Ir para conteúdo

samantha.v

Membros de Honra
  • Total de itens

    1.676
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    10

Tudo que samantha.v postou

  1. Na Grécia só tem 2 coisas que são caras: Os ferrys entre as ilhas As entradas da Acrópole e das outras ruínas em Atenas De resto se gasta pouco. Dá para comer uma ótima refeição com uns 10 ou 12 euros. Ou então fazer um lanche com bem menos que isso. Hospedagem em hostel também não é cara. Vinho de ótima qualidade e bem barato. Mas tem algumas coisas que você precisa levar em consideração na hora de montar o roteiro. Ilhas menores não tem hostel e nem transporte público. Então ir para ilhas menores e menos turísticas vai encarecer bastante o seu roteiro, significa depender de airbnb ou hotel, e muito provavelmente precisar alugar carro. E aí o que era barato vai ficar muito caro. Então na hora de escolher para quais ilhas você vai, leve isso em consideração.
  2. Eu recomendo já ir com o passeio fechado para não correr o risco de perder um dia preso em Palmas, que é uma cidade sem muitos atrativos. A empresa que fui se chama Portal Expedições, gostei bastante do serviço
  3. Mais uma Beatlemaníaca aqui que ama Liverpool! Já fui duas vezes, pretendo que a terceira seja em breve! Fui sozinha das 2 vezes, fiquei 3 dias em cada vez. Dicas do Cavern Club: lá abre meio dia, e até 18h é de graça para entrar. depois disso tem que pagar, então chegue antes. O dia que eu mais gosto é a programação de quinta feira. Se der tente encaixar o roteiro para estar lá na quinta. Esse é um dia que eu sempre faço questão de chegar meio dia e ficar até acabar. Sexta e sábado de noite tem uma programação separada em um palco que fica fechado, e aí se você quiser participar tem que comprar o ingresso antes, era 10 libras. O clima é muito legal! Qualquer um que gosta minimamente de Beatles, recomendo que vá e vai se divertir demais! Não se preocupe de estar sozinha, no final você vai estar cantando Hey Jude abraçada com um monte de desconhecidos rsrs Recomendo um hostel chamado Eat Sleep Love, foi onde fiquei da segunda vez que fui. Dá pra ir andando da estação de trem para lá, e de lá para a região da Matthew street e os museus do Albert Dock é pertinho, tudo andando também. Se for de busão também dá para ir andando da rodoviária que fica dentro de um shopping chamado Liverpool One. Eles dizem para ter cuidado com essas andanças porque para os parâmetro ingleses Liverpool é uma cidade perigosa, mas para nós Brazucas é super tranquilo rsrs
  4. Caramba, que escolha difícil! Eu amei as duas cidades! Fiquei dois dias em cada uma, e ficaria muito mais nas duas Oaxaca é maior do que San Cristobal, se gostar de uma coisa mais cidade grande prefira mais dias em Oaxaca. Se curtir mais clima de cidade pequena, um pouco menos turístico, prefira San Cristobal. Se o seu objetivo for mais ver a arquitetura colonial, minha impressão foi que no geral Oaxaca é mais conservada. Oaxaca tem também uma gastronomia muito interessante, mais desenvolvida. Mas San Cristobal me encatou mais pelo clima colonial mais pacato Não acho interessante tantos dias em CDMX, como os colegas já falaram, 4 dias lá já está sobrando, recomendo no máximo 3, incluindo a ida a Teotihuacan
  5. Mais do que saudades, eu diria que estou com síndrome de abstinência rsrs A última antes da pandemia pra mim foi em fevereiro de 2020, dei sorte como você de aproveitar os últimos meses possíveis. De lá pra cá tudo que já tinha programado cancelei. Mês passado, após vacina, foi a primeira viagem, dentro do Brasil mesmo. Desde que comecei a viajar, nunca passei mais de uma ano sem sair de casa como foi dessa vez.
  6. Pessoal que está planejando ir para a República Dominicana pela facilidade de entrada para brasileiros, fiquem de olho, pois há poucos dias eles passaram a exigir PCR feito com 72h de antecedência!! Aparentemente nada de quarentena, só apresentar o PCR negativo mesmo Mais informações: https://www.godominicanrepublic.com/es/prensa/coronavirus/
