Ir para conteúdo

Vanilsa Potira

Membros
  • Total de itens

    51
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Vanilsa Potira postou

  1. DE USHUAIA A BUENOS AIRES DE ONIBUS Olá galera da mochila! Cá estou para mais um relato de viagem. Dessa vez eu e uma amiga estivemos na Argentina, visitando as cidades de Ushuaia, El Calafate, Bariloche e, claro, a capital portenha, Buenos Aires. Para Ushuaia fomos de avião partindo de Buenos Aires e para onde retornamos de ônibus desde Ushuaia, com parada em El Calafate e Bariloche! Pensem numa viagem longa porém contemplativa. Abaixo descrevo brevemente como foi o passeio e os custos, com a intenção de informar quem pretende viajar para lá por esses dias. Para começ
  2. Oi Mirela. Sim é possível vc ir sozinha ao Atacama. Achei muito tranquilo. Eu voltei para Santiade ônibus. Foi um dia e uma noite viajando. Para ir ao Atacama fui de avião, como descrevi no relato.
  3. Sim, conseguimos e foi cansativo. rss. Pena que não deu tempo para ficar mais na região central do Chile. Mas, está nos planos futuros.
  4. Sim, o transfer no Atacama não é necessário reservar pela net. O que fizemos foi entrar em contato e agendar a hora da chegada para o agente nos pegar no aeroporto. Pagamos o transfer na chegada. Mas, o de Punta Arenas a Puerto Natales assim o fizemos com tudo confirmado por e-mail. Quanto ao dia em Puerto Natales, o dono do Hostel disse que naquele dia não tinha uma outra atividade a fazer na cidade a não ser trekking.
  5. Olá, galera da mochila!!! Estou de volta ao Mochileiros para descrever em um breve relato a viagem que fiz com amigos ao Chile entre os dias 05 a 19 de janeiro passado. O Chile é bastante visitado e os lugares que conhecemos dispensam relatos com muitos detalhes. Por isso me atentarei nos valores que pagamos nos passeios, nos hostels e nos registros fotográficos dessa aventura linda que fizemos da Rota do Deserto à Rota do Fim do Mundo. Primeiramente, como sempre, a viagem de avião começou em Manaus porque passagens com saída de Boa Vista custam simplesmente “os olhos da cara”! Cons
  6. Eu fui no inicio de julho, período em que o rio está mais cheio. Quando este está raso, não é possível a navegação, pois há muitas pedras. Foi o que o guia nos disse.
  7. Olá galera da mochila!!! Relato o passeio que fiz com amigos para a Bolívia no Carnaval de 2017 dando informações úteis e otimistas para aqueles que desejam chegar ao Salar de Uyuni e outras maravilhas bolivianas sem perrengues, gastando a partir de um valor bem razoável e viável para se hospedar em hotéis com quartos individuais, banheiro privativo e água quente e fazer os passeios durante o dia em um carro confortável, seguro, sem aperto, sem pressa nas paradas e com guia “gente fina”. (risos) A ESCOLHA DA AGÊNCIA PARA O PASSEIO Quando decidimos ir à Bolívia, lemos vários relatos de
  8. Oi Talita. Que bom que gostou das dicas. Um final de semana dá para conhecer várias cachoeiras e ainda subir o platô, em em cinco horas ida e volta. No feriado prolongado dá para conhecer o local com mais tranquilidade. Para acampar procure o Platô 2112, do amigo Joaci Luz, um excelente local para conhecer pessoas novas e curtir a natureza. Ou se preferir, há outros espaços como pousadas e diversas áreas de camping na vila. Abraços.
  9. Há quem vá de veículos tracionados, quadriciclos, motos e bicicletas, mas, um grupo de treze trilheiros e trilheiras ousou realizar a pé o percurso que os aventureiros off-road fazem à Serra do Sol (Uei-Tepui ou Wei Tepui, na língua dos Pemóns), uma imponente montanha de 2.150 m de altitude cortada pela linha de fronteira entre o Brasil e a Venezuela, a menos de 30 km ao sul do Monte Roraima. A rota alternativa à trilha da galera do 4x4 foi marcada pelas pegadas dessa turma nas pedras e nos capins, subindo e descendo serras e montanhas, atravessando rios, riachos e igarapés, contemplando a nat
  10. Que bom. Bem-vindo a Boa Vista. Conheça Uiramutã, no nordeste do Estado. O paraíso das cachoeiras.
  11. olá Reginaldo. Acredito que é possível fazer a trilha sozinho sim, até porque a trilha é bem marcada e sempre tem uma vendinha de água e lanches rápidos a cada 2 ou 3 km e os acampamentos são amplos e a trilha é bastante movimentada. Agora não sei te informar como isso é possível. Devido a altitude, penso que carregar mochila, barraca e tralha de cozinha seria muito peso! a não ser que já esteja acostumado. Fale com alguém da agência que informei no relato. abraços.
  12. Salkantay: uma trilha para o Machu Picchu – Via Acre/Brasil. Olá galera da mochila!!!!! Amigos e eu recentemente realizamos a fantástica Trilha Salkantay, no Peru, e que tenho a oportunidade e o prazer de relatar essa aventura que fizemos entre os dias 10 e 21 de julho de 2015, com a intensão de contribuir com dicas e informações atualizadas para aqueles que desejam trilhar a Salkantay. Conhecer Machu Picchu, construída no Século XV, é um sonho para muitas pessoas. Depois de conhecê-la, em 2008, notei que é mesmo um lugar maravilhoso e que tem muitas histórias para se ouvir. Porém
  13. PH Henrique segui suas dicas e acabei de visitar laje verde e laje preta, Tilim do Gringo e cachoeira do funil pela parte plana. É lindo demais! Depois atualizo este relato. Valeu.
  14. Olá galera da mochila!!! Voltei para descrever minha terceira ida ao espetacular Monte Roraima numa jornada de oito dias no período do Carnaval 2015. Neste relato pretendo complementar o que descrevi no “Trekking no Monte Roraima, Carnaval de 2014” (trekking-no-monte-roraima-carnaval-de-2014-t93610.html) com novas impressões que tive ao realizar uma viagem quase completa no topo do tepuy tão amado e admirado por mim e por inúmeras pessoas. Descrevo essa viagem a partir do meu ponto de vista e dos momentos que vivi nessa aventura. A oportunidade de reviver pela terceira vez essa aventura su
  15. Realmente o carregador quebra o galho. Quando a carga esta completa ele carrega 92% da bateria do meu celular que tem 2070 mAh e a capacidade da bateria do carregador é de 2500 mAh. Agora o carregador tem que ficar no minimo oito horas no sol e tem a vantagem de que você pode carregar seu aparelho e recarregar o Carregador Solar ao mesmo tempo. Mas, ainda está em fase de teste. Pois tenho a impressão de que esse produto carrega lentamente... Vou dá uma olhada no link que VC enviou.
  16. Legal Davi. Esse eu vou fazer quando for ao Peru. Valeu pela informação.
  17. Boa noite Luíse. Não fizemos. O pacote que pagamos não cobriu seguro viagem.
×
×
  • Criar Novo...