Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

4X4

Membros
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. 4X4

    Morro de São Paulo

    Vou dar a minha opinião tentando colaborar com a difícil questão do tópico. Itacaré ainda é mais pacato que Morro, boa para quem curte praia com onda e a galera do surf, mas acredito que dependa de um carro para aproveitar todas as praias e passeios. Morro é muito movimentada na vila e nas praias próximas a ela, mas ao mesmo tempo tem o sossego de as havaianas serem o principal meio de transporte. Praias com corais formam piscina para mergulho e impedem a formação de ondas. O sorriso de orelha a orelha é garantido em qualquer uma das opções.
  2. No meu caso eu faço por empresa especializada em transporte de veículos, que tem seguro e infra-estrutura adequada para este fim. Já utilizei 3 vezes os serviços da transtana e nunca tive problemas. Mando inclusive algumas bagagens dentro do veículo ( importante relacionar tudo na ficha de vistoria ). Luís quote:Originally posted by cons Um amigo, que não vejo há anos, sempre despachava o carro na volta da viagem. Agora de novo vejo essa opção que nunca usei. Na prática como vocês fizeram, empresa de transporte? Alguma outra dica? Abraços id="quote">id="quote">
  3. Depois de detalhar o roteiro agora vou detalhar alguns dados interessantes da viagem Salvador a Recife: Além dos 900km que separam Salvador de Recife, rodei mais uma média de 53/km/dia para explorar cada região. Considero uma média baixa e que foi possível porque optei por fazer hospedagem em diversos lugares ao invés de ficar fixo em um ponto e fazer grandes deslocamentos para explorações. O preço média da gasolina foi de R$2,55, contra um preço médio de R$2,35 em SP na época. O preço medio de pousada na baixa temporada foi de R$62,00/dia, com valores que variaram de 40 a 110 reais. Peguei alguns quartos sem ar, só com ventilador, e não tive problemas com o calor. Venta muito e a sensação térmica não é tão alta. Prepare-se para acordar cedo. O sol nasce antes das 5 e se pões antes das 17. As praias ficam vazias depois das 15h, quando o sol já está bem "deitado", e com o vento forte sente-se até frio quando se sai da água. Evite as praias de fácil acesso e próximo as capitais nos finais de semana, pois ficam lotadas e sujas. Diferente do sul da Bahia, a estrada do norte ( linha verde ) é muito boa e muuuito bem policiada. O restante tb foi tranquilo, usei pouco a BR101 pois usei as boas opções estaduais beirando a costa e um pouco de estrada de terra no norte de Sergipe. Quem possuir GPS tenho todo o trajeto em arquivo .gtm Luís
  4. Olá pessoal, Como já relatei anteriormente aqui neste tópico, no ano passado eu fui de Sampa a Salvador de carro. Agora acabo de voltar da continuação da minha exploração das praias nordestinas. Desta vez o roteiro foi de Salvador a Recife. Na verdade nem entrei em Salvador deste vez, desembarquei e fui direto para Praia do Forte. Segue o bem detalhado Roteiro abaixo. 1 dia - Praia do Forte,BA Hospedagem na pousada Belas Artes - Simples, com boa localização e bom preço. Bela praia, uma vilinha com ótima estrutura de bares, restaurantes e pousadas, e muuuitas casas de veraneio Visita ao Projeto Tamar, R$7,00. Vale para ajudar as tartaruguinhas e pelo acesso aos restaurantes e lojinha, mas existem outros Tamar pelo nordeste com visita gratuita. Fui tb a Praia de Imbassai, 12km, bela praia com um riozinho muito gostoso que corre paralelo ao mar. 2 dia - Conde,BA , praia da Barra de Itariri A pequena cidade de Conde é bonitinha e possui belas praias. Pelo que li, as mais bonitas ficam nos extremos, norte e sul. Fiquei no extremo Sul, na Barra de Itariri. Ótima praia com barra de rio, vila de pescadores com apenas uma pousada na vila e alguns bares na praia. 