  7. Quem quer flexibilidade viajando pela América do Sul não pode depender de avião, não tem jeito. Na Europa você até consegue comprar passagem de avião para viajar 1 ou 2 dias depois, mas no restante do mundo isso é mais complicado. A melhor coisa para ser felxível é viajar por via terrestre. Eu costumo comprar as passagens com 2 meses de antecedência se for nacional, 3 meses de antecedência se for internacional. Às vezes compro com maior antecedência se for passagem promocional. Geralmente uso avião para ida e a volta para casa, e nos deslocamentos no destino mais próximos uso transporte terrestre. O avião engessa mesmo o roteiro
  8. Palmas estava fechando tudo às 20h, inclusive comida tive que pedir delivery no hotel. Não conheci nada por lá, só passei a noite no hotel mesmo e já saí pro Jalapão
  9. Paguei 2.800 pelo pacote de 6 dias, incluso hospedagem, todas as refeições, todas as entradas e transporte. A única coisa que não estava incluso era a cerveja e o vôo para Palmas. Fui em um grupo de amigos e fechamos o carro inteiro pra gente, acredito que se for sozinho ou menos pessoas fique um pouco mais caro
  10. Oi pessoal! Acabei de voltar do Jalapão e vim aqui deixar a recomendação da agência que eu fui porque o serviço deles foi muito legal! O nome da agência é Portal Expedições, meus guias foram o Guida, que é o dono da agência, e também o Lázaro que trabalha com ele. Quem quiser ir pro Jalapão com agência vai ver que tem um zilhão de opções, mas podem confiar e ir com esses caras que não tem erro (juro que não estou ganhando nada pela indicação, é só porque gostei muito do serviço mesmo, além dos caras serem super gente boa!) Aí vão os contatos no IG: @portalexpedicoes @llazaromartins
  11. Eu gostei mais de Santo Amaro, é um pouco mais isolado então não fica lotado, e as lagoas são espetaculares, foi o passeio que eu mais gostei lá. Em compensação é o mais caro de todos, porque é mais distante de Barreirinhas
  12. Dá uma pesquisada porque tem vários outros passeios por lá, não são só esses não. Só para conhecer as opções: https://saopauloecoturismo.com.br/ Eu fui para lagoa azul, lagoa bonita, Santo Amaro, e mais esse que você colocou que não gostei, e ninguém que foi comigo gostou também. Fiquei 4 dias em Barreirinha. Depois de lá fui para Atins ficar 2 dias, mas não foi em tour.
  13. A chapada eu não conheci, só os lençois 24/06 - Caburé (Rio preguiças, Vassouras, Pequenos Lençóis, Mandacaru e Caburé) - Quadriciclo R$70,00 até 3 pessoas durante 30m - day tour Eu trocaria esse dia aí por outro tour diferente. Achei esse passeio o mais caidinho por lá, é uma região meio muvucada e em beleza não chega nem perto dos outros passeios. O centro histórico de São Luis dá para fazer tudo a pé mesmo como o Fabiano falou. Eu gostei bastante, faz 2 anos que estive lá. Se puder tire um dia para ir em Alcântara, achei um passeio bem gostoso
  14. Também estou planejando ir em época de chuva, vi várias pessoas falando que na costa do pacífico não faz muita diferença, porque são temporais rápidos. Já na costa do caribe parece que chove mais, estou deixando meu roteiro flexível para se a previsão de tempo estiver ruim focar no lado do pacífico mesmo
  15. O IOF é sempre o mesmo, ele é estabelecido pelo governo, não depende de bandeira, nem de banco. Para usar cartão de crédito e escapar do IOF só sendo conta no exterior, não tem jeito. Como é uma viagem longa, levar tudo no dinheiro não é uma boa opção Sobre os tramites de imigração, você vai precisar carimbar o passaporte sim, entrar com RG só funciona no Mercosul. Como o seu roteiro é subindo, se prepara para muitos interrogatórios, principalmente nas fronteiras da América Central, por ser rota frequente de imigração ilegal para os EUA. Se você tiver visto para os EUA leve também pois vai ajudar nessas fronteiras.
  16. Pedir pros outros tirarem foto é uma desgraça viu, o tanto de foto que eu tenho toda torta, que só aparece minha cara e nada do lugar... impressionante como o povo é ruim. Vale muito a pena investir num tripé pequeno que nem o Stanlley postou. Dá pra comprar no Aliexpress mesmo, eles são bem resistentes, uso o mesmo há vários anos. Eu uso com a câmera, mesmo sendo uma câmera de tamanho médio (sony alpha 5) o tripézinho aguenta tranquilamente. E como ele é pequeno dá pra levar na bagagem de mão no avião
