Ir para conteúdo

NatK

Membros
  • Total de itens

    23
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

9 Neutra

Últimos Visitantes

79 visualizações
  1. Céu cinza, chuva e vento podem ocorrer em todos os meses.. alguns têm maior ou menor probabilidade.. mas a verdade mesmo é que é loteria! Em todas as minhas viagens faço planos B com opções de roteiros em dias de chuva/vento/muito frio. E é por isso também que dificilmente compro ingressos com muita antecedência. Deixo museus e atividades internas para dias ruins e passeios ao ar livre em dias bons. Mas só da pra saber uns poucos dias antes. Tem uns sites que mostram a média histórica de chuva e temperatura nas cidades.. mas não tem como prever!
  2. Considerando todo o processo de desembarque + transporte do aeroporto (que fica próximo mas em outra cidade) + achar seu hotel nas ruelas de Veneza + check in, talvez comece seu dia mais de tardezinha. E janeiro escurece mais cedo. Então eu consideraria sair de Veneza para Florença um pouco mais tarde - tipo umas 17h - 18h para aproveitar Veneza um pouco mais. Você vai chegar de noite em Florença de qualquer forma. Eu fiz isso, peguei um trem de 20h mais ou menos e deixei as malas no hotel para aproveitar o dia.
  3. Eu fiquei 1 tarde (a partir do meio dia) + 2 dias inteiros + meio dia (até umas 14h). Como eu amei Londres, achei pouco tempo, mas deu pra aproveitar bastante! Valeu super a pena e não me arrependo, foi o que deu pra fazer. No último dia (de manhã) peguei bastante chuva e um pouco de frio (uns 7 graus)!! Mas era o último dia de toda a viagem e não queria desperdiçar, fui turistar de guarda-chuva mesmo! Tudo certo!! hehe.. vi a troca da guarda e fui para Camden Town.
  4. Eu fui em abril do ano passado.. a ideia era chegar bem cedo, mas tivemos um contratempo que foi a greve dos ferroviários franceses e tivemos que ir uma parte de ônibus. Mas de qualquer forma chegamos lá por volta de 10h30. Fomos com o Paris Museum Pass e praticamente não pegamos fila, foi bem rápido! Ficamos dentro do palácio um tempinho..não sei dizer quanto, mas chuto até umas 12:30.. não nos demoramos muito em cada espaço. Saímos pro jardim e paramos uns minutinhos pra comer um lanche. Depois seguimos caminhando por tudo, vimos alguns shows de águas, fomos até o Petit Trianon e daí que a gente estava quase tendo uma insolação!! Fez um calor do cão! Sol na cabeça.. me deu uma dor de cabeça e decidimos voltar...fomos embora eram 15:30. Não chegamos a ir ao Grand Trianon. Eu até pretendia fazer mais alguma coisa em Paris ainda nesse dia, mas estávamos tão cansado do sol que acabamos só saindo pra jantar em Montmartre. Como eu fiquei apenas 4 dias inteiros em Paris, me arrependi um pouco de ir a Versailles. Hoje talvez eu teria ficado os 4 dias inteiros só em Paris mesmo, porque considero que mais vale 1 dia cheio de coisas em Paris do que 1 dia em Versailles. Deixaria para uma próxima visita. Mas isso porque tive poucos dias e foi minha primeira viagem por lá.. e também depende do interesse de cada um.
  5. Se não tem tanta vontade de conhecer, mude! Não acredito que vá economizar tanto assim nas passagens. Como a viagem tá distante, dá tempo de monitorar os preços para as demais cidades em diversas combinações. Mas eu não incluiria no meu roteiro uma cidade que não tenho muito interesse pra economizar 200, 300 reais.. Caso tenha algum voo no meio do roteiro, cote também voos multidestinos com esse voo intermediário e compare com os preços caso compre separado. Às vezes pode valer a pena comprar junto.
