Ir para conteúdo

berritorre

Membros
  • Total de itens

    0
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra
  1. Esteve em Dezembro e outra vez agora começo de maio. Eu não iria por cima, embora que esta segunda vez vi algumas pessoas passando por cima. Acho muito mais perigoso por cima. Se você cai, acaba no mesmo lugar que se você escorrega, so com o risco de antes bater a cabeça caindo os 5 metros da ponte. Indo por baixo é bem tranquilo. So tem que pisar firme e mudar o peso apenas quando você tem certeza que o pé está bem colocado. Melhor não ir quando tem muita chuva, porque o rio deve trazer mais água. As duas vezes que fui a travessa pelo rio estava bem tranquilo. Tem umas cordas ai, mas melhor não depender delas. Em realidade, foca no seus pês, é bem mais seguro que focar na corda. Caminhar nos trilhos é meio chato. Não é uma trilha bacana. Não permite andar em um ritmo legal. Mas se você só começa andar nos trilhos a partir da Estação Evangelista de Souza, são apenas 6km nos trilhos. Toma cuidado com os trens. Até agora tive sorte e nunca encontrei dois trens ao mesmo tempo. Isso provavelmente é a situação mais perigosa que você vai enfrentar, porque tem trechos onde não tem muito espaço aos lados. Eu recomendo não ir sozinho. La não tem sinal de celular e se acontece algo, você vai ficar la esperando ajuda, que pode demorar. Durante os fins de semana quase sempre tem alguém por ai, durante a semana imagino que você vai ficar sozinho mesmo. Recomendo também descer para a casa da turbina. É bem ingrime, mas se você sega a trilha para direita, você vai ver a cachoeira de frente (e se vai molhar porque a cachoeira solta uma chuvinha 24/7). Na primeira ida tínhamos começado 6-7km antes da Estação andando nos trilhos, que aumentou a quilometragem para uns 30km, então estávamos cansados. Esta vez começamos diretamente na estação e sobrou o folego de descer para a casa da turbina. O caminho e bem ingrime e não é para qualquer um, porque na descida precisa ser bem atento para não escorregar e a subida é bem cansativa, porque os "degraus" são bem altos. Vai devagar e com calma. Não é para iniciantes, especialmente considerando que ai você está longe de qualquer outro lugar e um resgate pode ser demorado (não tem sinal de celular) e custar caro (helicóptero). Então toma precaução, não exagera e não arrisca nada. Também toma muito cuidado nos trilhos. Falei com o pessoal do trem e me contaram que cada poucos meses eles colecionam pedaços humanos dos trilhos. Os trens não andam super rápido (20-40km/h), mas se você fica em local com pouco espaço e estão chegando dois ao mesmo tempo, pode ser perigoso. Sempre observa tanto a frente como atrais, porque você nunca sabe de onde e quando vem o próximo trem. Não coloca fone de ouvido de jeito nenhum. Você não vai escutar os trens se aproximando. E também não vai escutar o canto dos pássaros e da água. Idealmente vai com alguém que já conhece o local. Da para ir sem? Da, mas como o Carlos falou, vai aproveitar provavelmente bem menos. Infelizmente tem alguns que deixam muito lixo ai. Acho que eles estão acampando ai entre as casas e são preguiçoso demais para levar o lixo de volta. Então o lugar, que é lindo, fica com muito lixo. É triste ver isso. Se você precisa levar tanta merda para la, esteja preparado para levar de volta!
×
×
  • Criar Novo...