3 e 4 dia - Mangue Seco Divisa da Bahia com Sergipe. Fui de carro na maré baixa por Costa Azul, 30km pela areia da praia aconselhável apenas para veículos 4x4 . Ficamos na Pousada Asa Branca, com preço intermediário e bonita vista. A terra de Tieta tem um belo visual de dunas, coqueiros, rio e mar. A praia de areia dura não é das mais bonitas. A vila, com acesso pelas dunas, é simples, com ruas de areia fofa e pacata durante a noite. A maioria dos turistas chegam de barco pelo rio para passar o dia). Até as pessoas que trabalham na vila não moram ali. A maioria mora num vilarejo chamado Coqueiro que fica a 6km. Fui para Coqueiro de dia e de noite e curti bastante o papo com as pessoas da terra no Bar e "Pizzaria" da Aurora. 5 dia - Aracaju,SE Aracaju tem uma história recente mas muito bacana. Foi a primeira cidade planejada do Brasil. A orla da praia foi toda reformada, com bonitos restaurantes, ciclovia, quadras esportivas, praças, passarelas, lago, chafariz, etc. A Passarela do Caranguejo concentra um bacana burburim noturno. O centro, na beira do Rio Sergipe, conserva prédios históricos e é bastante tranquilo e seguro para uma capital. 6 dia - Penedo, AL Sai de Aracaju e fui beirando o litoral norte do Sergipe, por estrada de terra, até o Rio São Francisco. Curti algumas praias pelo caminho, visitei um outro Projeto Tamar na praia de Pirambu, e aproveite o belo visual de coqueiros, rio e mar. Atravessei o velho Chico de balsa e cheguei a bela cidade histórica de Penedo. Igrejas, convento, mercado, casas e até o hotel estão preservados. Me hospedei e fui muito bem atendido no Hotel São Francisco, que tem opção de hospedagem nos modernos quartos reformados ou nos que preservam a decoração da fundação, 1962. O restaurante Forte da Rochera tb é imperdível, pela comida e pelo visual do Rio. 7 e 8 dia - Marechal Deodoro, AL, Praia do Francês Partimos para Piaçabuçu para fazer o passeio de barco até a Foz do São Francisco. Preferiria ter feito o passeio em barco de pescador ao invés de ter feito em barco para turista. Mesmo assim compensa chegar a foz do segundo maior rio do Brasil, pois tem um belo visual das dunas, lagoa, mar e do rio com sua imensa largura e volume de água. Na praia do Francês ficamos na boa e barata pousada Miroku. A praia é belíssima, mar azul com um recife de corais que forma extensa piscina em frente a faixa de areia, onde fica o agito, e uma outra parte com ondas que é mais isolada. A bela Praia do Gunga tem acesso por dentro de uma fazenda de coqueiro que parece ser fechada, mas é só encostar o carro no portão que o funcionário abre. O belo visual é formado pelo encontro de uma lagoa com o mar. Os restaurantes na beira da lagoa de Massagueira tb são destaque na região. Comida muuuito boa e muuuito barata. Skol 600ml R$2,00. 9 e 10 dia - Maceió, AL É impressionante o azul do mar nesta capital nordestina. O passeio ao famoso recife de corais vale pelo prazer de andar de jangada e pela situação inusitada de se ver uma cidade grande de dentro de um paraíso. A sensação de segurança nesta capital tb é um ponto favorável. De Maceió tb visitamos algumas praias do norte, entre elas Pratagi e Carro Quebrado, que para mim foi a mais bonita da viagem. Para chegar a praia de Carro Quebrado tem que se pegar uma balsa em Maré Mansa. A sinalização é péssima e os guias aproveita para vender o serviço deles. Da para chegar até a praia em carro normal e sem guia, mas tb não sou contra pegar um guia para facilitar e conhecer outras vistas maravilhosas da ilha. Ah, em Maceió ficamos no simples, barato e confortável hotel Canto do Mar. 11 dia - São Miguel dos Milagres,AL O destino seguinte foi a pacata praia de São Miguel. Ficamos numa boa pousada, do Caju, mas não demos muita sorte com os insetos. O maior atrativo desta praia são as belas pousadas e os recifes, que acabei não conhecendo. Na minha opinião valeria mais ter passado dois dias em Maragogi. 12 dia - Maragogi, AL Divisa de AL com PE, este é o segundo mais visitado destino de AL. Tem belíssimas praias e uma grande opção de hospedagem. As Galés são os recifes de coral que ficam a 6km da praia. Sem dúvida o mais bonito e preservado que já mergulhei. Fui com o dono da Pousada Fuego, de lancha, e recomendo que se faça este passeio com ele. Ele é mergulhador e adora mostrar as belezas do lugar. Diferente dos catamarans que levam um monte de gente e ficam pouco tempo no local. 