e ciente de que se um dos seus voos for cancelado ou tiver atraso grande, você pode perder o outro, e se ferrar...
  6. Vamos lá... O nome nas passagens tem que estar igual ao nome que aparece no passaporte, se o nome estiver diferente, principalmente o sobrenome, você já pode ter problemas no momento do embarque saindo do Brasil, com a companhia aérea criando caso e eventualmente impedindo o embarque dela. Agora em relação a imigração, não tem problemas no fato de passaporte dela estar com o nome de solteira, desde que a passaporte tenha validade suficiente e o nome que aparece no passaporte ser igual ao nome que conste nas passagens. Então em relação a imigração, não teria problema em ela fazer o novo passaporte com o nome de solteira. Mas não sei se esta situação poderia apresentar alguma divergência no cadastro da PF, pois eles cruzam as informações de várias origens, e se em uma das origens o nome já tiver sido alterado, pode dar algum enrosco na hora de emitir o passaporte.
  7. Mesmo eu gostando muito de museu, e já ter ido duas vezes ao Louvre, pessoalmente eu acho muito cansativo ficar o dia inteiro dentro de um museu. Depois de umas 3 ou 4 horas lá dentro, você nem presta mais atenção nas coisas, vai passando pelas salas no automático, só por passar, sem apreciar nada Então eu fico no máximo umas 3 ou 4 horas num museu, ou seja, uma manhã ou uma tarde, e se eu achar que não consegui ver tudo e precisaria voltar, eu volto num outro dia se tiver tempo para isto.
  8. poiuy

    Canadá 2020

    Se você só pode ir em Janeiro, vá, mas viaje ciente do que você pode pegar lá, e viaje bem ciente que se você tiver azar e pegar uma tempestade de neve, você terá gasto um dinheirão para não conseguir fazer quase nada.
  9. Na minha opinião, tem que ir a Bruxelas com as expectativas certas e planos adequados para o que a cidade oferece de melhor. As pessoas geralmente combinam Bruxelas com Paris, Londres e Amsterdam, três cidades espetaculares, e ai quando chegam em Bruxelas cheias de expectativas depois do que viram e fizeram em Paris, Londres ou Amsterdam, ficam frustradas por que, concordemos, que comparado com as outras três, realmente Bruxelas deixa um pouco a desejar. Mas se você já chegar em Bruxelas ciente de que não será igual a uma Amsterdam, Paris ou Londres, e usar a estadia em Bruxelas para relaxar um pouco do frenesi de Paris, Londres e Amsterdam, dá pra gostar bastante da cidade. Eu posso falar isto por experiência própria, da primeira vez que fui a Bruxelas, eu estava vindo de Londres e Amsterdam, era novo, meio inexperiente ainda, maravilhado com que eu tinha visto em Londres e Amsterdam, ai quando cheguei em Bruxelas, cheio de expectativas, foi aquele banho de água fria. Mas na segunda vez que fui, fomos com planos de atividades de acordo com o que Bruxelas oferece de melhor, e foi uma das melhores viagens que fiz. Na minha opinião, Bruxelas e Bélgica no geral são uma ótima opção para você relaxar um pouco entre os dias frenéticos e cheios de atividades que geralmente acabamos fazendo em Paris, Londres e Amsterdam. Se você encarar Bruxelas desta forma, dá pra gostar muito da cidade, mas se chegar lá achando que será igual a Paris, Londres ou Amsterdam, com certeza você sai de lá meio frustrado.
  10. Antes de pensar comprar um drone, recomendo que você leia e se informe sobre a legislação do país a respeito deles. Devido aos muitos incidentes que tem ocorrido nos últimos anos, e do perigo que um drone representa, muitos países estão publicando leis regulando o uso de drones, proibindo o seu uso em áreas urbanas ou próximo a locais com presença de pessoas, em parques nacionais, próximo a aeroportos (10 km, o que teoricamente impede o seu uso em Cartagena, pois o aeroporto fica colado na parte turística), e regulando o tipo e peso de equipamento permitido. Por exemplo, na Colômbia, para não precisar de curso e autorização prévia o drone tem que pesar menos de 250 gramas. A fiscalização ainda é pequena, mas se você for flagrada operando um equipamento fora das especificações permitidas, ou em áreas proibidas, você pode levar uma multa pesada e ter o equipamento apreendido. https://www.apd.ong/2019/04/09/nueva-regulacion-de-drones-en-colombia/
  11. Tenho um amigo super pão-duro que daria 5 voltas ao mundo com este dinheiro! KKKK Mas sinceramente, pessoalmente eu não acho que valha a pena viajar e fazer o que ele faz, o cara não visita nenhuma atração turística que cobre 1 real de ingresso, não prova nada da culinária local, só come lanche barato e miojo, só dorme em hostel de quinta categoria, não vai a nenhuma balada, pub ou bar tomar uma cerveja, etc... Mas em compensação, também conheço um monte de gente que não conseguiria fazer uma viagem de 90 dias com este valor... Se este valor vai ser suficiente, vai depender basicamente de por onde você passar neste ano sabático, se você só escolher locais caros, como EUA, Canada, Europa Ocidental, Japão, Austrália, Nova Zelândia, etc, o dinheiro pode não ser suficiente. Por outro lado, se você escolher só locais baratos, como America Latina, Africa, Leste Europeu, Sudoeste Asiático, é capaz de sobrar bastante dinheiro... Mas se você conseguir um meio termo, equilibrando a viagem com locais baratos e outros não tão baratos assim, se você não esbanjar, por exemplo querer ir na balada e beber todo dia, pessoalmente eu também acho que 20 mil dólares inicias e 4 mil reais por mês seria suficiente sim.
