Ir para conteúdo

lcarnaval

Membros
  • Total de itens

    35
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que lcarnaval postou

  1. Cheguei ontem em Frankfurt vindo de Kuala Lumpur. Depois de pousar, gastamos 45 minutos para passar na imigracão, pegar malas e entrar no ônibus para nosso destino. O aeroporto é gigante e tem dois terminais. Só conseguimos fazer tudo isso rapidamente porque conhecemos muito bem o mesmo. Ou seja, acho o tempo curto. Agora, uma coisa boa é que o aeroporto é bem central e rapidamente você consegue ir para a estação de trem. Esta também é grande. Por isso, adicione um tempo para se achar dentro dela. Realmente o trem mais tarde faz bem mais sentido. Melhor ter tempo de sobra do que ter que correr em locais que não conhece.
  2. Rodrigo, boa sorte. Tenho certeza que você se dará bem e será muito feliz. Que é o que importa nesta vida. Abraços, Leo
  3. Em 2008 ficamos na Pensão Kraml. Não fica no centro mas é muito perto de duas estações de metrô, o que tornava o deslocamento muito fácil. Nos arredores da pensão tinha ótimos e baratos restaurantes. Uma pizzaria por exemplo tinha pizzas gigantes por 7 euros. O quarto que ficamos era gigantesco e o café da manhã por si só valeu a hospedagem. E foi bem em conta. Na época, pagamos 66 euros para o casal. Um casal de amigos que foi com a gente ficou em outro quarto, menor que o nosso mas recheado de estantes de livros. Então o tamanho do quarto depende da sorte. O pessoal que trabalha no hotel são todos da família do proprietário. O atendimento foi notal mil. Recomendo dar uma olhada no site deles para ver se agrada e se o preço e local estão dentro do que espera. Na época o metro custava 1,70, ou seja, vai precisar pegar o metrô para ir ao centro.Duas pessoas ida e volta já aumenta o custo da hospedagem em 6,80 por dia. http://www.pensionkraml.at/EN/preise.html Aproveitando, achei nas minhas planilhas de controle, o trem de ida e volta para Bratislva com direito a transporte público gratuito por lá sai por 14 euros por pessoa. A viagem de trem é super rápida e Bratislava e muito pequena. Dá para passear pelo centro histórico em poucas horas. Abraços,
  4. Aguemi, depende o que quer conhecer em Amsterdam. Faz uma lista dos locais que gostariam de ir. Mas para dois dias e meio, não vai dar para fazer uma lista muito grande. Abraços,
  5. Veja se devolver o carro na alemanha mesmo não fica mais barato. Viajar de trem entre Munique, Salzburg, Viena, Budapeste e Praga é tranquilo. Depois de Viena os trens são mais lentos, mas bem tranquilos.
  6. Londres chove o ano todo. Compre uma capa de chuva lá. Ou leve de casa. Frio é algo relativo. Histório das temperaturas de julho deste ano: http://www.wunderground.com/history/airport/EGLL/2012/6/9/MonthlyHistory.html Estou com uma visita aqui em casa que foi no Madem Tussaud no início de janeiro. Ela disse que a fila estava monstruosa, e que só nela, ficou mais de 1 hora. Abraços,
  7. Nascer e por-do-sol em maio deste ano em Munique: http://www.timeanddate.com/worldclock/astronomy.html?n=168&month=5&year=2012&obj=sun&afl=-11&day=1
  8. lcarnaval

