Ir para conteúdo

Montanhadiaria

Membros
  • Total de itens

    22
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Sobre Montanhadiaria

  • Data de Nascimento 12-10-1997

Bio

  • Ocupação
    Insta @montanhadiaria / @roneyfischer

Últimos Visitantes

268 visualizações
  1. Pessoal, boa tarde. Recentemente eu precisei de um equipamento de trekking com algumas peculiaridades, porém não consegui encontrar! Com isso, pensei em produzir o produto. O produto é simples, mas tem alguns detalhes que trazem um diferencial importante. Eu trabalho com impressão 3D, então posso gerar o modelo do produto e fazer um molde em duas partes, em gesso ou areia, para a fundição. A minha grande dificuldade é a fundição. O processo é um tanto caro para fazer apenas uma peça, e não consigo fazer várias, até porque preciso de um projeto piloto. A também não consigo comprar uma fundidora elétrica ou montar uma em casa agora... Se alguém trabalhar com fundição, podemos negociar alguma parceria.
  2. Sobre o fato do SD ser muito quente, não precisa pensar assim... Tem sacos de dormir bem leves, que aquecem pouquíssimo. Além disso, se estiver muito quente basta deixar o zíper aberto e não se cobrir, somente deitando sobre ele e sobre o isolante térmico, para não perder calor pro chão.
  3. Fala, amigo, tudo bem? Este colchonete que você fala, seria o colchão inflável? Se levar colchão inflável ainda vai ter que levar coberta/lençol e bomba de encher: mais volume e mais peso. Embora não ligue pro peso, volume costuma ser algo chato sempre... Se levar saco de dormir via precisar somente de um isolante térmico, que pode ser, basicamente, de dois tipos: A) inflável: não ocupa espaço, é muito leve e não precisa de bomba pra encher; o custo é mais alto. B) de EVA: é leve também, mas ocupa bastante espaço; é bem barato (cerca de R$ 60,00 você compra um bem grosso e de excelente durabildiade). Acho que o melhor combo seria um saco de dormir para o verão, porque é bem leve e pequeno, junto com um isolante térmico inflável ou auto-inflável: menos volume e menos peso; mas é o conjunto mais caro...
  4. Amigo, aqui via minha opnião: Mykra 1/2 - AZTEQ >>> Essa tem o menor peso, um ponto positivo bem forte se pretende fazer trekking mesmo. Como ela é 1/2, ela tende a ser mais apertada. Achei descrição em site de vendas da seguinte forma: "Capacidade: 1 pessoa + equipamento ou 2 pessoas apertadas"... Se quer espaço, não focaria nesta barraca, mas se consegue lidar com um espaço mais restrito, é uma excelente opção, principalmente porque tem uma coluna d'agua muito grande (6.000mm!). O ponto negativo é ter somente uma porta, o que vai deixar difícil você por mochilas, botas e ainda cozinhar, principalmente se forem duas cargueiras (você pode por as mochilas pra dentro quando for cozinhar, também, se quiser, mas eventualmente a mochila pode sujar ou estar úmida). Nepal - AZTEQ >>> pessoalmente, não optaria em razão do preço, do espaço interno (só dá pra ficar sentado na cabeceira da barraca, já que ela vai descendo em direção aos pés) e porque ela não tem tanta resistência ao vento dependendo do ângulo que o vento pegar. Você precisar posicionar a parte baixa dela de frente para o vento, porque se pegar nas costas creio que vai balançar bastante (já vídeos afirmando isto, inclusive). O bom é que ela possui avancê dos dois lados, o que vai ajudar na organização (de um lado deixa mochilas e calçados, e usa o outro lado pra cozinhar e sair da barraca, por exemplo; é o que costumo fazer). Ter duas portas também vai ajudar no fluxo de ar no calor, porque basta abrir ambas pra ventilar bem. Cloud up 2 - Naturehike >>> Também não optaria porque tem avancê somente de um lado. Se você quer cozinhar, por mochila e botas, vai tumultuar este avancê; e se precisar sair vai ter um pouco mais de trabalho também. Além disto, se estiver muito quente, como só tem uma porta, o fluxo de ar não será tão grande. De resto, acho uma boa barraca, principalmente porque o quarto é parcialmente telado, evitando a condensação. Quando a espaço, a linha central