Ir para conteúdo

dieguribeiro

Membros
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. @Yagoymr em relação ao clima o inverno lá é de fato rigoroso nessa época que você pretende ir, e afeta inclusive o humor dos habitantes, que passam pela chamada depressão sazonal de inverno, podendo apresentarem, em geral, certo mal humor. Além disso, o frio prejudica muito os passeios ao lar livre. É preciso ter em consideração, também, a questão das roupas, que para esse tipo de clima (abaixo de zero, inclusive) são bem especificas e jamais serão aproveitadas no nordeste. Em relação aos seus destinos (França, Alemanha, Áustria , Suíça e Itália) estão muito interessantes, mas é preciso se organizar bem, pois em alguns casos as principais (ou mais interessantes) cidades turísticas, nos destinos mencionados, estão muito distantes entre si (veja Berlim-Viena ou Berlim-Salzburgo, p.ex), demandando muito tempo em trens ou ônibus, ou, ainda, passagens de avião (com todos os inconvenientes como preço e tempo perdido em aeroportos). No entanto, é possível verificar a disponibilidade de trens ou ônibus noturnos, claro. Mas se esse e os outros pontos não te incomodam, tenho certeza que aproveitará bem a viagem!
  2. No mesmo sentido que o Davi mencionou, acredito que seja interessante ter em mente a questão do deslocamento, proximidade entre os destinos etc. Não vale a pena apenas "pisar" nos destinos sem tempo pra conhecer minimamente as cidades. É difícil dizer qual delas retirar do cronograma, mas acredito que seja interessante repensar o roteiro tendo em vista aspectos como distância e facilidade de deslocamento. Barcelona, Madri e Lisboa, por exemplo, guardam certa distância entre si e bastante diversidade a ser explorada em cada uma. Recomendo, diminuírem as distâncias e os destinos de modo a aproveitarem melhor o que cada cidade tem a oferecer.
×
×
  • Criar Novo...