    Florença

    Estivemos em Florença no final de outubro do ano passado. Não tinha fila nenhuma para entrar na Galeria Uffizzi. E por incrível que parece, tinha fila para trocar o ingresso comprado pela internet pelo verdadeiro. Não era uma fila grande, mas era uma fila. Acaba sendo sorte/azar. Não dá para saber. Mas não demorou mais do que 10 minutos para conseguirmos fazer a troca. A Officina Profumo farmaceutica é uma loja super antiga, bem bonita mas que dependendo do seu interesse, você consegue ver tudo em meia hora com sobra. Se for comprar algo, demorará mais, pois o movimento é grande e quando tivemos lá tinha fila para comprar.
  9. Veja o www.seat61.com Tem tudo sobre viajar de trem em qualquer lugar do mundo. Outro muito bom para te falar o que existe em termos de passagens é o site de trem da alemanha. http://www.bahn.de/i/view/USA/en/index.shtml. Não vai conseguir comprar os trechos, mas vai conseguir ver horários, tempo de deslocamento e itinerários. Sobre a passagem de avião, esquenta não. Já comprou, está comprado. Comece agora a planejar o resto e divirta-se. Particularmente, acho planejar e pesquisar sobre os destinos um pedaço da diversão. Abraços,
  10. Valdney, nao tem como chegar e voltar de cidades diferentes não? Ganha tempo e normalmente é mais barato. Também recomendo jogar as cidades no google maps como se fosse fazer de carro. Vai ver que você cruza de um lado para o outro na europa várias vezes. Pode ser que você tenha feito assim porque achou transporte barato. Concordo com o Marcos. Ilhas gregas no inverno? Se tirá-las do roteiro, ganha tempo. E tente explorar um região toda antes de ir para outro. Você chega perto da Rep. Tcheca e vai para a Espanha para depois ir para Praga. Abraços,
  11. Veja se fica mais barato pegar um voo que chega em Frankfurt e volta de Berlim. Bobear fica mais barato e ganho um tempo de viagem. Sobre trens, eu gosto de olhar o que o www.railsaver recomenda. Basta colocar seu roteiro, o número de pessoas com a idade que ele calcula se algum passe de trem fica mais em conta que passagens individuais, ou se alguma combinação deles é melhor. Abraços,
  12. Dê uma verificada no matrix.itasoftware.com e www.skyscanner.com.br para procurar as passagens. Uma boa opção para vc é comprar a ida por uma cidade e a volta pela a última a visitar, para não perder tempo. O matrix permite este tipo de pesquisa. Uma rota boa seria Roma, Florença e Veneza. Veja o que quer fazer nas cidades para verificar se dá tempo de ir em Viena. Roma tem muito para fazer. Florença também. Veneza é linda mas dá para ficar menor tempo e ver bastante coisas. Se der para evitar de sair no fim-de-semana do feriado, fica mais em conta. No carnaval os preços sobem bem. Abraços,
  13. Lilica, bem corrida sua rota. Ou adiciona bem mais tempo ou tenta focar em uma região do mundo. Eu e minha esposa vamos agora para o Sudeste Asiático. Faremos apenas Kuala Lumpur, Singapura, Tialândia, Vietnã e Camboja. Serão 35 noites só por lá e mesmo assim teremos que correr em algumas partes.
  14. Karol, sua ideia é sair do Brasil de qual cidade e em que dia/hora seria possível sair? E a volta? Que dia/horas tem que estar de volta? E serão quantas pessoas?
  15. Marseilly, sim, você já fez uma opção legal: está indo. Curta e aproveite muito. Veneza é mágica e espero que você goste muito.
  16. Tem que encarar como uma viagem de avião daqui para a euoropa. É apertado? É. Demora? Demora. Você chega cansado? Chega. Mas s estiver com pouca grana, faz a diferença. Já o avião daqui para a europa... Mas tem que pesar o fator descanso. Se for uma pessoa que precisa dormir bem para curtir o dia, melhor pagar mais e ir com conforto. Se não, o que adianta economizar um dinheiro para não conseguir fazer nada no dia? Uma opção, talvez seja comprar 2 passagens por pessoa se conseguir um preço baixo. Aumenta o espaço.
  17. Ih, pelo contrário. Tenho 1,86m e não consigo dormir nem em ônibus leito. Mas minha mulher apaga, desmaia literalmente. Parece que está dormindo nas nuvens. Mas ela é bem pequena, 1,58. O bom é que posso sempre esparrar as pernas par ao lado dela. É confortável? Não. É barato? Muito. Somado à economia de uma noite de estadia a menos em Londres, achei que vale a pena. É o famoso custo benefício. De trem vai ser melhor? Infinitamente. mas vai custar mais caro também. Recomendo o ônibus portanto para quem quer economizar, não para quem quer conforto.
  18. Marcos, não acho que estamos discordando não. Confesso que a parte mais complicada de uma viagem é essa. Acertar a mão no controle do tempo/custo. Por isso recomendei fazer uma planilha para tentar controlar o tempo/custos. Pode-se chegar a conclusão que é melhor perder um pouco de tempo e conhecer um lugar novo do que deixar ele para trás. Ou o inverso, chegar a conclusão que não vai dar para fazer nada no destino desejado e portanto é melhor deixar ele de fora. mas isso vai da pessoa. Tem gente que acha que apenas passar por Bruxelas a deixaria satisfeita, que em 3 horas ela vê tudo que quer na cidade. Já tem pessoas que para ficarem satisfeitas por lá vão precisar de muitos dias. Em uma viagem, perdi 5 horas de um dia para fazer um desvio entre Sevilha e Granada, só para passar em Tarifa e ver a costa da África. Para mim valeu a pena. Era um sonho meu. Mas vai ter gente que acha um desperdício de tempo. Tive que abrir mão de alguma coisa em Sevilha ou em Granada? Tive, mas pesei as duas opções e para mim valeu a pena. Abraços,
