Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Daniela Alvarez

Membros
  • Total de itens

    22
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

10 Boa

1 Seguidor

Sobre Daniela Alvarez

  • Data de Nascimento 26-05-1974

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Brasil - Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo

    América do Sul - Argentina, Bolívia, Chile, Peru, Uruguai

    América do Norte - Canadá, Estados Unidos

    Europa - Alemanha, Áustria, Bélgica, Bósnia, Croácia, Escócia, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Hungria, Inglaterra, Itália, Liechtenstein, Mônaco, Portugal, República Tcheca, Suíça, Turquia, Vaticano
  • Próximo Destino
    Lençóis Maranhenses - junho/julho 2019
  • Ocupação
    Produtora musical
  • Meu Blog

Últimos Visitantes

103 visualizações
  1. @D FABIANO Algarve também tem praias lindas! Realmente, estrelas cadentes lembram total San Pedro, outro lugar que é pura magia. Quero voltar e ficar muito mais tempo por lá. Gosto de viagens longas, que permitam viver o lugar e não só passar por ele. Já estive 2 vezes em San Pedro, mas por 2 dias da primeira vez e 6 dias da segunda. Vi tanto e não vi nada, sabe? Falta tudo! Quero ir e ficar uns 20 dias ou 1 mês. Agora estou planejando outra trip de natureza esplendorosa. Em junho, atravesso os Lençóis Maranhenses. Não vejo a hora. Já foi?
  2. @D FABIANO O interior do Alentejo eu não conheço também, só o litoral mesmo: Porto Côvo e Sines. Vale a pena. Em Porto Côvo foi onde vi plânctons pela primeira vez e fiquei fascinada. Praias lindas e praticamente desertas, monte de estrelas cadentes rasgando o céu, uma beleza! A cidade é pequenina, todas as casinhas são pintadas de branco com detalhes em azul. Come-se muitíssimo bem e o sol se pondo no mar é de suspender a respiração por instantes.
  3. @D FABIANO Acredita que não conheço Évora? E realmente a região do Douro é uma maravilha. Para o Algarve, quero voltar pra conhecer melhor. Passei rapidamente. Fiquei mais tempo nas praias do Alentejo. Conhece Porto Côvo? Pa-ra-í-so!
  4. @Rafael Martins Gomes Portugal é um país lindíssimo e tem muita maravilha para descobrir. Lisboa é uma cidade deliciosa para se explorar a pé. É muito gostoso caminhar pela cidade e ir parando em seus mirantes para admirar o Tejo e as colinas com suas casas coloridas. O bairro mais antigo da capital é Alfama e você pode percorrer as vielas e escadaria vendo um pouco da vida dos moradores. É um passeio incrível. Você pode começar pelo Rossio e ir subindo para o Castelo de São Jorge (tem uma vista linda, assim como todos os mirantes de Lisboa, mas é caro e tem muita fila). Vale tomar uma ginjinha para provar o sabor desse licor tão tradicional. Você pode caminhar pela Baixa e descer a Rua Augusta até a Praça do Comércio. Não deixe de andar pelo Carmo e pelo Chiado e se quiser curtir a noite, tem agito no Bairro Alto e Príncipe Real. Na praça Luis de Camões você pode pegar o elétrico 28 (o simbólico bondinho amarelo) e circular pela cidade até Campo de Ourique, uma agradável bairro residencial, ou, na direção oposta, para passear pela Feira da Ladra, por exemplo. Lisboa também tem a parte moderna. De metrô você pode seguir até o Parque das Nações e lá andar pelo parque, conhecer o aquário da cidade ou andar de teleférico sobre o Tejo. Belém é parada obrigatória para quem visita Lisboa. Ali tem o Mosteiro dos Jerônimos, o monumento dos Descobrimentos, a Torre de Belém, o Centro Cultural de Belém (CCB) e os famosos pastéis de Belém. Dá pra fazer tudo a pé e para chegar a Belém é fácil. Pegue um comboio no Cais de Sodré rumo a Cascais e 3 estações depois, já está. Aliás, em frente ao Cais do Sodré, tem o Mercado da Ribeira, um mercado bonito e descolado, cheio de