Ir para conteúdo

Alan Rafael Kinder

Membros
  • Total de itens

    20
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Últimos Visitantes

341 visualizações
  1. @schitini Entendi, vou levar dois cartões (Mastercard e Visa), e contar com eles para quebrar qualquer galho. @poiuy @FCRO Obrigado pelas dicas! @Ana Caroline Cunha Vou ficar de olho, principalmente com o troco, estou tentando ir com o dinheiro contadinho. 😛 Então gente, a contribuição de todos vocês foi de grande valia! Minha viagem será do dia 08/02 até 17/02, estarei na companhia do meu irmão e um amigo, e é a nossa primeira vez em uma viagem desse naipe (por isso tantas dúvidas e preocupações). Temos praticamente tudo acertado (e pago), restam apenas algumas coisas pontuais que não consegui resolver daqui. Estaremos indo direto para El Calafate, faremos o Minitrekking no 2º dia, e no outro dia pegaremos o busão até El Chaltén, onde passaremos os dias restantes (de lá voltamos direto para o aeroporto). Naturalmente sempre buscamos as melhores ofertas, mas como é nossa primeira vez, não to me arriscando tanto, então por vezes sacrifico um pouco de dinheiro em troca de segurança - como possivelmente vai ser o caso da troca da moeda, acredito fortemente que pegaremos aqui com meu intermediador que vai pro Paraguai, a cotação é um pouco pior, mas ele é seguro (realmente conhecemos ele). Enfim, obrigado a todos por toda a ajuda, e se ainda tiverem dicas, por favor, fiquem a vontade, estou levando tudo em consideração!
  2. @Ana Caroline Cunha Essa era minha maior preocupação caso eu tivesse dificuldades em fazer o câmbio em Buenos Aires. Estive estudando os bancos de El Calafate, e praticamente todos acusam fechar as 15:00 horas (a previsão da chegada de meu vôo é mais tarde). Só um detalhe, é garantido que eles trocam reais né? Porque essa cotação 1:16 me interessa muito! @D FABIANO Olá, eu não pretendo sair do aeroporto em Buenos Aires, apenas em El Calafate que precisarei de um transfer até a cidade (fica a 12km). Obrigado pessoal!
  3. @poiuy Obrigado novamente pela informação, realmente a diferença não é tão significativa assim. @schitini @Nani84 Me perdoem, escrevi de forma confusa lá em cima. Eu apenas terei uma conexão em Buenos Aires (Ezeiza) de 02:00 horas, de lá parto para El Calafate. Quando me referi ao transfer do aeroporto até a cidade, quis dizer nesse momento. Mas novamente, agradeço toda as informações, esse fórum tem me ajudado imensamente a dar os primeiros passos. Quero tentar registrar o máximo que puder da minha experiência e trazer isso tudo como um relato, para que possa contribuir com outras pessoas que futuramente estiverem numa situação como a minha. Abraços!
  4. Pessoal, agradeço por todas as informações, elas realmente foram relevantes pra mim. A minha preocupação com a compra de pesos argentinos se dá pelo fato de eu ter toda a viagem estritamente planejada. Vejam só, logo no primeiro dia, chegando ao aeroporto, precisarei de pesos/dólares para pagar o transfer até a cidade. Também no primeiro dia precisarei ir até o mercado comprar alguns itens básicos, e também o lanche para o próximo dia. No segundo dia, preciso ter especificamente 800 pesos para pagar a entrada no Parque Nacional Los Glaciares (comprei o pacote do Minitrekking). Já no terceiro dia estarei indo para El Chaltén de busão no período vespertino, logo teria a manhã livre para tentar cambiar novamente. Como alguns de vocês me falaram na minha outra pergunta, aparentemente minha conexão de apenas 02:00 horas parece ser bem arriscada para fazer a compra das moedas no Ezeiza. Então não sei, consciente de tudo isso, e também sabendo que o pior câmbio que eu poderia fazer é no Brasil, eu, como catarinense, tenho a possibilidade de comprar pesos argentinos no Paraguai (por meio de um intermediador), ele ofereceu 1 ARS por 0,07 BRL (algo como 1 BRL = 14,28 ARS). E se a quantia for alta, pode rolar ainda um desconto (vai ser alta). Aqui nas cidades vizinhas, encontrei uma casa de câmbio fazendo 1 BRL por 10 ARS (horrível). É minha primeira viagem internacional, e eu não fazia idéia disso tudo quando comprei as passagens. Se eu pudesse agora pegar um vôo com uma escala maior em Buenos Aires, teria feito. Mas né, vivendo e aprendendo. Enfim, diante de todas as incertezas, e pra evitar o máximo possível de problemas, estou fortemente cogitando efetuar a compra pelo Paraguai, mesmo que isso signifique perder uma quantia razoável de reais no câmbio.