  12. É uma situação muito específica, dificilmente alguém saberá responder isto aqui no fórum ou mesmo na internet. O ideal seria você ir no escritório do Ausländerbehörde aí da cidade onde você está morando e se informar como proceder neste caso, e quais os prazos e carências você tem que respeitar antes de retornar.
  13. Você não tem muita coisa onde trem seja viável. Nazaré é muito mais prático sair e chegar lá de ônibus, na verdade acho que nem tem trem pra lá. Em relação Fátima, acho que só tem trem ligando Lisboa e Fátima, qualquer outro destino tem que fazer baldeação em Lisboa ou Coimbra. Paris fica longe demais de Portugal e da Itália para se ir de trem, tem que ir de avião. Itália também fica longe demais para se ir de trem, também tem que ir de avião. Ou seja, os únicos trechos onde daria para usar trem seria dentro de Portugal, entre Lisboa x Porto e entre Porto/Coimbra x Fátima ou entre Lisboa x Fátima. Também daria para usar dentro da Itália, para ir de Roma a Florença ou de Roma a Veneza, mas vocês não tem tempo pra nada alem de Roma, aquele dia 13 em Fátima atrapalha muito. Os festivais geralmente terminam antes de outubro, pois eles geralmente acontecem durante o verão europeu, entre junho e setembro, pois de outubro em diante o clima já fica mais instável e meio frio pra ficar fazendo festival. Outro detalhe, a maioria dos festivais na Europa geralmente acontecem em cidades pequenas, literalmente lá na pqp, longe de tudo! Muitos poucos ocorrem em cidades grandes onde o acesso é fácil. Então tem que ser algo bem planejado, e você ter tempo sobrando, pois geralmente perde-se muito tempo para chegar lá na cidade onde o festival estiver ocorrendo, e para ir embora é a mesma complicação. Em relação aos shows, entre no google e pesquise por "shows portugal outubro", "shows italia outubro", vai aparecer a programação de shows e eventos do mês de outubro, ai você vê se algum encaixa nas datas que você pode visitar.
  14. PS. No lugar d Roma poderia ser Paris sem problema, mas com Fátima bem no meio da viagem, incluir tanto Paris e Roma ficaria bem complicado. Pois você teria que pegar um voo de Lisboa a Paris no dia 09, pegar outro voo de volta a Lisboa no dia 11, ir a Fátima, voltar a Lisboa, pegar ouro voo até Roma, finalmente outro voo a Lisboa... E as passagens de avião as vésperas e logo após o dia 13 provavelmente vão estar custando uma fortuna.
  15. O que fazer exatamente depende dos interesses pessoais de cada pessoa, mas o tempo de você é meio apertado para tudo isto, e este compromisso em Fátima no dia 13/10 atrapalha e vai complicar um monte o que você pode fazer, a ponto de talvez inviabilizar alguma parte do seu roteiro. Vocês já compraram as passagens para Portugal? Não conseguiriam mudar as datas? Deixando Fátima mais perto do final ou do começo da viagem? Por que sinceramente, Fátima no dia 13, bem no meio da viagem complica demais as coisas! Você não comentou se chegam e voltam por Lisboa, mas pessoalmente eu pensaria em algo mais ou menos assim: 05/10: Saída do Brasil 06/10: Chegada em Lisboa 07/10: Lisboa 08/10: Lisboa (bate Volta até Sintra) 09/10: Trem para Porto 10/10: Porto 11/10: Porto 12/10: Ônibus de Porto para Fátima 13/10: Fátima 14/10: Ônibus para Nazaré de manhã cedo, é pertinho e a cidade minuscula, pernoitar em Nazaré 15/10: Ônibus de volta para Lisboa e pegar um voo para Roma no mesmo dia. 16/10: Roma 17/10: Roma 18/10: Roma 19/10: Roma 20/10: Voo de volta a Lisboa 21/10: Voo de volta Como você pode ver, Fátima no dia 12 está complicando muito a sua viagem, e inviabilizando a ida a Paris, então se puder mudar as datas da viagem, deixando Fátima mais perto do começo ou final dela, seria muito útil, poderia viabilizar a ida a Paris.
×
×
  • Criar Novo...