restaurantes e lojinhas de delícias. E ali perto, em Alcântara, fica a LX Factory, que vale a pena conhecer ou checar a programação cultural. Como disse, do Cais do Sodré sai o comboio para Cascais. Vale a pena passar um dia nessa cidade linda e até curtir uma praia, se gostar. Para quem é de jogatina, em Estoril (2 estações antes de Cascais) tem um cassino imenso. Também é imperdível um passeio em Sintra. E é fácil de chegar, sai de comboio da estação Rossio e meia hora depois já está caminhando pela bela cidadela. Lá vale a visita ao Palácio da Pena (lindo, lindo e lá do alto ainda tem uma vista maravilhosa), Castelo dos Mouros e Quinta da Regaleira. Se você for a Coimbra, visite a Universidade de Coimbra, a mais antiga de Portugal. Na Quinta das Lágrimas você pode descobrir tudo sobre a coroa portuguesa. Óbidos é uma belíssima cidade murada, cheia de história e charme. Vale muito a pena conhecê-la. Se tiver tempo, inclua Óbidos em seu roteiro. No norte, a principal cidade é Porto, cidade linda, à beira do rio Douro. De Lisboa ou Coimbra, é fácil vir de comboio (trem) e descer na estação São Bento, um prédio lindíssimo, cheio de azulejos. Em frente a estação tem a Rua das Flores, que você pode descer caminhando até a Ribeira, a beira do Douro, cheia de restaurantes turísticos. Porto é uma cidade cheia de ladeiras e andar por ela pode ser cansativo, mas vale a pena. Atravessar a pé a Ponte D. Luís VI até Vila Nova de Gaia para uma degustação de vinhos em uma das cavas (você pode descer da ponte pelo Teleférico para desfrutar da vista panorâmica do cartão postal da cidade), pegar um elétrico e circular pelo centro histórico, dar uma passada na Livraria Lello (antigamente eles tinham um café no piso superior que servia um bolo maravilhoso, parecia uma nuvem. No tempo em que visitar a livraria era livre e gratuito), visitar os parques da cidade, com suas lindas vistas do alto para o Douro. O coração do centro histórico da cidade, o Terreiro da Sé, tem uma vista perfeita para você se situar. Não deixe de entrar na Sé do Porto, Patrimônio Mundial e um dos mais antigos monumentos religiosos. Tem também a Torre dos Clérigos, a Casa da Música, o Jardim das Oliveiras e muito mais. Há muito o que se conhecer e se encantar em Portugal. Para o sul, praias paradisíacas no Alentejo e no Algarve. Para o Norte, preciosidades arquitetônicas como Guimarães. No meio, quintas, serras e vinícolas, com produções dos mais deliciosos queijos e vinhos. Pois.
  5. Nossa viagem começou no final de dezembro, para passar a virada do ano no Ceará, em Icaraí de Amontada, carinhosamente chamada de Icaraizinho, um pequeno vilarejo a 200km de Fortaleza, destino de muito amante do kitesurf, por seus ventos perfeitos pro esporte. A vila é tranquila, as ruas são de pedra, o que dá um charme a mais e a praia é extensa, de mar calmo e morno. O aeroporto mais próximo de Icaraí de Amontada é o de Fortaleza. De lá, é possível pegar um transfer (cerca de 2 horas e meia de viagem, em torno de 400 reais) ou um ônibus para Amontada (cerca de 4 horas de viagem, 25,45 reais com a empresa Fretcar). Optamos por seguir de ônibus. A viagem foi super tranquila e passamos por paisagens lindas, principalmente na região de Tururu. Chegando em Amontada, fomos de carona para Icaraizinho (cerca de 50 minutos). Alugamos uma casa por 5 dias, o que foi uma excelente escolha. A localização era ótima, a 100m da praia, com uma área verde cheia de árvores frutíferas e palmeiras que bailavam no vento. Uma delícia total. Ainda fizemos uma fogueira, que rendeu muitos churrascos de frutos do mar. Às noites, o céu estrelado e o silêncio davam uma sensação de calmaria. Icaraizinho é um desses lugares que te permite se perder no tempo. Tudo é tão tranquilo que a impressão que temos