Ir para conteúdo

Walter.Luiz

Membros
  • Total de itens

    24
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Walter.Luiz postou

  1. Na adolescência assinei errado minha carteira de identidade, coloquei um acento no meu Junior. A funcionária me informou que eu tinha que corrigir esse erro. Só que meu erro era claramente visível.
  2. Melhor coisa a fazer é ir na polícia Federal. Se não me engano, não existe 2ª via de passaporte. Eles vão te informar como proceder. Tem imigração detalhista e não é bom correr esse risco. Boa sorte na sua solução
  3. Depende do fundamento da crítica. O vetor de transmissão do vírus é o ser humano e estamos muito mais que bem informados de duas medidas para a prevenção da disseminação do vírus, evitar aglomeração e o uso da máscara. O fechamento no início foi para evitar uma explosão que amenizou, mas não como desejado. A reabertura ia ocorrer, e se esperava consciência da população. Claro que pode viajar, mas respeitando o outro e a si usando máscara e não se aglomerando, como se deve fazer em bancos, supermercados, shoppings etc. Aqui em Goiás teve cidade turística que mais parecia um bloco de carnaval de salvador de tanta gente na rua principal, grande maioria sem máscaras. Resumindo: Não critico quem viaja, mas critico atitudes que a pessoa teve na viagem que ferem recomendações básicas da OMS.
  4. Estou com planos de ir em Janeiro. Quando você deseja ir?

    1. Samara do Carmo

      Samara do Carmo

      Em maio. Pelo que pesquisei, os melhores meses pra fazer essa trip é de março a setembro. 

  5. Tem a rota 40(patagonia chilena) e a rota 3 (Ushuaia). São rotas já conhecidas por diversos viajantes, então vale muito a pena, velho. O país é muito lindo e com a moto você poderá conhecer muito melhor.
  6. Compro quase tudo das minhas viagens lá e tenho nada a reclamar. Além de encontrar produtos com bons CustoxBenefício
  7. Cara, estou com 26 anos e estou para me formar. Já passei por outros cursos de graduação, mas não finalizei nenhum por não me ver trabalhando + de 30 anos na área. Apesar de ir muito bem nesse atual curso, engenharia, não me vejo feliz na frente. Eu sou muito inquieto. Até já tive e tenho alguns transtornos psicológicos por causa dessa rotina que tenho e as perspectiva para o futuro. Passei anos olhando tendencias de mercado para ter um emprego que me deixasse rico, porque era o que eu julgava felicidade. Esse ano foi o ponto de inflexão na minha vida. Comecei a dedicar a fotografia, algo que eu amo, e espero poder viver dela. Vou terminar minha faculdade, mas vou tentar viver trabalhando com algo que me possibilite estar onde eu quero, quando eu quiser, e a fotografia pode ser esse caminho. Viver da arte não é muito bem visto na sociedade e estou trabalhando para acabar com esse meu medo de dar tudo errado.
×
×
  • Criar Novo...