da barraca parece ser alta, mas você poderia sentar com conforto somente na linha central da barraca (onde passam as veretas). Enfim, eu te recomendaria a STAR RIVER 2 ou MONGAR. Elas têm duas portas com avancês gandes, de modo que você consegue organizar duas cargueiras, deixar botas e ainda cozinhar. Além disto, a estrutura de varetas dela faz uma cruz no meio, então você consegue mais espaço (vou por foto pra entender melhor). A diferença entre STAR RIVER 2 e MONGAR é que a Star River tem o quarto quase todo telado, enquanto a mongar tem o quarto inteiramente telado. Eu optei pela Star River e tenho gostado bastante. Cara, e tô montando um insta pra postar umas dicas sobre trekking, se quiser seguir (ainda não comecei a postar conteúdo, mas começarei em breve): @montanhadiária. Se ficou em dúvida, só postar aí, abs.
  5. Achei a barraca, mas ela foge um pouco do seu orçamento: Barraca Camping Cota 2. Ela é menor, uns 2 kilos mais leve a Arpenaz... Se o objetivo for somente acampar mesmo, indo de carro até o local, acho que esta da Qechua vai te servir bem. Sobre a Venus, eu não compraria. Quando chove você precisa fechar a porta da sua barraca, porque ela não tem o avancê (uma espécie de área) na barraca; a Arpenaz tem (é a parte que tem 70cm: https://www.decathlon.com.br/barraca-de-trilha-arpenaz-3-xl-fresh-black-3-pessoas-quechua/p). Nesse avancê pode deixar mochilas, botas, cozinhar no fogareiro, ou simplesmente fechar o avancê e deixar a porta da barraca aberta pra refrescar. Se não tiver avancê e chover, você vai precisar por mochila, chinelo/tênis, roupa cheia de areia, etc., tudo pra dentro da barraca, o que vai sujar muito. A Amazon e a Falcon eu não recomendo porque não vai resistir bem à chuva. Uma dica: se procure barracas que tenham o quarto todo ou quase todo telado (como a Naturehike MONGAR ou STAR RIVER), porque vai evitar condensação e vai manter o ambiente mais fresco =D (aqui no Brasil essas duas estão mais caras, cerca de R$ 1.500,00, mas dá pra conseguir na faixa de R$ 1.000,00) Se ficou alguma dúvida, posta aí
  6. Amigo, se é só pra vocês dois, recomendo pegar uma barraca pra duas ou no máximo 3 pessoas, de preferência com avancê, pra vocês colocarem mochila e tal. E se quiser realmente segurar chuva, 2.000 pra cima, porque 2.000 vai te dar resistência oara chuvas comuns/fortes, mas não por períodos prolongados, então pode ser bem adequado para a praia, que não chover o tempo todo. De toda forma, quanto mais resistência, melhor. Agora menos de 1.000 vai resistir a chuvas fracas e passageiras... Um detalhe importante é ver o peso e o tamanho da barraca desmontada (mas se for só de carro, isso não vai influenciar muito). Tem uma barraca que talves se encaixe bem no que você quer, mas esqueci o nome. Vou tentar pesquisar hoje a noite e posto aí
  7. E quanto a temperatura para um SD no brasil, acredito que com um SD de 0 a -5ºC você consegue encarar qualquer "montanha" brasileira (dependendo de sua tolerância ao frio), nem que em último caso você precise vestir uma segunda pele, fleece e toca pra dormir haha
  8. Fala, amigo, tudo bem? Então, uns tempos atrás eu fiquei na mesma dúvida. Você já parece ter uma boa noção do que pretende, mas, pra ressaltar, acho que você precisa começar pensando nas configurações mínimas pra vc, e depois pensar no preço... Um saco de dormir é muito importante, e pode te salvar ou te arrumar problemas. Como você quer um "SD para montanhas brasileiras", talvez seja interessante pensar em um saco de dormir que aguente cerca de 0ºC, pra homens, e -5ºC pra mulheres. Já pesquisou a diferença entre temperatura de conforto (temperatura para mulheres) e temperatura limite (para homens)? Se sim, começa daí: veja qual a temperatura mínima que você pretende pegar, e compre um SD que aguente isso. Depois da temperatura, pense no peso, no volume e no preço. Se você for encarar cerca de 5 a 10ºC, acho que vários SD vão poder te ajudar, mas se quer pegar temperatura mais fria ano que vem, por exemplo, vai precisar comprar outro SD. Eu preferi pegar um