Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

michele.caetano

Membros
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

4 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Paris Dia 2 Pra quem for ficar em apartamento ou que não tenha café-da-manhã a dica é comprar croissant e baguete fresquinhos em uma Boulangerie (padaria). Nós comprávamos todos os dias em uma que ficava bem na esquina da rua do nosso ap (2 croissants e 1 baguete = €3,20) Como o tempo não estava muito legal e tinha previsão de chuva pela manhã, aproveitamos pra ir ao Museu do Louvre. Reserve pelo menos um turno de 4h do dia pra visitá-lo. É importante também já dar uma pesquisada antes pra definir o que é prioridade na sua visita e otimizar seu tempo lá porque pra ver tudo é preciso mais de um dia! Vale a pena também pegar um audioguia pra entender melhor as obras. Entrada Louvre: €17 p/ pessoa; Audioguia: €5 Museu do Louvre Gastamos mais tempo do que imaginávamos no Louvre e quando saímos já eram quase 15h. Nos deparamos com um pequeno problema: boa parte dos restaurantes fecham nesse horário e retornam umas 2-3h depois. O jeito foi fazer um lanche pelo caminho. Tivemos mais 2 tentativas frustradas em seguida (rs): fomos ao Pantheon, mas já estava fechado (encerra 45min antes do horário de fechamento, que varia de acordo com a estação) e depois fomos ao Jardim de Luxemburgo e adivinhem?! Também estava fechado! Ocasionalmente neste dia, pois ainda estávamos dentro do horário de funcionamento. Pelo menos nesse meio tempo paramos pra comer um sorvete bem gostoso na Amorino =P Sorveteria Amorino De lá fomos tentar ver de perto a Catedral Notre Dame. Infelizmente ela pegou fogo 1 semana antes da nossa viagem=( Eu já tinha ido anos atrás, mas meu marido não teve a mesma sorte. A área estava cercada e só dava pra vê-la de longe. Tomara que consigam restaurá-la e que seja breve. Era um ponto alto da cidade, sem dúvida! T Jantar: The Brooklyn Pizzeria no bairro Marais. Não foi a melhor pizza da viagem (falo mais quando chegar em Nápolis, rs), mas a pizza de marguerita estava uma delícia! O ambiente é legal e o lugar é disputado numa sexta à noite. Pegamos uma fila de uns 30min. Achei o preço salgadinho, mas como estávamos com frio e fome, naquele momento não estávamos com muito critério: €50 - 2 pizzas, vinho e sobremesa. Dia 3 Começamos o dia com uma pequena ostentação: tomar café-da-manhã no Cafe des 2 Moulins, aquele do filme Amelie Poulin. Como foi um dos presentes de casamento que ganhamos resolvemos ir lá apesar do preço salgado. Pedimos um café-da-manhã pra dois e mais 2 croissants (essa parte foi olho grande!). Saiu tudo por €28, mas ao menos foi bem servido. Partimos pro Jardin des Tuileries aproveitando que a chuva estava prometida pra um pouco mais tarde. Fica em frente ao museu do Louvre e a entrada é livre. É um lugar bem gostoso pra relaxar ou fazer um piquenique num dia de calor e sol, o que não foi o nosso caso! Estava bastante frio e a chuva já anunciava sua chegada. Seguimos pro Museu D'orsay e ainda na fila a chuva já começou a cair e o frio a apertar. Umas 3h foram suficientes pra visitação. O prédio é lindo, uma antiga estação de trem, e o museu tem um belo acervo de pinturas impressionistas e pós-impressionistas. Tem dois relógios enormes e lindos. Um deles fica restrito aos clientes do café e o outro é livre. Aproveitamos pra fazer uma pausa pra uma torta em um café/restaurante que tem por lá. Entrada Museu D'orsay: €14 Audioguia: €5 Café: €10,70 Almoço: Bistrot Victoires - fica perto do museu do Louvre e tem um bom preço. Aconchegante, bom atendimento e ótima comida. Pedimos 2 pratos principais (steak tartare), vinho da casa e um combo de mini sobremesas francesas (uma delícia) - €39,70. Queria voltar lá pra provar o pato e o profiteroles que também estavam bem avaliados nos comentários que li. Nossa próxima parada foi o Pantheon. Dessa vez chegamos a tempo! O grande barato desse lugar é o Pêndulo de Focault, que demonstra a rotação da terra dentro do seu próprio eixo. O mais intrigante foi terem colocado uma experiência científica dentro de um templo religioso, em pleno século XIX! Entrada: €9 p/ pessoa. Voltando à Montmartre comemos um crepe de rua maravilho de banana c/ nutella (€4,50). Um dos melhores que comemos, sem dúvida! É tipo um quiosque que fica em frente a estação Abbesses. Fizemos umas comprinhas de souveniers ali em Montmartre que é mais barato e subimos novamente pra Sacre Coeur pra vê-la à noite. Vale a pena! É bem lindo e o clima lá em cima ao anoitecer é bem gostoso. Várias pessoas sentadas na escadaria bebendo sua garrafa de vinho com algum músico de rua tocando ao fundo. Pena que estávamos desprevenidos! Resolvemos então sentar num bar pra beber uma cerveja e escolhemos um que o happy hour ainda estava rolando (beber cerveja em Paris é muito caro!). No happy hour pagamos €5 em um pint (500mL).