  19. As vezes, para uma primeira viagem, acho legal fazer um esquema rápido por diversas cidades. Isso, logicamente, se tiver condições para voltar no futuro para os lugares que mais gostou. Eu sempre gostei de ir embora de uma cidade com o gostinho de quero mais. Vou embora com a sensação de que está tão bom, é uma pena estar indo embora, mas que tentarei voltar no futuro para conhecer melhor com calma. Eu me preocuparia mais com os custos dos deslocamentos e o tempo que pode gastar neles. Tente fazer uma planilha com o que gostaria de faze em cada cidade, quanto custaria os deslocamentos entre elas e o tempo que gastaria neles. Se chegar a conclusão que não vai dar para ver o que julga imperdível numa cidade, comece a fazer cortes. Podendo ajudar é śo falar. Abraços,
  20. Ei, Helena. Espero que você se divirta e muito. Em Stuttgart, nunca estivemos e portanto não posso opinar. Mas as outras são ótimas e vale passar/conhecer. Sobre o tempo em cada cidade, sempre vai ter gente falando que é muito ou que é pouco. Procure apenas ver o que te interessa nelas e faça uma previsão de tempo. Zurique é a mais cara, mas dá para comer na rua e se divertir apenas caminhando pela cidade, o que é de graça. E se gostar de chocolates, consegue comprar chocolate suíço por preços excelente nos supermercados locais. Nos ficamos apenas um dia lá. Estava frio, chovendo mas foi divertido para conhecer. Londres, Paris, Barcelona, Amsterdã você pode passar semanas e ainda vai achar coisas para fazer e se divertir. mas, na minha opinião, é melhor conhecer, ir embora com o gostinho de quero mais, do que nunca ir. Eu só pensaria um pouco na logística de transporte. Pode ser que tenha maneira de fazer todas estas cidades gsatando menos tempo/dinheiro nos deslocamentos. Perguntinha, algum motivo na ordem das cidades? Como espera se locomover entre elas? Aproveito para dar uma dica que nos mesmos vamos testar ano que vem. Vamos sair de Londres para Paris em um ônibus noturno do Megabus. Para a data que queremos, conseguimos a passagem por 6 gbp, que dá mais ou menos 7,5 euros. Não sei se é bom, se dá para dormir, mas ficamos animados com o preço e principalmente com os horários. Sai de Londres 21:30 e chega em paris 07:30. Com isso a gente ainda vai economizar uma noite em Londres, que não é barato. Abraços,
  21. Giuca, ficamos hospedados 7 noites em um hotel a dois quarteirões da estação de trem Termini e não tivemos problema nenhum. Voltávamos para casa de noite e em nenhum momento nos sentimos sem segurança. Vimos muitos turistas na região, inclusive famílias com crianças pequenas. A região tinha vários supermercados, lavanderias, restaurantes com preços mais em conta. Abraços, Leo
  22. Concordo com a Amanda. É caro dormir em Veneza? É. mas acho sem preço poder dormir e acordar dentro da cidade. Nem que seja uma noite só. Não deixa de ser uma experiência. O preço do hotel que fiquei foi para estadia no início de novembro. E o hotel é bem perto da estação de trem. Achá-lo, inclusive é fácil. Adorei Veneza, tanto de dia como de noite. Mas achei a cidade à noite, sem milhares de turista, muito mais româtica e acolhedora.
  23. Concordo totalmente com o Speedy Gonzales. Nossos melhores casos de viagem são sempre os perrengues e as coisas que sairam "erradas", diferentes do que planejamos ou esperávamos. Faz vários anos que eu e minha esposa estamos economizando dinheiros para aposentar mais cedo. Estamos já perto dos 40 anos. Final do ano passado resolvemos antecipar tudo. Por quê deixar para depois uma coisa que sempre sonhamos em fazer? Vai que a gente fica doente, perde o tesão ou a vontade de viajar? Afinal, na maior parte dos casos, vamos ficando mais velhos e mais chatos. Algo que ajudou muito a gente foi o minimalismo. Vivíamos e vivemos ainda muito bem. Mas saímos de um apartamento de 100 metros quadrados para viver em uma kitnet de 24 mobiliada. Vendemos tudo que a gente tinha. Faz quase dois anos que não compramos uma peça de roupa. E para ser sincero, além de guardar muito dinheiro, nossa vida só melhorou. Agora no final do ano vamos largar tudo e correr o mundo. A maioria das pessoas, incluindo pais e familiares, acham que estamos doidos. Poucos nos incentivam e entendem que a vida não é receita de bolo, com tudo pré-definido. Nossas aventuras serão narradas no novo blog que estamos criando. No antigo, http://www.ludleoreloaded.blogspot.com tem os relatos de todo nosso processo e link para os diversos blogs que minha esposa teve desde antes de casarmos. Muito interessante ver como a dez anos atrás nossas preocupações eram com as coisas da moda e agora é com a qualidade de vida, de viver fazendo o que gosta e sendo feliz. Só sei que é uma alegria este site. Muitas vezes faz bem ler opiniões que batem com a nossa. Porque vou contar, no dia-a-dia somos tachados é de loucos onde a gente trabalhar. Ah, sem contar uma meia dúzia que acha que a gente fez parte da quadrilha que roubou o banco central. Abraços, Leo :
  24. Cariocasemroma, uma opção para economizar em Londres, e no trajeto Londres-Paris, é sair na noite do dia 09/06 de Londres em um ônibus noturno do Megabus. Sai às 21:30 e chega em Paris às 07:30. Dá para conseguir passagem até por 6 gbp. Assim, economiza uma noite de hospedagem em Londres, que é sempre caro, e ainda economiza no transporte para Paris. O ônibus sai da estação Victoria em Londres e chega na Porte Maillot de Paris. Ou seja, boa lozalização tanto para a saída como a chegada.
×
×
  • Criar Novo...