Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

G Rossini

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Boa noite a todos. Farei uma viagem para Portugal mês que vem e estou com uma dúvida muito grande sobre como devo proceder ao passar pela imigração. Eu sei que a imigração em Portugal costuma ser tranquila e é só estar preparado, e eu realmente estou, mas desde que planejei essa viagem no começo do ano os meus planos mudaram e agora não sei o que devo dizer se o oficial resolver fazer mais perguntas que o de costume. De inicio era pra ser uma viagem de mais ou menos 20 dias por Portugal e Espanha, peguei uma promoção de aéreo com ida e volta Guarulhos - Lisboa e passei a planejar, ia encontrar um amigo que mora em Lisboa e de lá iria pra Espanha, comprei passagem para Madrid, depois ir pra Barcelona onde comprei uma passagem pra Maiorca e parei aí pra deixar o roteiro aberto. A ideia era pegar um ferry de volta pra Espanha continental e ir viajando pela costa até Faro para ir à Lisboa e voltar pro Brasil. Questão que nesse meio tempo várias coisas mudaram. Primeiro o meu amigo que estava em Lisboa terá que retornar ao Brasil, até aí beleza, não ligaria de viajar sozinho, porém apareceu uma oportunidade de ir morar um tempo na Holanda com uma amiga, ela trabalha com marketing digital e está legalizada lá, como eu sou da área (web-designer) ela disse que eu poderia ficar por lá morando com ela e fazendo freelas, com chances de abrir portas no futuro. Não decidi 100% ainda mas confesso que estou muito inclinado a ir. Ficaria os 90 dias e faria uma viagem pra fora da Schengen pra renovar o visto. Agora quanto a imigração. O certo é nunca mentir, mas nesse caso não sei o que fazer. Eu ainda pretendo fazer o roteiro inicial da viagem até Maiorca, tenho as passagens e reservas, inclusive para os 3 dias que estarei em Lisboa, mas daí pra frente não tenho mais nada, minha volta seria por Lisboa mas não tenho como comprovar que vou voltar de Maiorca pra lá, a não ser que dissesse que estou deixando o roteiro em aberto. Outra opção seria uma carta convite, minha amiga da Holanda não pode disponibilizar por não ser cidadã, mas meu amigo tem parentes portugueses, com quem ele mora lá, e disse que eles poderiam fazer a carta pra mim. A questão é que seria de faixada, porque eu não vou ficar com eles de fato, aí não sei se seria legal também até porque estou indo sozinho, um homem de 25 anos e com a clara intenção de mochilar. O que acham que eu deveria fazer nesse caso, ao chegar na imigração e ser questionado do meus planos de viagem: 1. Dizer que irei viajar à Espanha, até Maiorca e depois deixei em aberto, mostrando os documentos que comprovem isso (reservas, passagens). 2. Fazer uso da carta convite e dizer que vou viajar por Portugal (aí não teria nada pra comprovar a não ser a grana) 3. Contar a verdade e dizer que irei pra Holanda, perdendo a passagem de volta e de lá eu sairei da Schengen. Essa opção é a que eu tenho mais medo, mas que no fim das contas é a verdade.
×
×
  • Criar Novo...