é de que o tempo passa diferente e isso é uma maravilha para quem gosta de viagens para se desligar um pouco de tudo. Além de curtir a praia e principalmente o mar-piscina, há uma série de passeios lindíssimos para descobrir por lá. Próximo a Icaraizinho, tem a Lagoa das Flexeiras, ou Lagoinha, um paraíso de água doce cercado de muito verde. Há alguns barzinhos simples e rústicos que servem cerveja, peixe frito, batata e outros petiscos. Maravilhoso passar a tarde nesse lugar. Eles colocam redes na lagoa para quem gosta de relaxar na água. Um dos passeios mais famosos da região é assistir ao pôr do sol nas dunas do chamado Lençóis Cearenses. O lugar é realmente mágico. Uma paisagem belíssima e um pôr do sol inesquecível. Alguns guias oferecem esse passeio por cerca de 350 reais. O passeio leva o dia todo e deve ser feito num 4X4. Começa pela praia, passa pelas antenas aeólicas nas dunas de Moitas, pega uma estrada coroada de lindos coqueiros e faz uma primeira parada à beira rio para fotos e para ver os barcos de ostras que atracam por ali. Apesar da vista linda pro rio, essa parada não tem nada demais, assim como a segunda parada, num restaurante super cheio, feito para receber grupos turísticos, caro e com um serviço péssimo. Resolvemos pedir só uma água de côco, que para piorar, estava quente. A terceira parada é no alto da duna, com vista e mergulho no rio. Ali você se vê diante da imensidão e da soberania da natureza. A última parada é também no alto de outra duna, com vista para a ferradura do rio, bem onde o sol se põe. É por ali, a creca de 30 minutos de carro, o cemitério mais lindo que já vimos na vida. As lápides ficam na areia, de frente pro mar, lugar perfeito para o “descanso eterno”. 5 dias foi tempo suficiente para curtir esse paraíso cearense. Para sair de Icaraizinho, pegamos um transfer até Amontada (150 reais o carro) e de lá o ônibus da Fretcar na linha Amontada-Fortaleza, por R$22,40, de onde seguimos para Pernambuco, rumo às ladeiras de Olinda. Do que não gostamos: Um transporte comum em Icaraizinho são as carroças de boi. Sabemos que faz parte da cultura e do meio de sobrevivência e trabalho local, mas dá dó ver os bichos magros, com sede, se arrastando pelas ruas de pedra. Muitos são mal tratados, o que é de cortar o coração. Muita gente anda de carro e moto na areia da praia. Um hábito terrível que provoca danos à natureza e perigo a todos que estão curtindo a praia. Para comer: Vila Icaraí - é uma pousada super aconchegante e charmosa. O bar da pousada é aberto também para quem não está hospedado lá e oferece opções deliciosas de sanduíches, que você come à beira da piscina. O preço é muito bom, o atendimento excelente e os drinks são ótimos. Restaurante Hibisco - é o restaurante que muita gente indica. Fomos 2 vezes. Na primeira comemos um camarão com leite de côco gostoso e bem servido. Da segunda vez optamos pelo PF e não foi uma boa escolha. A comida chegou fria e sem nenhum tempero. É caro para o que serve. Papaya Beach - de frente pro mar, o bar é um grande lounge. Cervejas, drinks e petiscos. Música alta, mas uma opção para quem está na praia e quer tomar um goró e curtir o pôr do sol atrás das aeólicas. Posto 1 - mais um barzinho em frente ao mar. Tem cerveja, caipirinhas e um bolinho de arroz com calabresa muito gostoso. O preço é bem bom. Horários dos Ônibus: Fortaleza-Amontada Amontada-Fortaleza
  6. Sim, ainda vai para o presidente sancionar. Ele tem 15 dias úteis para isso. Se ele confirmar a aprovação, ela passa a valer imediatamente após a publicação no Diário Oficial. Caso o presidente vete a mudança, o tema volta para o Congresso. Nesse caso, deputados e senadores têm 30 dias para derrubar ou confirmar o veto.
