Ir para conteúdo

Brunomsilveira

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

Conquistas de Brunomsilveira

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

  • Primeiro Post
  • Uma semana de Mochileiros.com
  • Um mês de Mochileiros.com
  • Iniciador de Conversas

Distintivos Recentes

2

Reputação

  1. Olá pessoal, me chamo Bruno e sempre leio os relatos do Mochileiros.com, acho muito útil para tirar ideias e plajenar os roteiros de minhas viagens. Hoje resolvi postar um roteiro excelente que fiz com minha mulher pela Escócia e compartilhar algumas dicas com vocês. Moro em Londres então a nossa saída foi daqui com destino a Edinburgh e Highlands. Realizamos o percurso: - Edinburgh – Stirling – Glencoe - Fort William – Inverness - Fort Augustus – Pitlochry - Saint Andrews O melhor período para visitar a Escócia é no verão, variação entre sol e nuvens e um clima ameno, ideal para passear sem necessidade de vestir casacos para não morrer de frio. VIAGEM Ida de trem para Edinburgh com saída pela king’s Cross Station: 5h de viagem £50 o trecho (recomendo comprar com antecedencia, pois os preços alteram rapidamente). Retorno de avião, 1h20. Voos aqui na Europa são bem baratos, gastamos £25 o trecho por pessoa. CHEGADA EM EDINBURGH. A chegada de trem é pela estação Edinburgh Waverley, bem no centro de Edinburgh. Se for de avião basta pegar o Trams do aeroporto que em 30 minutos você chega na estação, percorrendo todo o centro da cidade e já iniciando com um bom passeio. Edinburgh é uma cidade antiga, muito charmosa e cheia de história. Como não é muito grande acredito que dois dias são suficientes para conhecer os melhores pontos turísticos. PRIMEIRO DIA. Após a nossa chegada na estação fomos diretamente para o hotel deixar as mochilas e já iniciamos o nosso passeio na sequência. Iniciamos o nosso tour pela Old Town onde passamos praticamente a tarde toda até a noite. Uma boa subida até lá (prepare os joelhos) para andar sob as ruas de pedra históricas dessa parte da cidade onde verá uma arquitetura impressionante, prédios antigos, igrejas, muito comércio para desfrutar, uma destilaria (The Scotch Whisky Experience - que estava fechada devido ao Covid), e claro, o principal ponto turístico que se encontra no topo: O Castelo de Edinburgh. Devido ao Covid o número de visitantes estava reduzido e não havíamos realizado reserva, mas conseguimos para o final da viagem onde encerraríamos em Edinburgh (https://www.historicenvironment.scot/visit-a-place/places/edinburgh-castle/prices-and-opening-times/ - link para reserva, £15.50 por pessoa). Decemos então a High Street com sentido ao Palace of Holyroodhouse, no caminho paramos para almoçar no Gordon Tratorria (excelente comida Italiana, um pouco caro mas recomendamos). No caminho, entramos em várias vielas históricas, uma delas a Tweeddale Court que ficou famosa pela série Outlander. Chegando ao palácio, tiramos algumas fotos e fomos em sentido ao Holyrood Park (não entramos pois é necessário agendar um tour em torno de £12). Um belo parque para um caminhada com uma linda paisagem da montanha - se quiserem se aventurar, poderão subir ao Arthur´s Seat e ter uma bela vista completa da cidade (não conseguimos pois choveu no momento em que chegamos ao parque – Dica, estamos falando de Escócia, sempre carreguem um guarda chuva consigo no passeio). Encerramos nosso primeiro dia em um PUB no centro. SEGUNDO DIA Acordamos cedo pois havíamos reservado um carro para iniciarmos nossa trip pelas Highlands. (DICA: não sei se é um requisito de todas as locadoras, mas a que utilizamos exigia um cartão de crédito com comprovante de residência no Reino Unido, caso contrário terá que pagar pelo seguro separamente, em torno de 30% a mais). [LEMBRETE, no Reino Unido a direção é na direita, você estranha um pouco, mas logo se acostuma, fique somente atento nas rotatórias]. Saímos de Edinburgh pela M9 com sentido a Stirling, cuja principal atração é o Castelo de Stirling. Não entramos no castelo, optamos somente em tirar umas fotos pois o local é muito bonito, há uma excelente vista da cidade e, embora nem todos apreciem, há um cemitério muito bonito que vale também algumas fotos. Saimos de Stirling com destino a Glencoe, passando pelo Loch Lomond e pela bela cidade de Callander. Uma paisagem maravilhosa para você desfrutar, uma mistura de lagos e montanhas, locais e mirantes exuberantes para tirar várias fotos e curtir as paisagens. Recomendamos uma parada na The Cabin, para tomar um café e apreciar a vista do lago. Como estávamos no verão, havia muita gente se banhando nas águas do lago a 18 graus, nós não nos aventuramos! Glencoe também é uma cidade bem bonita que vale a pena uma parada para fotos e uma bela admirada no Loch Leve. Por ali, almoçamos no