Ir para conteúdo

Guilherme Cavalcanti

Membros
  • Total de itens

    166
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Guilherme Cavalcanti postou

  1. Leo, Posso fazer essa escala: Americanas > Deuter > Doite > Outside e Makalu > Curtlo > Trilhas e Rumos? Se estiver certa essa escala, qual seria, grosso modo, as notas que na escala de 1-10 que você daria a cada conjunto? (ex: Americanas = 10, Deuter = 8, Doite = 7, .....blá blá blá). Além disso, Leo, como eu faço para saber se uma mochila é ou não boa? Quais são os elementos que constituem uma boa mochila? Quais são os materiais, tipo de costura, etc. abração véio Guilherme
  2. Grande Leo! Obrigado pela resposta. Na Argentina eu andei vendo as marcas Doite (que é chilena), Huemul, Makalu e Montagne (que não anda bem falada no autostop). Também ouvi falar bem da Outside e alguma coisa marginal sobre a Waterdog. Mas sabe como é, né? Não dá pra saber se quem tá defendendo certa mochila, defende porque gosta dela em comparação às demais ou está defendendo porque é a única que tem e que conhece. Dessas marcas argentinas (e Doite), qual se compararia a uma Curtlo (meu padrão arbitrário de referência...rs)? Outra coisa Leo, onde em São Paulo eu posso testar as Arc'teryx
  3. Galera, saudações mochileiras! Gostaria de comprar uma mochila para fazer dois mochillões com minha esposa. O primeiro será no meio do ano que vem e será para a América do Sul, o circuito clássico: Uyuni, Atacama, Arequipa, Cusco, MP, Titicaca e La Paz. O segundo será no meio do ano seguinte e será para a Europa. Em ambos ficaremos 30 dias, mas talvez reduziremos o primeiro para 20 dias e tentaremos encaixar um 3º mochilão entre os dois, destino Patagônia. Bem, as primeiras dúvidas são sempre sobre equipamento e roteiro e juro que me esforcei ao máximo para entender antes de perguntar
  4. E ai galera, fmz? Então...vou mochilar em julho de 2011 e, apesar de ter lido tudo que é guia (inclusive o extraordinário Guia Criativo para o Viajante Independente na Am. do Sul), não conseguir entender plenamente a questão dos SOBREVOOS PELAS LINHAS DE NAZCA. Para quem já foi: 1) quanto custa o sobrevoo? 2) É possível ir de Cusco à Nazca e já fazer o sobrevoo? Grande abraço Guilherme
  5. Valeu Leo.... Tá ajudando a definição do meu roteiro. Finalmente chegou o meu guia criativo para o viajante independente na Am. do Sul. Muito interessante mesmo. Talvez eu mude algumas coisas no meu roteiro, como a retirada do Chile. abs Guilherme
  6. Galera, quebrem meu galho....É a realização de um velho sonho. Reformulei meu percurso, opinem, por favor: De São Paulo a Santa Cruz - dia 07 de julho, vôo da Gol. Chego lá à 1 h da manha da sexta-feira (durmo no aeroporto?). Dia 8 de julho, 7h da manhã: avião (Aerosur) até La Paz. Conheço bem suavemente a cidade. É um dia mais para descanso e aclimatização. Dia 9 de julho: também um dia tranqüilo. Queria conhecer coisas mais culturais da cidade (me informarei melhor) e Tiwanaku. Dia 10 de julho: Chacaltaya e começo a partir rumo à Cusco. Quero fazer conhecer legal os lugares até Cus
  7. ok Fabricio, vou direto para Agua Callientes....como eu consigo obter estas informações todas? (Eu comprei o "Guia Criativo para o Viajante Independente na América do Sul", mas ainda não veio). abs e obrigado pelas ajudas.... alias, antes q eu esqueça, qual eh uma cia. aérea que tem bons preços na Bolivia? (bons preços pra gente, tá? rsss). Guilherme
  8. Vamos lá Fabrício, te respondendo: "SP x LIma ou Cuzco (1dia se for cuzco)" RESPOSTA: Vou de Gol até Sta. Cruz e de lá pego um avião da Aerosur (é a mais barata?) até Cuzco ou La Paz (eles não fazem Lima, pelo que entendi), o que for mais barato. "Cuzo x MP x Cuzco( vai fazer a trilha inca ou vai direto para aguas callientes ?)" RESPOSTA: Ainda não me informei direito sobre a trilha inca...vou precisar pesquisar. O que vc me diz? "Cuzco x PUno (se no final ver q sobrar um tempo, vale a pena ir a Arequipa q é meio caminho andado e tem rafting, vulcao EL mist, cannion del colca, etc)" R
  9. Na Bolivia: Uyuni La Paz e arredores Titicaca No Peru: Cuzco Colca No Chile: San Pedro de Atacama OBS: na minha primeira mensagem, escrevi errado Torres del Paine, ao invés de SPAtacama (isso sim seria impossível).
  10. Fabricio, Dinheiro não é problema, mas sim solução. O problema é não tê-lo, como no caso. Então: Bolívia eu faço mega questão de conhecer. Imagina: eu escrevi uma tese sobre o país e não conheço! Isso é o cúmulo do absurdo! Pelo que eu ando lendo e pesquisando, Uyuni é perto de Atacama (com moderações, lógico), mas daí desvia muito da rota de volta para Sta. Cruz, é isso? abs Guilherme
  11. tá, ok, Leo....mas e essa minha ideia de ir de aviao até Sta. Cruz e de lah pegar um voo pra Cusco, melhoram as coisas? O que eu tenho mais dificuldade para eleborar o roteiro é saber quantos dias passa-se em cada lugar. Justamente por isso, Leo: eu não quero sair "correndo", quero curtir legal. abs Guilherme
  12. Obrigado pela resposta. Sei que fiz uma pergunta meio crua, daí o desinteresse geral para responder. Bem, eu maturei um pouco mais a ideia e pensei fazer o seguinte: São Paulo-Sta. Cruz (Avião Gol). Sta Cruz-Cusco (Avião Aerosur). Daí eu conheço MP e vou “descendo” até La Paz (faço o caminho inverso das mochiladas tradicionais).... Daí eu continuo “descendo” até SPAtacama e Uyuni... De lá eu parto pra Sta. Cruz e volto pra SP. Com essas mudanças, eu pergunto: 1) Mesmo assim vc acha impossível? 2) Como é o caminho de SPAtacama até Uyuni? E de Uyuni até Sta. Cruz? Grande abraço Gu
  13. Galera, Faz tempo que eu estou planejando um mochilão e decidi fazê-lo com minha esposa em julho de 2011. Queria fazer Bolivia (Uyuni, La Paz e arredores, Titicaca), Peru (Cuzco, Colca) e Chile (Torres del Paine). A ideia é ir de avião até Sta. Cruz e de lá transporte terrestre; talvez algum voo até o Chile. Pergunto ao pessoal mais experiente: é possível fazer tudo isso em 15 dias? abração galera Guilherme
×
×
  • Criar Novo...