Ir para conteúdo

Andersonhander

Membros
  • Total de itens

    22
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Bio

  • Ocupação
    Estudante
  1. Oi Fabrício! VLw! Saí do Brasil no dia do natal (2013) e fiquei lá até o dia 10 de janeiro de (2014). Em santiago fazia MUITO CALOR (entre 20 e 24 C). Em São Pedro de Atacama, durante o dia, fazia calor, também. No final da tarde para início da noite, em alguns dias, senti frio (mas nada absurdo). Rumo ao sul do Chile a temperatura vai caindo. Faz MUITO frio em Puerto Montt e Punta Arenas. De dezembro a janeiro é verão no Chile (as temperaturas são como as nossas, a não ser mais no sul). Frio mesmo é em julho. Bruna, obrigado!
  2. Punta Cana é um lugar muito bonito para conhecer, mas acho que o excesso de resorts e o título de destino de “luxo” transformam a viagem para este local em uma experiência bastante superficial e “específica”. Você desfrutará da beleza local ao lado de toda a “farofa dos resorts”, além de não ter acesso à cultura local. Os dominicanos não vivem, por exemplo, em Punta Cana, pois os resorts fizeram essa região ser extremamente valorizada e cara. Há praias incríveis nesta ilha, seja em Punta Cana, Baiahibe ou em outras regiões, praias naquele tom de verde marinho caribenho ou azul-turques
  3. Oi Wellington, só vi o seu questionamento agora. Há duas paradas no parque e você paga nas duas. Sinceramente, eu não entendi o porquê (e não me lembro rsrs)... se alguém souber... O passeio custou por volta de 100 reais (não me recordo mais), se alguém estiver mais atualizado... O passeio vale muito a pena, pois o local é LINDO, diferente de nossas paisagens no Brasil. Quando você chega próximo das Torres, é incrível... E o passeio vale muito a pena, pois você passa quase todo o dia no parque e passa, praticamente, por todo o parque (o passeio encerra às 18h). A van faz várias paradas pa
  4. Oi Welington. Não, fiz o tour com uma agência (conheci o parque sentado em uma van rsrs). Na verdade, combinei com o pessoal do hostel onde fiquei. Fiz a reserva com eles e no outro dia a van estava cedo na porta do hostel. (O hostel é de uma família muito simpática - Hostal Geminis. Café da manhã excelente). No parque, há apenas uma área de alimentação com preços muito elevados, e você paga duas vezes para entrar no parque (você vai ver quando chegar lá). Sobre as trilhas, acho que rola de vc fazê-las sim, embora o parque seja imenso... mas as grandes atrações mesmo são as Torres e o glac
  5. Está aí um país que eu nunca pensei em visitar: África do Sul. Conheci Capetown em 2010. O meu destino nesse país foi Capetown, ou Cidade do Cabo. Infelizmente eu não tive muita oportunidade de conhecer muito bem o país, pois o meu intuito nessa viagem foi melhorar o meu inglês em um programa de estágio. Eu passei alguns meses estagiando em uma ONG chamada SCAT (Social Change Assistance Trust), na área administrativa. Essa experiência foi muito enriquecedora, eu participei de vários projetos sociais da ONG, viajei para várias cidades do interior do país. Um dos gran
  6. Galera, tenho mais relatos de viagens no meu blog: andersonhander.wordpress.com
  7. Sinceramente, não gostei muito de Buenos Aires. Achei mais interessante Mendonza. Estive lá em 2012. Essa viagem deu muita aventura. Eu comprei a minha passagem de avião para Argentina pela Pluna Airline, uma empresa Uruguaia. O meu voo saía no dia 10, uma segunda feira de julho. Empolgado com a viagem, entrei na internet, na sexta feira, em um site de notícias e curiosamente encontrei uma mensagem dizendo que a PLUNA havia falido. Fiquei pensando: “nossa, que droga para quem vai viajar”. Dois minutos depois eu me lembrei de que eu iria viajar pela Pluna e, a essas alturas, a minha vi