13 14 e 15 dia Porto de Galinha, PE Como era feriado tive que reservar hospedagem com antecedência. Não dei muita sorte no quarto do Albergue que reservei e acabei mudando para a pousada Angra do Porto. Porto é uma praia muito badalada, com uma vila muito charmosa e belas praias. Os famosos recifes de corais são bonitos para se ver de longe, pois de perto estão praticamente mortos e pisoteados. É um destino obrigatório que fica até difícil de enumerar as melhores praias. 16 e 17 Recife, PE Cidade grande, com praia de cidade grande e com problemas de cidade grande. Relevo interessante, com diversos rios cortando a cidade. A vila de Olinda além de história tem um belo visual. Pena que me lembrei logo do que li num tópico aqui no site a respeito dos "guias" locais e evitei dar atenção a eles. Bom este foi meu ponto final neste ano, e espero que seja o ponto inicial no ano que vem. Luís
  5. Cinthia, Até Conceição da Barra você deve levar umas 12 ou 14 horas em estrada boa. Depois até Ilhéus acredito que mais umas 10 ou 12 horas com treches de estrada bem ruim. Portanto acredito que seja possível, mas lhe daria mais duas opções: De São Paulo a Conceição em um dia e depois paradas intercaladas na ida e volta para Ilhéus ( ex: Conceição (Itaunas) a Arraial D ajuda e Trancoso; Arraial a Ilhéus e Itacaré; Ilhéus a Cumuruxatiba; Cumu a um outro destino no ES ou RJ ( Vitória, Guarapari, Búzios, Cabo Frio, etc ); e depois retorno a Sampa. Outra opção seria fazer uma viagem mais tranquila depois de Itaunas e despachar o carro na volta. De Salvador a SP custa uns R$500,00 para despachar o carro ( ou menos ). De carro Ilhéus a SP são uns 2000km + hospedagem e comida. Espero ter ajudado. Outras pessoas aqui do grupo podem lhe dar informações mais atualizadas e precisas. O que posso garantir é que este roteiro é muito bonito. Obs. Evite viajar de noite. No Nordeste ñ tem horário de verão e o sol se põe umas 17hs. Luís
  6. Marcelo, BR 101 não tem pedágio, só buracos. Lembrando, entre Prado e Porto Seguro são muitos. Eu tb deixei boa parte da bagagem no estacionamento. Não tive problemas. Quanto a fotos... só imprimi as melhores, deu 172. [],s
  7. Silaratur, Confirmando, Morro de SP via Valencia com carro em estacionamento. Chegando lá você vai ser cercado pelos "guias" que detêm as informações dos Barcos. Quanto menos você contar com eles ( estacionamento, carregar as malas ), menos você vai ter que pagar. Já na ilha vale pagar uns 5 ou 10 conto para carregar as malas ladeira a cima e eles mesmos te orientam com dicas de pousadas dentro da sua expectativa de preço. Eu fiquei em uma muito boa, virada para o canal e com um belo pôr do sol ( não lembro do nome, mas lembro que tem uma propaganda do pão de queijo na porta ). Espelho tb confirmo ir de carro se não estiver chovendo. Dica, cerveja ou coco gelado e peixe na chapa no Restaurante do Baiano www.pousadadobaiano.com Itaunas é mais certo ir por Conceição. Se fosse o caminho inverso até daria para ir pela outra estrada com um mapinha e dica dos moradores. []'s Luis
  8. Marcelo, Eu fiz a minha viagem me hospedando em 8 cidades em 16 dias. Foi um pouco corrido. Mas para o bom paulista que sou, ficar muito tempo numa calmaria e sem novidade me deixa estressado. A vantagem de despachar o carro é que você vai fazer deslocamentos mais curtos. No meu caso foi muito tranquilo pois o menor preço foi de uma transportadora grande que tinha pátio em Salvador e SP. ( www.transtana.com.br ) A desvantagem poderá ser: o custo; o fato de você chegar antes do carro e ficar sem ele no Rio; e o cuidado com a bagagem, pois você vai de carro mas volta trazendo a bagagem no avião ( eles não dão cobertura para objetos deixados dentro do veiculo, mas no meu caso eu deixei uma cx de ferramentas com lanternas e outras coisas mais no carro e não tive problemas ) No seu roteiro as alternâncias de cidades na ida e na volta estão legais, mas eu faria algumas alterações e vou aproveitar para dar algumas opiniões que podem ser bastante