  2. Utilizo há anos esse site para pesquisar roteiros, dicas, custos e, finalmente, venho aqui dar minha contribuição. Trata-se de um relato de uma viagem de um jovem casal apaixonado em lua de mel, que teve de enfrentar uma cotação de R$ 4,50 a R$ 5,00. Que fase! Com muito planejamento e foco conseguimos fazer uma bela viagem de 23 dias na primavera européia. Roteiro: Paris - 5 dias (26/04 - 01/05) Praga - 3 dias (01 - 04/05) Viena - 2 dias (04 - 06/05) Budapeste - 3 dias (06 - 09/05) Nápoles - 1 dia (09 - 10/05) Sorrento - 2 dias (10 - 12/05) Ilha de Capri - 1 dia (12 - 13/05) Maiori - 1 dia (13 - 14/05) Roma - 5 dias (14 - 19/05) Primeira dica: Sempre que pensar no número de dias que quer ficar num lugar acrescente mais 1, porque o dia que você chega e sai da cidade fica bastante comprometido com os deslocamentos. E às vezes algum imprevisto também pode "atrasar" seu roteiro, como um dia inteiro de chuva no dia que tinha planejado várias coisas ao ar livre. Nesse roteiro recomendaria acrescentar pelo menos mais 1 dia em Paris, Praga e Budapeste. E mais 1 em Capri se você estiver com dinheiro sobrando ou pegar um câmbio melhor, rs. Segunda dica: A primavera européia nada tem a ver com a nossa! Pegamos bastante frio, especialmente em Paris e no Leste Europeu. Importante colocar na mala uma blusa e calça térmicas e um casaco mais quentinho. Nesse lugares eu saía normalmente com uma camisa de manga curta, blusa térmica (manga comprida), uma blusa mais grossa de manga comprida, casaco e cachecol. Ah, e calça térmica por baixo da calça jeans. Paris Hospedagem: Ficamos num apartamento ótimo em Montmartre pelo Airbnb, bem equipado, com uma vista incrível da Torre Eiffel e metrô em frente (estação Pigalle). Apesar de ouvir muita gente dizer que este é um bairro mais perigoso em Paris, tenho que discordar. Havia bastante movimento nessa rua até tarde, bem iluminado, farto comércio e restaurantes na região. Adorei! Valor da diária c/ taxas: € 114 (casal). Link: https://www.airbnb.com.br/rooms/882192?guests=1&adults=1&sl_alternate_dates_exclusion=true&source_impression_id=p3_1559085549_zGi%2BIA2ncnTDvdEE&check_in=&check_out=&children=0&infants=0 Saindo do aeroporto Charles de Gaulle: pegamos um trem (€ 10,30 p/ pessoa) até a estação Gare du Nord e de lá pegamos o metrô até a estação Pigalle. Transporte: Compramos o combo de 10 tickets de metrô por R$ 14,90. Vale a pena porque paga mais barato no valor unitário da passagem. No total compramos 30 tickets para os 5 dias. Gastos casal - 5 dias: Alimentação: €425 - €85/dia (contando mercado, restaurante, lanches...) Atrações turísticas: €233 - €47/dia Transporte: €147 - €30/dia Paris é uma cidade bem cara. A gente comia no máximo 1 vez por dia em restaurante, almoço ou janta, e ainda assim gastamos bastante com alimentação. Pra economizar, vale a pena ir ao mercado caso tenha cozinha no seu ap. Queijos e vinhos são uma boa pedida. Compramos um ótimo vinho por menos de €5! Dia 1 Chegamos antes do horário de check-in. Então, deixamos as malas no apartamento e fomos explorar as principais atrações do bairro: Muro Je t'aime, Sacré-Coeur e Place du Tertre Muro J t'aime Sacre Croeur Vista da Sacre Croeur Almoço: Na verdade foi um lanche. Comemos baguetes num quiosque que tinha no caminho pra Sacre Croeur: 2 baguetes e 1 coca - €12,30 Seguimos para o Trocadero pra aproveitar que o dia ainda estava claro e bonito e ver a torre mais de pertinho. Lá comemos nosso primeiro crepe de rua parisiense (eu amo!) - €3,50 cada. Depois de curtirmos um pouco caminhamos beirando o rio Sena e fomos até a Champs-Élysées e o Arco do Triunfo. Depois dessa bela caminhada voltamos pro ap pra tomar um belo banho e sairmos para o nosso primeiro jantar romântico da viagem. Tracadero Trocadero Champs-Élysées Arco do Triunfo Jantar: Restaurante Bouillon pigalle - foi um achado porque jantar em Paris sem gastar uma fortuna é uma missão difícil e o restaurante ficava praticamente do lado do nosso apartamento. 2 entradas, 2 pratos principais, 1 sobremesa, e uma jarra de vinho da casa saíram por 50 euros, incluindo uma pequena gorjeta. E não é um menu não, vc escolhe seus pratos individualmente. Foi um ótimo custo-benefício! Recomendo a sopa de cebola de entrada e o profiterole de sobremesa. Os pratos principais estavam bons, mas nada que chamasse a atenção. Os parisienses também curtem o local, então é bom chegar cedo porque já começa a ter fila antes das 20h e eles não fazem reserva. E pra finalizar uma foto da sacada do nosso apartamento com uma bela vista da Torre Eiffel. Era incrível acordar e dormir com essa vista!
×
×
  • Criar Novo...