  8. Bolívia A Bolívia é um país lindo! Conheci esse país (em 2008) com um grupo de aventureiros que nunca havia saído do Brasil: Thaísa, Débora e José Olimpo. Conheci-os em uma comunidade sobre viagens no antigo orkut. O nosso trajeto foi o seguinte: Mato Grosso – Santa Cruz de La Sierra – Cochabamba – La Paz – Copacabana – Oururo – Potosi – Cuzco e na volta Sucre e Uyuni – deserto de sal. O custo de vida na Bolívia para nós brasileiros é muito baixo. Eu vivi muito bem lá com pouco dinheiro. O maior problema são os caixas de saque que não funcionavam muito bem. Fiquei em alguns hoste
  9. Realmente, Machu Pichu é um lugar incrível, repleto de boas energias e de mistérios. A capital do Peru, Cuzco, é muito bonita. Há bons restaurantes e muito turismo e história para ser contada. Vale a pena comprar o pacote City tour para conhecer os principais pontos turístico da cidade. Tomem cuidado, no entanto, com pacotes para Machu Pichu. Você pode ir para Machu Pichu de trem ou por uma agência. Eu fui por uma agência. A ida foi tranquila, mas na volta, fui em pé durante 4 horas em um ônibus muito velho. Paguei, no entanto, por uma viagem de volta em uma van. Mas durante o caminho, comecei
  10. Sul do Chile 12 de janeiro de 2014 O povo chileno pareceu-me de certa forma orgulhoso de sua nação. Há muitas bandeiras do Chile por todos os lugares. Apesar de o Chile ser um país bastante diverso de norte a sul, tive essa a impressão (posso estar enganado) de haver uma identidade nacional fortalecida ali, especialmente devido às guerras com os países vizinhos como ocorreu com a guerra do pacífico. Os chilenos não olham tanto para as pessoas na rua (ou fingem não se preocupar em olhar) como os brasileiros. Eles agem muito naturalmente com os estrangeiros (especialmente o
  11. Aluguei um apartamento, em Antofagasta, de frente para o mar, para passar o ano novo. A vista era do sexto andar do edifício. Ouvi muitas críticas a respeito de Antofagasta. A maioria das pessoas que estava em San Pedro decidiu passar o ano novo em Calama. Sinceramente, achei a cidade muito interessante e bonita. Na verdade, diferente, não temos cidades como Antofagasta no Brasil. A vegetação ainda apresentava-se desértica em contraste com as areias e o mar do pacífico. portaConversei com algumas pessoas da cidade, eles disseram que quem vive ali não costuma ficar para o ano novo. Percebi que
  12. Confesso que cometi um grande erro quando decidi inserir Caldera em meu passeio. O lugar não é nada como as propagandas anunciam na internet. Caldera é um lugar muito pequeno e sem graça. A Bahia Inglesa (onde localiza-se a melhor praia do Chile, fico imaginando a pior rsrs) fica a 6 km de Caldera. O local era caríssimo, a comida ruim… O falso azul turquesa de suas águas estendia-se por menos de um metro das areias dessa praia. Além disso, a água estava tão gelada e ventava tanto (apesar de o céu estar incrivelmente azul e de ser verão) que decidi não entrar na água. As praias brasileiras são
  13. Eu viajei para malta em janeiro de 2010. Malta é uma ilha próxima à Itália, situada no mar mediterrâneo. Quando eu decidi viajar para Malta, acredito que eu estava inspirado, porque o lugar é extraordinário. Essa viagem foi uma das melhores viagens que eu já fiz. Na verdade, foi a minha primeira “grande” viagem sozinho para outro país. O meu objetivo nessa viagem foi melhorar o meu inglês e me divertir. Fiquei hospedado na casa de estudantes da Sprachcaffe Language Plus. Sinceramente, eu nunca vi nenhuma escola de idiomas como essa. Confesso que fui motivado pela b
  14. Para mais relatos de viagens, visitem o meu blog: andersonhander.wordpress.com (cliquem no botão relatos de viagens).
×
×
  • Criar Novo...