Ir para conteúdo

Luna Jurberg

Membros
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

3 Neutra
  1. @Kaique Pereira Não tivemos nenhum problema com o carro, foi super tranquilo! Eles respeitam muito as regras de trânsito, não s epode andar em velocidade acima da estabelecida nas placas, deve ficar sempre na pista da direita e apenas utilizar a da esquerda quando for ultrapassar. As estradas são em perfeitas condições e vazias. Não há frentista no posto, mas é fácil abastecer. Para ter ideia de valor alugamos o carro por esse site que diz os melhores preços entre todas as locadoras, vale muito a pena: https://www.rentalcars.com Abs.,
  2. dia 1: (Auckland) Chegamos em Auckland e fomos para o centro. Lá pegamos um ferry para Rangitoto - ilha vulcânica. Lá fizemos uma trilha de 40 minutos ida e volta (18 dólares). Obs. Existem outras opções de ilhas, saindo do mesmo lugar, mas como estávamos cansados do voo so fizemos uma. Depois almoçamos na zona portuária. Fomos para o aibnb no fim do dia descansar. Os estacionamentos do centro são caríssimos. Estacionamos o carro na rua onde paga por máquinas na rua por hora. Nosso airbnb era bom, mas longe da cidade (18km) Dia 2: (Auckland - Whitianga) Acordamos cedo e fomos para Whitianga. Chegando lá fomos para Hahei beach + Catedral Cove (ambas ficam na região de Coromandel). A caminhada para Cathedral Cove é de 40 minutos. Paramos o carro na casa de um homem e pagamos 10 dólares, valeu super a pena porque era o mais próximo do início da trilha de Cathedral (lá não pode parar carro). Depois almoçamos no centrinho e partimos para Hot water beach. Nessa praia o melhor é ir no fim do dia e levar uma pá. As pessoas cavam buracos na areia, onde a água é MUITO quente (dai o nome da praia). A noite jantamos no restaurante (um dos únicos da cidadezinha). Nosso Airbnb era bom e muito barato. Obs. Poderíamos ter ido à praia New Chum (mais ao norte). Dia 3: (Whitianga - Rotorua) Acordamos cedo e fomos em direção a Hamilton. Fizemos uma parada de 40 minutos no Hamilton garden (cidade no meio do caminho) e vimos os jardins da cidade (de graça). Além disso, paramos no cafezinho que tem vista para o jardim e é uma delicia. Depois seguimos para Waitomo Caves (compramos os ingressos antes pelo próprio site). Em seguida fomos ao Hobbiton (cenário onde se passa os filmes Senhor dos Anéis e Hobitton), pagamos 40 dólares. Esses dois lugares são mais turísticos. Se tiver pouco tempo e não for fã dos filmes não recomendo ir. Por fim, passamos na Te Waihou - rio maravilhoso de algas verdes. O lugar é incrível, parece um quadro do Monet (de graça). Chegamos à noite no hostel YHA em Rotorua- bem localizado, mas o quarto tinha uma estrutura muito simples). Obs. Valeu a pena ficar em hostel, pois conseguimos vários descontos nos passeios. Dia 4: (Rotorua) Acordamos cedo e fomos para o Wai o Tapu Thermal (30 dólares). Chegamos assim que abriu o parque. O parque é grande e as lagoas mais coloridas ficam distribuídas pelo parque, é importante dar toda a volta. Cada lago é de um tom, encontramos um lago verde fosforescente, maravilhoso. Às 10:15 é o horário que o geyser explode (após indução humana). Para ver a explosão tem que ir para outra entrada do parque. Saindo do parque é legal entrar na saída a direita que leva ao mud pools (um geyser de lama, também de graça). 12:30 fomos ao rafting com a maior queda do mundo - 7 metros - (level 5, para não profissionais). Apesar de ser level 5, é possível para todas as idades! (Pagamos 75 dólares). Às 17:00 fomos ao Redwood tree walk (caminhada por meio de pontes suspensas que passam por cima das árvores). Não entramos/pagamos o passeio, apenas fizemos uma caminhada pela floresta que já vale super a pena! Às 19:00: Tamaki (passeio dos Maori). Os Maori são uma tribo local. No passeio eles contam um pouco da cultura, se apresentam por meio de dança e música, mostram como cozinham através de um forno que fica no chão (esquentam a comida através de pedras no chão). Por fim, tem um banquete com a comida local. Dia 5: (Rotorua - Wellington) Acordamos e fomos no parque de kuirau (kuirau park mud pools) a pé, que fica no centro da cidade de Rotorua. No parque tem duas piscinas de aguas termais que é possível colocar os pés. Pegamos a estrada até o Rainbow Mountain scenic reserve ate emerald lake. É um lago azul no meio da estrada maravilhoso. Caminhada de apenas 500m (de graça). Menos de 10 minutos após, na mesma estrada, fomos na Kerosene creek hot pools (cachoeira de água fervendo). A cachoeira é aberta, também no meio da estrada e de graça. Valeu muito a pena! Huka falls: rio de agua de cor esmeralda (também no meio da estrada e de graça). Há quem faça passeio de mountain bike beirando a cachoeira. Cidade de Taupo: paramos apenas para almoçar e ver o lago da cidade. Tem o Mac Donalds eleito como o mais legal do mundo (tem um avião no mc) Estrada para Wellington (4h). Dia 6: (Wellington) Fomos andando até o Cable Car (9 dólares). Lá de cima passeamos pelo botanic garden. Em seguida fomos de carro até o Te Papa Museum. O museu tem 90% das exposições de graça. O museu tem uma super estrutura, vale super a pena! Depois fomos à Cuba Street, que