  17. Reykjavik 1 dia pra conhecer já dá e sobra. A cidade é muito pequena, não tem tantos atrativos. Dá pra conhecer em 1 manhã ou 1 tarde até. Não fui a nenhum bar, álcool lá é caríssimo, até mesmo para os padrões locais, eles tem uma quantidade absurda de imposto sobre bebidas. O que todo mundo recomenda é comprar no aeroporto quando chegar, que aí dá pra escapar dos impostos. Foi o que fizemos, assim que chegamos já compramos suficiente para todos os dias. No aeroporto dá pra encontrar cerveja e vodka locais por um bom preço, e outras bebidas importadas. Ah e não tem muito hostel por lá, só em algumas poucas cidades no sul da ilha. Para fazer a volta a ilha sem a campervan só ficando em hotel mesmo. Transporte público também é super escasso. Resumindo, a Islândia não é um bom país para viajantes solo, mas sempre dá pra arrumar alguém por aqui pra dividir a van.
  18. É possivel fazer um esquema econômico sim. Eu aluguei campervan, dividindo com mais um casal de amigos. Dormíamos e cozinhavamos na van, muita coisa da comida já levei daqui na mochila. O que estragava compramos no supermercado lá. As refeições que compramos geralmente era hot dog, ficava barato. Cerveja e vinho compramos no duty free quando chegamos lá. Lá não se paga entrada em quase nada, só fizemos 2 passeios que foram caros, que foram o mergulho em Silfra e o passeio das cavernas de gelo no glaciar. De resto não pagamos entrada em nada. Raramente pagávamos camping, a maioria das vezes estacionávamos o carro em algum canto sem movimento da cidade que não fosse atrapalhar, e ali passávamos a noite. Fiquei 2 semanas lá, fizemos a volta a ilha. Gastei bem menos do que em 10 dias em Nova York. Agora realmente, se for ficar em hotel e comer em restaurante e principalmente consumir álcool lá, se prepare para gastar uma fortuna.
  19. O roteiro que eu realmente fiz foi Hong Kong - Yangshuo - Shanghai - Beijing, fiquei 3 semanas. Tinha planejado ficar amis tempo e ir a mais umas 3 ou 4 cidades, mas não consegui porque o planejamento deu muito errado rsrs
  20. Acho que o carro pode ser interessante para os deslocamentos entre uma cidade e outra, mas não recomendo para usar para conhecer as cidades. Vai ter muito transtorno de trânsito e estacionamento, e acho que o carro atrapalha um pouco a experiência do lugar. Se você viaja sozinho na minha opinião o mais interessante é usar transporte de ônibus e trens em vez de gastar muita grana com o carro e ainda ser cansativo por não ter ninguém pra revezar o volante
  21. Eu pesquisei quando fui e acabei desistindo porque para entrar pela China a burocracia é muito grande. Deixei para ir em uma próxima viagem entrando pelo Nepal que é bem mais tranquilo. Quando pedi o visto da China me deram 30 dias de visto (você pode pedir mais dias, mas geralmente eles só dão 30 dias). Quando chegar na imigração não pode deixar eles desconfiarem que você quer ir pro Tibet, senão nem entra, mesmo com visto. Na hora de pedir o visto também não pode falar nada que vai pro Tibet. Uma vez já estando na China você pode solicitar a permissão para ir ao Tibet, que se me lembro bem demora umas 2 semanas para ficar pronta, se for aprovada. Não é impossível, mas é trabalhoso, e como tinha outros lugares na China que eu queria conhecer ficaria com o tempo bem apertado para fazer tudo em 1 mês. Ainda mais se levar em conta que o deslocamento até lá a partir das outras cidades grandes da China pode levar até 5 dias de trem, e o avião não é recomendado por causa da altitude. Por causa desses empecilhos pouquissimas pessoa vão ao Tibet via China, muito mais tranquilo ir pelo Nepal.
  22. Trilha não é lugar de estar sozinha, ainda mais sem experiência
  23. Tem cara de golpe essa história de multa mesmo. Fronteira terrestre é uma beleza para taxas e multas fictícias, infelizmente
  24. Oi Anderson Nem todos os países carimbam a saída, alguns só carimbam a entrada mesmo No caso específico do Paraguai não sei te dizer, eu fui 2 vezes mas foi só para Ciudad del este e voltando no mesmo dia, não carimbaram nem entrada nem saída.
  25. Com certeza. Lição para a vida, não só para viagens, você nunca pode guardar todo o seu dinheiro num lugar só, porque se der ruim, vai dar muito ruim rsrs
×
×
  • Criar Novo...