pessoais: Guarapari para mim lembra muito o Guarujá. Cidade de veraneio, cheia de prédios que escondem o sol da praia e que fica deserta nesta época do ano. Praia com natureza eu só conheci uma no extremo norte da cidade, mas eu não sou o melhor guia do lugar. Vitória eu achei uma capital bacana, parecida com o Rio. Tem um visual legal subindo no morro do convento ou o morro do moreno, em Vila Velha. daqui a Cumú acredito que está perfeito. de Cumú a Itacaré você vai ter que passar por dentro de Ilhéus. Não faz sentido não parar na ida e passar na volta. Eu não conheci Ilhéus, fui direto para Itacaré e de lá tb conheci a Península de Maraú. de Itacaré a Salvador ta bom tb. Se tiver tempo conheça tb o litoral norte da BA, são mais uns 200km até Mangue Seco com a Praia do Forte no caminho. de Salvador ao invés de ir para Ilhéus eu sugeriria Morro de São Paulo, que não está no seu roteiro e está nos meus Imperdíveis!!! daqui a P. Seguro ta legal. Não sei as suas intenções, mas P. Seguro é praia de molecada em viagem de formatura. Para mim o que vale é o lado histórico que a cidade tem. Neste pólo turístico eu me hospedaria em Arraial. de P. Seguro a Itaunas está ótimo tb. E depois Grussaí eu não conheço. Uma dica muito importante que eu dou tb é o Guia de Praias da 4 rodas. Lá você tem a característica de cada praia de cada cidade. Boa sorte. Se tiver mais dúvidas pode mandar. Obs. estou planejando a minha para Novembro, de Salvador a Natal, despachando o carro na ida e na volta ( valeria mais alugar um carro, se eu não fosse viciado num 4x4 ) []'s Luis
  9. Olá pessoal, Entrei aqui me inspirar em trechos para mais uma viagem pelo nordeste de carro e vou aproveitar para colaborar com os que pretendem fazer o trecho Vitória>Salvador. Fui em novembro de 2004 de SP até Salvador. Numa tacada só até Vitória e depois pernoites em Itaunas, Cumuruxatiba, Arraial, Itacaré, Maraú, Morro de SP, Salvador. Voltei de avião de despachei o carro pela transportadora "transtana". Para despachar o carro vale a pena faze-lo na volta, pois é 50% mais barato que a ida. Consegui o melhor preço cotando direto com a filial de Salvador. Aproximadamente R$400,00 a um ano. Pousada na baixa temporada com um bom conforto fica em torno de R$50,00 Para fazer ida e volta de carro o ideal é intercalar as paradas na ida e na volta. Desta maneira meu roteiro seria ida: Vitória, Cumú, Itacaré, Morro, Salvador. Volta: Maraú, Arraial, Itaunas. Minhas impressões das cidades pequenas (que é o que vale): Itaunas: Imperdível. Visual deslumbrante, praia nem tanto. Pacata durante a semana e agitada de fim de semana. Dali segui de por terra até a divisa com a Bahia. Tranquilo até para carro normal se não tiver chuvas. Peça um mapa para o Coco, na barraca do Coco na praça central. Cumuruxatiba e Prado: imperdível. Fiquei em Cumu que é mais deserto e charmoso. De lá conheci as belas Ponta do Corumbau e Caraíva ( fui de bugue, até Caraiva, com um Índio que tem autorização para cruzar este trecho que faz parte do parque estadual, mas da para ir caminhando pela praia ). Daqui também da para ir até a BR por terra. A BR daqui até Porto Seguro é horrível, nem pense em viajar de noite por este trecho. Arraial, Porto Seguro e Trancoso: Fiquei no meio, Arraial. imperdível!!! Menor que Porto, maior que Trancoso, mas com belas praias, bares e restaurantes. ( destaque para o Rest. Paulinho Pescador. o melhor custo benefício ). Trancoso é um paraíso. Não deixe de ir na praia do Espelho e se estiver acompanhado passe o dia curtindo as mordomias da Pousada do Baiano, não é tão caro quanto aparenta . Depois de Trancoso tb tem acesso de carro para Caraíva. Itacaré: imperdível!!! . Muito bacana e bom para quem gosta de ondas. Maraú e Barra Grande: imperdível!!! Pode-se conhecer via Itacaré, de 4x4 ou de barco via Camamu. Deserto, poucos carros e a praia mais bonita do Sul da Bahia: "Taipus de Fora". Não deixe de ir no "Morro do Celular". Morro de São Paulo: Imperdível!!! Badalada mas preserva belas praias. É isso. Recomendo esta viagem a todos. Luís
×
×
  • Criar Novo...