Ir para conteúdo

StinkFoot

Membros
  • Total de itens

    220
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que StinkFoot postou

  1. Lucky, Esse Tito é uma figuraça. Dia desses topei com uma biografia resumida da figura, é díficil saber o que ele não fez. Das profissões ia de ascessor da FUNAI a radialista e lavador de pratos. Países, uns 80. Davam os cinco minutos e o cara vendia tudo e se mandava...
  2. Lucky, Esse Tito é uma figuraça. Dia desses topei com uma biografia resumida da figura, é díficil saber o que ele não fez. Das profissões ia de ascessor da FUNAI a radialista e lavador de pratos. Países, uns 80. Davam os cinco minutos e o cara vendia tudo e se mandava...
  3. Putz Camus?! Eu não curti muito. Na verdade li A Peste, e fiquei meio de bronca. Coisas de estilo. Já o Saramago, o velho é verborrágico: O Evangelho segundo Jesus Cristo, A Caverna... não importa sobre o que ele escreva. Se você curte plasticidade literária... ele é o cara, amargão como ele só. Outro gringo que eu adoro é o Gabriel Garcia Marquez... aquele realismo fantástico... Agora aproveitando o bafafá em torno do filme do Mel Gibson, tem um livro na linha "inspirações" que eu li não faz muito tempo e que recomendo. Se esse cara continuar a escrever assim ainda vai dar o que falar: "
  4. Comprei uma edição em paperback nova do Into Thin Air em Setembro de 2003, em Chicago. Já tem um adendo de pelo menos trinta(!) páginas que explica a briga dele e do advogado do Anatoli Boukreev sobre as divergências para com a versão de "The Climb". Como o Boukreev bateu as botas em 97 no Annapurna, o que não deve faltar agora é urubu pra mexer nessa carniça. Eloir, quanto ao "Meu Everest", eu adoro o "tratado da b.osta", e a paura do Luciano Pires em usar os banheiros. É hilário...tragicômico até. O segundo trekking que você citou (Annapurna Circuit) eu só li um relato em um travelogue
  5. Cacete Lucky! Sinceramente eu nem sabia da profusão de títulos sobre a America Latina! Agora estou lendo a Pior Viagem do Mundo, narrativa de um dos sobreviventes da trágica expedição de Scott à Antartida. Do Krakauer, eu adorei "Sobre homens e montanhas". Mais até que "No ar rarefeito". Das estórias mais interessantes, adorei a escalada frustrada do Eiger, e principalmente toda a narrativa do Devil's Tumb. Alguém leu "A escalada" do Anatoli Boukreev? Falam que é interessante pra contrapor os fatos que o Krauker apresenta. Por coincidência este final de semana arranjei umas Nati
  6. Putz livros bons pra dar aquela inspirada? Eu adoro os do John Krakauer. Recomendo pros com aspirações verticais: - Eiger Dreams (Sobre Homens e Montanhas). - Into Thin Air. (No ar rarefeito). Um muito legal que eu recomendei em outro tópico é de um cara chamado Luciano Pires, chamado "Meu Everest". É a estória de um executivo quarentão,sedentário que resolveu encarar o trekking até o Campo Base do Everest. O cara foi em um esquema cinco estrelas, pagando os tubos. Mas serve como uma boa orientação pra todos que um dia pretendem encarar essa trilha. De quebra ele é ótimo redator, e o li
  7. Pô até que enfim os hipocondríacos do Forum se manifestaram (brincadeira!!!) achei que era só eu que tinha neura com isso. A dica do hidrocloril eu nem tinha colocado, pois pra mim é questão de sobrevivência! Quem já passou um apertão no meio do mato sabe... ...não tem melhor maneira de fazer 5 km virarem 20, do que uma bela diarréia sem aviso... pra evitar nada melhor do que limpar qualquer água que você coletar na trilha. Tem um sistemas da filtro que eu nunca usei. Alguém já experimentou? Pinça é outra coisa dez de manter a mão. Já fui tachado de manicure do mato até que alguém reso
  8. Melhor que Campos é ficar em Santo Antonio do Pinhal. Pra quem vai subir a Pedra do Baú é mais próximo, além de ser mais em conta (em todos os aspectos, hospedagem, comida...etc). Falow, Stink
  9. Cunha fica entre Guaratinguetá (Via Dutra) e Paraty. Por sinal fica a +/- 50km de Paraty. Pra chegar a partir de Sampa, basta pegar a Carvalho Pinto, Dutra, depois entre em Guaratinguetá na Rodovia (Guara-Paraty), viagem tranquila, coisa de 2:30 no total. A Cidade é famosa pelo artesanato (está cheia de atêlies de cerâmica). Imperdível como eu já disse é ir até a Macela. Mas acorde bem cedo, (há quem suba antes do sol nascer), pois conforme o dia vai se firmando é quase inevitável a formação de nuvens, que se não fecham completamente a vista, criam um tapete branco. A subida em si é m
  10. Tropa do Pé Sujo, Quem por aqui já não encarou uma roubada daquelas, com alguém rasgando o pé em um galho dentro de uma cachoeira a kms de alguma cidade, ou mesmo uma coloquial (mas não menos assustadora) entoxicação alimentar. Pensando nisso, gostaria de saber oque cada um costuma levar no seu estojo de P.S., (se é que a galera leva...) Eu mesmo levo pouca coisa: umas gazes, um pano que dá pra transformar em tipóia,iodo e água oxigenada, esparadrapo, e hidroesteril pra água. Quem tiver umas dicas preciosas (ou mesmo roubadas homéricas) pode postar... Abraços, Stink
  11. Sampa (o estado) está cheio de destinos que valem a pena dar uma escapada: Atibaia - Voar de Glider da Pedra Grande, e fazer a respectiva Trilha. Nazaré Paulista - Pra quem curte Mountain Bike, tem um roteiro dez ao redor da represa (muito bonita por sinal). Cunha - Meio Turística, mas de beleza inegável (Subir a Pedra da Macela pra ver Paraty, ou pelo menos um mar de nuvens). Tapiraí - Perto de Sorocaba, lugar de trilhas incríveis,(apesar de estar qualhada de carrapatos..). Essas são só algumas dicas... se você se interessar por alguma e quiser mais detalhes, é só falar.
×
×
  • Criar Novo...