  7. @Inez Caires Para brasileiros com visto americano válido ou visto canadense emitido nos últimos dez anos: Desde maio de 2017, brasileiros com visto de turismo válido para os Estados Unidos ou que tenham tido o visto canadense emitido nos últimos dez anos não precisam mais solicitar visto para visitar o Canadá. Isso acontece desde que cheguem ao país por via aérea e por curtos períodos para fins de turismo, negócios, intercâmbio de até seis meses ou trânsito por aeroporto canadense. Quem se encaixa neste caso deve apenas solicitar a Autorização Eletrônica de Viagem (eTA) pela internet. O processo é rápido e custa 7 dólares canadenses, sendo a autorização válida por cinco anos ou até que o passaporte expire. É possível solicitar a eTA pelo site do governo canadense. O viajante precisa ter em mãos o passaporte, um cartão de crédito ou débito e um endereço de e-mail. Para brasileiros sem visto americano válido ou visto canadense emitido nos últimos dez anos: O visto para quem vai apenas visitar o Canadá é chamado de visto de residência temporária. O processo pode ser realizado online ou em papel. Veja abaixo o passo a passo para requerer 1- Acesse o site do Governo do Canadá (o site só possui duas opções de idioma: inglês ou francês) 2- Crie uma conta no site para realizar o processo. 3- Preencha todos os formulários segundo as instruções indicadas (será necessário uma câmera ou scanner para digitalizar os documentos e fotografias que serão requeridos). Os documentos necessários são: Formulários preenchidos Cópia do passaporte (folha de identificação) 2 fotografias 3×4 cm Prova de que tem condições financeiras de se manter durante a estadia no Canadá (podem ser os extratos bancários dos últimos meses, holerites, etc) Cópia da Certidão de Casamento (se aplicável) Apresentar o motivo da viagem (ex: “quero visitar uma cidade específica”, ou “tenho determinado roteiro”) Caso resida em outro país que não o Brasil, é preciso apresentar cópia do documento de residência neste local 4- Pague a taxa (o valor atualmente é de 200 dólares canadenses) e submeta a aplicação. BIOMETRIA Os brasileiros precisarão fazer a coleta de dados biométricos para tirar um visto de turismo, estudo ou trabalho. Todos os solicitantes com idade entre 14 e 79 anos devem fornecer as informações biométricas. Quem já possui o visto válido não precisa se preocupar: esta medida só vale para novos pedidos e renovações. No Brasil, a biometria será feita através dos Centros de Solicitação de Vistos (cVAC). Os cVACs aptos a realizar o procedimento são: SÃO PAULO Rua Butantã, 434, 5º andar salas 52,53 e 54 – Edifício Itamaraju Pinheiros – São Paulo – SP CEP 05424-000 RIO DE JANEIRO Avenida Rio Branco, 156 salas 2119 e 2120 Centro – Rio de Janeiro – RJ Brazil CEP: 20040-901 BRASÍLIA SIG, Quadra 04, Lotes 75/175, Bloco A, Sala 116a Brasília – DF, CEP 70297-400 RECIFE Rua Padre Carapuceiro, 968, salas 1201 e 1202 Boa Viagem – Recife – PE CEP 51020-280 PORTO ALEGRE Rua Dom Pedro II, 367, 3º andar, conjunto 301 São João – Porto Alegre – RS CEP 90550-142 O pagamento da taxa da biometria deve ser feito no momento em que você aplica para o seu processo de visto, de forma online ou via postal. Caso a aplicação seja para um visto de estudo, turismo ou trabalho o aplicante que submeteu os documentos online e fez o pagamento corretamente, receberá uma carta dentro de sua conta no site do IRCC, em até 24 horas após a aplicação. Este documento confirma que é necessário fazer o cadastramento biométrico e também diz onde o candidato deve ir para a coleta de dados, dentro de um prazo determinado. Já para quem enviou os papéis pelo correio, o pedido para os dados pode chegar em semanas. É importante ressaltar que o pagamento da taxa, o recolhimento dos dados e a submissão correta dos documentos não são garantias de que o visto será aprovado. O oficial de imigração avalia toda a situação e documentos do candidato, sendo a biometria um fator obrigatório para a entrada no país. O cVAC exige que a carta enviada pela imigração canadense solicitando a biometria esteja com o requisitante no dia da visita para coletar as informações. O valor para a taxa da identificação biométrica será de CAD$ 85 dólares canadenses para uma pessoa e CAD$ 170 para famílias ou processos com dois ou mais aplicantes. As informações biométricas de cada candidato valem por 10 anos.
