Ir para conteúdo

arielbrothers

Membros
  • Total de itens

    43
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

arielbrothers venceu a última vez em Fevereiro 22

arielbrothers tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

12 Boa

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. SUDESTE ASIÁTICO 29º Dia - Chegando em Koh Phi Phi (02/12/2016) Acordamos empolgados esse dia. Não só porque iríamos para Koh Phi Phi, mas pela expectativa do que seria o café-da-manhã no resort. Por ser o hotel mais chique que já ficamos na vida, já imaginávamos aquele cafezão devastador, com comida pra destruir o dia da pessoa mas... que decepção! Parecia mais um café-da-manhã de hostel. Um pouco de pão, frios, iogurte, granola, leite, umas frutas, ovo e arroz. Nada parecido com aqueles cafés-da-manhã de hotéis brasileiros de 3 estrelas que tem cacho
  2. SUDESTE ASIÁTICO 28º Dia - Desbravando os arredores de Raylay Beach (01/12/2016) Dia de "se mudar" para outra praia: Raylay Beach, praia essa que já ganhou o título de praia mais bonita do mundo e nos dois anos anteriores àquele, de por-do-sol mais bonito do mundo. Achei estranho quando estava fazendo o roteiro que essa praia, apesar de ficar na mesma península de Ao Nang, um pouco mais "pra baixo" só, é apenas acessível de barco. A explicação é que devido ao terreno entre as duas, formado por montanhas de calcário e mata densa, impossibilita a criação
  3. SUDESTE ASIÁTICO 27º Dia - Fazendo o passeio pra Hong Island (30/11/2016) Agora sim! Dia de conhecer as praias paradisíacas do arquipélago do mar de Andaman. Este arquipélago compõem-se de diversas ilhotas que podem ser visitadas a partir de Krabi. Para isso só há duas opções, ou fazer um passeio com as milhares de agências de viagens que existem na cidade ou contratar um barco particular pra te levar. Quem nos acompanha já sabe que não gostamos de nenhuma das duas opções, sempre preferimos fazer as coisas de forma independente mas, nesse caso, pela fa
  4. SUDESTE ASIÁTICO 26º Dia - Conhecendo as famosas praias da Tailândia (29/11/2016) Finalmente chegou o dia de conhecer as tão famosas praias do sul da Tailândia! Praias que depois do filme do Leonardo Di Caprio (A praia, 2000) fez com que milhares de turistas do mundo todo começassem a rumar para lá nas suas férias. Fez também com que turistas dos países desenvolvidos (os quais pra eles financeiramente, as coisas na Tailândia são praticamente de graça), começassem a frequentar para fazer festa como se não houvesse amanhã, ou como o nosso amigo canadense
  5. Roteiro resumido: Singapura Segue abaixo o resumo (com mapas) da nossa brevíssima passagem por Singapura, lembrando que os preços das atrações aqui listados são de 2016, então certamente já estão defasados. Também cabe ressaltar que este roteiro representa unicamente a NOSSA experiência na cidade, não tendo a pretensão de ser um "guia do que fazer em Singapura", ou muito menos um "guia definitivo da cidade". Até porque ficamos somente um dia na cidade e fizemos o basicão. Deu pra aproveitar, mas aconselho pelo menos 2 dias no país/cidade (e mais dinheiro) para
  6. SUDESTE ASIÁTICO 25º Dia - Passando um dia em Singapura (28/11/2016) Atualizado: Jul 19 Depois que já estávamos cansados e já havíamos perdido a esperança de que nosso ônibus aparecesse, resolvemos ir à luta e descobrir como chegar no nosso hostel por conta própria. A sorte pra nós, atravessadores a pé de fronteira de primeira viagem, é que o posto de imigração de Singapura é bem diferente do que é costumeiro em postos de fronteira terrestre. Ele não fica no meio do nada e cheio de taxistas sedentos de dinheiro de turista em volta como se espera d
  7. Roteiro resumido: Kuala Lumpur Segue abaixo o resumo (com mapas) da nossa passagem de 4 dias por Kuala Lumpur, lembrando que os preços das atrações aqui listados são de 2016, então certamente já estão defasados. Também cabe ressaltar que este roteiro representa unicamente a NOSSA experiência na cidade, não tendo a pretensão de ser um "guia do que fazer em Kuala Lumpur", ou muito menos um "guia definitivo da cidade". Podemos dizer que 4 dias em Kuala Lumpur é suficiente para conhecer as atrações turísticas principais, mas é uma cidade que tranquilamente