  5. Boa tarde pessoal, de novo me aproveitando da boa vontade de vocês! Alguém saberia me dizer se existem bancos ou casas de câmbio (seguras) em El Calafate que troquem Reais (BRL) por Pesos Argentinos (ARS)? E se alguém foi recentemente para lá, qual a cotação (aproximada) que estão praticando? Agradeço a atenção!
  6. @poiuy Nossa, muito, mas muito obrigado pela informação! Se não for pedir muito, você recorda qual foi a cotação que conseguisse lá no aeroporto? Agradeço imensamente!
  7. Bom dia, estarei com uma conexão (troca de avião) em Ezeiza de aproximadamente 02:00 horas (se não houverem atrasos). Além disso, vale considerar que terei que fazer a migração nesse momento. E também estarei indo apenas com bagagem de mão, não precisarei despachar nada. Estou considerando comprar uma quantia significativa de pesos argentinos nesse momento, mas tenho dúvida se terei tempo hábil pra fazer isso.
  8. @@duane.santo Sensacional o relato! Fiquei muito feliz por encontrar informações a respeito de El Chaltén e El Calafate. Estou (junto de dois amigos) com a viagem totalmente paga (tudo que pude antecipar aqui do Brasil eu fiz - hostel, busão, mini trekking). Queria um pouquinho mais da tua ajuda! Sobre o câmbio, vi que fizesse em El Calafate, tu fez as trocas apenas em dólares, ou usasse reais também? To querendo ter uma base de valores para alimentação (pra não faltar, mas também pra não ir com dinheiro em excesso), esse hambúrguer + quilmes que comentasse - era 'generoso'? Abraços!
  9. Show Alexandre! É sempre bom ler bons relatos. A programação dos dias 04 a 06 (trekking Laguna Esmeralda + navegação Canal Beagle + passeio 4x4 e caiaque sunset) foi feita com agências diferentes? Eu tive acesso a um encarte há alguns meses atrás onde um grupo brasileiro oferecia exatamente a mesma programação, achei extraordinário, mas o preço era meio salgado.
  10. @Petrônio S. Pois é, tem a situação do Paso del Viento, como nós não temos a intenção de acampar em nenhum momento de nossa estadia em El Chaltén, fica inviável arriscar. Eu só mesmo estive cogitando a opção de conhecer a Laguna Toro pois, em números, é um trajeto aceitável de fazer em um único dia (ir e voltar, sem continuar adiante). Meu objetivo é compilar todas as opções que se encaixam no meu cronograma, e quando estiver lá, decidir o que farei conforme der a vontade. @_Umpdy Show, dei uma olhadinha no insta. Realmente extraordinário! Parece ser um trajeto bem exigente, principalmente pelo ritmo de ~17km por dia (com peso nas costas). A parte boa é que não precisa ficar carregando água. Bom, vou deixar o trajeto 'El Chaltén > Laguna Toro (bate e volta)' na minha relação de trilhas para um dia inteiro. Parece que essa parte inicial tem um solo bem regular, e o aclive acumulado tá bem distribuído na extensão da trilha. Abraços!