é uma rua cool (cheia de brechós, lojas, cafezinhos e restaurantes). Comemos em um restaurante de massa super gostoso e tomamos um sorvete melhor ainda em outro lugar. É um ótimo lugar para fazer refeições. No fim da tarde fomos à Oriental Bay (praia). Apesar de ser uma praia, pouquíssimas pessoas entram no mar. A maioria vai para passear, sentar, correr. Wellington é uma cidade que venta, por isso, apesar de estar sol sempre fica friozinho. Por fim, fomos de carro até o Mount Victoria para ver o por do sol. O lugar tem um mirante que da para ver a cidade inteira! Obs. Pegamos um flat super bem localizado e com preço bom. Chama-se Quest e fica na 35, Johnston Street. Dia 7 (Wellington - Queenstown) Acordamos cedo e pegamos um voo às 9:30 para Queenstown. Assim que chegamos em Queentown alugamos novamente um carro, apenas para o primeiro dia, para ficar mais livre e conhecer a cidade. Antes de tudo fomos ao hostel Yha para fechar todos os passeios e esportes radicais, valeu super a pena. Em seguida andamos pela rua principal onde almoçamos. Depois do almoço partimos para a trilha Queenstown Hill, onde é possível ver a cidade de cima! A paisagem é fantástica e a caminhada dura aproximadamente 2:00/2:30h. Seguimos até o jardim principal da cidade, um parque aberto (Queenstown’s Garden) onde se joga frisbee golf. Por fim, visitamos hayes lake e à cidadezinha de Arrowtown (praticamente um bairro com uma rua principal). Dia 8 Queenstown (Milford Sound) Fechamos com a empresa Gorange e super recomendamos. Eles fazem o translado ônibus + barco ou apenas o barco, caso a pessoa opte por ir de carro sozinha. A viagem dura 5h ida 4h volta. Isso porque, na ida a motorista/guia fez algumas paradas em lugares estratégicos e lindos. Essa é uma região que chove muito, por isso, é bom reservar com antecedência podendo adaptar o roteiro de acordo com o clima para um dia depois, se for o caso. Demos muita sorte porque nosso dia foi ensolarado. Mesmo ensolarado, venta muito no barco e é preciso levar um bom casaco. O barco oferece poucas opções de alimentação, se puder vale a pena levar um lanche e água. Nosso passeio durou de 9am às 21:00. O lugar é imperdível, não à toa é considerado a oitava maravilha do mundo. Dia 9 (Queenstown) Assim que acordamos íamos fazer o paraquedas, mas devido às condições climáticas tivemos que remarcar para o dia seguinte, em Wanaka. A empresa também deu a opção de mudar para mais tarde, ficou a critério de cada um. Com isso, aproveitamos para conhecer o centrinho e fazer outras atividades, tais como o jet boat no Waikatipo Lake, lago principal da cidade, que fica no centro. O jet boat é uma lancha absurdamente rápida e conhecemos a cidade de outro ângulo. É possível pata todas as idades. O principal Jet boat é o Shot over pelos Canyos (155 dólares), mas o valor é extremamente caro, razão pela qual escolhemos fazer no lago (30 dólares). Ambos são super recomendáveis! Em seguida, alugamos um caiaque e demos um passeio de 40 minutos pelo mesmo lago, beirando o Queenstown Garden. Almoçamos super bem em um restaurante chamado Flame que tem tudo mas, principalmente, carne. Depois do almoço partimos para os esportes radicais: o bungy junping e o swing!!! Fechamos com a empresa Aj hacket Nevis. Encontramos no lugar central e um ônibus nos levou até a ponte dos saltos! Em que pese as atividades serem caras, Queenstown é a capital mundial da andrenalina! (220 dólares swing, 275 bungy e 390 combo dos dois). Dicas de restaurantes: Ferge Burger (gigante) e a loja coockie time (sobremesa) Dia 10 (Queenstown - Wanaka - 1h de carro) Ao chegar em Wanaka fomos direto ao sky diving (que foi maravilhoso). Os valores em dólares são; 300 (9mil pés); 359 (12mil pés) e; 500 dólares (15 mil pés). As fotos não estão incluídas nesses valores. Passamosna Lavander Farm (5 dólares), mas não estava na melhor época. Fomos à Wanaka Tree (um dos principais pontos fotográficos da cidade) Almoçamos em um lugar legal na rua principal onde podia montar seu próprio prato (uma proteína + 3/4 acompanhamentos a escolha) Roys Peak: É a maior trilha da região, com 16km no total, demora em torno de 6h e tem vista panorâmica da região. Fizemos metade da trilha, o que já consideramos suficiente para ter maior noção de beleza. Para quem deseja fazer tudo recomendamos ir o mais cedo possível. A ida é muita subida e de mata aberta. Dia 11 (Wanaka - Tekapo) Partimos direto para Haas Blue Pools, que fica 1hora do centro de Wanaka. É um lago de água cristalina azul, porque derrete da agua do glaciar. Vale muito a pena! Algumas pessoas pulam da ponte ou entram na água, mas é muito gelada. Em seguida fomos para Lake Tekapo, o que leva em torno de 3h. No caminho paramos em no Lake Ruataniwha (absurdamente verde). Além disso fizemos uma parada para ver o Lake Pukaki, no ponto chamado Peters lookout. Na cidade é possível fazer o centrinho a pé e ainda conhecer a igreja Good Shepherd and the dog. Às 23:00 fomos no Tekapo Hot springs and geyser. É uma experiência incrível de observatório (45 minutos) + piscina aquecida a céu aberto para as estrelas (+ 45 minutos). O programa é super diferente e vale muito a pena!
×
×
  • Criar Novo...