Ir para conteúdo

Marcelo Silva Resende

Membros
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

1 Seguidor

  1. Ja fui a várias praias com mosquitos e nunca me senti tão mal quanto no Sono, ali é além da conta, nem repelente afasta.
  2. Olá, vim através deste relatar minha experiência na praia do Sono. Tirei férias em fevereiro 2019 com minha esposa e filha de 7 anos e decidimos ir para um lugar onde estivéssemos com o pé na praia. Alugamos um chalé de frente para a praia e recebemos orientação para levar bastante água, repelentes e comida. Levamos tudo e logo que chegamos a vila Oratória onde tem "estacionamento", logo fomos abordados por pessoas que ali residem e cobram um absurdo para deixarmos o carro no local, me cobraram 125,00 por 5 dias, contestei o valor, mas eles te pressionam e falam que parte vai para associação de moradores (mentira) e ainda tem que pagar antecipado, paguei e fomos direcionados para a van que leva até o condomínio onde ficam os barcos que levam até a praia, daí foram mais 35,00 por pessoa ou seja mais 70,00, pq menores de 10 anos não pagam, nos colocaram no barco sem coletes e questionei o barqueiro e ele alegou que não tinha e o mar estava bastante agitado, foi um momento de muita apreensão, mas chegamos bem. Desembarcamos em frente ao chalé e arrumamos as coisas e fomos conhecer o local, e já fomos atacados por milhões de mosquitos que parecem mutantes e nem repelentes inibiam sua ação ( levamos 3 vidros de marcas diferentes) e mesmo assim não deu, nós ficamos picados e minha filha com enormes caroços de tanta picada. As coisas no local são de preços que extrapolam a tudo ( água de 1,5 Lt custava 10,00, garrafa de 2 Lt coca cola 13,00, cerveja latão 10,00) tivemos que comprar pq levei 6 litros de água, mas acabou. Vendem pão vencido, garrafas com água da bica como se fosse nova, tem que ficar esperto. Ficamos tão desanimados com o local e como o povo de lá se aproveita da necessidade das pessoas que resolvemos vir embora um dia antes, pegamos o barco de volta foram mais 70,00 para voltar mas exigi coletes e enfim chegamos ao estacionamento e questionei o cara que me recebeu para a devolução de uma diária e ele me respondeu que não tinha dinheiro para devolver, pressionei ele e ele disse que ia arrumar e já voltava, fiquei esperando por 30 minutos e os próprios comerciantes me alertaram que ele não iria voltar e que de fato aconteceu. Arrumei minhas coisas no carro e falei umas besteiras para os outros pilantras que lá ficam. Segundo os próprios moradores este tipo de problema acontece direto lá. Enfim não vão a PRAIA DO SONO EM PARATY, tudo com preços exorbitantes, PILANTRAS e o inconveniente dos mosquitos. Ah, ia me esquecendo, dezenas de cachorros soltos na praia mijando e defecando em todo lugar, a areia cheira merda e o risco de pegar uma doença. PÉSSIMO LOCAL PARA DESCANSAR. Seguem as fotos da perna da minha filha, mas isso foi no primeiro dia, depois piorou a situação. PS: NÃO FUI PELA TRILHA PQ SÃO 1 HORA E MEIA DE CAMINHADA, ESTAVA COM PESO E UMA CRIANÇA DE 7 ANOS.
×
×
  • Criar Novo...