  11. @Blener Guimaraes de melo Entendi! Olha, eu paguei exatamente US$ 490,91 no dia 16/10/2019 (pelo Paypal, cotação do BRL em 4,34 por dólar + IOF). Isso deu cerca de R$ 709,90 por pessoa. Acredito que seja a mesma oferta, se fores pagar com cartão de crédito internacional, haverá a incidência do IOF e a cotação aplicada será do dólar comercial. Passaremos do dia 08/02 à 10/02 em El Calafate, e dos dias 10/02 à 17/02 em El Chaltén, sendo que neste último dia voltamos para o aeroporto. Nosso objetivo é fazer o máximo de trilhas possíveis em El Chaltén, e estamos em um meio termo entre 'turista tradicional' e 'modo mochilão'. Ei, assim que voltares deixe teu relato aqui, eu gostaria muito de poder lê-lo!
  12. @Blener Guimaraes de melo Boa tarde, eu não fui ainda para lá, mas de acordo com as informações que tenho, existe apenas uma única empresa que opera o Minitrekking, Big Ice, Passarela Náutica e Safári Náutico - no caso a Hielo & Aventura (https://hieloyaventura.com/pt/inicial/). Somente eles tem a concessão para uso daquele espaço dentro do parque. O acesso ao parque é liberado para qualquer pessoa, desde que pague a respectiva entrada (isso inclui as famosas passarelas). A respeito dos preços, eu estou acompanhando praticamente todas as ofertas que tem naquela região desde o início deste ano (mandando emails, pesquisando pela internet), e observei que houve um aumento considerável em tudo (acredito que seja reflexo da situação econômica instável do país). Eu contratei o serviço do Minitrekking (para eu e mais dois adultos) - me custou ARS 9.000,00 cada, paguei pelo site deles, através do Paypal. Conversei com eles pouco antes de efetuar a compra, e eles sugeriram fortemente efetuar a compra antecipada pelo site, pois na época que eu vou fazer minha viagem (fevereiro/2020) é alta temporada e existe a possibilidade dos passeios estarem lotados. Abraços!
  13. @Felipegma Olá Felipe, fiquei muito feliz em ter algum retorno. Vou estar enviando uma mensagem privada pra ti lhe pedindo mais algumas informações (espero que não seja muito incômodo). A respeito da trilha que leva a LAGUNA TORO, eu continuei pesquisando e encontrei algumas informações a mais: - Sobre a autorização para acessar essa trilha: vejo que se dá pelo fato dela levar a um circuito mais prolongado (que tem até tirolesas no meio do trajeto), por isso, os guardas do parque exigem uma vistoria para assegurar que as pessoas que vão fazê-la estejam preparadas - e também pelo que entendi só pode ser feito o circuito com um guia autorizado. - É necessário atravessar um rio (água até as canelas). - O próximo ponto nominado após o acampamento é o PASSO DEL VIENTO. Provavelmente estarei fazendo-a até o acampamento.
  14. Rapaz, to na mesma agonia, pretendo alugar um carro por lá por 08 dias e não encontro muita informação. Até agora, a melhor proposta que encontrei foi na Hertz, através de uma promoção para clientes da TIM (17%), alugando no aeroporto (orcei pegando na cidade, e só tem a economia da 'taxa de lugar especial', mas daí tem que pagar um taxi do aeroporto até a cidade). Eu também dei uma vasculhada em diversos sites, e todos tem muitas reclamações, porém, é aquela: quando algo é bom as pessoas não comentam, quando dá errado aí soltam os lagartos! Então não dá de se basear exclusivamente com essas reclamações. Mas ainda não fechei nada, tem que ficar de olho nos contratos por causa da caução que cobram. E eu definitivamente vou filmar e testar todo o veículo antes de assinar o termo da locadora.
×
×
  • Criar Novo...