  6. Com relação aos relatos, eu consideraria outra cidade no lugar de Pisa para um bate-volta porque não curti o rolê.. Combinei com Lucca e foi Lucca que "salvou" o dia. Eu gostei de dormir em Veneza, mas porque fui em casal.. o clima a noite é romântico e tal. E 2 noites lá foram bem suficientes..fomos a Murano e Burano também e deu tempo de ficar no ócio, descansado no parque hehe
  7. Realmente vale a pena! Lembro que não paguei barato entre Paris e Londres, algo como 50 euros...mas foi ótimo. Compramos antecipadamente no site da Eurostar, ainda no Brasil. Saímos bem cedo do hotel em Paris, pegamos um metrô até a estação Gare du Nord. Chegamos com antecedência porque lá mesmo precisa passar por uma imigração britânica (chegando em Londres não passamos por mais nada, o desembarque foi direto). Mas foi bem tranquilo.. o trem saiu as 7:37 e 9:00 estávamos em Londres (horários locais - ganhamos 1h de fuso). Metrô até o hotel, onde deixamos a mala mesmo antes do check in.. e antes do meio dia a gente já estava na rua de novo pra curtir a cidade até de noite!
  8. Sobre opções de deslocamento, acho que a forma mais simples é abrir uma planilha e colocar a distância e o preço de todos os meios de transporte (avião, trem e ônibus), assim você conseguirá ponderar as 2 coisas. Coloca as cidades em linha, os transportes em coluna e vai preenchendo (como nessa imagem que mandei). Na Italia, entre Roma, Florença e Veneza, com certeza vale a pena ir de trem. Fiz isso ano passado e comprei com antecedência de 2 a 3 meses pelo site da Trenitalia mesmo. Com 3 dias em Florença, dependendo do seu grau de interesse na cidade, da pra deixar 2 pra cidade e 1 pra um bate-volta (em San Gemignano, Siena, Pisa, Lucca ou qualquer outra que tenha interesse). Roma, Veneza e Paris acho que dedicou um bom número de dias. Amsterdam não conheço, vou pra lá em Novembro e dediquei 2 dias pra cidade. Pretendo fazer bate-vola em alguma dessas oções: Utrecht ou Rotterdam ou Zaanse Schans+Volendam.
  9. Na Italia qualquer cidade pra mim é turismo gastronômico, já que sou apaixonada por massa, pizza e gelato! hehe Paris é uma cidade cara pra se fazer turismo gastronômico.. pelo menos na minha experiência.. Enquanto na Italia almoçamos todos os dias em restaurante, gastando entre 8 e 12 euros e comendo super bem, em Paris fiquei 4 dias e só fiz 1 refeição em restaurante que me custou 30 euros e nem achei nada de mais! O que valeu foi o café da manhã mara no Angelina que foi também uns 30 euros, mas valeu a pena. Quanto a ficar em fila, várias atrações tem opção de "fura fila", pela qual você paga uma taxa a mais. Sobre não curtir entrar em igreja e museu, eu diria para você guardar esse julgamento para depois da viagem hehe.. fui com o mesmo pensamento na primeira viagem internacional. Mas acontece que os museus lá não são como os daqui, as igrejas são lindas.. enfim.. talvez você se surpreenda! Confesso que fui ao Louvre só porque "tinha que ir".. planejei ficar pouco tempo porque tinha outras atrações em mente para a mesma manhã. Acontece que fiquei 4h lá e só sai porque realmente queria conhecer outras coisas.. mas se tivesse tempo teria passado mais algumas horas por lá. Depois volta pra contar como foi! Considere incluir Napoles na Italia. Tem as melhores pizzas! É uma cidade bem diferente das outras que passei mas adorei a experiência. Não conheço Bolonha, mas dizem ser uma cidade ótima no quesito gastronômico. Acho que se der uma pesquisada "Roteiro gastronômico da Italia" no Google e no Youtube achará ótimos relatos!! Abraço!
  10. Obrigada pelas dicas!!
  11. Obrigada pela dica. Não tinha pensado em Genebra porque me pareceu longe. Mas vou dar uma pesquisada!!
  12. NatK