Glencoe Gathering. Seguindo rumo, fomos em sentido de Fort William, uma cidade um pouco maior com mais estrutura, muito famosa na Escócia, parada obrigatória. Nela, você pode optar por um Cruise pelo Loch Eil ou uma ida ao Old Castle of Inverlochy. Dali desviamos rumo oeste pela A830 para Glenfinnan, 25min de Fort William. Recomendamos fortemente a ida até lá, pois além da paisagem vislumbrante, o local ficou marcado pelo Glenfinnan Viaduct, local que contém os trilhos por onde passou o Expresso de Hogwarts no filme Harry Potter. De lá, retornamos a Fort William e seguimos pela A82 rumo a Inverness, e nosso tão desejado destino principal: conhecer o famoso Loch Ness (Lago Ness) onde vive o monstro mais famoso da história! O caminho até Inverness é de tirar o folego, belíssimas paisagem entre montanhas, campos floridos, muitas fazendas com ovelhas e o famoso boi escocês, e é claro, uma bela visão a sua direita do Lago Ness. Na ponta do lago de onde saem vários passeios, está Fort Augustus, um local muito charmoso com alguns restaurantes e pubs, lojas e uma bela vista do Lago. Na metade do caminho a Inverness está o Urquhart Castle, vale a pena a parada para umas fotos ou visita ao local (necessário reservar antes e ficar atento pois fecha as 19h, no caso como realizamos uma trip longa de carro chegamos tarde então resolvemos somente tirar umas fotos e seguir viagem). Próximo dali está o Loch Ness Centre & Exhibition, onde você pode parar para um café e aproveitar para ver as opções de passeio. Finalmente, chegamos a cidade de Inverness. Uma cidade maior com uma boa estrutura. Reservamos o hotel (Glen Mhor Hotel & Apartments) em frente ao rio com restaurantes bem aconhegantes ao lado do hotel e do outro lado do rio. TERCEIRO DIA O principal atrativo da cidade é o Castelo de Inverness. Fechado devido ao Covid, apenas passamos para tirar umas fotos e admirar a cidade do topo. Tiramos a manhã para fazer um passeio pela cidade, bem maior com infraestrutura e até aeroporto, passamos pelo centro principal e almoçamos por lá. A tarde, fomos até o Ness Islands, um parque pequeno, porém bem aconhegante com muita beleza e tranquilidade para um descanso pós almoço. Dali fomos ao Botanic Gardens, muito próximo dar pra ir apé, e o melhor: gratuito. A tarde, descemos de carro para Fort Augustus, para fazermos o cruise pelo Lago Ness (há diferentes tipos de passeios, de 1 a 2h que saem de Fort Augustus ou Inverness, recomendo pesquisar o local que preferem sair para planejarem a viagem, pois o lago é muito extenso e leva cerca de 50 minutos para chegar a Fort Augustus de Inverness). Outra coisa, procurem chegar com antecedência para conseguirem um lugar na parte superior do barco, pois é em ordem de chegada. Como o passeio terminou por volta das 17h, resolvemos ficar por ali, tomar uma cerveja e apreciar o local. Reservamos o hotel ‘The Inch Hotel’, super aconchegante com bar e uma vista bonita do lago. A noite, jantamos no Bothy Restaurant & Bar. Dica, a cozinha fica aberta até as 20h, então sugiro chegar mais cedo. QUARTO DIA No quarto dia, tomamos rumo pela A86 com destino ao Cairngorms National Park (como estávamos com os dias contados apenas passamos pela região, mas no parque existem várias trilhas e passeios para fazer). Mais paisagens vislumbrantes, uma mistura de florestas com planícies e alguns lagos. Paramos na Dalwhinnie Distillery, uma bela loja de Whiskeys com tour pela destilaria caso desejarem. Como estava dirigindo, apenas apreciamos a loja e seguimos rumo a cidade de Pitlochry. Muito pequena e charmosa, paramos para um almoço na ‘The Coach House’. Recomendamos um passeio pelo rio para descansar e apreciar a vista. De Pitlochry seguimos para Saint Andrews pela A9. Banhada pelo mar e muito famosa pelos inúmeros clubs e campos de Golf, Saint Andrews nos pareceu muito simpática, em algumas horas de caminhada pela costa você consegue visitar os principais pontos turísticos que são: o Castelo, a Catedral e a Swilken Bridge. Daqui, seguimos novamente para Edinburgh onde encerraríamos nossa viagem. QUINTO DIA No último dia, tiramos a manhã para fazermos um tour pelo Castelo de Edinburgh (£15.50 por pessoa, + £3 pelo tour guiado, recomendamos comprar somente um fone e dividir com seu paceiro). Berço da história escocesa, ficamos em torno de 2 horas no Castelo desfrutando das suas histórias e da bela vista de toda Edinburgh. A tarde passeamos pelo outro lado da Old Town pela Grassmarket, contornando todo o castelo. Por fim, demos uma volta pelo comércio da New Town, onde recomendamos uma caminhada pela Princess St para admirar a vista do castelo e da catedral. Bem agitada, nessa parte da cidade você pode aproveitar um passeio noturno pelos bares e pubs. ESPERO QUE APROVEITEM!!!!!
×
×
  • Criar Novo...