SD que aguentasse 0ºC para homens (temperatura limite) pra eu não precisar comprar dois SD (pq não tenho grana pra ter dois no momento). Eu estava em dúvida entre estes: Deuter ORBIT 0ºC e Naturehike Catskill -5ºC. Optei pelo orbit porque não encontrei mais o Catskill pra comprar. ____ ah, quanto ao liner, eu também pensei em comprar um SD mais em conta e um bom liner, mas vi que um bom liner é caro, e então compensava comprar um SD melhor do que um SD simples e um liner bom (principalmente porque somente um liner bom vai te aquecer bem....). Enfim, espero ter ajudado em alguma coisa. Se não respondi bem a dúvida, posta aí de novo.
  9. Pessoal, quero agradecer a vocês pelas respostas. Eu estava em dúvida em relação à gramatura, e acabei optando pelo Fleece 200. Em relação aos fleeces da Decathlon, são bem mais em conta mesmo, mas como não entendo muito disso ainda, fiquei com medo de comprar "gato por lebre", até porque eles não informam a gramatura do fleece. Então comprei a Jaqueta BASIN TRAIL da Columbia, que diz ser Fleece 200, o que espero que seja o suficiente pra me aquecer no PP, juntamente com uma camiseta ou segunda pele, e um anorak, mesmo durante o inverno. Assim que utilizar ela em trilha eu posto aqui pra dizer o que achei. Na cidade parece ser suficiente, aqueceu bem e nem cheguei a precisar fechá-la. Além disso, achei que fosse ser bem mais robusta/grande, mas parece realmente um moletom fino, e deve pesar cerca de umas 350 g, o que considero um ponto positivo para não pesar, ocupar espaço na mochila ou prender nos movimentos. A única coisa que não entendi é fato de que ela é cheia de costuras por dentro, parece ter sido montada com retalhos de Fleece... Não é nada feio por fora, pelo contrário, veste super bem, mas acredito que estas costuras são desnecessárias e acabam aumentando o peso da jaqueta, que poderia ser menor. Outro detalhe pra quem for comprar online, é que a forma é grande; eu costumo usar M, mas comprei o tamanho P. Enfim, muito obrigado e fica aí meu relato pra que estiver procurando um fleece também. Se quiserem, posso postar foto tb. Novamente, obrigado pela ajuda.
  10. Ah, esqueci de agradecer pela resposta. Obrigado mesmo. E então, eu me expressei errado, é na verdade um Fleece 200 com 380 gramas, rs. Ficou meio confuso msm
  11. Eita, tá complicar não ter grana msm então kkkk Pra ser a blusa quente, você acha que Fleece 200 é suficiente, pouco ou muito?
  12. Olá, pessoal, tudo bem? Queria tirar uma dúvida com vocês: Eu não consigo comprar muitas blusas diferentes, mas agora no inverno de Curitiba quero comprar uma blusa que possa usar no dia-a-dia e nas trilhas. Quero um fleece que possa me aquecer nas montanhas mais frias aqui do Brasil, principalmente no Pico Paraná que pretendo fazer assim que reabrirem as trilhas. Pensei em comprar a JAQUETA COLUMBIA BASIN TRAIL, com Fleece 200 e 380g. O meu medo é que ela seja muito quente, mesmo pro Pico Paraná, e acabe se tornando um peso desnecessário... Qual a gramatura vocês consideram ideal?
  13. Salveee, Estou em dúvida entre duas mochilas: Ferrino Transalp 60l e a Curtlo Montaineer 70+10l. Em relação aos tamanhos, creio que as duas me servem. Tenho dúvida em relação à qualidade (transferência de peso pra cintura, construção, equilíbrio, etc) e durabilidade (se vai estragar muito fácil, se rasga fácil ou algo assim). A Ferrino oferece garantia de 2 anos, enquanto a Curtlo oferece garantia vitalícia! Quero a mochila para trekking pesado mesmo... Alguém tem uma dessas mochilas ou pode opniar sobre a qualidade das mochilas destas marcas? Qual mochila me recomenda?
  14. Valeew, @Luis Tochetto, muito obrigado pela ajuda! Dei uma pesquisada na internet, e só pra conferir, o início desses morros é assim mesmo?: Antonina - Fazenda Pico Paraná: Morro Pico Paraná, Caratuva, Itapiroca, Getúlio, Ferraria, Cerro Verde e Siririca Campina Grande do Sul: Camapuã e Tucum Os de antonina, tem algum que dá pra começar por Campina Grande do Sul também, ou o acesso é somente pela Fazenda Pico Paraná msm?
×
×
  • Criar Novo...