Ir para conteúdo

aznegrao

Membros
  • Total de itens

    67
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Bio

  • Ocupação
    Peq. Enpresário
  1. Adiciono o meu indosso com o Rapha e o Clebson. Eu estava com dois pares descolados, enviei para a Snake, me enviaram as botas coladas, com cadarço e palmilha novos, ainda não testei mas visualmente me pareceu um otimo trabalho, so paguei o frete de ida. Gostaria de agradecer ao pessoal da Snake, pela atenção e profissionalismo, que toda empresa deveria ter, o atendimento da snake deveria ser tomado como exemplo, para toda a industria nacional, que tem um historico de desprezar o pos-venda. Abraços.
  2. Uso uma kailash modificada, fiz umas alteraçõeszinhas, eheheheh. Ficou uma excelente mochila.
  3. Comprei a Quad da Princeton Tec, no ebay por US$23, excelente acabamento e achei equivalente a Petzl e Black da mesma categoria, com a vantagem de submergir ate 1 metro, usa pilhas palito, e se for para lugar muito frio, pode usar bateria de litio que resiste ao frio sem descarregar, não sendo necessario usar as belt. http://www.princetontec.com/products/index.php?id=9&type=0&use=1
  4. Ola Fabiomon!! Eu tenho uma bota Snake, e fazendo montanhismo nos Andes, o solado Vibran outdoor(o mesmo da Nomade???), foi perfurado proximo a curvatura interna do calcanhar, calculo que por uma pedra pontiaguda, como esse solado é oco, tem um quadriculado por dentro, infiltrou agua, neve, poeira para dentro do solado que acabou soltando: -Isso é comum acontecer? -Tem conserto ou terei que trocar o solado? -Como o solado e oco, e tem apenas um quadriculado por dentro, a colagem e feita apenas nas laterais mesmo? Grato pelas respostas.
  5. Opa Gustamn pensei que vc era trilheiro de carteirinha, falha minha. Da pra ir sem as tralhas sim a Lucky Adventure ,por exemplo, leva as tralhas em jumentos, e a galera vai seguindo heheheh, eles ja tem os pontos onde os locais do Paty os acolhem. So não sei como eles fazem nos Gerais do Vieira, e no alto da serra do Candombá que não tem moradores, cara e show dormir e passar um tempinho nessas paragens. Do alto do Candombá se tem uma vista ampla de boa parte desse trecho da chapada. Abraços
  6. Ola Gustamn!! Salvo se voce estiver com pressa, mas para aproveitar legal essas trilhas, Paty, Fumaça por baixo... voce deveria dispor de pelo menos quatro dias para cada uma, para apreciar e interpretar a paisagem e interar com os locais do Paty, afinal isso e o espirito do trekking, curtir o caminho, como dizem os Halleyros americanos "o que importa e mais o caminho que o destino". Para isso vai precisar do mochilão para o fogareiro, barraca, sleepbag, comida...etc...etc. Daria para fazer o Paty em um "longo" dia, mais seria bastante cansativo, e seria igual aquelas corrida de aventura, que o cara não sabe nem onde esteve nem o que aconteceu, perde o melhor que é justamente desfrutar e relaxar com a natureza sem pressa, por isso alguns morrem de parada cardiaca tanto que é o stress. Na Chapada o pessoal faz tudo meio corrido por que pagam diaria para o guia, ai tem que chegar né??. Como eu costumo andar sem guia, faço na maior calma, as veses fico dois dias no mesmo acampamento se ele for legal com coisas para explorar nas redondezas..etc. Em geral o pessoal da chapada são bem bacanas, ja deixei o carro em um estacionamento de um hotel enquanto fui para a trilha, e não me cobraram nada por isso, se você precisa deixar um excesso de tralha em geral eles guardam sem problemas, mas quanto ao mochilão, é sempre bom levar para estar autosuficiente. Abraços.
  7. Cara...eu vi uma no camp base do Aconcagua, não pude ver muitos detalhes, não consegui me entrosar muito com os caras, mas me pareceu bem construida, so não gosto da posição da vareta do avanço gosto mais do estilo super esquilo. Eu vi num site site a Puhma 2 aluminio da T&R parece legal com 2,7kg ajuda bastante na hora de levar. Tem tb um cara vendendo duas Doite Himalaia novas no Mercado Livre essas são show com 5.000 de impermeabilização, perguntei ele faz ate frete gratis. http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-71714714-barraca-doite-professional-entrega-no-rio-_JM Abraços.
  8. Valew.......cara esse seu avatar é show de bola. Abraços.
  9. Eu moro em Belem no Pará, meu tio tem fazenda na Ilha do Marajó....cara, quando tinha 12/13 anos, eu e meus primos iamos pra mata amazonica, descalços, com redes, bananas e sardinhas e pedaços de plastico caso chovesse, facões e fosforos, passavamos tres dias andando e pescando, so pra se divertir. Ja estou com 43 anos, hoje vejo esses equipos nacionais que mais parece hotel 5 estrelas, e a galera ainda fica achando que vai morrer se não tiver o top de linha do mundo. Essa corrente de equipo top acaba intimidando quem quer se aventurar. Abraços.
