Ir para conteúdo

MVMO

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

7 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Mochileiros, Meu relato é para alertar vcs sobre a tentativa que roubo que passei. Dia 28/08/19 estava saindo de San Pedro do Atacama e indo para Arequipa, de ônibus, por volta das 20 h. Tinha comprado a passagem na própria rodoviária de San Pedro, o trajeto era sair de SPA > Calamar > Arica. Cheguei em Calama em uma "rodoviáriazinha", umas 21:30, para trocar de ônibus e partir para Arica, porém tive que esperar o horário dele ficar pronto (na verdade esperar o horário certo dele sair: 22:30). Enquanto estava ali esperando, sentado, tranquilo na minha, com duas mochilas, veio um homem cheio de assunto e sentou do meu lado. Ele fisicamente era uma pessoa comum: Calça jeans, casaco, tênis e até cabelo penteado. Perguntou de onde eu vinha, da onde eu era, pra onde estava indo e tals. Até então o lugar estava tranquilo pq todos estavam sentados esperando o horário no ônibus. Quando o bus ligou, todos se levantaram para deixar as malas no bagageiro e formou aquela bagunça. Eu me levantei e esse homem me avisou que eu estava sujo de YORGUTE. Ele então tirou (não sei de onde) uns guardanapos e começou a me "ajudar" a limpar, e eu nem tinha pedido essa ajuda. Fiquei meio paralisado olhando tudo aquilo e tentando entender oque estava acontecendo. Tinha muita gente lá, eu com mochila nas costa e na frente, melecado de yorgute de morango e sem saber o que fazer. Quando dei por mim já tinha, além o homem cheio de assunto, mais dois outros homens me dando "ajuda" com guardanapo. A única coisa que pensei foi em ir para a área próxima do guichê pra tentar sair daquela confusão. Os três homens foram comigo. Procurei um lugar mais tranquilo onde poderia ficar de frete, de costas pra parede e minhas coisas a trás de mim, joguei tudo no chão e olhei para eles. Os três estavam lá me olhando e dizendo: "está sujo, toma isso aqui pra limpar." Nessa hora, fiquei puto e comecei a falar pra eles irem embora. Já estava falando alto e em português kkk "Sai. Sai. Sai. Não preciso da ajuda, não. Vaza. Vaza..." Por fim, eles saíram de perto de mim e ficaram de longe me olhando. Esperei a bagunça diminuir, me limpei mais ou menos, botei as mochilas no bagageiro e entrei no ônibus. Sentei ao lado de uma senhora que comentou que viu todo o movimento e disse que fiz certo indo para um lugar onde eles não poderia encostar em mim sem eu ver. Em resumo, de algum jeito eles jogaram yorgute em mim e ofereceram ajuda para limpar e no meio da bagunça de gente eles poderiam ter levado meu celular, carteira.. Com o Yorgute ou outra coisa eles distraem e furtam suas coisas. Abraços.
×
×
  • Criar Novo...