Ir para conteúdo

martondvn

Membros
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Bio

  • Ocupação
    ADM

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Olá, pessoal Estou planejando uma viagem pela Europa para o mês de Agosto e gostaria de algumas dicas sobre o roteiro. O tempo deve ser um mês, mas dependendo do que eu conseguir negociar no trabalho, pode expandir para 5 semanas. Tem quatro coisas que eu não vou poder deixar de fazer e estou tentando encaixar tudo entre estes quatro destinos: 1 - Wacken Open Air - Festival de metal que vai ter no norte da Alemanha, dura três dias. 2 - Brutal Assault - Outro festival de três dias que ocorre uma semana depois do Alemão, este na República Tcheca. 3 - Visitar o lado de lá da família na Hungria, e vou ter que ficar pelo menos alguns dias para poder conhecer todo mundo. 4 - Visitar o irmão na Suíça - Este deve ser o último passo da viagem. O que eu preciso então é preencher os intervalos. Entre o primeiro e o segundo festivais eu estava pensando em conhecer alguma coisa na Alemanha. Como isso vai me dar um intervalo de uns três dias, seria bom saber uma cidade para ficar neste tempo. Não sei se também dá pra visitar algum outro país nesse tempo (pode ter alguma coisa mais interessante que a Alemanha, mas o ideal é não fugir muito da rota). Já entre o segundo festival e a Hungria, estava pensando em fazer Praga > Viena > Budapeste (e tem um conhecido numa cidadezinha na Rep. Tcheca que me prometeu uma cerveja, então devo gastar um dia por lá também). O problema aqui é o medo de passar com muita pressa por Praga e Vienna, tava pensando em ficar uns dois dias em cada um mas não sei se vale a pena cortar um deles e me concentrar mais no outro. Já para a parte final, estava pensando em passar pelo norte da Itália até a Suíça. Esta teria que ser um pouco mais rápido, então não sei nem se vale a pena fazer este trecho ou pular direto da Hungria para a Suíça e aumentar o tempo na Áustria e na Rep. Tcheca. Se alguém tiver alguma dica para este roteiro, eu fico muito agradecido.
  2. martondvn

    motoca

    Pessoal que tem essa moto costuma falar muito bem, mas pelo preço de uma nova, é mais barato (incrivelmente) comprar uma Harley Sportster 883, que eu, particularmente, acho mais moto. O problema será, se você não mora no Rio ou São Paulo, achar peças de reposição. Mesmo nesses lugares, a manutenção tende a ser mais cara que a Honda mesmo. Ai seria uma questão de você procurar ver o preço das duas e pensar se a diferença vale a pena mas tarde.
  3. Opa Meu objetivo é justamente caçar essas passagens mais baratas em navios cargueiros. Pelo que tava lendo, uma grande parte deles tem cabines para "hospedes", onde você paga uma tarifa por dia que ficas no navio (logo, é bem variavel de acordo com a distancia). Achei alguns sites de agentes que trabalham com as empresas donas desses navios que vendem as passagens, mas são todas voltadas à europeus ou americanos, então não mostram rotas como Brasil - Australia ou Brasil - Africa do Sul... Como referencia do que estou falando, tem esssa URL (em ingles) - http://www.geocities.com/freighterman.geo/mainmenu.html
  4. Alguem ai tem experiencia em viajar em navios cargueiros? Estou pesquisando na internet e só encontro sites voltados para europeus e americanos, então só estou conseguindo encontrar rotas ligando o RJ aos EUA ou Europa. Tem alguma agencia que opere no Brasil, ou que opere fora mas ofereça mais rotas saindo do Brasil? Vlw Marton
  5. Eu fui do RJ até o chui de carro (nao continuei pelo uruguai por falta de tempo ($$$)). Vale muito a pena. Existem varios lugares no caminho que valem a pena de conhecer, sem falar no maior contato com toda sorte de gente diferente no caminho (e, com disposição, rola até umas caronas para tentar economizar na gasolina - procure nos albergues da regiao por gente indo na mesma direção que voce). Não trocaria isso por uma viagem de aviao a menos que eu realmente só tivesse uns 3 dias para a viagem. Sem falar que é mais barato, nós passamos 10 dias na estrada e cada um gastou só uns 900 reais(na verdade, acho que foi bem menos, uns 600 ou 700 por pessoa, mas já faz um tempo e não me lembro muito bem) entre hospedagem (varias vezes dormiamos no proprio carro), alimentação (nao se esqueça, muitos caminhoes parados em frente a um restaurante é comida boa e barata) e muita gasolina. =) Vá de carro. Deixe o medo de lado, é mais perigoso andar no Rio de Janeiro que em qualquer estrada mais pra o sul. E boa viagem. =)
  6. Eu arrumei uma soluçao de pobre aqui para esse sistema. Peguei a tampa de uma garrafa pet, furei com uma faca, enfiei uma mangueira fina nela, vedei com um pouco de silicone e cobri com fita adesiva para a mangueira nao ficar afrouxando o silicone. Eu enfio ele na mochila, com a ponta da mangueira pra fora e ta resolvido o problema. Como nao usei valvula nenhuma, tem o inconveniente de ter que sugar a mangueira umas duas vezes antes de chegar agua, em contra partida o conjunto todo saiu por menos de 10 reais... =)
  7. Eu comprei algumas pederneiras dessas, mas não consegui bons resultados. Tentei queimar folhas secas, palhas, grama seca, raspas de madeira, até papel higienico, tudo sem resultado. A unica coisa que eu consegui queimar mesmo foi um chumaço de algodao. Só que para levar um monte de chumaços de algodao e mante-los secos, me parece mais facil levar meia duzia de isqueiros bic... Um dia eu vou tentar com um pouco de cabelo pra ver se pega (obvio que nao para acender um fogo em qualquer acampamento, mas para uma situaçao de emergencia). Se alguem já conseguiu usar uma pederneira dessas com mais sucesso que eu, eu gostaria de ouvir umas dicas. Ah sim, a pederneira não é eterna. Eu já quebrei a minha tentando colocar fogo em alguma coisa - foi gastando até que quebrou.. por 20 reais, eu acho que precisaria ser algo mais eficiente. =(
×
×
  • Criar Novo...