  10. Me perdoe, mas na fé não quis ofender ninguem, mas as veses fazemos essas coisas sem perceber, sem analizar a real necessidade. Mas de verdade, eu tenho grana pra comprar uma barraca de 2 mil , eu as acho bonitas admiro o design, ate minha esposa quando me viu examinando uma em uma loja em Mendoza, me falou uma vêz "se você acha bonito, por que não compra uma" mas não vejo necessidade. Talvez até seja uma mania minha, meu pai me passou isso desde criança, costumo ter somente o que preciso, e o que eu possuo geralmente é dimensionado a minha necessidade, sou meio avesso a superfluos. Comento esses coisas pois vejo muita gente superdimensionando as coisas e deixando de curtir as aventuras e a natureza por medo do equipo. Por favor Haole não se ofenda, não foi essa minha intenção.
  11. Não sei se ajuda, mas em uma das vezes que fui à Argentina com minha esposa, fiz um trekking de uns 12 dias nas montanhas de Bariloche, Tronador, Frey, Jakob, Laguna Negra (onde tem muito vento) Cerro Lopes, depois fomos para o sul, Chalten, Torres del Paine etc, não satisfeito fomos ao Aconcagua ate 4.500 mts, a barraca era uma Nautika Falcon 2, das antigas sem avanço. Creio que o mais importante e saber ancorar bem a barraca, usar todos os fios e sobreteto bem esticados, e o proprio formato das igloo ja é aerodinamico o vento tende a passar por ela se estiver bem esticada. pegamos muita ventania e não sentimos nada crítico, e olha que pegamos algumas ventanias em que tivemos que sentar para não sermos jogados. Hoje quando viajo pego qualquer barraca e levo, "pessoalmente" nunca ví uma barraca BEM ANCORADA ser arrastada ou quebrada pelo vento. Já os abrigos pessoais(anoraks, polar, underwear, meias, slepbag, gorro) esses sim devem estar adequados ao clima. Penso que essas super-barracas são para quem vai para o cume do Evereste, ou para o cume do Aconcágua, fora isso o que eu ja observei em muitos anos de aventura,e que sempre tem um lugar abrigado para armar a barraca, uma pedra, um arbusto, uma floresta, quando não o ultimo trekker deixa um murinho de pedra pronto. Acho meio exagerado andar com aquelas barracas de acampamento avançado no Nepal que são caras e algumas bem pesadas, penso que é mais para ostentar a marca(mania nacional), pra parecer que é um aventureiro profissional, que é patrocinado, ou que é gringo, ou para melhor aceitação na comunidade... ou simplesmente realizar um sonho de consumo, mas necessidade mesmo???. Creio que uma Super Esquilo ja resolve 90% das situações, sem esquecer da Thunder da Nautika, que é comprovadamente muito boa, os 10% restantes ficam para quem vai acima de 5.000 mts em lugar totalmente descampado. Abraços.
  12. O Michelschon tem razão, meias e calçados devem ser apropriados e ajustados para a pratica esportiva. O tenis para esportes deve ser pelo menos um numero acima, que o usado para passeio, se for bota para trekking dois numeros acima, para não estrangular os dedos nas descidas. Importante tambem verificar se a pessoa está com sobrepêso e a forma da passada, que se for muito irregular pode causar ate lesões maiores. Abraços.
  13. Cara...eu tenho uma calça da By mas uso ela tanto quanto essas bermudas e calças cargos comuns de tecidos sinteticos compradas em qualquer magazine não senti ainda a diferença, claro que na hora de comprar verifico o nivel de acabamento (se as costuras e os acabamentos são bem finalizados etc, uma prima que é costureira me deu as dicas) mas em geral a maioria são bem feitas, e por ironia a da By esta descosturando o bolso. Abraços.
  14. Cara eu sempre gostei muito da Snake, gosto do seu pioneirismo, e sempre recomendei pois tinha uma das primeiras quando so vendia no Paraná era toda preta com solado rochedo rigido e muito antiderrapante(essa bota antiga esta intacta ate hoje, e com poucos sinais de desgaste), particularmente acho o solado rochedo melhor que esse vibran que usam nas botas nacionais, pois eles são ocos e nas montanhas com rocha tipo Andes eles furam nas pedras pontiagudas e começa infiltrar agua para dentro do solado. Atualmente me decepcionei com a Snake, tive uma Agreste STX e uma Trilogia as duas soltaram o solado, espero que a Nomade use uma cola melhor. Abraços.
  15. aznegrao

    Mochilas QUECHUA

    Leo, eu e minha esposa usamos dois pares daqueles da Kailash, a bastante tempo em todas as situações sem problemas, creio que esse da quechua deve ser melhor. Abraços.
×
×
  • Criar Novo...