    Suiça em novembro

    Em todas as minhas pesquisas vi muitos relatos de que novembro é o pior mês para se estar na Suíça, porque muitas atividades ficam indisponíveis. Mas acontece que estarei por lá nesse mês, então paciência.. quero me planejar para aproveitar do jeito que der. Vou me hospedar em um Airbnb em Lucerna e terei 4 dias inteiros apenas, nos quais 1 quero ir à Berna, 1 ficar Lucerna, e os outros 2 poderiam ser destinados a Interlaken e/ou Titlis no caso de bom tempo. 1) Supondo que eu dê muita sorte e tenha uma dia aberto, vale a pena ir a Interlaken e conhecer alguma(s) cidade(s) dentre Lauterbrunnen, Wengen, Grindelwald, Kleine sem subir ao Top of Europe (sei que estará aberto, mas o orçamento está restrito). E sem poder fazer as várias opções de caminhadas, cable car, etc.. Só conhecer as cidades em si já valem a pena??? Porque meus pontos de interesse eram a caminhada Royal, mas o cable car até Mannlichen estará fechado; e a Gôndola First também estará fechada, também não conseguirei ir até o Lago Bachalp. Mesmo que não possa fazer as caminhadas e tal.. essas cidades são bonitas/possuem vistas bonitas? Porque quando procuro fotos nunca sei se são da cidade ou de atividades ao redor.. hehe 2) Caso eu peque apenas mau tempo, como neve/chuva/vento, o que vocês recomendam? Algum museu interessante de repente em Zurique ou Basiléia ou alguma outra cidade mais urbana? Obrigada!!!
  13. Na minha última viagem (Roma, Florença, Veneza, Paris e Londres), minha média de gasto com: alimentação, passeios, taxa de hospedagem municipal, transporte interno (na cidade mesmo), uma ou outra comprinha foi de 70 euros. Claro que alguns dias gastava mais, outros menos, mas deu essa média. Em Londres levei 300 libras para 4 dias, mas gastei 200 porque não fiz nenhuma refeição em restaurante. No geral não comi em restaurante em todos os dias e não fiz passeios pagos todos os dias..andamos média de 15 a 20km por dia.. usamos pouco transporte público.. mas acho que dava pra economizar um pouco com comprinhas. Para a próxima vou levar 65 euros por dia e um cartão de crédito para emergências/oportunidades hehe
  14. Acho que é tranquilo um bate volta em Veneza - são 2h de trem pra ir, 2h pra voltar. Se sair 7h da manhã de Florença estará as 9h em Veneza e poderá ficar até umas 16h - 17h (até escurecer). Ainda da pra jantar em Florença. O legal de Veneza é só andar pelas ruelas, passar pelos canais, ver as lojinhas.. da pra subir no Campanário de São Marcos e conhecer a Basílica. Só não vai dar tempo de entrar em museu, mas acho que isso nem é o forte da cidade (pelo menos na minha opinião). E é muito linda! Vale sim passar um dia por lá se é o que você tem de tempo. Quanto às demais cidades, acho que Cinque Terre é legal de ir no verão. Eu não conheço, mas uso minha experiência em Capri que é também litorânea. Fui em março e estava tudo fechado. É lindo e tal, mas não valeu o rolê! Custou caro e era longe. Das que você citou eu conheci Assis, Siena, San Gemignano e Pisa. Como disse, não curti Pisa. Siena é uma cidade bonita, mas na minha opinião San Gemignano e Assis são mais legais, porque ambas são cidades medievais, muradas, que te fazem sentir dentro de um filme antigo. Assis tem uma paz incrível e eu amei muito (foi uma das minhas cidades preferidas, depois de Roma), mas é mais distante, umas 3h de trem. Nesse critério, iria para San Gemignano, que é mais próxima. As outras eu não conheço, então não consigo dizer se vale a pena. Mas pode acontecer de você se apaixonar por Florença e dedicar 2 dias inteiros a ela. Daí o outro você faz um bate-volta pra Veneza. Esse trecho é bom comprar com antecedência porque acho que muda de preço, precisaria checar. Mas pras cidades mais pertinho pode comprar na hora.
  15. Na minha escolha de hospedagem sempre pondero preço, localização, avaliação do local, indicações, etc. Eu e meu noivo geralmente preferimos ficar em bairros mais residenciais. No caso, não considero 3 km grande distância. Estou acostumada a viajar e ficar em hoteis até 5km longe do centro. Andamos facilmente 20 km por dia. Fazemos muita coisa a pé até em temperaturas mais baixas. Novembro é outono ainda. E não acredito que pegarei temperaturas negativas lá pelo dia 15, mas está ok se pegar muito frio e chuva e gastar um pouco a mais com transporte. Ainda está dentro do orçamento. Eu e meu noivo trabalhamos com planejamento de projetos de transportes (ferroviário e aeroviário), então conhecer as malhas de transporte de outras cidades é uma experiência pra gente também. obrigada pela dica!
×
×
  • Criar Novo...