Ir para conteúdo

Fabi.goes

Membros
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

3 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Quando entrei aqui e comecei a perguntar estava totalmente leiga sobre o assunto. Muitas pessoas devem entrar aqui assim, e vocês são muito incisivos em achar ilegalidades. Eu realmente não me sinto à vontade de perguntar mais nada aqui.. vai que falo algo “errado” por não saber todas as regras de viagem.
  2. Poiuy existem possibilidades de visto, como você mesmo citou alguns, e estamos pesquisando sobre eles. É burocrático mesmo, mas vamos ter um pouco de positividade né? Conheço pessoas que estudaram, outras que trabalharam (com visto de trabalho), todos dentro da legalidade. Eu penso que os documentos são o preço para uma experiência bacana
  3. Olá Rafael! Obrigada pelo contato. Não tenho nenhum problema em ser monitorada, porque não pretendo fazer nada ilegal! Como disse anteriormente, entrei aqui com o intuito de trocar dicas de viajantes para o planejamento de uma futura viagem, mas não me senti bem aqui com tanto foco em algo que não existe.
  4. Não pensamos em nenhum momento em ficar ilegal. Vemos esses “furos” apenas como questões para serem resolvidas até realizarmos nosso sonho. Estamos pesquisando bastante (inclusive com as contribuições de vocês). Será uma mudança grande, deixando empregos estáveis, desapegando de alguns bens, acho que no fundo buscávamos também nesse grupo viajante, acolhimento. Obrigada Poyui por nos responder!
  5. Obrigada!!! Com essas dicas estamos pesquisando para ir de trem ou avião mesmo. Sobre o trabalho remoto, falei no sentido de conhecer alguns empregadores, e ter alguma referência para procurar trabalho. De toda forma pretendíamos trabalhar por um ano e meio no máximo em algum país da Europa, para depois continuar nossa viagem em busca de aprendizados. A idéia não é juntar dinheiro para trazer para o Brasil, mas para ajudar nos custos das viagens posteriores. Voces sabem algo sobre o cartão azul? Vimos que o certificado de graduação do meu marido é válido na Alemanha. Pelo
  6. Ele trabalhou remotamente do Brasil para a Europa. Escolas de Floresta ou Forest School são escolas com estrutura sem sala de aula em meio a floresta. No Reino Unido eles têm cursos para professores.
  7. Não temos cidadania, pensamos em ir atrás da italiana, mas pelo que descobrimos parece que estando lá é mais rápido e fácil. Meu marido trabalha e já trabalhou pra alguns países da Europa (remoto), por isso pensamos que não seria tão difícil. Não sabíamos desse “altamente qualificado de Londres”. Pensamos em Londres porque quero fazer um curso nas Escolas de Floresta de lá, mas agora vamos ver outras possibilidades. Sobre o carro, estamos pesquisando, acredito que não apareça essa taxa de retorno na cotação. Vamos ver diteitinho. Obrigada!!
  8. Oie Poiuy! Gratidão pela resposta!! Nós pretendemos passar um tempo viajando. Nossa viagem vai ter início em Tamera (ecovila de Portugal), depois vamos pra Londres fazer intercâmbio, enquanto meu marido tenta um emprego de designer. Após um ano e pouco pretendemos ir em busca de outras experiências em outros países. Pensamos em duas paradas, por estarmos com carro alugado. Como temos que parar pra dormir pensamos em aproveitar o dia seguinte em alguma cidade bacana. Ah.. deixa eu aproveitar pra te perguntar, você sabe se na fronteira França-Londres eles exigem passage
  9. Pretendemos viajar de Portugal à Londres de carro. Escolhemos essa opção, por irmos com nossa cachorrinha e gatinho. Pensamos em aproveitar a viagem para passar um dia em alguma cidade da Espanha, e outro em alguma cidade da França. Sugerem alguma cidade interessante que não nos faça sair muito da rota? Gratidão!
×
×
  • Criar Novo...