Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Vinicius Pinto

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

    Nunca

Reputação

0 Neutra
  1. Olá! Venho por meio deste post compartilhar meu mochilão de dez dias em Portugal e Espanha. Espero que este relato possa ajudar alguém, do mesmo modo que os relatos que li aqui no blog me ajudaram enquanto eu estava levantando informações para a minha viagem. Nesses dez dias, viajando à noite, de ônibus e trem, consegui conhecer os destinos que desejava: Lisboa, Sintra, Coimbra, Madrid, Barcelona, Braga e Porto. (Por questão de tempo, terei que dividir o post em algumas partes). Bom, sem grandes delongas, a viagem foi assim: Lisboa: Embarquei em um avião da TAP pouco antes das 22h, no Aeroporto de Guarulhos, e cheguei ao Aeroporto de Lisboa aproximadamente às 10h. Após fazer todos os trâmites, fui à área do metrô, dentro do aeroporto, estudei rapidamente as linhas da cidade, e comprei minhas passagens. Peguei a linha vermelha, desci na parada que faz cruzamento com a linha azul, entrei no metrô dessa linha, e desci na Avenida dos Restauradores, onde ficava minha acomodação, e, a uns poucos metros, o centro histórico da cidade. Às 13h, aproximadamente, iniciei meu roteiro: comecei no centro e fui até o Castelo de S. Jorge. Nessa área, vale destacar a proximidade entre uma atração e outra: pelo menos no centro histórico, dá para conhecer as principais atrações, a pé! No dia seguinte, fui de autocarro (ônibus) à região de Belém. Lá, também é possível conhecer as principais atrações, a pé. Abaixo seguem algumas fotos: Praça do comércio; em foco: Estátua equestre de D. José I e Arco Triunfal da Rua Augusta Castelo de São Jorge Mosteiro dos Jeronimos Mosteiro dos Jeronimos Torre de Belém Monumento aos Descobridores Elevador da Gloria Sintra: No terceiro dia fui a Sintra: Comecei o dia cedo, fui até a Estação do Restauradores e comprei minha passagem de ida e volta. A viagem durou aproximadamente 40 minutos. Em Sintra, conheci seu Palácio Nacional e a Quinta da Regaleira. Tentei conhecer o Palácio da Pena, mas o tempo não me permitiu, pois só na Quinta da Regaleira, gastei umas boas horas. Uma dica: Assim que descer em Sintra e sair da estação de metro da região, haverá vários guias oferecendo passeios, planos etc. Caso preferir explorar a região por conta própria, saiba que é possível e prático: Procure as linhas de ônibus 434 e 435 (estão espalhadas pela região): elas levam às atrações da cidade; mas, atenção: cada ônibus vai a uma área; assim, para ir a Quinta, é preciso pegar o ônibus 435; para ir ao Palácio da pena, o 434. Na compra da passagem, os motoristas, que são bem prestativos, irão detalhar tudo. E, após a compra, o passageiro ganha um mini guia da região para se orientar. É tudo bem tranquilo. Obs.: Ao escolher o ônibus e pagar a sua passagem, ela será valida por um tempo determinado. Assim, é possível descer em uma atração, passar um tempo nela, e, depois, ir novamente à linha de seu ônibus, para pegá-lo sem pagar de novo a sua entrada. Dica: As atrações de Sintra também não são muitos distantes uma das outras (ex.: da estação da região, à Quinta, a pé, faz-se em aprox. 15 min.). Portanto, ao optar pelo ônibus 434, que segundo o motorista que me orientou lá, faz a maioria das atrações, é possível ir nas atrações que somente o 435 atende, a pé. Em suma, passei apenas uma manhã e uma tarde em Sintra, e a experiência foi maravilhosa. Obs.: Não deixem de provar os famosos doces da região, são divinos! Abaixo seguem algumas fotos: Estação dos Restauradores Quinta da Regaleira Quinta da Regaleira Quinta da Regaleira Palácio Nacional de Sintra Quinta da Regaleira Quinta da Regaleira No centro de Sintra. (Ao lado desse café, há alguns restaurantes, e um em particular, de esquina, vende travesseiros e queijadas DELICIOSAS! Recomendo. Continua...
×
×
  • Criar Novo...