  8. Hoje o Senado vota. Se passar, acaba a cobrança de bagagem como tem funcionado ultimamente e volta a ser permitido que se despache uma bagagem de 23kg sem taxa extra.
  9. @mcmforest Olá, essa viagem de ônibus dura cerca de 6 horas. Os horários há 2 anos atrás eram esses da tabela abaixo. Dessas todas, a Juarez é a mais recomendada e também a mais confortável. A Narvez é a única que tem saída também pela manhã, o que é bom para ir vendo a paisagem. Pela Trufi (van para 6 passageiros), a viagem leva em torno de 4 horas e meia.
  10. Também recomendo a Feirinha da Plaza Serrano (ou Feirinha da Rua Honduras/Plaza Cortázar), que acontece aos sábados ali em Palermo. Tem muita coisa bacana, lojinhas ao redor e uma ótima oferta de bares e restaurantes gostosos. Se você gosta de arte, uma excelente pedida é o MALBA, Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires. Para comer, não deixe de provar as carnes argentinas. Ojo de bife, bife de chorizo, bife de lomo... Tudo uma delícia! As empanadas argentinas também são muito gostosas, acompanhadas de uma Patagônia gelada, hummm, dá até água na boca. Se estiver disposto a gastar um pouquinho mais, um restaurante imperdível é o Osaka, melhor japonês que já comi na vida. Cozinha autoral, fusion de japonês com peruano. Excelente atendimento também. Fica na Soler 5608, também em Palermo. 😉
  11. @Claudiafs Em Santiago estive 2 vezes, mas em nenhuma delas eu comprei passeios. Tudo que fiz foi por conta própria, independente de agência. Porque gosto da liberdade de gerenciar meu tempo em cada lugar. Mas há sim várias agências que oferecem passeios, tanto bate e volta quanto passeios de 1 ou 2 dias. Até as agências daquele ônibus vermelhinho de city view tem passeios diversos, mas acho muito caro. Uma visita que acho imperdível é a Valparaíso. Seria bacana você dormir por lá, para curtir o astral e a beleza da cidade. E é super fácil chegar até lá. Você pode ir de ônibus saindo do Terminal Alameda que também é estação de metrô. Uma das empresas que faz esse trajeto é a Turbus, que tem vários horários todos os dias. A viagem é tranquila, mais ou menos 1:40, e a passagem custa em torno de 3000 pesos, uns 17 reais. Falo um pouquinho de Valparaíso nesse post: https://www.mochileiros.com/topic/85297-valparaíso/ De Santiago, aqui: E de San Pedro do Atacama (requer tempo para ser vivido plenamente!): Talvez possa te ajudar em alguma coisa. 😉
  12. @Claudiafs Oi Claudia, tudo bem? Para que cidades você vai? Se for a Valparaíso, indico o hostel Casa Plan. Quartos incríveis e excelente localização. Em Santiago, tem o Santiago Village Hostel. Tem um excelente quarto privativo e também ótima localização. Em San Pedro do Atacama, indico o Ckoi Atacama Lodge, que tem um bom custo benefício, principalmente numa cidade cara como San Pedro. O Ckoi é confortável, bem localizado e todo mundo é super simpático lá. 😉
  13. Pessoal, alguém tem indicação de guia que faz a travessia a pé nos Lençóis Maranhenses? Muito obrigada.
  14. Oi Luanna, posta fotos da mochila, pra facilitar a venda. 😉
  15. @D FABIANO Quero muito! Dessa vez, como meu foco era o deserto do Atacama, fiquei pouquíssimo em Santiago. Mas certamente voltarei. Amei o Chile!
×
×
  • Criar Novo...