Ir para conteúdo

samanthavasques

Membros de Honra
  • Total de itens

    1.662
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    9

samanthavasques venceu a última vez em Abril 6

samanthavasques tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

165 Excelente

6 Seguidores

Sobre samanthavasques

  • Data de Nascimento 24-04-1986

Últimos Visitantes

1.786 visualizações
  1. O IOF é sempre o mesmo, ele é estabelecido pelo governo, não depende de bandeira, nem de banco. Para usar cartão de crédito e escapar do IOF só sendo conta no exterior, não tem jeito. Como é uma viagem longa, levar tudo no dinheiro não é uma boa opção Sobre os tramites de imigração, você vai precisar carimbar o passaporte sim, entrar com RG só funciona no Mercosul. Como o seu roteiro é subindo, se prepara para muitos interrogatórios, principalmente nas fronteiras da América Central, por ser rota frequente de imigração ilegal para os EUA. Se você tiver visto para os EUA le
  2. Pedir pros outros tirarem foto é uma desgraça viu, o tanto de foto que eu tenho toda torta, que só aparece minha cara e nada do lugar... impressionante como o povo é ruim. Vale muito a pena investir num tripé pequeno que nem o Stanlley postou. Dá pra comprar no Aliexpress mesmo, eles são bem resistentes, uso o mesmo há vários anos. Eu uso com a câmera, mesmo sendo uma câmera de tamanho médio (sony alpha 5) o tripézinho aguenta tranquilamente. E como ele é pequeno dá pra levar na bagagem de mão no avião
  3. Reykjavik 1 dia pra conhecer já dá e sobra. A cidade é muito pequena, não tem tantos atrativos. Dá pra conhecer em 1 manhã ou 1 tarde até. Não fui a nenhum bar, álcool lá é caríssimo, até mesmo para os padrões locais, eles tem uma quantidade absurda de imposto sobre bebidas. O que todo mundo recomenda é comprar no aeroporto quando chegar, que aí dá pra escapar dos impostos. Foi o que fizemos, assim que chegamos já compramos suficiente para todos os dias. No aeroporto dá pra encontrar cerveja e vodka locais por um bom preço, e outras bebidas importadas. Ah e não tem muito hostel por l
  4. É possivel fazer um esquema econômico sim. Eu aluguei campervan, dividindo com mais um casal de amigos. Dormíamos e cozinhavamos na van, muita coisa da comida já levei daqui na mochila. O que estragava compramos no supermercado lá. As refeições que compramos geralmente era hot dog, ficava barato. Cerveja e vinho compramos no duty free quando chegamos lá. Lá não se paga entrada em quase nada, só fizemos 2 passeios que foram caros, que foram o mergulho em Silfra e o passeio das cavernas de gelo no glaciar. De resto não pagamos entrada em nada. Raramente pagávamos camping, a maiori
  5. O roteiro que eu realmente fiz foi Hong Kong - Yangshuo - Shanghai - Beijing, fiquei 3 semanas. Tinha planejado ficar amis tempo e ir a mais umas 3 ou 4 cidades, mas não consegui porque o planejamento deu muito errado rsrs
  6. Acho que o carro pode ser interessante para os deslocamentos entre uma cidade e outra, mas não recomendo para usar para conhecer as cidades. Vai ter muito transtorno de trânsito e estacionamento, e acho que o carro atrapalha um pouco a experiência do lugar. Se você viaja sozinho na minha opinião o mais interessante é usar transporte de ônibus e trens em vez de gastar muita grana com o carro e ainda ser cansativo por não ter ninguém pra revezar o volante
  7. Eu pesquisei quando fui e acabei desistindo porque para entrar pela China a burocracia é muito grande. Deixei para ir em uma próxima viagem entrando pelo Nepal que é bem mais tranquilo. Quando pedi o visto da China me deram 30 dias de visto (você pode pedir mais dias, mas geralmente eles só dão 30 dias). Quando chegar na imigração não pode deixar eles desconfiarem que você quer ir pro Tibet, senão nem entra, mesmo com visto. Na hora de pedir o visto também não pode falar nada que vai pro Tibet. Uma vez já estando na China você pode solicitar a permissão para ir ao Tibet, que se me le
  8. Trilha não é lugar de estar sozinha, ainda mais sem experiência
  9. Tem cara de golpe essa história de multa mesmo. Fronteira terrestre é uma beleza para taxas e multas fictícias, infelizmente
  10. Oi Anderson Nem todos os países carimbam a saída, alguns só carimbam a entrada mesmo No caso específico do Paraguai não sei te dizer, eu fui 2 vezes mas foi só para Ciudad del este e voltando no mesmo dia, não carimbaram nem entrada nem saída.
  11. Com certeza. Lição para a vida, não só para viagens, você nunca pode guardar todo o seu dinheiro num lugar só, porque se der ruim, vai dar muito ruim rsrs
  12. Sério que você está indo viajar com mais de 10mil reais no bolso amigo? Melhor rever esse planejamento aí...
  13. Coisas que não são frescas ou que sejam industrializadas passam sem problema. Dá pra levar tranquilo arroz, macarrão, café, sal, açucar e coisas do gênero. Levei também atum enlatado, maionese, molho de tomate... esses fiquei na dúvida se passariam, mas resolvi arriscar e valeu a pena. Já atravessei várias fronteiras com comida e nunca tive problema. O Chile realmente é um dos mais rigorosos. O que não passa de jeito nenhum são carnes e laticínios, isso compramos no mercado lá. Frutas e verduras teoricamente não pode, mas tem algumas imigrações que fazem vista grossa
  14. Por via das dúvidas sempre que faço esse esquema de vôos comprados separados sempre fico pelo menos 1 noite na cidade, justamente para evitar problema com atraso. fiz isso tanto na ida quanto na volta, e aproveitei para passear um pouco na inglaterra. o total da viagem foram 20 dias. O que eu gastaria a mais comprando o vôo direto pra islândia pagou o gasto dos 5 dias que fiquei na inglaterra. Fomos em 3. Não lembro exatamente quanto gastamos, não fiz uma contabilidade muito boa dessa viagem A opção mais econômica é ir em 4 pessoas e pegar uma van um pouco maior do q a que pegamos
  15. Ah e uma última dica que lembrei agora, quando forem comprar passagem aérea não comprem direto para a islândia porque custa uma fortuna e raramente tem promoção. O melhor custo benefício é ir por Londres. Dá para pegar qualquer promoção pra Londres e de lá tem vôo low cost para Reyqjavik, só tem que ficar atento com a restrição de bagagem. Eu paguei para despachar a mochila, até porque para economizar com a comida eu levei as compras de supermercado daqui do brasil na mochila com alimentação para 3 pessoas por 14 dias kkkkk só compramos lá o que estragava, porque até o supermercado lá é u
×
×
  • Criar Novo...