  8. SUDESTE ASIÁTICO 24º Dia - Se despedindo da Malásia (27/11/2016) Último dia em Kuala Lumpur, à noite pegaríamos o ônibus noturno em direção à Singapura. Como já mencionamos, nos dias "de trânsito" digamos assim, optamos, quando possível, sempre por não ter nada programado, usar o dia mais pra descanso mesmo e pra que não corramos o risco de perder o nosso transporte para o próximo destino. Nosso ônibus só sairia à noite, atravessaríamos a fronteira de madrugada e chegaríamos em Singapura somente noutro dia, economizando uma diária de hostel, portanto,
  9. SUDESTE ASIÁTICO 23º Dia - Conhecendo as Batu Caves (26/11/2016) Dia de visitar as Batu Caves, talvez a segunda maior atração turística de Kuala Lumpur. Acordamos bem cedo e novamente, o Max havia comprado pão, manteiga e geleia para oferecer para o pessoal, o que nos permitiu novamente tomar café-da-manhã de graça! Mesmo assim, passamos no 7Eleven para comprar umas guloseimas para levar visto que havia informações de que comer lá perto das Batu Caves era meio caro. Seguimos então para a estação de trem Kuala Lumpur pegar nosso transporte. Eu digo esta
  10. SUDESTE ASIÁTICO 22º Dia - Explorando Kuala Lumpur (25/11/2016) Acordamos cedo para iniciar nosso tour e, para nossa grata surpresa, Max havia comprado pão, manteiga, geléia e café pros hóspedes do hostel fazerem um "mini-café-da-manhã" (já falei que o Max foi um dos melhores hosts que já tivemos em hostels?). Enchemos a pança então e saímos para explorar. Antes fomos lá conhecer o outro hostel do Submarine e vimos que fizemos a escolha certa. O outro hostel ficava mais longe, num lugar com pouca infraestrutura próxima. No caminho até lá passamos e con
  11. SUDESTE ASIÁTICO 21º Dia - Chegando na Malásia (24/11/2016) Hora de se despedir de Hong Kong em direção à Malásia. Na noite anterior havia recebido um e-mail da Air Asia avisando que o horário do nosso voo tinha sido alterado das 13h para às 15h e pouco. Teríamos mais duas horinhas em Hong Kong. Aproveitamos então pra colocar o sono em dia e a Juju tentar se recuperar da gripe já que, devido a distância do aeroporto, não dava tempo pra fazer muita coisa mesmo na cidade nessas duas horinhas à mais. Saímos então dentro do nosso pad
  12. Roteiro resumido: Hong Kong Segue abaixo o resumo (com mapas) da nossa passagem de 4 dias por Hong Kong, lembrando que os preços das atrações aqui listados são de 2016, então certamente já estão defasados. Também cabe ressaltar que este roteiro representa unicamente a NOSSA experiência na cidade, não tendo a pretensão de ser um "guia do que fazer em Hong Kong", ou muito menos um "guia definitivo da cidade". 4 dias em Hong Kong é muito pouco tempo para o que a cidade tem a oferecer, então demos prioridade para as atrações mais "i
  13. SUDESTE ASIÁTICO 20º Dia - Contemplando a vista do The Peak (23/11/2016) Último dia em Hong Kong, última oportunidade para visitar o tão aguardado The Peak. Para variar, o dia amanheceu nublado e com uma chuva fina novamente. A ideia pra esse dia era ir primeiro no The Peak, antes que piorasse o tempo, e depois, se por um milagre abrisse o sol, iriamos "brincar" no Ocean Park, um parque de diversões estilo Disney que dizem ser o melhor de Hong Kong (já que lá tem Disneylandia também), com dezenas de montanhas russas radiciais e o melhor: você pode alim
  14. SUDESTE ASIÁTICO 19º Dia - Visitando o Buda Gigante em Lantau (22/11/2016) Mais um dia que amanheceu horroroso, com muita chuva e frio. Por causa disso (e por causa da Juju estar gripada), ficamos mais um pouco na cama e partimos para conhecer o Buda Gigante sentado já no meio da manhã. É interessante notar que em Hong Kong o dia começa um pouco tarde para os nossos padrões: as lojas e os serviços começam a abrir lá pelas 10 horas da manhã, mas em compensação, ficam até altas horas da noite funcionando. A grande estátua do Buda sentado fica localizada
  15. SUDESTE ASIÁTICO 18º Dia - Explorando a ilha de Hong Kong (21/11/2016) O nosso quarto era composto de triliches, sendo que o colchão mais de baixo ficava literalmente no chão, com o ar condicionado voltado praticamente todo para esta cama mais de baixo, e foi justamente ali que a Juju dormiu. Não deu outra, acordou com a garganta destruída, com dor de cabeça e princípio de febre (logo se lembramos do cartaz do aeroporto que dizia que pessoas com sintoma de gripe teriam que se apresentar para a quarentena). Ela tomou então um bom banho, se entupiu de re
×
×
  • Criar Novo...